Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

"Translation and World Literature" | Conferência no Museu do Oriente | 2 de Julho | 17.00 | Entrada Livre

 

Museu do Oriente recebe conferência sobre tradução e literatura comparadas

 

Museu%20do%20Oriente%20(2).jpg

 

O Museu do Oriente acolhe na quinta-feira, 2 de Julho, às 17.00, uma conferência subordinada ao tema “Translation and World Literature”, apresentada por Zhang Longxi, professor da City University de Hong Kong.

 

Trata-se de uma sessão plenária do programa do Institute for World Literature, a decorrer até 15 de Julho na Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, em parceria com a Universidade de Harvard.

 

Partindo da premissa que, para se tornar um exemplo de world literature em circulação, um texto precisa de transcender o seu contexto linguístico e cultural de origem, a tradução assume um papel fundamental neste processo de transformação que vai da literatura nacional à literatura-mundo.

 

Com base na sua experiência de tradutor e autor de uma história da literatura chinesa, Zhang Longxi vai abordar a ideia de untranslatability (‘intraduzibilidade’), acompanhada de uma reflexão sobre os desafios e recompensas da tradução literária como recriação artística. Enquanto recriação, todavia, a tradução deve ser também avaliada pela distância a que deixa o original em termos de fidelidade, legibilidade e elegância – os três célebres princípios formulados por Yan Fu (1854-1921), um dos mais influentes tradutores chineses da modernidade.

 

Revisitando estes princípios e discutindo as questões por eles suscitadas, esta conferência trará matéria de reflexão sobre a relação muito próxima entre tradução e world literature.

 

Zhang Longxi é Professor Catedrático de Literatura Comparada e Tradução, na City University de Hong Kong. É membro do Conselho Executivo da Associação Internacional de Literatura Comparada, membro estrangeiro eleito da Real Academia Sueca de Letras, História e Antiguidades e da Academia Europaea. Entre a sua vasta lista de publicações, tanto em inglês como em chinês, contam-se as seguintes obras: “The Tao and the Logos: Literary Hermeneutics, East and West” (Duke, 1992), “Mighty Opposites: From Dichotomies to Differences in the Comparative Study of China” (Stanford, 1998), “Allegoresis: Reading Canonical Literature East and West” (Cornell, 2005), Unexpected Affinities: Reading across Cultures” (Toronto, 2007), e “From Comparison to World Literature” (SUNY, 2014).

 

Conferência “Translation and World Literature

Quinta-feira, 2 de Julho

17.00-18.30

Entrada livre

Orador: Prof. Zhang Longxi (City University of Hong Kong)

Entrada livre, sujeita à disponibilidade da sala

Em inglês, sem tradução simultânea

 

 

Museu do Oriente, Avenida Brasília | Doca de Alcântara (Norte) | 1350-362 Lisboa

Tel.: 213 585 200 | E-mail: info@foriente.pt

www.museudooriente.pt

Dois monstros da música brasileira no Festim, esta semana!

Hamilton de Holanda e Diogo Nogueira: o Festim em modo Bossa Negra!

image.png

 

QUI 2 JULHO, 22:00 – ALBERGARIA-A-VELHA Quinta do Torreão (Albergaria ConVida)

SEX 3 JULHO, 22:00 – ESTARREJA Cine-Teatro de Estarreja

 

http://www.festim.pt/

http://www.facebook.com/dorfeu.festim


Dois dos maiores expoentes da nova geração da música brasileira - o cantor e estrela do samba Diogo Nogueira e o bandolinista Hamilton de Holanda - fundem os seus universos musicais no concerto Bossa Negra, sob inspiração do afro-samba. Um olhar brasileiro sem rótulo único, em magníficos duetos de voz e bandolim que só artistas deste estirpe conseguiriam engendrar. O concerto cruza samba, choro e jazz numa linguagem inédita, fazendo jus ao talento dos protagonistas, magistralmente acompanhados ao contrabaixo e à percussão. Festim sem este Brasil não seria a mesma coisa!
13 Junho a 25 Julho 2015  |  7ª edição

 

ÁGUEDA * ALBERGARIA-A-VELHA * SEVER DO VOUGA OVAR * ESTARREJA * OLIVEIRA DO BAIRRO

 

Kepa Junkera & Sorginak (País Basco, Espanha) Jacky Molard Quartet (Bretanha, França) Noreum Machi (Coreia do Sul) Hamilton de Holanda e Diogo Nogueira (Brasil) Brigada Victor Jara (Portugal) Richard Bona (Camarões) Orquesta Típica Fernández Fierro (Argentina) Ferro Gaita (Cabo Verde)
http://www.festim.pt/ http://www.facebook.com/dorfeu.festim

"A crise na Ucrânia e a defesa europeia" em discussão no Museu do Oriente | 2 Julho | 18.30 | Entrada livre

Polémicas%20Europeias (2).jpg

 

 

“A crise na Ucrânia e a defesa europeia” é o tema da próxima conferência do ciclo Polémicas Europeias, que se realiza no Museu do Oriente, quinta-feira, 2 de Julho, às 18.30, com entrada livre.

 

O embaixador da República Federal da Alemanha em Portugal, Ulrich Brandenburg, e o antigo Presidente da Assembleia da República e antigo Ministro dos Negócios Estrangeiros e da Defesa, Jaime Gama, são os interlocutores desta conferência moderada por Nuno Severiano Teixeira, presidente do IPRI-UNL. 

 

Esta é a penúltima conferência do ciclo Polémicas Europeias, dedicado a temas candentes da actualidade política europeia, uma iniciativa co-organizada pela Fundação Oriente, Instituto Português de Relações Internacionais da Universidade Nova de Lisboa e jornal Público.

 

Ciclo de Conferências Polémicas Europeias

“A crise na Ucrânia e a defesa europeia”

Quinta-feira, 2 de Julho

18.30

Entrada livre

Esta semana: dois dias e 30 oradores no grande encontro internacional sobre a Luz

Esta semana: dois dias e 30 oradores no grande encontro internacional sobre a Luz

2-3-julho-2015-press(1).png

 

O papel da luz nos nossos dias e a sua ligação com a arte, a ciência, a tecnologia, as comunicações ou a história serão discutidos no Pavilhão do Conhecimento por um painel de investigadores, artistas e empresários portugueses e estrangeiros.

Em pleno Ano Internacional da Luz, o Pavilhão do Conhecimento recebe esta quinta e sexta-feira, dias 2 e 3 de Julho a conferência internacional Light, from the earth to the stars, organizada pela Ciência Viva e pela Academia Europaea - Barcelona Knowledge Hub.

Desde o fotão, que o investigador do CERN Álvaro de Rújula chama "a partícula da vida", até ao satélite Hipparcos da ESA que mapeou mais de 100 000 estrelas, passando pelas células solares e LEDs de baixo custo que mudarão a forma como iluminamos as nossas casas e a vida nos países emergentes, todo um arco-íris de temas se abre à nossa curiosidade.

De que forma a luz deu origem à vida, como é que a natureza comunica através da bioluminescência e de que forma a arte faz uso da luz, serão outras questões que irão iluminar estes dois dias de discussão viva e aberta.

A abertura contará com a presença de Fernando Medina (Presidente da Câmara Municipal de Lisboa), Denis Weaire (Vice-Presidente da Academia Europae e Fellow da Royal Society), Carlos Fiolhais (Comissário do Ano Internacional da Luz em Portugal) e Ana Martinho (Presidente da Comissão Nacional da UNESCO), seguida de uma homenagem a Mariano Gago, que trabalhou activamente no programa desta conferência nos últimos meses da sua vida.

Ao proclamar o Ano Internacional da Luz, a ONU reconhece a importância das tecnologias baseadas na luz para a promoção de um desenvolvimento sustentável nas áreas da energia, educação, agricultura e saúde. Os eventos incluídos na sua programação visam promover uma melhor compreensão do papel central da luz, celebrando desde os primeiros estudos no campo da óptica, há 1000 anos, até às descobertas nas comunicações ópticas que revolucionaram o acesso à Internet e ao mundo digital.

Programa completo em
www.cienciaviva.pt

5 julho | AMAC | Ateliê de Ilustração e Origami

 

 

atelier%20ilustração%20origami.jpg

 

O AMAC - Auditório Municipal Augusto Cabrita recebe, no dia 5 de julho, pelas 11h00, o Ateliê de Ilustração e Origami, com Cristina Salvador.

 

Duração: 60 a 90 minutos

Público-alvo: Crianças dos 5 aos 10 anos

3 euros

 

Mais informações: Divisão de Promoção Cultural – 21 206 82 30 | cultura@cm-barreiro.pt

Festim 2015

6 Municípios vizinhos, 8 grandes nomes da world music, 17 concertos

image.png

 


http://www.festim.pt/
http://www.facebook.com/dorfeu.festim

 

 

De 13 de Junho a 25 de Julho, Kepa Junkera & Sorginak (País Basco, Espanha), Jacky Molard Quartet (Bretanha, França), Noreum Machi (Coreia do Sul), Hamilton de Holanda e Diogo Nogueira (Brasil), Brigada Victor Jara (Portugal), Richard Bona (Camarões), Orquesta Típica Fernández Fierro (Argentina) e Ferro Gaita (Cabo Verde) passam pelos municípios de Águeda, Albergaria-a-Velha, Sever do Vouga, Ovar, Estarreja e Oliveira do Bairro, num total de 17 concertos em rede, no incomparável cartaz da 7ª edição do Festim - festival intermunicipal de músicas do mundo.

O Festim tem a honra de abrir a sua 7ª edição com Kepa Junkera & Sorginak, num regresso do notável e consagrado mago da trikitixa (concertina basca) a Águeda, na noite de 13 de Junho, desta vez em plena Praça do Município, cruzando sinergias com a Festa de São Sebastião. O concerto dos bascos repete no dia seguinte, 14 de Junho, em Estarreja, nas Festas da Cidade, no Parque Municipal do Antuã. Nestes concertos de abertura, Kepa Junkera surge acompanhado pelo grupo feminino Sorginak, uma erupção de percussão basca.

No fim-de-semana seguinte, a 19 e 20 de Junho, chegam os primeiros concertos de sala, com a música celta bretã do Jacky Molard Quartet, respectivamente no Quartel das Artes Dr. Alípio Sol (Oliveira do Bairro) e no Cineteatro Alba (Albergaria-a-Velha). Todos os concertos têm início pelas 22h00. Ao longo dos seguintes fins-de-semana e até final de Julho, a programação do Festim 2015 distribui-se maioritariamente por concertos realizados ao ar livre, devolvendo a festa à rua em espaços públicos, m
as também em alguns dos principais equipamentos culturais da região, na festiva viagem deste ano por quatro continentes.

Com um singular modelo de programação em rede, numa parceria intermunicipal que envolve os Municípios de Águeda, Albergaria-a-Velha, Sever do Vouga, Ovar, Estarreja e Oliveira do Bairro, juntamente com o apoio oficial da Secretaria de Estado da Cultura / Direcção-Geral das Artes, o reconhecimento desta iniciativa da d'Orfeu Associação Cultural consolida-se cada vez mais como uma imagem de marca da região, tanto pela programação ímpar de artistas de projecção internacional, como pela crescente conquista e fidelização de públicos oriundos de diversas zonas do país. Igualmente a nível internacional o Festim reforça a sua marca, com a recente conquista do selo de qualidade EFFE (Europe For Festivals, Festivals for Europe), além de ser o único membro português do “European Forum of Worldwide Music Festivals”.

Toda a programação do Festim 2015 se encontra disponível em http://www.festim.pt/, sítio oficial do festival.
De 13 de Junho a 25 de Julho, é tempo de um grande Festim!


13 Junho a 25 Julho 2015  |  7ª edição
ÁGUEDA * ALBERGARIA-A-VELHA * SEVER DO VOUGA
OVAR * ESTARREJA * OLIVEIRA DO BAIRRO

Kepa Junkera & Sorginak (País Basco, Espanha)
Jacky Molard Quartet (Bretanha, França)
Noreum Machi (Coreia do Sul)
Hamilton de Holanda e Diogo Nogueira (Brasil)
Brigada Victor Jara (Portugal)
Richard Bona (Camarões)
Orquesta Típica Fernández Fierro (Argentina)
Ferro Gaita (Cabo Verde)



http://www.festim.pt/
http://www.facebook.com/dorfeu.festim

1 de julho às 18H00 l Frida Kahlo: A Mulher Emancipada l CascaiShopping

 

 

image002.png

 

No âmbito da Exposição de Fotografias Fashion Icon Frida Kahlo que se encontra patente ao público até 12 de julho, o CascaiShopping vai levar a cabo, no próximo dia 1 de julho às 18H00, a realização de mais uma Tertúlia inspirada na artista, fechando assim este ciclo de conversas e de partilha que tem reunido, ao longo das últimas semanas, vários nomes conhecidos do mundo da Moda, Arte e TV e Jornalismo.

 

Esta última Tertúlia – “Frida Kahlo: A Mulher Emancipada” – irá decorrer no piso 1 do CascaiShopping, na Praça dos Papagaios, e conta com a participação de Sílvia Baptista e Bruno Seruca e com a moderação de Ana Passos.