Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

O melhor da África atual mostra-se em Lisboa

É paixão!

 

 

 

image003.jpg

 

 

“O mundo a seus pés”, uma instalação criada por Fátima Lopes propositadamente para África em Lisboa, que vai decorrer de 27 a 31 maio, no Museu da Carris, revela a sua coleção de sapatos, a nova paixão e aposta da marca da estilista.

 

A criadora e a designer de jóias Maria João Bahia, autora do troféu Globos de Ouro e do prémio Moztech, Expo Digital de Moçambique, são as presenças portuguesas em África em Lisboa.

 

Durante os cinco dias do evento, as estilistas africanas Gertrudes Évora (Cabo Verde), Duda Camenha e Mia Alves (Angola), Nonó Moda (Guiné), Goretti Pina (São Tomé) e o estilista Moms Amade (Moçambique), desfilam as suas mais recentes criações.

 

Em África em Lisboa, o artista plástico João Murillo, nascido em Angola, apresenta as esculturas-instalações “Estação das Chuvas” e “Feito de branco, branco de feito”, além de quadros e aguarelas da sua autoria.

 

Angola está ainda representada nas obras de António Ole, Hildebrando de Melo, Adalberto Brito (Dé), Dília Fraguito Samarth e Lino Damião.

 

Na pintura de David Levy Lima, vemos refletida toda a morabeza cabo-verdiana mas também o estado de alma de quem vive, há mais de 40 anos, longe da sua terra natal.

 

De Moçambique, chegam-nos as pinturas de Malangatana e as esculturas de Gonçalo Mabunda e Bata.

 

Da Guiné, as obras do pintor João Carlos Barros.

 

E tantos outros pintores, escultores, artistas plásticos, designers, criadores africanos e portugueses que, em pleno coração da capital portuguesa, marcam presença nesta celebração de um mundo que fala português.

 

África em Lisboa

27 a 31 de maio

Quarta a sexta-feira: 18h00-00h00

Sábado e domingo: 13h00-00h00

Museu da Carris (Rua Primeiro de Maio, 101-103, 1300-472 Lisboa)

 

Bilhetes:

+ 6 anos: 5 €/dia

Passe Família/dia (4 pessoas: dois adultos e dois menores 12 anos): 18 €

Passe 5 dias: 22 €

Locais de venda: Bilheteira no local

Dia Mundial da Criança invade o Dolce Vita Ovar

31 de maio e 1 de junho

 

Dia Mundial da Criança invade

Dolce Vita Ovar

 

image002 (2).jpg

 

3 dias repletos de animação para os mais pequenos

 

O Dolce Vita Ovar vai viver três dias com muita animação infantil gratuita. Para comemorar o Dia Mundial da Criança, nos dias 30, 31 de maio e 01 de Junho, o Centro Comercial vai encher-se de teatro, música, dança, insufláveis, sessões fotográficas, atelier infantil, jogos e muita animação.

Sobe ao palco do Centro Comercial no sábado, dia 30, pelas 15h a peça de teatro “Alice no País das Maravilhas” encenada pelo grupo de teatro Sementinhas. No Domingo, dia 31 pelas 15 horas os sonhos continuam com o espetáculo de dança “Sonhos da Violeta”.

Para que os dias sejam ainda mais animados, as crianças vão poder pintar as caras com as suas personagens e heróis favoritos. Para a pequenada pular de alegria poderão ainda usufruir de um insuflável totalmente gratuito.

Os visitantes mais pequenos do Centro Comercial poderão ainda participar numa sessão fotográfica com personagens animadas e cheias de vida como palhaços, fadas e o Sr. Cartolas, e levar fotografias para casa assinadas pelo Sr. Sonho, para mais tarde recordar este dia tão animado.

No Dia Mundial da Criança, dia 01 de Junho o Dolce Vita Ovar convida todos os meninos e meninas para um animado atelier infantil em que os petizes poderão preparar o seu próprio lanche.

Para além do divertido insuflável, as crianças poderão aprender e participar em divertidos Jogos Tradicionais portugueses.

Programa completo

30 de maio pelas 15h00:

  • Peça de teatro “Alice no País das Maravilhas”, pelo Grupo de Teatro “Sementinhas”;
  • Atelier de Pinturas Faciais
  • Insuflável Gratuito.

 

31 de maio pelas 15h00:

  • Atuação do Grupo de Dança “Sonhos de Violeta”;
  • Atelier de Pinturas Faciais e
  • Sessões fotográficas com personagens animadas e oferta de fotografias.

1 de Junho pelas 15h00

  • Atelier Infantil com “Lanche” feito pelas crianças;
  • Insuflável Gratuito
  • Jogos Tradicionais (Cadeirinha, Corrida do Saco…)

 

Fundação We Are Water inaugura exposição “As Vidas da Água”

 

 

  • A exposição narra a importância dos recursos hídricos no Níger
  • A exposição estará patente no Roca Lisboa Gallery até maio de 2015 e a entrada é gratuita
  • Veja aqui algumas fotografias captadas pelo fotojornalista Juan Carlos Tomasi

 

image006.jpg

 

 

No âmbito das comemorações do Dia Mundial da Água, proclamado pela Assembleia Geral das Nações Unidas e que será celebrado no próximo domingo, dia 22, a Fundação We Are Water inaugurou ontem a exposição “As Vidas da Água”, em colaboração com a organização Médicos Sem Fronteiras e com fotografias de Juan Carlos Tomasi. 

Na inauguração, estiveram presentes Juan Carlos Tomasi, fotojornalista e autor do trabalho fotográfico, e Susana Oñoro, jornalista e atual Communication Officer do Níger. Para Juan Carlos Tomasi “nos países em desenvolvimento, ter ou não acesso à água é a diferença entre a vida e a morte. Em pleno século XXI, derivado a vários fatores como as más políticas dos governos e a gestão dos recursos, a morte de uma criança por falta de acesso à água é um assassinato, é um crime. É muito importante que as pessoas venham ver a exposição, porque vão-se dar conta de como o acesso à água pode modificar as estruturas de uma população e permite que diferentes doenças tenham consequências irreversíveis numa comunidade".

 

image007.jpg

 Segundo Susana Oñoro, “hoje em dia, a cada 20 segundos, morre uma criança por problemas relacionados com o consumo de água, o que quer dizer que 2 milhões de pessoas morrem por ano por doenças devidas à má gestão de água. Nesse sentido, em nome da Médicos Sem Fronteiras, quero agradecer à Fundação We Are Water e ao Roca Lisboa Gallery, pela possibilidade de mostrar, através desta exposição, o trabalho que a Médicos Sem Fronteiras tem desenvolvido no Níger, que está muito relacionado com a saúde das crianças menores de 5 anos e mulheres grávidas, e com a gestão da água”.

image009.jpg

 Segundo Susana Oñoro, “hoje em dia, a cada 20 segundos, morre uma criança por problemas relacionados com o consumo de água, o que quer dizer que 2 milhões de pessoas morrem por ano por doenças devidas à má gestão de água. Nesse sentido, em nome da Médicos Sem Fronteiras, quero agradecer à Fundação We Are Water e ao Roca Lisboa Gallery, pela possibilidade de mostrar, através desta exposição, o trabalho que a Médicos Sem Fronteiras tem desenvolvido no Níger, que está muito relacionado com a saúde das crianças menores de 5 anos e mulheres grávidas, e com a gestão da água”.

 

 

A falta de água, a água de má qualidade, a água motor da agricultura e do desenvolvimento, a água aliada dos mosquitos e da malária, a água que alivia a sede, que dá de comer, que limpa ou contamina, que cura ou mata. É sob estas premissas que a exposição “As Vidas da Água” narra a importância deste elemento no Níger: marca o dia-a-dia da população, com especial enfoque sobre as crianças mais pequenas, uma vez que são as primeiras pessoas a sofrerem com a ausência de água.

Neste país do Sahel, de chuvas erráticas e caprichosas, a água tem muitas vidas: a alimentação, o bem-estar e a saúde dependem do acesso a água de boa qualidade. No Níger, centenas de milhares de crianças sofrem, ano após ano, de subnutrição aguda severa e malária, duas doenças que convivem entre si durante os meses mais críticos para as famílias, quando já esgotaram os produtos da colheita anterior e ainda não colheram os da que se segue. A organização Médicos Sem Fronteiras trabalha há anos no sentido de fazer face a esta crise crónica e reduzir a morbilidade e a mortalidade das crianças menores de 5 anos.

 

O olhar magistral do fotojornalista Juan Carlos Tomasi foca a vida quotidiana dos habitantes da zona rural da região de Tahoua, no sul do Níger, onde as diferentes vidas da água ditam o destino de milhares de pessoas. 

 

A exposição estará patente no Roca Lisboa Gallery até maio de 2015 e a entrada é gratuita.

O Roca Lisboa Gallery está aberto ao público de segunda a sexta das 10h às 20h e sábado das 10h às 17h (encerra ao domingo).

 

Créditos da exposição:

 

Organização: Fundação We Are Water

Em colaboração com: Médicos Sem Fronteiras

Fotografias: Juan Carlos Tomasi

Design Gráfico: Maialen Arana, Estudio Bicoté

Impressão das fotografias: El Taller de Fotografia

Produção gráfica: ArtsGràfiques Torres

Molduras: d’IVORI

Traduções: Traditext Centre Lingüístic

                       Tânia Simões Traduções

 

 

Para além desta iniciativa, no dia 21 de março (sábado) a Fundação We Are Water irá promover uma ação de rua na Praça dos Restauradores, de forma a sensibilizar os cidadãos, incentivando à reflexão sobre a problemática da água que afeta milhares de pessoas em todo o planeta. Será colocado um painel representativo do mapa mundo no qual cada pessoa poderá fazer uma doação numa zona do globo e, num gesto simbólico de ajuda, colocar um autocolante em forma de gota.

O Dia Mundial da Água é celebrado pela Fundação We Are Water, através da rede internacional de Roca Galleries, e tem como principal objetivo alertar e despertar o interesse por parte da opinião pública e das instituições sobre a necessidade de criar uma nova cultura de água que permita o desenvolvimento justo e uma gestão sustentável dos recursos hídricos no mundo. A Fundação assume-se como uma plataforma que pretende apelar a uma utilização mais racional da água, e como uma ferramenta para combater, em conjunto com outras organizações, os devastadores efeitos provocados pela carência deste recurso e de saneamento básico em diversas zonas do planeta.

Dia da Criança: atividades gratuitas com Nutri Ventures



Media_NV04.png

 


A Nutri Ventures anuncia que vai celebrar o Dia Mundial da Criança em vários pontos do país, nomeadamente na Figueira da Foz, Mafra, Lisboa e Loures. Em cada cidade, a marca de entretenimento infantil portuguesa vai participar em diferentes eventos e juntar-se a outras marcas que, em conjunto, vão desenvolver atividades para crianças com idades compreendidas entre os 4 e os 10 anos.

A Nutri Ventures irá participar nos seguintes eventos:




FIGUEIRA DA FOZ
Complexo Municipal José Bento Pessoa
31 de maio, das 9h às 19h
Comemoração do Dia Mundial da Criança MEO Kids – atividades variadas ao longo do dia: torneio de futebol, aula de zumba e dance fusion fit, sessões de show cooking, ‘Mercadinho do Figas’, desfile de moda infantil, parque de insufláveis, pinturas faciais, modelagem de balões e ainda exibições de karaté, capoeira, culminando o evento com uma largada de balões.

MAFRA
Parque Municipal de Mafra
31 de maio, das 10h às 19h
Há festa no Parque – atividades variadas ao longo do dia: rappel, escalada, rugby, kempo, batismo equestre, Muay Thay e Kick Boxing, matraquilhos, insufláveis, gincanas, slide, jogos infantis e tradicionais, hora do conto, entre outros.


Recorde-se que a Nutri Ventures tem como missão promover hábitos alimentares saudáveis na infância a nível mundial procurando, através do entretenimento, unir a sociedade em torno desta causa e fornecer ferramentas que tornem a alimentação das crianças mais saudável e divertida.

Meio milhar caminham entre o tapete e a vinha - Domingo 31

Caminhada do Tapete até à Vinha, 31 de Maio, 2015

 

O TAPETE VAI À VINHA

arraiolos-6.jpg

 

A Caminhada do Tapete até à Vinha, em Arraiolos, tem mais uma edição no dia 31 de Maio, com inscrição gratuita e visita à Adega das Mouras com prova de Vinhos. 

 

A Caminhada, que contou no ano passado com 350 participantes, consiste num percurso de 12 km, com encontro marcado, às 8h30, na Praça do Município e chegada à Adega das Mouras.

 

As inscrições para participação no evento são gratuitas, embora no programa também esteja marcado um almoço convívio com um custo de 5€/.

 

O registo de participação poderá ser feito na DGESE na Câmara Municipal de Arraiolos ou em www.cm-arraiolos.pt, para caminhada (sem almoço) até ao próprio dia e com almoço até dia 28 de Maio.

 

Portadores do Cartão Social do Munícipe e Cartão Jovem Municipal têm 50% de desconto. 

 

A iniciativa é promovida pela Câmara Municipal de Arraiolos, com apoio da Adega das Mouras de Arraiolos, que pretende assim promover um momento de lazer e convívio e de contacto próximo com a sua terra-mãe aos munícipes. 

 

O Município espera meio milhar de participantes.

 

CORPOS QUE ENVERGONHAM | Embarrassing Bodies: Holland | TLC | 1 de junho às 21h55

 

As noites do TLC nunca mais serão as mesmas com a estreia de ‘Embarrasing Bodies: Holland’, um programa exclusivo que acompanha os casos mais secretos da medicina, acompanhando uma equipa de médicos que percorrem a Holanda para apoiar com o seu saber científico todos os que necessitam de ajuda.

‘Embarrassing Bodies: Holland’ estreia no TLC no dia 1 de Junho às 21h55.

 

 

 

A versão holandesa do sucesso britânico ‘Embarrassing Bodies’ estreia-se no TLC, um programa que acompanha dois médicos de medicina geral e um dentista numa longa viagem pela Holanda, num posto de saúde móvel. O objetivo? Prestar todo o apoio e o seu saber científico a todos quantos necessitem urgentemente de ajuda médica.

 

A fantástica equipa de médicos percorrem diversas cidades e todos são bem-vindos a partilhar os seus segredos tão íntimos que nem aos seus próprio médicos que os seguem têm a coragem de desvendar.

 

Não há problemas sem solução para esta equipa de médicos que se dispõe a ajudar todos sem exceção, e não se poupam a meios para atingir os resultados que desejam. O resultado final é sempre o mesmo, pessoas felizes com os conselhos que receberam e os seus problemas são curados. Conheça esta equipa que transforma a vida das pessoas!

 

‘Embarrassing Bodies: Holland’ estreia no TLC a 1 de junho às 21h55.

 

Sinfonia Palmela" assinala Dia do Concelho | 31 de maio - Cine-teatro S. João

“Sinfonia Palmela”

Obra sinfónica de Jorge Salgueiro assinala Dia do Concelho

 

A “Sinfonia Palmela” é apresentada ao público no dia 31 de maio, às 21h30, no Cine-teatro S. João, no âmbito das comemorações do Dia do Concelho. Trata-se de uma obra sinfónica, composta pelo Maestro Jorge Salgueiro, para assinalar o Dia do Concelho sob proposta do Município.

De grande valor artístico, cultural e, também, simbólico, a obra está estruturada em cinco partes – cada uma delas evocativa de uma das cinco freguesias do concelho – e contou com forte apoio do tecido económico local, no âmbito do projeto “Mecenas de Palmela”.

Dirigida pelo Maestro, esta primeira apresentação pública da “Sinfonia Palmela” contará com a participação dos músicos da Sociedade Filarmónica Palmelense “Loureiros”, da Sociedade Filarmónica Humanitária, da Sociedade Filarmónica União Agrícola, da Sociedade de Instrução Musical, do Conservatório Regional de Palmela e da Orquestra Nova de Guitarras.

Tendo como base a mesma obra musical, pretende-se que o projeto possa desenvolver-se em 2016 e 2017, através da integração de novos elementos musicais e participantes, designadamente, os grupos corais das nossas coletividades, contribuindo para que o projeto possa crescer e ganhar maior imponência.

O espetáculo “Sinfonia Palmela” tem entrada gratuita, mediante levantamento de bilhetes (disponíveis a partir de dia 29 de maio). Mais informações através do telf. 212 336 630 ou do e-mail cultura@cm-palmela.pt.

 

Actividades para toda a família no Museu do Oriente

Dia Mundial da Criança

 

 

 

Um peddypaper pelo Museu, um conto encenado das mil e uma noites, uma visita-jogo de se lhe tirar o chapéu, um workshop de origami para aprender a dizer “gosto de ti” em papel dobrado e um concerto para os mais novos, são as propostas do Museu do Oriente para celebrar o Dia Mundial da Criança, em família, nos dias 30 e 31 de Maio e 1 de Junho.

 

Durante o fim-de-semana, a diversão começa às 11.00, com o peddypaper “Crianças de todo o mundo”, um desafio aos mais novos para explorarem o Museu e, nas suas peças, descobrirem pistas sobre a vida das crianças noutros lugares do mundo. Diferenças, semelhanças, gostos e preferências, para conhecer e partilhar da melhor forma: a brincar.

 

Às 15.00, a visita-jogo “Que cabeça para cada chapéu?” percorre as exposições do Museu à procura de chapéus e a tentar adivinhar a que cabeças pertencem… a um samurai, ao capitão de uma nau, a um camponês chinês? De chapéu em chapéu, serão identificados usos, histórias e localizações geográficas.

 

À mesma hora, para testar as habilidades de miúdos e graúdos, a oficina de origami “Dobragens de Afecto” ensina formas simples, mas cheias de significado, de dizer “gosto de ti”.

 

Às 17.00, é a vez do conto dramatizado “Mil e uma estórias” nos transportar para o Oriente, ao sabor das histórias protagonizadas por Xerazade, Sinbad, Aladino e Ali Babá.

 

No Dia Mundial da Criança, segunda-feira, o Auditório do Museu recebe o concerto comemorativo do 40º aniversário do Provedor de Justiça, que assinala o seu trabalho em prol dos cidadãos e seus direitos, uma iniciativa gratuita protagonizada pela Orquestra Vialonga, projecto educativo e de intervenção social que oferece ensino musical.

 

Dia Mundial da Criança no Museu do Oriente

30, 31 de Maio e 1 de Junho

 

30 ou 31 de Maio | 11.00-12.30

“Crianças de todo o mundo”

IMG_8489 (2).jpg

Peddypaper pelo museu

Preço: € 3,50/ participante

Público-alvo: Para famílias com crianças a partir dos 4 anos

Participantes: Mín. 10, Máx. 25

 

 

 

30 ou 31 de Maio | 15.00-16.30

“Que cabeça para cada chapéu?”

Visita-jogo Preço: € 3,50/ participante

Público-alvo: Para famílias com crianças a partir dos 4 anos

Participantes: Mín. 10, Máx. 25

 

30 de Maio | 15.00-17.00

“Dobragens de Afecto”

Por Origami - Academia do Papel

Público-alvo: para crianças a partir dos 7 anos, acompanhadas por um adulto

Preço: € 9,00/participante

Participantes: Mín.10, Máx.20

30 de Maio | 17.00-17.50

“Mil e uma estórias”

Conto Dramatizado

Preço: € 3,00/ participante

Participantes: Mín. 24; Máx. 30

1 de Junho | 17.30

 

 

Concerto Comemorativo do 40º aniversário do Provedor de Justiça

IMG_2944.jpg

 

Pela Orquestra Vialonga

Entrada livre

Organização: Provedor de Justiça

 

Museu do Oriente, Avenida Brasília | Doca de Alcântara (Norte) | 1350-362 Lisboa

Tel.: 213 585 200 | E-mail: info@foriente.pt

www.museudooriente.pt

MOULLINEX "ELSEWHERE" AO VIVO NO LUX

Um dos fundadores da essencial Discotexas acaba de carimbar o seu bilhete para "Elsewhere".

A nova aventura de Moullinex arrancou a 18 de Maio e a sua estreia ao vivo é hoje, dia 28, no Lux Frágil.
As portas abrem pelas 22h e o concerto acontece às 23h. Depois há DJ sets de Fort Romeau (UK), Moullinex & Xinobi, SONO e Midnight.

image1.JPG

 

Não é música de dança. É apenas música. Apesar da intensa actividade nesse mundo, Moullinex, o alter-ego do viseense Luis Clara Gomes quer ser, e é, muito mais do que uma mera máquina de fazer dançar. Não que não seja bom a pôr pessoas a abanar, é só que se move igualmente bem entre vários géneros e ambientes, sejam eles a pista, o sofá ou a rua.
Elsewhere, o segundo disco de originais, vinca isso ainda mais. Soul e funk do passado, com garage rock, MPB – especialmente nas percussões e na flauta, cada vez com mais destaque aqui – e psicadelismo à mistura, bem como sintetizadores carregados de nostalgia pelo futuro, tudo a conviver de maneira perfeita e a deixar bem vincado o facto de a música vir toda da mesma pessoa. Isto, claro, além da sempre presente dança e o objectivo de dar um toque humano às máquinas. Desmarca-se, em especial, do Disco, género ao qual o som de Moullinex tem sido associado ao longo dos anos.
O sucessor de Flora foca-se, tanto em termos das letras quanto da música, no mundo dos sonhos. Todo o tipo de sonhos, dos que ocorrem quando fechamos os olhos para ir dormir àqueles que orientam as nossas vidas e metas. E o quão diferente pode ser, depois do estado de permanente descoberta e deslumbramento da infância, crescer e não os ver cumpridos, numa constante desilusão, mas tudo filtrado através da lente sonhadora e soalheira do costume, ainda presente. É uma temática tremendamente pessoal, o que leva a que, pela primeira vez, o álbum não tenha colaborações vocais externas, com alguém que estava mais confortável enquanto produtor, músico e DJ a assumir cada vez mais o protagonismo como vocalista.

O segundo concerto de apresentação é no Porto, a 19 de Junho, no Hard Club.
Bilhetes em: http://ticketline.sapo.pt/evento/moullinex-elsewhere-10749/sessao/37476_673_1434751200

Projeto do Museu Municipal de Palmela vence “Prémio Ação Pedagógica” nos Prémios SOS Azulejo 2014

Prémios SOS Azulejo 2014

Projeto do Museu Municipal de Palmela vence “Prémio Ação Pedagógica”

 

O Município de Palmela recebeu ontem, dia 27 de maio, o “Prémio Ação Pedagógica”, no âmbito dos Prémios SOS Azulejo 2014, cuja cerimónia decorreu no Palácio Fronteira, em Lisboa. O Presidente da Câmara Municipal de Palmela, Álvaro Balseiro Amaro, e a equipa do Museu Municipal de Palmela receberam o prémio, atribuído ao projeto Maleta Pedagógica «Arte2 - o Património Azulejar do concelho de Palmela», que pretende evocar a riqueza do nosso património azulejar, traduzindo a sua importância e presença nos monumentos do concelho e motivando para a promoção e criação artística. Em concreto, apresenta-se uma síntese da história do azulejo e do Património azulejar do concelho, entre os séculos XVII ao XX, o saber-fazer de oleiros e ceramistas, massas, pigmentos, metodologias de salvaguarda, jogos didáticos, um glossário e bibliografia.

Esta maleta, lançada em 2014, tem viajado pelas escolas, IPSS e outras entidades que demonstrem interesse em explorar o tema, e em parceria com o espaço Fortuna Artes & Ofícios, possibilita uma visita às oficinas e fornos para contactar com as técnicas utilizadas e produzir e pintar azulejos.

Na comunicação da atribuição do prémio a Palmela, o júri sublinhou o «excecional nível da candidatura e contributo para a valorização do património azulejar português».

O projeto “SOS Azulejo” tem, como principal desígnio, sensibilizar para a necessidade de proteção do património azulejar português, tão ameaçado pelo furto e pela incúria. A iniciativa é promovida pelo Museu de Polícia Judiciária e Escola de Polícia Judiciária, em parceria com a Direção Geral do Património Cultural, o Instituto Politécnico de Tomar, a Associação Nacional de Municípios Portugueses, a Guarda Nacional Republicana, a Polícia de Segurança Pública, a Rede Temática em Estudos de Azulejaria e Cerâmica João Miguel Santos Simões através do Instituto de História de Arte da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, e a Universidade de Aveiro.

 

 

Luís Figo com a Ciência Viva na Volvo Ocean Race

volvo_ocean_race-press(3).png

 

Na próxima segunda-feira, Dia Mundial da Criança, às 12.00, Luís Figo estará com a Ciência Viva no Espaço do Mar na Volvo Ocean Race.

Durante a visita as crianças convidadas pela Fundação Luís Figo vão vestir a pele de um taxonomista e aprender a descrever e classificar os seres vivos que nos rodeiam, usando como modelo o ecossistema imaginário dos peluches. Uma experiência científica que vai fazer as delícias dos mais novos neste dia especialmente dedicado a eles.

As actividades da Ciência Viva na Volvo Ocean Race continuam durante o resto da semana em parceria com a Câmara Municipal de Lisboa. Na terça-feira, entre as 14.00 e as 16.00, o público vai descobrir o que têm em comum o pudim, o ketchup e o leite achocolatado e fabricar esparguetes coloridos e caviar com sabor a fruta. Porque a nossa cozinha também pode ser um grande laboratório de experiências.

Quarta-feira é dia de mergulhar no mar e observar organismos marinhos ao microscópio. Vamos também ver como se limpam as zonas afectadas por uma maré negra, convidando o público a testar diferentes métodos físicos e químicos de remoção dos óleos da água.