Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

Plano formativo Feira Medieval 2016 | Município de Palmela aposta no rigor histórico e maior participação da comunidade

Plano formativo Feira Medieval

Município de Palmela aposta no rigor histórico e maior participação da comunidade

 

Entre 23 e 25 de setembro, no âmbito do projeto Palmela Almenara, o Centro Histórico da vila volta a recuar no tempo com a realização da terceira Feira Medieval que, em 2016, terá como cenário a transferência da sede da Ordem de Santiago para o Castelo de Palmela, corria o ano de 1482.

Empenhado em proporcionar um evento de grande rigor histórico e em acolher os milhares de visitantes esperados com muita animação e qualidade, o Município de Palmela desenvolve, ao longo do verão, um plano formativo que pretende envolver a comunidade, dotando-a de mais conhecimentos sobre o contexto histórico e contribuindo para a dinamização do comércio e do movimento associativo local.

Este plano formativo tem participação gratuita e incide nos temas trajes medievais, história local e artes performativas(movimento e dança e animação e recriação de rua).

Mais informações e inscrições através dos contactos 212336640 ou patrimonio.cultural@cm-palmela.pt.

 

Trajes Medievais |19 julho

(10h00 às 13h00/14h00 às 18h00)

Identificação de tecidos, cores e acessórios de época, assim como a contextualização dos trajes para as diferentes classes sociais; produção de moldes.

Formadora: Maria do Carmo Cruz

Inscrições até dia 15 julho

 

História Local | 10 setembro

(9h30 às 13h/14h às 16h)

A Feira Medieval 2016 centra-se na instalação definitiva da Ordem de Santiago em Palmela, no ano de 1482. Esta formação relata parte da evolução do território, a partir da perspetiva da presença desta Ordem Militar no castelo. Contempla uma visita encenada ao monumento.

Formadoras: Maria Teresa Rosendo e Michele Teixeira Santos e equipa do Serviço Educativo do Museu Municipal

Local: Castelo de Palmela

Inscrições até dia 8 setembro, às 12h00.

 

Artes Performativas

Dotar os participantes na Feira Medieval de competência ao nível das expressões artísticas, tendo como resultado final a construção de personagens que farão parte integrante de quadros performativos do programa da Feira.

Esta ação é constituída por dois módulos distintos:

 

Movimento e Dança | 18 setembro

Formadora: Leónia de Oliveira

Local: Auditório da Biblioteca Municipal de Palmela

Inscrições até às 12h00 de dia 15 setembro

 

Animação e Recriação de Rua | 21 e 22 setembro

Entidade formadora: TenTart Grupo de Teatro e Animação

Inscrições até dia 16  setembro

 

NOBAT Novo Single- Divulgação

 

Nobat é uma das faces da nova colheita de música alternativa praticada no Brasil e apresenta-se agora ao público português com “LSD”, sublime criação indie pop capaz de transportar o ouvinte para recantos longínquos da mente, em parceria com a cantora Julia Branco.

O single é o cartão de visita de “O Novato”, o segundo álbum do músico de Belo Horizonte, que será apresentado ao vivo entre nós no próximo mês de Outubro em Lisboa, Porto, Coimbra e Braga, com as datas e os espaços a serem confirmados brevemente.

 

Concerto matiné 31 de Julho no Popular Alvalade com O QUARTO FANTASMA, Urso Bardo e Conjunto!Evite

191b0cde-616e-4163-a9e0-943243e9eed7.jpg

 

Concerto este domingo à tarde?!?! É mesmo! No dia 31 de Julho, vamos tocar no ilustre Popular Alvalade em Lisboa, numa matiné cheia de reverbs e delays.

Às 16h começa uma viagem sónica para terminar bem o fim de semana, com O QUARTO FANTASMA, Urso Bardo e Conjunto!Evite.

Aparece!

Popular Alvalade, Lisboa

Local: Rua António Patrício nº 11 B, (Alvalade) Lisboa Data: 31 Julho (domingo) Hora: Matiné 16:00h Evento Facebook: link

 

Cendrev _ Julho/Agosto_ Até Setembro

cabecalhoJulho2.jpg

 

ESPECTÁCULOS EM DIGRESSÃO

purgatorio3.jpg

 “Purgatório”, conta a história de um homem, ex-engenheiro, que abalado pelas andanças do mundo, decide afastar-se do convívio de familiares e amigos, e continuar a sua vida na periferia da cidade, abrigando-se numa velha rulote de circo - que chegou a servir na venda de churros e farturas - e cultivando numa pequena horta os legumes para o seu gaspacho. Vera procura convencê-lo a voltar para casa, mas para António isso significa perder, regressar ao mundo injusto imposto pelos outros. A última coisa a morrer nem é a esperança, é a dignidade. Incapaz de enfrentar a obstinação de António, Vera encontra uma solução, mas, ainda assim, António resiste.
Um universo teatral carregado de paralelos com muitas histórias quotidianas, um mergulho na sociedade dos nossos dias, onde a gestão de cada dia vai moldando a capacidade de gerir tensões e situações que a todo o momento podem eclodir. 


 > Dias 29 de Julho - Auditório do Jardim Público de Landeira - Vendas Novas, às 21h30. 

FICHA TÉCNICA 
Autor: Abel Neves / Encenação: José Russo / Cenografia e figurinos: Sérgio Vida / Iluminação: António Rebocho / Banda sonora: João Bacelar / Interpretação: Maria Marrafa e Rui Nuno / Direcção técnica: António Rebocho / Construção e montagem: Paulo Carocho e Tomé Baixinho / Secretariado: Ana Duarte / Produção: Cláudia Silvano / Comunicação: Alexandra Mariano e José Neto / Fotografia: Paulo Nuno / Design gráfico: Milideias Comunicação Visual Ld.ª
Agradecimentos ao nosso colega e amigo Tójó que nos cede generosamente um conjunto de máscaras da sua coleção.
Duração aproximada: 1h30min. / Classificação Etária: M/12



ESPECTÁCULO EM PRODUÇÃO

EmbarcacaoInferno2.jpg

 

O Cendrev e a Escola da Noite, há muito parceiros de cooperação e intercâmbios juntam-se agora em palco para representar Gil Vicente que tão bem conhecem.
São das companhias de teatro portuguesas que mais vezes visitaram a obra de Gil Vicente. Partilham a admiração pela obra deste autor e a forma como gostam de a trabalhar: com abordagens cénicas contemporâneas, feitas com o desafio e o prazer acrescidos de respeitar os textos originais.
Nenhum dos grupos apresentou alguma vez o “Auto da Barca do Inferno”. Dir-se-ia, ainda que não seja verdade, que estavam à espera de poderem fazê-lo juntos e no ano em que se comemora os 500 anos da mais conhecida peça vicentina.
Os ensaios já começaram em Coimbra e em Setembro mudam-se para Évora. No dia 6 de Outubro a peça estreia-se no Teatro Garcia de Resende em Évora e fica em cena até ao dia 30.


 > Estão reservadas sessões para Grupos Escolares entre 12 e 28 de Outubro. 
 
FICHA TÉCNICA
Autor e direcção: Gabriel Fariza / Construção de marionetas: Teatro La Estrella / Actor: David Fariza / Técnica: Sandrine Costa / Companhia: Teatro de Marionetas La Estrella
www.teatrolaestrella.com
Duração aproximada 25min.

 

APTECE ABRE CANDIDATURAS PARA DISTINGUIR MUNICÍPIOS PELA PRESERVAÇÃO DA GASTRONOMIA LOCAL

image003.png

 

pelo 3º ano consecutivo a APTECE – Associação Portuguesa de Turismo de Culinária e Economia pretende distinguir o município que apresente o melhor programa de atividades integrado, com clara orientação para o mercado e para a valorização do seu património gastronómico local.

 

Cada lugar tem algo único, que pode e deve ser distinguido para maior e melhor reconhecimento de todos. Sabendo-o, a APTECE, também sucessivamente reconhecida e distinguida no campo na culinária e gastronomia, tem vindo a reconhecer e distinguir quem melhor contribui para a valorização da gastronomia, através da iniciativa “Terra de Culinária do Ano”.

CATS DO SODRÉ

707091ff-0a44-45c2-9222-11cc0562f0fb.jpg

 

 

De 16 de Agosto até 12 de Setembro, a galeria GivLowe apresenta um divertido, vivaz e multi-facetado espectáculo de moda. Pinturas e animações da artista Martha Colburn e a designer de moda Kamila Banasik. Utilizando o filme de Colburn “Cats Amore” como ponto de partida, a dupla transforma o tema “Cats Love” em sucessivas séries limitadas de moda, desenho de têxteis, aquarelas e serigrafias para explorar a ideia de poder, sexualidade, estruturas sociais e obviamente, Amor. 

Martha Colburn é uma artista americana que fez mais de sessenta animações e criou obras de instalação, pintura e performance. Kamila Banasik é uma artista polaca que estudou moda em Londres e criou várias linhas de roupa. A exposição será complementada por eventos como workshops, provas de vinho e desfiles de moda e concertos no decorrer do mês.  

Local: Praça de São Paulo, 11, 13 e 15. Cais do Sódre

Entrada: Grátis

Horários:

De Ter. a Qua., das 12h às 00h. Qui., Sex. e Sáb., das 12h às 02h. Dom., das 13h às 21h.

 

Mais informações:  info@givlowe.com -  916 589 125

Palácio do Correio Velho desenvolve parceria com a Universidade Nova para a pós-graduação em Mercado de Arte e Coleccionismo

09de3eb5-1a4c-4b6c-9048-daeb60920e33.jpg

 

A maior e mais antiga casa leiloeira portuguesa acaba de desenvolver uma parceria com o Instituto de História de Arte da Universidade Nova de Lisboa para colaborar na nova pós-graduação em Mercado de Arte e Coleccionismo.
A referida pós-graduação surge numa altura em que o mercado de arte se mantém em expansão e com uma actividade economicamente relevante. Assim, o curso pretende produzir, sistematizar e difundir o melhor conhecimento teórico e prático neste domínio científico, dotando os alunos com competências adequadas para ingressarem no mercado de trabalho ou para prosseguirem investigação avançada.
Para Sebastião Pinto Ribeiro, Administrador do Palácio do Correio Velho, “este desafio é bastante interessante para o Palácio do Correio Velho. A ideia foi muito bem aceite internamente, sendo que vários colaboradores - especialistas em Arte e Coleccionismo - da leiloeira darão o contributo nas aulas deste curso.” O administrador adianta ainda que “faz todo o sentido uma das mais prestigiadas leiloeira portuguesa estar presente nesta pós-graduação sobre o mercado que trabalha.”  Sob a Coordenação de Raquel Henriques da Silva e Coordenação Executiva de Adelaide Duarte, o curso avançado, que reúne um painel alargado de docentes, investigadores e especialistas nacionais e internacionais conta ainda com a colaboração da Fundação Leal Rios, um espaço expositivo dinâmico, e do Museu de Arte Antiga, um dos principais museus portugueses, que acolhe e expõe a mais relevante colecção pública portuguesa, entre pintura, escultura, ourivesaria e artes decorativas, europeias, de África e do Oriente.

Próximo concerto Ciclo Mundos em Lisboa | Canzoniere Grecanico Salentino | 4 agosto | Teatro da Trindade INATEL -Lisboa | Fundação INATEL

IMG_20160609_112039low.jpg

 

 

Ciclo Mundos-Fundação INATEL apresenta o grupo italiano Canzoniere Grecanico Salentino, dia 4 de agosto, às 21h30, no Teatro da Trindade INATEL, em Lisboa.

 

A Fundação INATEL, em parceria com a Câmara Municipal de Sines, através do FMM Sines - Festival Músicas do Mundo, pretende divulgar a melhor música que se faz atualmente no mundo. O objetivo é gerar sinergias e oferecer ao público de todo o país uma oferta musical aberta, universalista e sintonizada com o nosso tempo. 

 

Para a Fundação INATEL, esta iniciativa reflete e representa os valores e objetivos pelos quais se pauta a atividade da fundação, no âmbito da salvaguarda e divulgação do património cultural imaterial, reafirmando nesta e noutras iniciativas o seu respeito pela tradição cultural popular portuguesa e internacional.

 

Sinopse 

Canzoniere Grecanico Salentino (Itália) É um grupo histórico da música tradicional italiana. Formado em 1975 pela escritora Rina Durante, dedica-se à recriação da tradição da pizzica de Salento, o taco da “bota” desenhada pela Península Itálica. A pizzica (ou taranta) é uma dança ritual à qual a tradição popular atribui o poder de curar a mordida da tarântula. A energia com que é dançada induz um efeito de transe que passa para os espetáculos mesmo numa versão moderna como a que é oferecida pelo Canzoniere Grecanico Salentino. A formação liderada por Mauro Durante apresenta em destaque o seu último disco “Quaranta” (2015), celebração dos 40 anos do grupo.

http://www.canzonieregrecanicosalentino.net/

MORADA |Teatro da Trindade INATEL

Rua Nova da Trindade, 9 | 1200-301 LISBOA 

Coordenadas GPS: 38° 42′ 43.1” N | 9° 08′ 33.6” W

Concertos ao ar livre no CCB

phpThumb_generated_thumbnailjpg.jpg

 julho e agosto | Jardim das Oliveiras | 19:00 às 20:00 

Concertos ao ar livre no Jardim das Oliveiras, o espaço ideal para ouvir música descontraidamente com os amigos ao fim da tarde. Um pequeno palco, uma plateia sem cadeiras, o relvado onde cada um se pode sentar ou deitar, a ver o rio, ou encostado a uma oliveira. E um bar.
Que mais se pode querer?
Sun Set é o encontro perfeito para os fins de tarde de verão, onde a música sobe ao cair da tarde.