Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

"Luz" - Musical hip hop em estreia no Centro Cultural de Poceirão | 30 de janeiro

Musical%20Hip%20Hop.JPG

 

 

No dia 30 de janeiro, a Associação Cultura e Desporto de Poceirão apresenta, em estreia, no Centro Cultural de Poceirão, o musical hip hop “Luz”. O espetáculo, levado à cena pelo projeto R’Dancers e apoiado pelo Município de Palmela, conjuga dança e representação e destina-se a público de todas as idades.

Reservas através do e-mail acdpoceirao2@gmail.com ou do telefone 212336655.

 

 

«O poder de uma chama... Por mais pequena que possa ser, toda a chama tem o poder de iluminar o que a envolve, o escuro desaparece e o desconhecido passa a familiar. Assim acontece com um sorriso, vindo do nada é capaz de iluminar rostos, ânimos, dias... vidas... Assim é Luz... uma menina que, no meio de tanta escuridão, consegue esboçar um sorriso e irradiar uma chama única, que transforma tudo e todos em seres de... Luz...».

 

 

 

Photobook Club Barreiro adiado para 31 de janeiro, na Partícula de Deus

 

 

A próxima sessão do Photobook Club do Barreiro, prevista para dia 17 de janeiro, foi adiada para o dia 31 do mesmo mês e irá realizar-se na Partícula de Deus, Largo Luís de Camões, nº 25, Barreiro. Recorde-se que, para janeiro, estão ainda previstas várias iniciativas culturais.

 

 

ARTES VISUAIS

 

 

23 janeiro a 27 março| PAULO FREIXINHO | Rostos em grelhas de Palavras Cruzadas | Auditório Municipal Augusto Cabrita – Piso 1 Galeria Branca – Exposição de Artes Plásticas

Inauguração: 23 janeiro | sábado | 17h00

 

cartaz%20paulo%20freixinho.jpg

 

Nasceu em Lisboa (1968) e veio para o Barreiro aos 3 anos de idade.

É autor de Palavras Cruzadas desde 1990 e baixista da banda Bon Sauvage.

Começou por fazer artesanato e a sua primeira profissão foi a de desenhador gráfico mas os dicionários mudaram-lhe o rumo.

Já criou milhares de passatempos para jornais e revistas nacionais e da diáspora (Público, Jornal de Notícias, Caras, Selecções Reader's Digest, Almanaque Bertrand, A Voz de Trás-os-Montes, Portugal Post, Contacto, entre outros).

Porque manteve o gosto pelas Artes, lembrou-se um dia de levar o tema Palavras Cruzadas para as telas.

Com a chegada das redes sociais começou a criar imagens com rostos de figuras ligadas à Cultura em grelhas de Palavras Cruzadas… foram já criadas mais de 300 imagens.

Nesta exposição estarão integrados rostos de diversas personalidades tanto ligadas ao Barreiro, como rostos de ícones da Cultura mundial, bem como, ligados à Cultura nacional.

Dentro da exposição haverá também um espaço destinado aos mais novos, ao qual dá o nome de Cantinho das Palavras Cruzadas: Uma grelha em branco com letras que podem ser manuseadas e onde as crianças poderão fazer e/ou criar as suas próprias Palavras Cruzadas (estilo Scrabble).

 

 

30 janeiro | sábado | 10h00 às 14h00 | Workshop de Fotografia de Rua | Auditório Municipal Augusto Cabrita - Piso 1 Pequeno Auditório | Formação de Fotografia

(organização Academia Olhares, em parceria com a CMB)

 

cartaz%20workshop%20fotografia%20de%20rua.jpg

 

A Academia Olhares é um projeto formativo do site Olhares.com, a maior comunidade online do mundo de fotografia em língua portuguesa. A Academia conta com vários cursos e workshops na área da fotografia em Portugal e no Brasil, disponibiliza formação certificada pela DGERT (Direcção-Geral do Emprego e das Relações de Trabalho).

 

Conteúdo Programático:

1 - Técnicas básicas da Fotografia: Abertura, Velocidade, ISO

2 - O que fotografar? Que técnicas aplicar?

3 - A importância da luz

4 - Como eliminar os ruídos da composição?

5 - Ética da imagem

> Integração teórico-prática

 

Material necessário: Câmara Fotográfica

Informações/inscrições: http://olhares.sapo.pt/academia/c-m-barreiro-curso-fotografia-de-rua/

Nota: Será entregue um certificado de participação a todos os inscritos

 

Destinatários: Este workshop destina-se a todos os que pretendem explorar a vertente mais criativa da fotografia de rua.

Valor: 35€

 

 

31 janeiro | 16h00 – 17h30 | Photobook Club Barreiro - Encontros sobre Fotografia | Partícula de Deus, Largo Luís de Camões, nº 25 Barreiro

 

“The Photobook Club” teve início em Inglaterra e, atualmente, existe em vários pontos do mundo. Tem como principal Objetivo criar um espaço para a análise e discussão em torno do livro de fotografia de autor. No Barreiro, essas sessões são organizadas pela Câmara Municipal do Barreiro e têm periodicidade bimestral.

Tratam-se de encontros, de caráter informal, onde um fotógrafo é convidado a apresentar o processo que o levou a criar um projeto fotográfico em forma de livro. Estes encontro são, essencialmente, de partilha onde o público tem espaço para questionar e partilhar experiências.

Esta edição do PBC é realizada em parceria coma Artesfera – Associação de Artes Plásticas do Barreiro.

 

Nesta sessão será apresentado o fotolivro "eu isto e agora"

CGMatoso%20-%20eu%20isto%20e%20agora%20-%20IMAGEM.

 

"eu isto e agora" é um projeto fotográfico, comunicado na forma de fotolivro, que resulta de um diálogo de apropriação que estabeleci com um corpo de  imagens de tipologia documental-turístico, impressas em papel 10x15cm, a cores, e preservadas num álbum de cartão 11x17cm, na capa do qual figura a inscrição "Mosteiro de Rendufe, Braga, Vila Verde". 

As relações de interesse que estabeleci com o dado cruzam-no com o que trago comigo de questionamento, espanto e preconceito, e com informação que, entretanto, explorei no âmbito deste trabalho. Em toda a reflexão marcam forte presença recentes leituras.

Janeiro de 2016, Carlos Gote Matoso

 

Faixa Etária – M/12 anos

Entrada Livre

 

Mais informações: 212 068 232 ou cultura@cm-barreiro.pt

Bilhetes à venda no AMAC e Posto de Turismo

 

CMB

Quem Conta um Conto... A Zebra Camila | 30 JANEIRO | 11H00 | Biblioteca Municipal do Barreiro

Cartaz%20Hora%20do%20Conto%203.jpg

 

 

No âmbito do ciclo “Quem conta um conto…”, realizado nos últimos sábados de cada mês, terá lugar uma sessão infantil dedicada ao livro “A Zebra Camila”, de Marisa Núñez, no próximo dia 30 de janeiro, pelas 11h00, na Sala do Conto da Biblioteca Municipal do Barreiro.

A entrada é livre e destina-se a crianças dos 4 aos 12 anos.

Sinopse

...Um dia, ao sair de casa, o vento bandido levou-lhe sete riscas do seu vestido. Uma aranha, uma serpente, o arco-íris e uma cigarra, entre outros animais do bosque, ajudarão Camila a esquecer as suas penas. As ilustrações de Óscar Villán são singelas e expressivas, adornadas por tracejados dispostos de forma a que os pequenos leitores possam chegar mais além da aparente simplicidade.

 

"A Zebra Camila" oferece-nos uma particular visão da passagem da infância para uma certa consciência do tempo, para a descoberta do mundo e dos problemas que isso pressupõe. O texto, de estrutura encadeada, utiliza os recursos próprios dos contos tradicionais: jogos de perguntas e respostas, rimas, reiterações, apoiando-se num tom sugestivo e poético.

 

A Biblioteca Municipal do Barreiro está situada na Rua da Bandeira, Urbanização do Palácio do Coimbra, 2830-330 Barreiro, Telefone: 21 206 86 56 (Receção), E-mail: biblioteca.municipal@cm-barreiro.pt .

 CMB

Fim-de-semana com actividades gratuitas no Museu do Oriente | 30 e 31 Janeiro

 

 

O Museu do Oriente despede-se de Janeiro com um fim-de-semana de actividades gratuitas – nos dias 30 e 31 – que incluem um concerto pelos Solistas da Metropolitana e uma conferência dedicada à cultura gastronómica do Japão.

 

No sábado, às 16.00, o Duo Contrasti dos Solistas da Metropolitana apresenta O Barroco e a Música Programática, num programa para violino e contrabaixo que apresenta Battalia a 10 (1673), de H. I. F. v. Biber, Suite Pulcinella (1911), de I. Stravinsky, e os concertos Outono e Inverno d’As Quatro Estações (c. 1720), de A. Vivaldi. A entrada é gratuita mediante o levantamento de bilhete no próprio dia.

 

No dia 31, às 15.30, o monge japonês Kakuho Aoe apresenta Otera Gohan – A Cozinha dos Templos Budistas, uma conferência dedicada à washoku – a cultura gastronómica do Japão, classificada como Património Cultural Intangível pela UNESCO em 2013. 

 

Baseada num conjunto de hábitos, técnicas, saberes e práticas relacionadas com a produção, processo, preparação e consumo dos alimentos, a washoku está associada ao espírito essencial de respeito pela natureza e também ao uso sustentável dos recursos naturais. A culinária privilegia a sazonalidade dos ingredientes e a beleza da colocação dos alimentos e utensílios de mesa, inspirados na riqueza da natureza e das estações. Mantendo-se fiel à tradição, a washoku foi sendo recriada no sentido de acompanhar as mudanças nas relações entre pessoas, natureza e sociedade.

 

Esta conferência procura explicar a crescente popularidade mundial da washoku, bem como a sua ligação com a culinária dos templos budistas. O Monge Kakuho Aoe irá ainda explicar como é a primeira refeição nos templos, a importância de desenvolver os sentidos comendo às escuras e a alimentação, em geral, dos monges Zen.

 

Kakuho Aoe (n. 1977) é monge budista do templo de Ryokusen-ji  da escola Jodoshinshu (Budismo da Terra Pura). Com um MBA pela Universidade da Califórnia, dedica-se à educação alimentar e nutricional como monge cozinheiro. É diretor do primeiro restaurante dedicado à cozinha dos templos no Japão, Kurayami Gohan (comer às escuras apurando os sentidos). É autor, entre outros, dos livros Otera Gohan (A Cozinha dos Templos Budistas) e Hotoke Gohan (A Comida do Buda).

 

Solistas da Metropolitana

Duo Contrasti: o barroco e a música programática

concerto_metropolitana_jan.jpg

 

30 de Janeiro | Auditório | 16.00

Gratuito mediante levantamento de bilhete no próprio dia

 

Programa:

Diana Tzonkova [violino] | Ercole de Conca [contrabaixo]

 

Battalia a 10 (1673), H. I. F. v. Biber

Suite Pulcinella (1911), I. Stravinsky

Concertos d’As Quatro Estações, Outono e Inverno (c. 1720), A. Vivaldi

 

Conferência

Otera Gohan – A cozinha dos templos budistas

Kakuho%20Aoe.jpg

 

Com o monge Kakuho Aoe

Domingo | 31 de Janeiro | 15.30

Entrada livre mediante capacidade da sala

Conferência proferida em japonês, com tradução para português

Organização: Embaixada do Japão e Japan Foundation, em colaboração com Museu do Oriente

 

Museu do Oriente, Avenida Brasília | Doca de Alcântara (Norte) | 1350-362 Lisboa

Tel.: 213 585 200 | E-mail: info@foriente.pt

www.museudooriente.pt

Tradição que se cumpre pelo 16º ano consecutivo l Colégio do Amor de Deus leva talento artístico ao CascaiShopping

 

image002 (2).jpg

 

Pelo 16º ano consecutivo, o CascaiShopping terá patente ao público de 15 a 31 de janeiro, no Piso 0, na Praça A, uma Exposição que reúne cerca de 700 trabalhos realizados por alunos do Colégio do Amor de Deus, em Cascais. A mostra integra vários trabalhos criativos feitos com materiais muito diversificados, realizados durante o ano letivo de 2014/2015 pelos alunos do 2º ano e do 5º ao 9º ano, no âmbito da disciplina de Artes Plásticas e Educação Visual, e pelos alunos dos 10º, 11º e 12º ano do curso de Artes, no decurso das disciplinas de Desenho A e Oficina de Artes.

 

Todos os trabalhos que integram esta mostra foram produzidos nas aulas e são resultado das propostas feitas pelos professores do Colégio Amor de Deus, no âmbito dos currículos nacionais das diferentes disciplinas. Na maioria dos trabalhos que integram esta Exposição é explorado o desenho e a sua expressão, o desenho à vista, o desenho analítico e a pintura, onde a expressão, a qualidade da mancha e do traço, a composição e a aplicação de texturas, são alguns dos conteúdos privilegiados, bem como a experimentação de técnicas mistas, desde colagens, composições através de variadas combinações, desde trabalhos criados a partir de diferentes programas gráficos (novas tecnologias) e muitos outros.

 

Entre os principais materiais utilizados nestas criações dos alunos do Colégio do Amor de Deus estão as grafites, carvão, sanguíneas, canetas, esferográficas, aparos, tinta-da-china, aguarelas, pastéis de óleo, lápis de cor, sépias, patines, acrílicos, colas, entre outros. 

Transmissão áudio-vídeo em direto do concerto dedicado a Portugal

Projeto Temporada Europa

Transmissão áudio-vídeo em direto do concerto dedicado a Portugal

phpThumb_generated_thumbnailjpg

 

O maestro Rui Pinheiro e o clarinetista Carlos Piçarra Alves são os convidados de honra do concerto sinfónico dedicado a Portugal, a realizar na cidade de Craiova (Roménia), no âmbito do programa Temporada Europa. Este projeto musical de envergadura europeia conta com a participação da Filarmónica “Oltenia” e de maestros e solistas de todos os países membros da União Europeia, com um total de 28 concertos, programados entre outubro de 2015 e maio de 2016.

Filarmónica Oltenia de Craiova
Rui Pinheiro maestro
Carlos Piçarra Alves clarinete

Programa
Francisco Lacerda Almourol (estreia nacional)
Mário Laginha Concerto para Clarinete e Orquestra (estreia nacional)
Dmitri Shostakovich Sinfonia n. 10 em Mi menor

Entrada livre (sujeita à lotação da sala), mediante levantamento de bilhetes na bilheteira do CCB, a partir do dia 15 de janeiro de 2016 e até às 16h30 do dia 29 de janeiro. Horário de funcionamento da Bilheteira: todos os dias entre as 11h00 e as 20h00. Tel: 213 612 627 (das 13h00 às 20h00).

Coprodução | CCB | Instituto Cultural Romeno, Embaixada da Roménia e Ministério dos Negócios Estrangeiros da Roménia

 

 

Bilhetes para o Rock in Rio-Lisboa à venda a 11 de fevereiro

 

Arranca a 11 de fevereiro a venda oficial de bilhetes para o Rock in Rio-Lisboa 2016. A partir dessa data os fãs vão poder assegurar a sua presença na Cidade do Rock, para celebrar os 30 anos do maior evento de música e entretenimento do mundo!

Os bilhetes para a 7.ª edição do Rock in Rio-Lisboa ficarão disponíveis em vários pontos de venda, de norte a sul do país, e online. Toda a informação sobre Pontos de Vendas e sua localização será divulgada em breve.

Neste momento, os fãs já podem garantir a sua presença no evento ao adquirir o Cartão Dá Rock, com 25% de desconto em cartão Continente - à venda em www.continente.pt e nas lojas Continente*. O Cartão Dá Rock garante o acesso a um dos cinco dias do evento, sujeito a disponibilidade, e apartir do dia 1 de fevereiro deverá ser associado ao dia preferido, em www.rockinrio.continente.pt. O Cartão Dá Rock não necessita ser trocado por um bilhete para dar acesso ao evento, pelo que o cliente deverá levá-lo consigo para a Cidade do Rock.

 

Os fãs que adquiriram o Kit de Natal Rock in Rio-Lisboa 2016 poderão proceder à troca do voucher a partir desta mesma data, até dia 31 de março. No caso do Kit de Natal os fãs poderão efetuar a troca do voucher pelo bilhete diário numa loja FNAC sendo que, após 31 de março, o cliente continua com direito ao bilhete porém sujeito à disponibilidade de cada dia do evento. No caso do Cartão Dá Rock, o cartão deverá ser associado ao dia pretendido em www.rockinrio.continente.pt (sujeito a disponibilidade), até 15 de abril.

 

A 7.ª edição do Rock in Rio-Lisboa realiza-se no Parque da Bela Vista, nos dias 19, 20, 26, 27 e 28 de maio. Do Cartaz do evento fazem, já, parte:

19 de maio: Bruce Springsteen & The E Street Band; Rock in Rio – O Musical

20 de maio: Queen+Adam Lambert; Mika; Fergie; Rock in Rio – O Musical

27 de maio: Hollywood Vampires; Korn; Rival Sons; Rock in Rio – O Musical

28 de maio: Maroon 5; Ivete Sangalo; Rock in Rio – O Musical

 

O Rock in Rio-Lisboa vai, também, contar com a apresentação de diversos artistas na Eletrónica, Palco Vodafone e Rock Street Brasil que, em breve, serão divulgadas pela organização, assim como os restantes nomes do cartaz do Palco Mundo.

*Lojas Continente: Amadora, Cascais, Coimbrashopping, Loureshopping, Santo António Cavaleiros, Oeiras, Fórum Coimbra, Matosinhos, Gaiashopping, Antas, Viana, Maia Jardim, Aveiro, Braga, Seixal, Colombo, Vasco da Gama, Guia, Portimão, Beja, Évora, Montijo, Telheiras, Barreiro, Viseu, Leiria.

 

Monte Selvagem com nova mascote

 novo símbolo está presente numa corrida solidária a 31 de Janeiro

 

MONTE SELVAGEM TEM NOVA MASCOTE

 

Montemor-o-Novo, 28 Janeiro – O Monte Selvagem começa o ano com uma nova atracção, a sua mais recente mascote. Trata-se de um objecto animado inspirado no lémure-de-cauda-anelada, em tamanho gigante e com um ar simpático, que promete fazer as delícias das crianças.

 

O novo símbolo que ganhou agora vida é apresentado no Fórum Montijo ainda este mês, onde vai estar presente numa exposição, em dias pontuais, com brindes e convites para oferecer às crianças.

 

Cartazfinal.jpg

 

No dia 31 de Janeiro, a partir das 10 horas, a mascote está também presente na 1ª Corrida + Caminhada Solidária em Montemor-o-Novo, com percursos de 10 km e 5 km, respectivamente. A iniciativa organizada pelo Atlético Clube e pela instituição Colégio Jardim dos Sentidos, ambos de Montemor, tem como finalidade a angariação de fundos para a Associação das Obras Assistenciais da Sociedade de São Vicente de Paulo. À mascote cabe a entrega dos prémios no pódio e a oferta de folhetos e brindes, referentes ao parque animal.

 

Com 350 animais de 70 espécies selvagens e domésticas, 20 hectares de reserva com espécies de plantas variadas, actividades como subidas às casas das árvores, escorregas, baloiços ou saltos no trampolim gigante familiar, o Monte Selvagem promete um dia inesquecível no Alentejo.

 

 

 

 

CAL recebe oficina para crianças “El Carnaval Es Una Fiesta!”

 

carnaval.jpg

 

 
"El Carnaval Es Una Fiesta" realiza-se a 13de fevereiro, sábado, entre as 15h30 e as 17h30, e visa estabelecer um diálogo entre as diferentes culturas das famílias portuguesas e latino-americanas residentes em Lisboa. A oficina de criação, a decorrer nas instalações da CAL, é coordenada pela colombiana Débora González de Merali eorientada para crianças a partir dos 6anos, acompanhadas pelos pais. A inscrição tem um valor de 5 euros.

As personagens e máscaras serão o ponto de partida para explorar o colorido do mundo do Carnaval de Barranquilla. O objetivo é dar a conheceresta festividade, valorizando a sua riqueza e a diversidade das suas manifestações folclóricas e musicais, enquanto promove a participação, integração e construção de referências culturais das crianças.