Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

Conclusão da recuperação do Vale dos Lagos e Jardim das Camélias no Parque da Pena

 

- Vale dos Lagos (pateiras, torres, portões, medalhão, muros)

- Jardim das Camélias

- Feteira da Rainha

- Medalhão de homenagem a D. Fernando II

- Investimento de cerca de 300.000 Euros suportado pela empresa

- Trabalho de cerca de 2 anos numa área de 6,5 hectares

 

Pateira_Octogonal_lowres_creditos_PSML_Wilson_Pere

 

A Parques de Sintra concluiu este mês, no Parque da Pena, um conjunto de projetos de recuperação de estruturas construídas e jardins, com o objetivo de conservar os elementos que marcam o local, tanto do ponto de vista histórico como estético.

A intervenção, faseada, incluiu trabalhos no Vale dos Lagos, Feteira da Rainha e Jardim das Camélias, representando um investimento de cerca de 300.000 Euros, suportado totalmente pela Parques de Sintra.

 

Em 2012 tiveram início as intervenções nos jardins com o restauro da rede de caminhos, escadas e muros. Em paralelo dotou-se a área de infraestruturas, nomeadamente de distribuição de água, energia para iluminação dos caminhos e abastecimento da Estufa Quente, telecomunicações e equipamentos de rega. As estruturas do sistema de águas original, como minas, canaletes, condutas, tanques e pequenos lagos decorativos, canais e cascatas, têm vindo a ser também recuperadas.

A valorização da vegetação existente na área de intervenção iniciou-se em 2013, através da reprodução de variedades e espécies existentes no parque (violetas, prímulas, fúchsias e hortenses). Na Feteira da Rainha plantaram-se fetos arbóreos que teriam existido nos canteiros. No Jardim das Camélias (galardoado em 2014 com o prémio Jardim de Camélias de Excelência, pela International Camellia Society) iniciou-se a reprodução das cultivares de Camellia japonica que integram a coleção de camélias produzida originalmente pelo viveirista do Porto, Marques Loureiro.

Recuperou-se também o traçado dos canteiros no patamar de implantação da Estufa Quente, de acordo com as descrições e orientações dos manuais de horticultura do séc. XIX, em voga à época de construção do Parque.

 

Quanto às estruturas edificadas e decorativas, distribuídas pelo Parque, o conjunto de projetos de recuperação agora concluídos inclui o Portão de acesso aos Lagos, as duas Pateiras, o medalhão de homenagem a D. Fernando II, a Fonte dos Passarinhos e a Fonte da Concha, o muro do Tanque dos Frades, a ponte em arco e as duas Capelas (Manuelina e Menor). A complexidade destes trabalhos obrigou ao estabelecimento de equipas multidisciplinares, experientes e conhecedoras das técnicas envolvidas.

O Portão dos Lagos envolve um conjunto de vários segmentos de muro (uma parte com gradeamento metálico), dois portões e duas torres elípticas, com um coroamento típico das fortificações medievais constituído por ameias (espaços) e merlões (volumes). A Pateira é uma edificação de alvenaria aparente implantada sobre uma ilha ao centro do Lago de São Martinho.

Ainda na área dos Lagos, foi restaurada a Pateira Octogonal, edifício decorativo de arquitetura ornamental do séc. XIX (casa para patos, com dois pisos e aberturas para acesso a aves), recuperando-se os revestimentos, madeiras e paredes. Manteve-se continuamente a preocupação especial de garantir o menor dano possível no “tapete” verde de musgo que existe na cobertura do piso inferior da Pateira.

Além de um tratamento geral de estabilização dos revestimentos, foram eliminadas colonizações biológicas presentes, quando colocavam em causa a integridade dos elementos, nomeadamente plantas cujas raízes punham em risco a estabilidade da alvenaria.

O medalhão de homenagem a D. Fernando II, descerrado em 1935 por um grupo de sintrenses em memória do Rei, também foi alvo de uma intervenção de conservação, com vista a estabilizar os elementos de bronze e pedra, bem como a ser limpo e melhorado o sistema de fixação e escoamento.

 

Na Feteira da Rainha foi concluída a recuperação da Fonte dos Passarinhos, do Fontanário da Concha e de um pequeno nicho com embrechados integrados no Lago da Concha. Foram repostos os azulejos em falta nas diferentes estruturas e efetuadas reparações nos gradeamentos de ferro dos vãos da Fonte dos Passarinhos, assim como no seu sistema hidráulico e respetiva bacia.

A intervenção envolveu também as Capelas Manuelina e Menor, dois edifícios que se julga construídos durante a presença monges que habitavam o Mosteiro de Nossa Senhora da Pena, entregue à Ordem de S. Jerónimo no séc. XVI. São dois exemplos notáveis, não só pela sua estrutura arquitetónica, como pelos exemplares de revestimento azulejar que uma delas – a Manuelina – ainda apresenta no seu interior. Também o Tanque dos Frades, utilizado para abastecer as hortas da cerca, foi restaurado. O muro de sustentação de terras que aí se encontra, com elevado estado de degradação e em risco devido ao crescimento das árvores, foi alvo de estudo profundo devido à sua inclinação, tendo-se optado por remover as espécies vegetais. Ponderadas as opções para lhe devolver a verticalidade, a solução passou por desmontar parcialmente a estrutura e voltar a construir.

Os maiores barcos de sempre | 11 de fevereiro às 21 horas no Discovery Channel

 

 

A nova temporada de “Super Barcos” e a nova temporada de “Super Iates” vão desembarcar no Discovery Channel, no próximo dia 11 de fevereiro, às 21 horas.

 

 

 

O Discovery Channel faz-lhe o convite para embarcar a bordo dos barcos e iates mais impressionantes e luxuosos que há memória. A sétima temporada de ‘Super Barcos'  e a estreia da nova série “Super Iates” chegam ao Discovery Channel no dia 11 de fevereiro,  a partir das 21 horas. 

 

Atracados nos melhores portos do mundo estes barcos são autênticas cidades flutuantes. Na nova temporada, a lendária série "Super Barcos”  dá-nos a conhecer um acesso sem precedentes aos navios mais extraordinários e maiores. Em cada episódio, serão revelados todos os detalhes, incluindo a tecnologia,  mecânica e como funcionam.

 

A nova temporada de “Superbarcos", que arranca dia 11 de fevereiro, às 21 horas, revela  Breakaway Norwegian, um cruzeiro de luxo que vai ocupar os dois primeiros episódio da série.

Concebido para ser um cruzeiro de luxo, com a mais recente tecnologia e as comodidades a bordo, é um dos navios mais marcantes que cruzam as águas do mundo. A sua concepção alternativa revolucionária tanto na cidade e nas 238 cabines, tornam-o um barco único.

 

Faça parte da história e testemunhe o processo de construção deste navio, o oitavo maior navio de passageiros  do mundo, que atualmente faz a rota entre New York e as Bermuda numa semana.Vamos também para Rotterdam e embarcar no Stemat Spirit,  um navio capaz de trabalhar tanto no oceano como encalhado. 

 

Às 22 horas, será a vez de "Super Iates', uma série de 6 episódios,  que viaja para a Holanda para conhecer  os  engenheiros, designers e arquitetos navais relevante dos nossos dias. Vitters Shipyard, Vripack, Hakvoort Shipyard, Ícone Yachts e Balk abrem as portas para revelar os maiores segredos e mostrar ao espectador o que está por trás dos seus mais recentes projetos.

 

Dia 11 de Fevereiro estreia de ‘Super Barcos’ temporada 7, às 21 horas e da nova série  ‘Super Iates’ às 22 horas, no Discovery Channel.

A condição feminina nas "Jóias da Carreira da Índia" :: Gratuito

 

 

D%20%20Catarina%20Bragança%20FMA%20206.JPG

 

A condição feminina em Portugal e Goa nos séculos XVI e XVII dá o mote a uma visita orientada à exposição “Jóias da Carreira da Índia” que se realiza no dia 29 de Janeiro, quinta-feira, às 18.00, no Museu do Oriente. A participação é gratuita mediante inscrição.

 

A visita é conduzida por João Paulo Oliveira e Costa, autor de vasta bibliografia na área da Expansão Portuguesa e de romances históricos e doutorado em História da Expansão Portuguesa pela Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa (1998), onde é professor catedrático.

 

Esta é a primeira de uma série de visitas temáticas mensais que, até Abril, convidam especialistas a desenhar percursos distintos pela exposição, oferecendo leituras interdisciplinares enriquecedoras do contexto histórico, social e cultural das “Jóias da Carreira da Índia”. O traje nas cortes dos séculos XVII e XVIII, os usos terapêuticos ligados à pedra de Bezoar e a gemologia são os próximos temas a abordar.

 

Visita temática “Jóias da Carreira da Índia”

“A condição feminina em Portugal e Goa nos séculos XVI e XVII”

29 de Janeiro, quinta-feira

18.00

Gratuito mediante inscrição

 

Museu do Oriente, Avenida Brasília | Doca de Alcântara (Norte) | 1350-362 Lisboa

Tel.: 213 585 200 | E-mail: info@foriente.pt

www.museudooriente.pt

ODISSEIA ESTREIA EM EXCLUSIVO SÉRIE VENCEDORA DE PRÉMIO EMMY 2014

Years of Living Dangerously conta com a participação de figuras internacionais de destaque nas áreas do jornalismo, cinema e televisão

 

ODISSEIA ESTREIA EM EXCLUSIVO SÉRIE VENCEDORA DE PRÉMIO EMMY 2014

image007.jpg

 

 Produzida por James Cameron, Jerry Weintraub, Arnold Schwarzenegger, Daniel Abbasi, Joel Bach e David Gelber, com a participação de figuras de destaque como Matt Damon, Harrison Ford, Jessica Alba, Michael C. Hall ou Thomas L. Friedman e vencedora do prestigiado Prémio Emmy para Melhor Série Documental de 2014, Years of Living Dangerously, que o Odisseia estreia em exclusivo dia 28 de janeiro, conta a história mais importante do nosso tempo: a das alterações climáticas e do seu impacto na população.

DESTAQUES DISCOVERY CHANNEL - DESMONTANDO O COSMOS / ESTREIA

 

Já imaginou como seria se pudesse viajar até ao núcleo de um planeta ou descobrir a composição de um cometa? O programa é uma verdadeira viagem intergaláctica ao interior de planetas, satélites e meteoritos, que levará os espetadores a conhecer como se comporta o magma do sol nas suas camadas mais profundas ou o que encontraríamos na composição do núcleo do planeta Terra se o pudéssemos cortar em duas metades.

Segunda-feira 26 Janeiro às 21:00

image002.jpg

 

Passatempo "Damas e Varões ilustres da Amadora"

O Blog Cultura de Borla em parceria com TEATRO DOS ALOÉS tem bilhetes para a peça  "Damas e Varões ilustres da Amadora" para os dias 23,24 e 25 de Janeiro (21h30 e 16h) nosRecreios da Amadora aos primeiros leitores que:

  

- enviarem um mail para culturadeborla@sapo.pt com a frase "Eu quero ver Damas e Varões ilustres da Amadora com o Cultura de Borla" com nome, BI e nº de telefone e a sessão que pretende.

 

- sejam amigos do Cultura de Borla no Facebook e fazem like no post do passatempo.!

 

- façam like na página do Teatro dos Aloés no Facebook;

 

- partilhem o evento no seu perfil pessoal;

 

17918549_zQkhU.jpg

 

 

 

"Damas e Varões Illustres da Amadora"- 17 a 25 de Janeiro nos Recreios da Amadora 

O texto escrito por Maria João Cruz e Joana Marques remonta há 100 anos mas reveste-se de inusitada atualidade!

O Teatro dos Aloés apresenta "Damas e Varões Illustres da Amadora" -  espetáculo criado no âmbito da comemoração do Centenário dos Recreios da Amadora e estreado em Outubro de 2014. Um texto original de Joana Marques e Maria João Cruz criado a partir de excertos e fragmentos da memória de “Damas e Varões Ilustres da Amadora”, levado à cena no Salão de Festas dos Recreios Desportivos da Amadora, este espetáculo pretende, 100 anos depois, recriar a estreia desta iniciativa local, bem como celebrar a obra do poeta e escritor Delfim de Guimarães, autor dos versos, e de Raquel e Roque Gameiro, filha e pai, autores das caricaturas das várias figuras retratadas em cena. Tal como na altura, pretende-se homenagear as damas e varões da localidade, dando uma ideia da vida e dos costumes da época, estabelecendo ligações com o quotidiano da Amadora atual.

Com o salão de festas a encher de convivas, D. Amadora e Mlle. Venteira, preparam-se para entrar em cena e começarem o espetáculo que os notáveis das artes locais fizeram para homenagear aquela terra e estrear os recém-inaugurados Recreios Desportivos. O problema é que a D. Porcalhota nunca mais chega e sem ela não se pode contar a história da Amadora. Enquanto esperam e não esperam pela freguesia em falta, D. Amadora e Mlle. Venteira revêm as quadras e canções que vão representar em palco e espreitam os muitos ilustres já sentados na plateia, o que só agrava o estado de nervos em que já se encontram. Tanto como as notícias que vão chegando, com novas da Guerra, declarada há tão pouco tempo, naquele verão de 1914. Com o apertar da hora de início, não lhes resta muita escolha: ou esperam e dão cabo do espetáculo ou entram só as duas e tiram a Porcalhota, de uma vez por todas, da História.

 

Ficha Artística:Texto - Joana Marques, Maria João Cruz / Direção - Elsa Valentim / Interpretação - Catarina Guerreiro, Inês Melo / Espaço Cénico, Imagem Gráfica, Fotografia - João Rodrigues / Música - Miguel Tapadas / Produção Executiva - Anabela Gonçalves, Daniela Sampaio / Produção - Teatro dos Aloés

Sessões: 17, 23, 24 Janeiro às 21h30 e 18, 25 de Janeiro às 16h00.

M/6 | Entrada: 5€

Reservas: 916648204 ou teatrodosaloes@sapo.pt

Tradição que se cumpre há cerca de 15 anos no Centro l Alunos do Colégio do Amor de Deus mostram talento artístico no CascaiShopping

image002.jpg

 

O CascaiShopping tem patente ao público até ao próximo dia 2 de fevereiro, no Piso 0, na Praça A, uma Exposição que reúne cerca de 648 trabalhos feitos por alunos do Colégio do Amor de Deus, em Cascais. A mostra integra vários trabalhos criativos feitos com materiais muito diversificados, realizados durante o ano letivo de 2013/2014 pelos alunos dos 3º ao 9º ano, no âmbito da disciplina de Artes Plásticas e Educação Visual, e dos 10º, 11º e 12º ano do curso de Artes, no decurso das disciplinas de Desenho A e Oficina de Artes.

 

Na maioria dos trabalhos que integram esta mostra é explorado o desenho e a sua expressão, o desenho à vista, o desenho analítico e a pintura, onde a expressão, a qualidade da mancha e do traço, a composição e a aplicação de texturas, são alguns dos conteúdos privilegiados, bem como a experimentação de técnicas mistas, desde colagens, composições através de variadas combinações, desde trabalhos criados a partir de diferentes programas gráficos (novas tecnologias) e muitos outros.

 

Entre os principais materiais utilizados nestas criações dos alunos do Colégio do Amor de Deus estão as grafites, carvão, sanguíneas, canetas, esferográficas, aparos, tinta-da-china, aguarelas, pastéis de óleo, lápis de cor, sépias, patines, acrílicos, colas, entre outros. 

 

Todos os trabalhos apresentados nesta Exposição, que decorre há cerca de 15 anos consecutivos no CascaiShopping, foram produzidos no decorrer das aulas que estes alunos tiveram no ano letivo transato e são resultado de propostas feitas pelos professores, no âmbito dos currículos nacionais das diferentes disciplinas que integram estes anos. 

 

Em anexo, enviamos comunicado de imprensa com mais informação de suporte e imagens dos trabalhos que fazem parte desta Exposição para ilustração da referida notícia.

 

Exposição "Como se pronuncia design em português?" | 29 de janeiro | 19h

Exposição realizada no âmbito do Projeto Art on Chairs 2014, e em resultado da parceria entre a Câmara Municipal de Lisboa e a Câmara Municipal de Paredes

MUDE (Lisboa) / Piso 2  / 29 de janeiro a 31 de maio
Aldeia Agrícola (Paredes) / 30 de janeiro a 17 de maio

Como se pronuncia design em português?nasce de uma pergunta que, deliberadamente,  dá também o titulo à exposição, fazendo alusão às diferentes maneiras de pronunciar o termo design na língua portuguesa (e ao que isso denota sobre a sua origem, tradução, história e riqueza de significados). Olhámos para o design de equipamento desenhado e produzido por autores nacionais durante os últimos 60 anos, com maior incidência para o período compreendido entre 1980 e 2014.

"COMO CRIAR UM BLOG?"- Ricardo Martins Pereira ensina: gratuito

Participação gratuita

image001 (3).jpg

 

 

Gostava de criar um blog e conseguir rentabilizá-lo? Tem dúvidas sobre a forma mais eficaz para atrair leitores? Na próxima edição dos Cursos CulturAlegro, Ricardo Martins Pereira, autor do blog “O Arrumadinho” responde a estas e a muitas outras perguntas. A iniciativa é gratuita e decorre nos dias 11, 18 e 25 de fevereiro, das 10h30 às 12h30, na Experience Box do Centro Comercial Alegro Alfragide.

 

Ricardo Martins Pereira irá partilhar a sua experiência enquanto blogger de sucesso e esclarecer todas as dúvidas dos participantes. Aprender a maximizar a criatividade, criar uma estratégia e produzir conteúdos de qualidade são outros dos temas em destaque.

 

Uma oportunidade única para conhecer de perto o universo da blogosfera e adquirir conhecimentos sobre a melhor forma de comunicar através das plataformas digitais. 

 

Os cursos CulturAlegro são gratuitos e destinam-se a todos os apaixonados pelas várias áreas do conhecimento e da cultura geral, onde têm oportunidade de aprender mais sobre cada tema, com profissionais do sector.

 

Cursos CulturAlegro

Vamos criar um blog! Com Ricardo Martins Pereira

11, 18 e 25 de fevereiro, das 10h30 às 12h30

Piso 0 // Experience BOX

 

Gratuito

 

Inscrição prévia no Balcão de Informações, através do 217 125 403 cliente.alegro.alfragide@auchan.pt ou do site www.alegro.pt