Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

Mariana Mortágua vence prémio "revelação" dos Prémios Novos 2015

image1996879.jpg

 

 
Fernando Alvim e Catarina Wallenstein foram os apresentadores da noite que contou ainda com a performance de Alice Joana Gonçalves, actuação d´O Humorista  e música dos D´Alva.

Mariana Mortágua, foi distinguida com o prémio “revelação” numa categoria que se estreou nesta edição. Seguem-se as restantes categorias com respectivos nomeados e vencedores:

ARQUITECTURA

Paulo Moreira (vencedor)
Mariana Pestana
The Worst Tours

ARTES PLÁSTICAS
Musa Paradisíaca (vencedor)
Igor de Jesus
Joana Escoval

CINEMA

João Pedro Plácido (vencedor)
Victória Guerra
Graciano Dias

CIÊNCIA

Pedro Vieira (vencedor)
Sónia Melo
Margarida Melo

CRIATIVIDADE:

Vasco Vicente (vencedor)
Bráulio Amado
Filipe Carvalho

DESPORTO

Nelson Évora (vencedor)
Marcos Freitas
Ricardinho

INOVAÇÃO

Pedro Lopes (vencedor)
Virgílio Bento
Vânia Calisto

GASTRONOMIA

Leonardo Pereira (Vencedor)
João Oliveira
Vasco Lello

INTERNET

Surf Stoke (vencedor)
Chave Móvel
Team Gluck

LITERATURA

Miguel Manso (vencedor)
Frederico Pedreira
Marta Navarro

MODA

Nair Xavier (vencedor)
João Melo Costa
Luís Carvalho

MÚSICA

Bruno Pernadas (vencedor)
DJ Marfox
Norberto Lobo

TEATRO

Ricardo Neves-Neves (vencedor)
Daniel Gorjão
Sara Carinhas

TELEVISÃO

João Moreira e Pedro Santo (vencedores)
Filipa Gomes
João Aragão

REVELAÇÃO

Mariana Mortágua
 
 
 
A edição deste ano contou com o apoio da Guronsan®  e da Sagres Radler Sem Álcool.
 

Kepa Junkera e Hamilton de Holanda trazem o Festim a Estarreja

O programa completo da 7ª edição do Festim - Festival Intermunicipal de Músicas do Mundo foi revelado na manhã de 7 de maio, no espaço Café-Concerto do Cine-Teatro de Estarreja. De 13 de junho a 25 de julho, a festa das culturas tem lugar nos Municípios de Estarreja, Ovar, Albergaria-a-Velha, Águeda, Sever o Vouga e Oliveira do Bairro.

image001 (6).jpg

 

A cultura é fundamental no desenvolvimento de qualquer sociedade e achamos que este festim é também uma expressão muitíssimo interessante da cultura internacional que nós representamos localmente.” O Presidente da Câmara Municipal de Estarreja, Diamantino Sabina, deu assim as boas vindas aos meios de comunicação social nacionais e regionais presentes, partilhando a mesa com João Alegria, Vereador da Cultura do mesmo Município, Elsa Corga, Vereadora da Cultura do Município de Águeda, Catarina Mendes, Vereadora da Educação de Albergaria-a-Velha, Almeida e Costa, Vereador da Cultura de Sever do Vouga, Alda Ribeiro, da Câmara Municipal de Ovar, Catarina Pereira, Município de Oliveira do Bairro, e Luís Fernandes, programador do Festim e representante da d'Orfeu Associação Cultural.

 

Estarreja tem uma relação umbilical com o Festim. “O Município de Estarreja está desde a primeira hora nesta parceria e sentimos, de ano para ano, que este ganhar músculo do festival tem vindo a ser concretizado, atingindo maturidade e crescendo”, sublinhou João Alegria. Para o Vereador da Cultura os dois concertos do Festim em Estarreja permitem, por um lado, “internacionalizar as atividades”, nomeadamente com Kepa Junkera & Sorginak a encerrar as Festas de Santo António, da Cidade e do Município a 14 de junho, e, por outro lado, expressar as capacidades do território com as sonoridades do projeto Bossa Negra dos brasileiros Hamilton de Holanda e Diogo Nogueira, agendado para 3 de julho no Cine-Teatro de Estarreja. “Sentiremos este pulsar do festim, ajudando a qualificar a nossa oferta cultural aos munícipes”, rematou João Alegria na sua intervenção.

 

8 grupos, 17 concertos, 6 municípios

 

Para Luís Fernandes, programador do festival, esta será a segunda melhor edição: “se o ano passado chegámos todos à conclusão de que foi a melhor edição de sempre do Festim, este ano gostaríamos de apresentar uma 7ª edição que demonstre que a do ano passado pode ter sido a melhor de sempre, mas não o tem de ser para sempre”.
De 13 de junho a 25 de julho, a 7ª edição do Festim estende-se por um total de 17 concertos, com explosões musicais em espaços públicos, mas também em alguns dos equipamentos culturais da região, numa viagem festiva por quatro continentes. Kepa Junkera & Sorginak (País Basco, Espanha), Jacky Molard Quartet (Bretanha, França), Noreum Machi (Coreia do Sul), Hamilton de Holanda e Diogo Nogueira (Brasil), Brigada Victor Jara (Portugal), Richard Bona (Camarões), Orquestra Típica Fernández Fierro (Argentina) e Ferro Gaita (Cabo Verde) são os nomes de 2015 do Festim e completam mais um ano de “um exercício de programação fascinante”, nas palavras de Luís Fernandes.

Único festival português a integrar a rede europeia European Forum of Worldwide Music Festivals, o Festim, chegou ao público no verão de 2009, recebendo a herança do “Festival Temático de Músicas do Mundo” (2002-2008). Estruturado numa programação em rede, composta atualmente por seis municípios da Região de Aveiro, este festival é coordenado pela d’Orfeu Associação Cultural e representa uma mais-valia em termos de oferta artística, qualificação de públicos e aproximação de culturas. A 7ª edição do Festim ao pormenor em www.festim.pt

VI FESTIVAL ENCONTROS – Cores, Sons, Sabores e Saberes

 

8, 9 e 10 de maio

Praça de Santa Cruz | Barreiro

 

Música, Dança, Gastronomia, debates, documentários fazem parte do programa do VI Festival Encontros – Cores, Sons, Sabores e Saberes, que tem lugar, na Praça de Santa Cruz no Barreiro, de 8 a 10 de maio. Esta iniciativa é uma parceria entre a Câmara Municipal do Barreiro, associações de imigrantes do concelho, Rumo e CLDS + Barreiro, e insere-se no Projeto Municipal Identidades – Encontro de Culturas. Recorde-se que, no âmbito deste projeto, têm decorrido, ao longo deste ano letivo, várias iniciativas nas escolas, mas também dirigidas ao público em geral. Neste momento, na Fachada dos Paços do Concelho, estão expostas, em painéis, fotografias, captadas pelo Clube de Fotógrafos do Barreiro, de famílias imigrantes. Na Casa-Mãe do Festival Encontros (nº 50 da Praça de Santa Cruz) está patente uma exposição de objetos de cada país, cedidos pelas associações de imigrantes.

 

 

.

 

 

Programa

 

8 maio | 18h00 – 00h00 | Praça de Santa Cruz

 

18h00 – Abertura Oficial do VI Festival Encontros

                Cores, Sons, Sabores e Saberes

 

CASA-MÃE

18h00 – 00h00 | “O Mundo é de Todos” | Exposição de Fotografias de Famílias

                                  de Imigrantes residentes no Concelho do Barreiro

 

LARGO DAS ARTES

18h00 – 21h00 | Feira Mundial do Livro

 

LARGO ASSOCIATIVO

18h00 – 00h00 | Gastronomia do Mundo

18h00 – 00h00 | Artesanato do Mundo

 

PALCO ENCONTROS

18h30 | Grupo Coral Alentejano “Os Amigos do Barreiro”

19h00 | Lil´Wallace - LWC | Rap Brasileiro

20h00 | Danças Bijagos | Dança Tradicional Guineense

20h30 | Henriquinho Júnior | Músico Guineense

 

SALA MULTIATIVIDADES – CLDS + BARREIRO

19h00 | Ciclo de Documentários: “A Minha Pátria”

João e Helena, naturais de Angola, imigraram para Portugal ainda em crianças. É neste País que têm vivido, que trabalham, que casaram e onde estão a criar os filhos. Mas a cultura angolana - na gastronomia, na música, nos trajes… - está presente nas suas vidas e na sua casa. David e Sofia não conhecem a terra natal dos pais, mas aceitam, gostam e adaptam à sua maneira de estar e de ser o que lhes é transmitido da cultura angolana.

Produção CMB 2015

 

19h30 | Ciclo de Documentários: “Canto Santo /Uma casa diferente”

Rodica e Viorel imigraram para Portugal. Somaram amor, dividiram responsabilidades. Nasceu a Madalena e decidiram ficar por cá, em Portugal, onde os sonhos de uma vida melhor, aos poucos, se tornam realidade. Mas não esquecem as origens. E as saudades. A casa de ambos reflete a cultura moldava, em cada objeto, em cada livro. E há um canto, que é Santo. Rodica e Viorel escolheram São Miguel para cumprir o papel de protetor e trazer sorte às suas vidas. E assim tem sido!

Produção CMB 2015

 

21h00 | Palestra “A Verdadeira história da Língua Portuguesa” (1214 – 2014)    Professor Mestre Roberto Moreno

 

PALCO FESTIVAL

22h30 | Urbanvibsz | http://www.urbanvibsz.com

 

9 maio | 15h00 – 00h00 | Praça de Santa Cruz

 

CASA-MÃE

15h00 – 00h00 | “O Mundo é de Todos” | Exposição de Fotografias de Famílias

                                  de Imigrantes residentes no Concelho

15h00 – 00h00 | Ciclo de Documentários: “A Minha Pátria” | “Canto Santo

                               /Uma casa diferente” | Produção CMB 2015

 

SALA MULTIATIVIDADES – CLDS + BARREIRO

15h00 – 17h00 | Debate “O papel das associações de imigrantes na sociedade de acolhimento” Intervenientes: Rumo – Cooperativa de Solidariedade Social; Associação Africana do Barreiro; Associação Angolana do Barreiro; Associação de Filhos e Amigos de Bachil; Associação dos Filhos e Amigos da Ilha das Galinhas – “GHAM-ATHÉ”; Miorita – Associação Cultural dos Imigrantes Moldavos; Associação Cabo-verdiana de Setúbal e Associação Cultural Moinho da Juventude.

 

LARGO DAS ARTES

15h00 – 21h00 | Feira Mundial do Livro

 

17h00 | Teatro Infantil “Viajando com Violeta – Destino China”

Violeta é uma viajante. E o Gato também. Por vezes Violeta senta-se para comer uma maçã, ou curva-se na margem de um rio para beber água... É nestes momentos, que podemos ouvir as histórias das suas viagens, de países tão distantes e de outros, aqui tão perto. Violeta leva-nos além, ela, a sua mala e o Gato!Desta vez, Violeta leva-nos até à China para conhecer a história do aprendiz caçador de dragões.

A partir dos 6 anos | Duração: 40m

 

18h00 | Workshop com DC – Dance Coolture | Dança Júnior | Oficinas de Dança | Grupo de dança Hip Hop que, em 2014, se sagrou campeã Distrital, Nacional e Vice Campeã Ibérica | Aconselha-se a utilização de roupa e sapatos confortáveis.

A partir dos 5 anos | Duração: 1h

 

LARGO ASSOCIATIVO

15h00 – 00h00 | Gastronomia do Mundo

15h00 – 00h00 | Artesanato do Mundo

 

PALCO ENCONTROS

15h00 | Demonstração de Capoeira - Grupo Muzenza | Associação Pernada Carioca

17h00 | Rancho Folclórico do Lavradio

17h30 | Rancho Folclórico do Barreiro

18h00 | Grupo Coral Alentejano UTIB

18h30 | Atuação de Miorita – Associação Cultural dos Imigrantes Moldavos

19h00 | Sevilhanas | Poente Del Rio | Professora Isabel Soares

19h30 | Batucadeiras do Vale da Amoreira

20h00 | Jon Luz | Músico Cabo-Verdiano

21h00 | Batuque Finka Fé | Grupo de Batucadeiras do Moinho da Juventude

 

PALCO FESTIVAL

22h30 | HMB | www.facebook.com/hmbmusic  

 

10 maio | 10h00 – 20h00 | Praça de Santa Cruz

 

CASA-MÃE

10h00 – 19h00 | “O Mundo é de Todos” | Exposição de Fotografias de Famílias

                                  de Imigrantes residentes no Concelho

10h00 – 19h00 | Ciclos de Documentários: “A Minha Pátria”

                               “Canto Santo / Uma casa diferente”| Produção CMB 2015

 

LARGO ASSOCIATIVO

10h00 – 20h00 | Artesanato do Mundo

12h00 – 20h00 | Gastronomia do Mundo

 

LARGO DAS ARTES

10h00 – 17h00 | Feira Mundial do Livro

11h00 | Dança Criativa / Contemporânea Infantil – “O Beijo da Palavrinha”

Esta oficina baseia-se na exploração do movimento através de uma história de Mia Couto, passada no ceio de uma aldeia africana, onde Maria Poeirinha nos remete para um universo de emoções.

Dos 6 aos 10 anos | Duração: 2h

 

PALCO ENCONTROS

15h00 | African Shine | Dança Decale e Afro House

15h30 | Undiman | Dança Tradicional Guineense

16h00 | Grupo Coral Alentejano Unidos do Lavradio

17h00 | Dragostea | Música Moldava

 

CINE CLUBE DO BARREIRO | Largo “Casal”

17h00 | Exibição filme "Lisboetas" de Sérgio Tréfaut

Filme português de 2004. Documentário sobre a nova vaga de emigração que nos últimos anos mudou Portugal.

 

PALCO FESTIVAL

18h00 | Roda de Choro de Lisboa | www.facebook.com/rodachorolisboa

 

Mais Informações:  www.facebook.com/festivalencontros.barreiro | www.facebook.com/municipio.barreiro |www.cm-barreiro.pt

 

Organização: CMB; RUMO - Cooperativa de Solidariedade Social CRL; CLDS + Barreiro; Associação Africana do Barreiro; Associação Angolana do Barreiro; Associação de Filhos e Amigos de Bachil; Associação dos Filhos e Amigos da Ilha das Galinhas – “GHAM-ATHÉ”; Miorita – Associação Cultural dos Imigrantes Moldavos.

 

 

CMB

De Camões a Pessanha: a “Presença Portuguesa na Ásia” à luz da literatura e poesia

Presença%20Portuguesa%20na%20Ásia%20(1).jpg

 

Através dos séculos, o Oriente povoou a mente de inúmeros autores com imagens, personagens e sensações que viriam a retratar nas suas obras. Partindo de narrativas e poemas de autores portugueses inspirados pelo continente asiático, o Museu do Oriente sugere um percurso temático pela exposição “Presença Portuguesa na Ásia”, sexta-feira, 8 de Maio, às 19.00, com a visita “Sendas das Palavras”.

 

De Luís de Camões e Fernão Mendes Pinto a Sophia de Mello Breyner Andresen, passando por Camilo Pessanha e Wenceslau de Moraes, esta visita abre uma nova perspectiva sobre os testemunhos da “Presença Portuguesa na Ásia”, segundo leituras não apenas históricas e políticas mas também artísticas e simbólicas.

 

O objectivo é proporcionar uma contextualização e aproximação privilegiadas aos conteúdos apresentados desta exposição permanente do Museu do Oriente, suscitando diálogos intertextuais que enriqueçam a experiência do visitante.

 

Visita Orientada “Sendas das Palavras”

Exposição “Presença Portuguesa na Ásia”

8 de Maio

Horário: 19.00 às 20.00

Preço: € 6,50

Público-alvo: Para participantes a partir dos 16 anos

Participantes: Mín. 10, Máx. 25

 

Museu do Oriente, Avenida Brasília | Doca de Alcântara (Norte) | 1350-362 Lisboa

Tel.: 213 585 200 | E-mail: info@foriente.pt

www.museudooriente.pt

Siga-nos no

 

"Teatro, Circo & Magia" para todas as crianças aos fins de semana no LoureShopping

Atelies%20LoureShopping_Tudo%20o%20que%20precisas%

 

 

No âmbito do projeto “Animação de A a Z” e sob o mote “Tudo o que precisas saber para ser um grande Artista”, o LoureShopping irá inaugurar, nos dias 9 e 10 de maio, mais um ciclo de atividades lúdico pedagógicas, dando assim continuidade aos programas de fim de semana em família, alegres e divertidos, que se tornaram uma referência neste espaço comercial.

 

“Teatro, Circo & Magia” é o tema dos ateliês que irão decorrer ao longo dos fins de semana em maio, no piso 1 junto à Ilha Infantil, entre as 15H00 e as 19H00, e nos quais poderão participar, gratuitamente, todas as crianças com idades compreendidas entre os 4 e os 12 anos.

 

O primeiro fim de semana – 9 e 10 de maio – é dedicado ao tema “Teatro”. Nesta atividade, será dinamizada uma peça de Teatro para bebés, extensível a toda a família, e com a qual se irá despertar os sentidos através da riqueza dos elementos cénicos, dos sons e dos movimentos que fazem parte do mundo do Teatro. Estão previstas 4 sessões – 15H00, 16H00, 17H00 e 18H00 – e nos intervalos das mesmas serão organizados ateliês de cenografia sobre a peça representada.

 

No fim de semana seguinte – 16 e 17 de maio – estará em destaque a Arte Circense. Sob o tema “Circo – Vê e Aprende”, as crianças terão a oportunidade de assistir a várias performances durante a tarde – 15H00, 16H00, 17H00 e 18H00 – e, no final de cada momento, os monitores de apoio irão ensinar-lhes tudo o que precisam de saber para serem verdadeiros artistas circenses.  

 

No terceiro fim de semana – 23 e 24 de maio – a Literatura e a Banda Desenhada irão estar em destaque nas atividades lúdico pedagógicas do LoureShopping. Através da história do incrível rapaz que comia livros, será contada a todas as crianças – e com recurso a elementos cénicos que tornarão a expressividade dos narradores muito mais real – a história de Henrique, um menino que adorava ler, incutindo assim a todos os pequenos assistentes o gosto pela Leitura. Esta atividade será complementada com a realização de um ateliê sobre Banda Desenhada, baseado na história que foi contada.

 

O último fim de semana de atividades – 30 e 31 de maio – será dedicado à Arte da Magia. Todas as crianças vão assistir a uma performance – 15H00, 16H00, 17H00 e 18H00 – onde os truques poderão parecer difíceis e quase que inexplicáveis na forma como aconteceram. Sob o mote “Magia – Vê e aprende truques”, todas as crianças irão aprender, no final da demonstração, alguns truques que os irão tornar grandes mágicos.

 

O LoureShopping pretende, através destas atividades lúdico pedagógicas que irão preencher os fins de semana de maio – e nas quais poderão participar gratuitamente – proporcionar a todas as crianças momentos que apelem ao desenvolvimento da sua criatividade, da sua capacidade artística e da sua interação em grupo.

 

RED BULL SOUND SYSTEM: ABANA O CORPO E LIBERTA O ESPÍRITO COM RICHIE CAMPBELL

RED BULL SOUND SYSTEM:

ABANA O CORPO E LIBERTA O ESPÍRITO COM RICHIE CAMPBELL

Lisboa, 8 de Maio no Museu da Carris

 

_N2L0174.jpg

 

Em 2004 a Red Bull Music Academy conduziu uma experiência inédita em Portugal quando promoveu a iniciativa How To Build a Sound System. Foi a primeira vez que a Red Bull Music Academy saiu do seu local de nascimento para operar noutro país! Mike, Bunny e Jenny - verdadeiros ativistas do mítico Notting Hill Carnival e participantes no lendário Saxon Sound System, vieram até Lisboa e durante algumas semanas ajudaram um grupo local de músicos e djs a construir de raiz o primeiro sound system devedor da tradição jamaicana de que há memória em Portugal. Entretanto, nestes 11 anos, muito mudou em Portugal, pois claro. Expandiu-se a cultura dos sound systems e os próprios sons a ela associados.

 

No próximo dia 8 de Maio, decorrerá no Museu da Carris em Alcântara o lançamento do novo trabalho de Richie Campbell, “In The 876”, festa que contará com a participação do mítico David Rodigan (radialista da BBC e importante divulgador da cultura musical jamaicana) e a que o Red Bull Sound System se associa. Verdadeira celebração do espírito comunal jamaicano, esta iniciativa pretende reunir a comunidade lisboeta perante um som capaz de fazer abanar os corpos e libertar o espírito.

 

Mas o que é, afinal, um sound system? Um sistema de som, de acordo com os princípios aprimorados por décadas de tradição na Jamaica, é mais do que um conjunto de caixas acústicas e amplificadores. O facto de ser normalmente fabricado por quem o utiliza, só reforça a ideia de fuga â norma e o estabelecimento de laços estreitos entre quem faz, quem divulga e quem ouve esta música. Um sistema de som é tudo isso: o equipamento, os discos, os selectors (quem escolhe os discos), os toasters (quem pega no microfone), os técnicos que operam e fabricam todas as peças, mas também o público que responde ao delicado bailado de frequências.

 

O Red Bull Sound System vai regressar à atividade para celebrar esse espírito, suportando os graves, médios e agudos de que se faz o novo disco de Richie Campbell que nos promete para o Museu da Carris um verdadeiro momento de celebração e partilha com direito a tudo o que se possa imaginar: música, pois claro, energia, uma lenda viva em palco, espírito de Kingston em Alcântara, vibração universal, graves bem definidos e ondulantes. Para abanar o corpo e libertar o espírito.

 

Data: 8 de Maio 2015

Local: Carpintaria - Museu da Carris, Alcântara

Horário: 23H

Preço: 12€

 

#Inthe876

#Dateasas

#Redbull

 

Sabe mais em. Redbull.pt

Colóquio "Importância do Enoturismo para o desenvolvimento da região" | Fernando Pó - 9 de maio

No âmbito da 20.ª Mostra de Vinhos

Importância do Enoturismo para o desenvolvimento da região debatido em Fernando Pó

 

O programa da 20.ª Mostra de Vinhos em Fernando Pó, concelho de Palmela, reserva a manhã de sábado, 9 de maio, para um momento de debate e reflexão, especialmente vocacionado para os vitivinicultores e outros profissionais do setor.

“Importância do Enoturismo para o desenvolvimento da região” é o tema do colóquio, com início às 10 horas, que irá reunir um painel de oradores com perspetivas e experiências diversas, no que respeita à valorização do património e da atividade vinícola, associando-os à construção de oferta turística específica para um nicho de mercado cada vez mais significativo. Está prevista a participação do Vereador Luís Miguel Calha, responsável pelo Turismo da Câmara Municipal de Palmela, de Mário Cravidão, do Instituto Politécnico de Setúbal, de Fátima Silva, da Rota de Vinhos da Península de Setúbal, de Manuela Sampaio, da ADREPES – Associação para o Desenvolvimento Rural da Península de Setúbal, de José Arruda, da Associação dos Municípios Portugueses do Vinho, e de Jorge Humberto, da Entidade Regional de Turismo da Região de Lisboa.

Pretende-se favorecer a criação de sinergias e dotar os participantes de ferramentas, conceitos e informação útil, nomeadamente, no que respeita ao acesso a fundos comunitários para investimento nesta área. A Entidade Regional de Turismo da Região de Lisboa, definiu, já, no seu Plano Estratégico 2015-2019, o Enoturismo como um dos contributos mais fortes da centralidade Arrábida, em que nos inserimos, para o dinamismo e atratividade da região.

A entrada é livre.

Catarina Lacerda e Susana Madeira põem a língua de fora para falar em bom português

“Das Línguas” é uma leitura encenada que tira partido de oito poemas de Regina Guimarães e chega ao Café-Concerto do Cine-Teatro de Estarreja (CTE) no próximo sábado, 9 de maio, às 22h. Inserida na Feira do Livro e da Música, cujo programa se estende de 6 a 10 deste mês, esta performance de Catarina Lacerda e Susana Madeira, do Teatro do Frio, brinca com a relação entre o músculo língua e a Língua Portuguesa.

image001 (3).jpg

 

Língua solta, língua de fora, tento na língua. Catarina Lacerda e Susana Madeira, criadoras e intérpretes desta leitura encenada que intitularam “Das Línguas”, exploram várias expressões com a presença da língua. Aliás, nesta performance, a “Língua” não quer passar despercebida. Durante cerca de três quartos de hora, as atrizes sobrepõem jogos silábicos, enfatizam a métrica, dão musicalidade aos textos originais de Regina Guimarães, extraídos do livro “Comer a Língua” (Pé de Mosca/Teatro do Frio, 2013), que estará disponível para venda no mesmo local.
“Das Línguas”, explora a relação viva entre o músculo língua e a musculatura e esqueleto da Língua Portuguesa, desmultiplicada em sons e imaginários. No sábado, o Café-Concerto do CTE vai dar à língua e desconstruir a gramática portuguesa.
Bilhetes à venda na Bilheteira do CTE, no site da Bilheteira Online, lojas CTT, Fnac e El Corte Inglés.

 

SÁB 9 MAI 22H00 Das Línguas
Regina Guimarães textos Catarina Lacerda e Susana Madeira criação e interpretação Teatro do Frio produção [TEATRO/POESIA] 3€ / entrada gratuita (Cartão Amigo, Cartão Sénior e Jovem Municipal)