Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

Cidade das Tradições® | 18 a 20 de setembro em Lisboa (Parque de Jogos 1º de Maio, Alvalade) | 3ª edição | ENTRADA LIVRE

image001.jpg

 

 

Região do Centro de Portugal em destaque

Grandes espéculos de palco: Amélia Muge, Danças Ocultas & Orquestra Filarmonia das Beiras, Toques do Caramulo, Canção de Coimbra

 

A Cidade das Tradições®, iniciativa da Fundação Inatel, tem este ano como convidada a Região de Turismo do Centro de Portugal. Concertos de palco, exposições e demonstrações de artesanato, oficinas de música, dança, artes e ofícios, folclore, brinquedos e jogos tradicionais,

atividades ao ar livre, teatro de robertos e cinema documental marcam mais uma vez presença num evento que, na sua 3.ª edição, se constitui já como uma referência na capital dedicada à diversidade de expressões e linguagens das artes e culturas tradicionais.

 

ESPECTÁCULOS DE PALCO com a presença de agrupamentos de dimensão e experiência em artes performativas, tais como Amélia Muge, Danças Ocultas & Orquestra Filarmonia das Beiras, Toques do Caramulo, Canção de Coimbra.

 

ESPECTÁCULOS DE RUA E ACTIVIDADES AO AR LIVRE com Oficinas de histórias itinerantes, Jogos Tradicionais, Provérbios em movimento, Teatro de Robertos, Serenatas de Coimbra, Bombos de Silvares, Gaiteiros de Coimbra, Passeios de Burro Tradicional Português, Passeios com Cão da Serra da Estrela.

 

TENDAS DE ARTES E OFÍCIOS para exposição e demonstração de saberes e fazeres associados às artes e ofícios tradicionais, incluindo a mostra e venda de produtos / artigos específicos de produção gastronómica regional/local da Região Centro e resto do país: burel e lã da Serra da Estrela, encadernação tradicional, marinharia, miniaturas em madeira da Ria de Aveiro, cerâmica artística e satírica do Oeste, licores de Coimbra, pastelaria tradicional de Peniche, doçaria regional do Fundão, tradições da Gardunha, Ovos-moles de Aveiro, cavacas de Pinhel.

 

TENDAS DE OFICINAS com espaços de aprendizagem coletiva e participação com:

Música tradicional Viola Beiroa e Viola Caipira (Brasil), Guitarra Portuguesa e Canção de Coimbra, Adufeiras de Monsanto e Adufeiras do Paul, Polifonias do Minho;

Danças tradicionais Baile mandado e Corridinho, Tranca e Serra da Estrela, Jogo do Pau;

Técnicas específicas Provérbios, Marionetas de Fio, Ruas Floridas de Mação, construção de instrumentos musicais em barro.

 

ESPAÇO CINEMA PCI – PATRIMÓNIO CULTURAL IMATERIAL dedicado à divulgação de práticas e expressões em registo cinematográfico/videográfico, incidindo em obras premiadas no Concurso de Vídeo INATEL / Património Imaterial; registos audiovisuais do Projeto Memória Media / Cooperativa Memória Imaterial e projetos inovadores como CACO – A Tradição ao Improviso.

 

Na sua 3.ª edição,a Cidade das Tradições® é um grande evento festivo que promove a livre participação e a partilha de conhecimentos entre públicos e artistas envolvidos diariamente na missão de preservação e divulgação das artes e práticas culturais tradicionais, reunindo associações culturais, comunidades, agentes culturais num estímulo à descoberta da variedade e diversidade de expressões e linguagens e oferecendo um palco de demonstração da sua vitalidade e atualidade nas áreas da música, dança, teatro, artes e ofícios e gastronomia tradicional.

 

Trata-se de uma iniciativa única em Portugal, dedicada às artes e culturas tradicionais, promovida pela Fundação INATEL, no cumprimento da sua missão de consultora da UNESCO para a salvaguarda do Património Cultural Imaterial, no que concerne em especial à sensibilização para o património expressivo português e meios para a sua salvaguarda.

 

O REGRESSO DE FASHION POLICE AO E!

MARGARET CHO AND NENE LEAKES DÃO AS BOAS-VINDAS ÀS ESTRELAS NO REGRESSO DE FASHION POLICE AO E!

 

Duas senhoras com sentido de humor e sem papas-na-língua, juntar-se-ão a Melissa Rivers, Giuliana Rancic e Brad Goreski para a cobertura de mais um MTV’S VIDEO MUSIC AWARDS. Não perca no dia de 2 de setembro!

fashion.jpg

 

Fashion Police dá as boas-vindas à irreverente comediante Margaret Cho e à frontal e sincera NeNe Leakes no regresso da série ao canal E! no dia 2 de setembro às 18h. Estas duas personalidades estarão ao lado dos apresentadores Melissa Rivers, Giuliana Rancic e Brad Goreski para comentar as escolhas de outfit mais sensacionais e desastrosas da edição deste ano do MTV Video Music Awards. Após a estreia, o programa irá dedicar alguns episódios a grandes eventos de moda e música pop como o New York Fashion Week, os Emmys e o American Music Awards. A moda e a comédia vão andar de mãos dadas através das opiniões desta equipa que não irá perdoar as escolhas das celebridades nestes eventos. Não perca os 6 episódios especiais em exclusivo no canal E!

Após o primeiro episódio, todas as semanas serão reveladas através das redes socias as duas celebridades convidadas para o programa seguinte. A revelação dos dois convidados surpresa que se irão juntar ao painel de apresentadores residente será feita através do Instragram antes de cada episódio. Ao longo do dia serão partilhados conteúdos adicionais, como fotos e vídeos dos bastidores, haverá interação com os fãs e comentários extra sobre os looks apresentados durante o programa. 

Não pode perder o regresso do Fashion Police ao canal E! com as hilariantes mas sinceras críticas das primeiras convidadas, Cho e Leakes, sobre os últimos outfits das celebridades, nesta nova edição do programa. Esteja atento a @fashionpolice no Instagram para ter acesso exclusivo a quem serão os próximos convidados a apresentar os 6 episódios do programa ao logo desta edição.

 

Poderá assistir ao E! nos seguintes serviços:

Cabovisão:
E! Posição 96  

NOS: E! Posição 056 / E! HD Posição 082

Meo: E! Posição 102 / E! HD Posição 101 

 

 

 

 

 

Graça: Suite teatral em três movimentos | TEATRO DA GARAGEM

ESPETÁCULOS | 15 Outubro a 8 Novembro | de 4ª-feira a Domingo | 21h30 

Criação 79 do Teatro da Garagem 

Encenação de Carlos J. Pessoa  

TG1_Fotografia%20de%20Tadeu%20Machado.jpg

 


EXPOSIÇÃO DAS MAIS RECENTES OBRAS DE GRAÇA MORAIS | 15 Outubro a 8 Novembro Diariamente das 15h00 às 24h00 | Inauguração dia 15 de Outubro às 18h30  


Graça – Suite teatral em três movimentos, é um espectáculo do Teatro da Garagem, numa co-produção com o Teatro Municipal de Bragança no âmbito da 6ª edição do Plast & Cine. A edição do Plast & Cine 2015 homenageou a artista plástica Graça Morais, e a cidade de Bragança foi o palco de um conjunto de iniciativas dedicadas à vida e obra da artista.  Graça significa nome, deusa, elegância, dom, amizade, estima… Para construir este espectáculo partimos da vida e obra de Graça Morais, propondo uma viagem pelos ciclos temáticos das suas criações, guiada pelas notas e apontamentos da própria artista e pelas palavras de António Tabucchi. Em Graça compusemos uma Suite Teatral que reflecte por um lado a força e poesia do trabalho de Graça Morais, por outro permite, na sobreposição dos sucessivos gestos expressivos e políticos, o movimento da memória, como quem revolve e escava a terra. Diz a artista: “Um quadro é sempre o lugar da minha maior intimidade. Estou lá toda”. Para nós o teatro é também esse lugar! Maria João Vicente



Este espetáculo resulta de um encontro feliz entre o Teatro da Garagem e a obra da pintora Graça Morais. Assistimos na cena a três movimentos distintos que estabelecem outros tantos pontos de vista sobre aspectos da obra da artista. No primeiro movimento desta suite teatral consideramos os sentidos como argumento axial na abordagem estética. São os sentidos que, em primeiro lugar, determinam o discurso, o entendimento, não apenas da obra pictórica, mas do modo como a artista se apercebe do mundo. Nesta medida a pintura de Graça Morais resulta de gestos de anotação e de movimentos de reflexão, presentes nos seus diários, que estabelecem uma geografia peculiar.  No segundo movimento encontramos um texto teatral, O Fim do Mito de António Tabucchi e uma pintura em particular, A Caminhada do Medo VIII, que lhe serviu de ponto de partida. A teatralização do texto permite-nos olhar a pintura a partir de uma perspectiva crítica que a acrescenta de leituras e ressonâncias ampliando o universo inicial dos sentidos. Neste segundo movimento o olhar sobre a obra de Graça Morais sofre uma deslocação dos itinerários predilectos para uma vocação universalista cujo pendor a situa na génese mítica do Ocidente. A revisitação do mito de Eneias, em A Caminhada do Medo VIII, estabelece uma umbilicalidade com as migrações contemporâneas do norte de África para a Europa. O fantasma de Eneias coexiste com os fantasmas dos náufragos de Lampedusa. O segundo movimento agrega, no mesmo plano, a má consciência da Europa, (a haver consciência, ainda…), a impotência, o desespero, a cobardia e a indiferença. Caminhar para onde afinal? Será que vale a pena ter fé nalguma coisa?  O terceiro movimento, desagua diretamente no atelier da artista. É aí por entre telas, pincéis, tintas e serapilheiras, que é possível espreitar o gesto que tudo começa e no qual, este espetáculo, adquire pulsação. É lá, no confronto da mão e da palavra da pintora com a obra inacabada, que esta suite teatral atinge o seu zénite e encontra a sua razão de ser. A Graça Morais que fazemos surgir na cena é a GRAÇA deste espetáculo, a dádiva e a inspiração que, por ventura, tem para oferecer. A Graça Morais que conhecemos numa tarde solarenga de Março no seu atelier da Costa do Castelo, dá à palavra GRAÇA, e à sua promessa de felicidade, uma voz e um rosto.  
Carlos J. Pessoa 
FICHA ARTÍSTICA E TÉCNICA Encenação e Concepção Plástica Carlos J. Pessoa  Textos Graça Morais e António Tabucchi  Dramaturgia Maria João Vicente  Assistente de Encenação Nuno Nolasco  Interpretação Ana Palma, Beatriz Godinho, Maria João Vicente, Nuno Nolasco e Nuno Pinheiro  Cenografia e Figurinos Sérgio Loureiro  Música, Desenho e Operação de Som Daniel Cervantes  Vídeo Nuno Nolasco  Operadores de câmara Nuno Nolasco, Nuno Pinheiro e Tadeu Machado  Fotografia Tadeu Machado 

Desenho e Operação de Luz Nuno Samora  Direcção de Produção Maria João Vicente  Produção e Comunicação Carolina Mano  Coprodução Teatro Municipal de Bragança e Teatro da Garagem 
M/12 
EXPOSIÇÃO | ENTRADA LIVRE

ESPETÁCULO | BILHETES €5* a €10  Reservas e informações: 21 885 41 90 | 96 801 52 51

Vampiros iranianos e clássico de John Carpenter no Warm-Up MOTELx

 

A 9.ª edição do Festival arranca dia 8 mas antes há que aquecer as noites de Lisboa com o Warm-Up MOTELx. Já esta quinta-feira há cinema ao ar livre no Cais do Sodré com a estreia de ‘A Girl Walks Home Alone at Night’, o primeiro western de vampiros iraniano. No sábado, no Largo de São Carlos e também ao ar livre, tempo para lembrar o clássico ‘Eles Vivem’, de John Carpenter. As noites de 3, 4 e 5 de Setembro prolongam-se com concertos e DJ sets no Lounge, Sabotage e Musicbox.

Arranca já esta quinta-feira o Warm-Up MOTELx com bom cinema ao ar livre, muitos concertos e outras actividades que iniciam a contagem decrescente para o início do Festival (na próxima semana, terça-feira, dia 8). A abrir, quinta-feira 3 de Setembro às 22h30 no beco do bar Lounge, na Rua da Moeda, Caisw do Sodré, ‘A Girl Walks Home Alone at Night’ (EUA, 2014), de Ana Lily Amirpour. Vampiros iranianos que vão deixar todos os presentes com muito medo de regressar a casa. No sábado, 5 de Setembro, o MOTELx recupera um clássico da ficção científica de terror, ‘Eles Vivem’ (‘They Live’) de 1988. No Largo de São Carlos, os óculos especiais do filme do mestre John Carpenter vão voltar a mostrar uma realidade bem diferente e muito mais assustadora a partir das 21h30. A entrada é livre para ambas as sessões.

Online o Webisódio #2 > Branko: Atlas Unfolded da Red Bull Music Academy em São Paulo [A cidade “onde o Google Maps não te salva” recebe a estreia mundial com o Boiler Room Debuts na sexta dia 4]

BRANKO: ATLAS UNFOLDED #2 SÂO PAULO

UM CONTO SOBRE 5 CIDADES, O MAKING OF DE UM ALBUM DE ESTREIA VERDADEIRAMENTE GLOBAL

image003 (2).jpg

 

+++ Nova série documental em cinco partes segue o produtor Branko em modo itinerante entre a Cidade do Cabo, Nova Iorque, São Paulo, Amsterdão e Lisboa +++ Hoje estreia o websisódio #2 em São Paulo onde Branko criou os seus temas mais políticos do novo álbum “Atlas” +++ Dia 4 de Setembro às 22H “Atlas” será apresentado ao mundo desde São Paulo com o Boiler Room Debuts x Red Bull Music Academy +++ Vê os episódios online em  daily.redbullmusicacademy.com

 

A coincidir com o lançamento do primeiro álbum a solo de Branko, “Atlas”, a série documental “Atlas Unfolded” estreia um novo webisode todos os dias às 15H (hora local) entre 31 de Agosto e 4 de Setembro de 2015 em daily.redbullmusicacademy.com.

 

Hoje já se encontra online o webisódio Atlas Unfolded #2 documenta a paragem na cidade de São Paulo  “onde o Google Maps não te salva”. Numa semana tão borbulhante como a própria cidade, Branko começa por tocar num festival e numa festa underground e ainda encontra tempo para algum digging de discos. Este episódio testemunha Branko a trabalhar nas canções mais políticas de Atlas com Marginal Men, MC Bin Laden, os instrumentistas jazz Mauricio Takara & Guilherme Granada, Cícero e mais alguns nos Red Bull Studios locais.

 

A web-series Atlas Unfolded é a documentação visual da viagem em cinco partes de Branko até Cidade do Cabo (África do Sul), Nova Iorque (USA), São Paulo (Brasil), Amsterdão (Holanda) e Lisboa (Portugal) que acompanha a interacção em estúdio em tempo real: um work-in-progress genuíno, incluindo colaborações espontâneas e conversas noite adentro com beatmakers locais sobre novas scenes e estilos emergentes nas cidades a que cada um chama casa. Após horas de trabalho na rede de Red Bull Studios e em cinco cidades diferentes, Atlas  vê a luz do dia com uma longa e culturalmente rica lista de colaboradores.

 

O trailer pode ser visto em https://youtu.be/GRYO7ov0E_s. E a coincidir com o episódio final da série, Branko vai celebrar o lançamento do seu álbum com um set a partir de São Paulo. A Red Bull Music Academy juntou-se ao Boiler Room para uma emissão vídeo especial, que pode ser assistida no dia 4 de Setembro (22:00 hora local) em http://boilerroom.tv/session/branko-presents-atlas/.

 

Atlas Unfolded demonstra o compromisso da Red Bull Music Academy com a celebração da música, a sua cultura e as mentes transformadoras que a criam. Tendo acompanhado o caminho musical e pessoal de Branko como colaborador próximo já há mais de 13 anos, a Academy possibilita este ex-participante a partilhar a sua viagem única com fãs de todo o planeta.

 

Ver online. http://daily.redbullmusicacademy.com/2015/08/atlas-unfolded

 

 

redbullmusicacademy.com

rbmaradio.com

facebook.com/redbullmusicacademy

twitter.com/rbma

instagram.com/redbullmusicacademy

@RBMA

#atlasunfolded

#brankoofficial

HMB E LINDA MARTINI CONFIRMADOS NA FESTA DA JUVENTUDE DE ARRAIOLOS

Entradas livres nos dias 11 e 12 de Setembro de 2015

 

HMB.jpg

 

Lindamartini.jpg

 

 A histórica vila Alentejana de Arraiolos promove a Festa da Juventude, nos dias 11 e 12 de Setembro, com as actuações dos HMB e Linda Martini, respectivamente, ambos com entrada livre.

 

O certame, que contribui para dinamizar o associativismo juvenil é, simultaneamente, um impulso na acção municipal para a juventude.

 

O evento é promovido pelo Município de Arraiolos que igualmente desenvolve um conjunto de programas junto dos seus munícipes mais jovens.

 

Exemplos dessas medidas são o caso do “Cartão Jovem Municipal”, o “Programa Jovem +” e “Apoios Económicos a Estudantes do Ensino Superior Público", investimentos municipais que visam o desenvolvimento sustentável do concelho e o acesso equitativo das populações mais jovens a bens e serviços, bem como a fixação da população jovem no concelho.

 

António Chaínho | Um grande regresso aos concertos em Setembro

view.jpg

 


FESTIVAL SOU DO FADO, 4 Set

FESTA DO AVANTE, 6 Set

FESTIVAL CAIXA ALFAMA, 19 Set

Depois do lançamento do seu novo CD “Cumplicidades” em Março e da sua estreia ao vivo no CCB em Abril, Mestre António Chainho tem andado em tour com o seu novo projeto um pouco por todo o país e estrangeiro, tendo encontro marcado novamente com Lisboa em três importantes concertos que assinalam o seu regresso em Setembro, e que mostrarão uma vez mais as diferentes facetas de compositor e intérprete dentro da multiplicidade de abordagens musicais a que Chainho nos tem habituado ao longo dos seus 50 anos de carreira e que lhe valeram o reconhecimento pela revista Songlines como um dos 50 músicos mais influentes da World Music.
 
Festival “Sou do Fado” (Largo de São Carlos a 4 Set): será um concerto puramente instrumental, que percorrerá a extensa obra instrumental de Chainho, contando para o efeito com importantes convidados como o Basco Kepa Junquera no acordeão, Marta Pereira da Costa na Guitarra Portuguesa, e o trompetista Português residente em Londres, Raul D’Oliveira, músico que tem integrado recentemente as tournées de artistas como Sting ou Elton John.
 
Festa do Avante (Auditório 1º de Maio a 6 de Set), um concerto voltado para o lugar da música Portuguesa no contexto da world music e o mais próximo do seu recente disco “Cumplicidades”, e onde Chainho será acompanhado pelas grandes vozes cúmplices de Paulo de Carvalho, Ana Bacalhau (Deolinda), Filipa Pais, Hélder Moutinho e o Grupo Coral e Etnográfico da casa do Povo de Serpa, talvez o mais importante grupo de Cante Alentejano da atualidade, e ainda pelo trompetista Raul D’Oliveira.
 
Festival Caixa Alfama (Palco Caixa a 19 Set), trata-se de um concerto de Mestre António Chaínho centrado no seu repertório de Fado, quer instrumental, quer cantado, assim como em diferentes temas cantados que cruzam o Fado com a música Brasileira e Africana retirados da sua extensa discografia, contando com o regresso ao Fado por parte de Paulo de Carvalho, voz única e um dos mais prolíficos compositores de Fado dos últimos 20 anos, da cantora e fadista Filipa Pais, voz singular com uma discografia própria no Fado, e Ana Vieira, versátil cantora que a par de Filipa Pais têm acompanhado o Mestre nas suas tournées dos três últimos anos.
 
Para este três concertos, Mestre António Chainho será acompanhado pela sua banda constituída por Ciro Bertini (baixo, acordeão e direção musical), Tiago Oliveira (viola), Ruca Rebordão (percussão) e Diogo Carvalho (percussão).
 
Três grandes concertos, e outras tantas formas de abordar a música Portuguesa e do mundo, o Fado e o seu instrumento mais icónico, a Guitarra Portuguesa, num festejado regresso aos palcos de Lisboa de um dos seus mais importantes executantes, que da excelência, sabedoria e cumplicidade partilhada ao longo dos seus 77 anos de idade e 50 de carreira artística fez o mote de um percurso pessoal ímpar como músico, artista e cidadão.
 
Os 50 Anos de Carreira de Mestre António Chainho têm o apoio da Associação Mutualista Montepio no âmbito das comemorações dos seus 175 anos, da RTP e da Antena 1. O CD “Cumplicidades” tem ainda o apoio da Sociedade Portuguesa de Autores e do Museu do Fado.

António Chaínho

Concertos com o selo Biruta

 

59518ff4-5c3d-421a-a721-0c52be1695b4.png

 

 

BLESS THIS MESS
2 SET* - LISBOA - Music Box : Tradiio Sessions [+info]
4 SET* - PORTO - Hard Club [+info]
12 SET* - ALCOCHETE - Hardcore Pool Party [+info]
20 SET - PORTO - Parque da Cidade : Porto Sunday Sessions [+info]

TIO REX
13 SET* - LISBOA - Popular Alvalade : Infected Sessions #11 [+info]
19 SET - LISBOA - Music Box : A Harmonia de Não Ter Tempo [+info / bilhetes]

CORONA
12 SET - BRAGA - Theatro Circo : White Night Jam Session [+info]

*formato solo

 

30b27f44-90e8-4519-b774-7c6a80c6885f.png

 TRADIIO SESSIONS: We Bless This Mess + Chibazqui 

LISBOA - Music Box
2 Setembro 2015 // 21h30 // 4€ 


22h15 - We Bless This Mess
23h15 - Chibazqui
 

1de9dd95-d54f-4632-8543-7b2218ffca68.jpg

 We Bless This Mess + Comboio Fantasma
PORTO - Hard Club

4 Setembro 2015 // Sala 2 // 22:00 // 5€