Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

TEATRO PRAGA APRESENTA TERCEIRA IDADE NO 26º FESTIVAL DE ARTES DE MACAU

4d068f4d-d0c9-4d84-9469-2bcb94eb683c.jpg

 

O Teatro Praga foi escolhido para representar as artes performativas portuguesas no 26º Festival de Artes de Macau com Terceira Idade. O espetáculo, baseado no texto homónimo de J.M. Vieira Mendes, será apresentado nos dias 21 e 22 de maio às 20:00 e 23 de maio às 15:00 no Edifício do Antigo Tribunal.

Terceira Idade foi coproduzido pelo Teatro Viriato em Viseu, a primeira sala a receber o espetáculo que passou também pelo Teatro Aveirense, Balleteatro, Teatro Camões, TAGV, Teatro-Cine e Centro Cultural Vila Flor entre 2013 e 2014, e marca a primeira apresentação da companhia na Ásia.

O Festival de Artes de Macau teve a sua primeira edição em 1990, e é hoje uma referência no panorama cultural asiático. A 26ª edição tem por tema Encontro, e procura “explorar a diversidade linguística das artes performativas e quebrar diversas restrições linguísticas”.


Sinopse e mais informações - http://www.teatropraga.com/ultimos-espetaculos/2013-2/terceira-idade/intro/

Fotografias (crédito: Susana Pomba) - 
http://we.tl/AvsGBRMBvl

TEATRO PRAGA APRESENTA TERCEIRA IDADE NO 26º FESTIVAL DE ARTES DE MACAU

4d068f4d-d0c9-4d84-9469-2bcb94eb683c.jpg

 

O Teatro Praga foi escolhido para representar as artes performativas portuguesas no 26º Festival de Artes de Macau com Terceira Idade. O espetáculo, baseado no texto homónimo de J.M. Vieira Mendes, será apresentado nos dias 21 e 22 de maio às 20:00 e 23 de maio às 15:00 no Edifício do Antigo Tribunal.

Terceira Idade foi coproduzido pelo Teatro Viriato em Viseu, a primeira sala a receber o espetáculo que passou também pelo Teatro Aveirense, Balleteatro, Teatro Camões, TAGV, Teatro-Cine e Centro Cultural Vila Flor entre 2013 e 2014, e marca a primeira apresentação da companhia na Ásia.

O Festival de Artes de Macau teve a sua primeira edição em 1990, e é hoje uma referência no panorama cultural asiático. A 26ª edição tem por tema Encontro, e procura “explorar a diversidade linguística das artes performativas e quebrar diversas restrições linguísticas”.


Sinopse e mais informações - http://www.teatropraga.com/ultimos-espetaculos/2013-2/terceira-idade/intro/

Fotografias (crédito: Susana Pomba) - 
http://we.tl/AvsGBRMBvl

OUTFEST DISTINGUIDO COM O SELO EFFE

 

 

europe%20festivals.png

 

O OUT.FEST - Festival Internacional de Música Exploratória do Barreiro -  foi distinguido com o selo "EFFE - Europe for Festivals, Festivals for Europe" 2015-2016. A decisão foi divulgada ontem, 20 de maio, pela EFFE. Esta iniciativa tem o apoio da União Europeia e visa reconhecer festivais que demonstrem um profundo compromisso com as artes, com as suas comunidades e com os valores europeus.

Um júri internacional deliberou atribuir a 761 festivais, de 31 países diferentes, entre os quais Portugal, um reconhecimento pela excelência do seu trabalho.

Esta primeira geração de festivais portadores do selo EFFE verá o seu trabalho divulgado no site da plataforma, em www.effe.eu, através do qual será disponibilizado, no Verão, um guia online de festivais europeus.

 

CMB