Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

João Barradas | Próximos Concertos

 

cb5a68c2-7784-4390-a132-2e34868d3bde.jpg

 

 

 

2 FEV 2018 | 21H30
CULTURGEST, LISBOA
PEQUENO AUDITÓRIO | 6€

 

Acordeão João Barradas 
Guitarras 
Mané Fernandes, Gonçalo Neto 
Vibrafone 
Eduardo Cardinho 
Contrabaixo 
Ricardo Marques 
Bateria 
Guilherme Melo

 


Informação
Bilheteira Culturgest, Lisboa
21 790 51 55
culturgest.bilheteira@cgd.pt

Ticketline 
Reservas e informações: 
1820 (24 horas) 
Pontos de venda: Agências Abreu, Galeria Comercial Campo Pequeno, Casino Lisboa, C.C. Dolce Vita, El Corte Inglés, Fnac, Megarede, Worten e www.ticketline.sapo.pt

 
 

DIRECTIONS

 

3 FEV 2018 | 21H30
FÓRUM ROMEU CORREIA,
ALMADA
AUDITÓRIO FERNANDO LOPES-GRAÇA | 8€

 

Acordeão João Barradas 
Contrabaixo
 André Rosinha 
Bateria Bruno Pedroso

 

Stomp tem datas extra

 

7266b086-1b38-4064-a5f6-290938645091.png

 

Estiveram em Portugal, pela primeira vez, há 20 anos. Um espectáculo totalmente alternativo na época, conquistou o público com o seu humor e ritmo. A cada regresso - e este é o 9º! - novos objectos estão em palco e mais pessoas se deixam conquistar, trazendo amigos e mais amigos. Vassouras, baldes de lixo, caixas de fósforo, carrinhos de super-mercado ou garrafões de água... quem diria que objectos tão comuns poderiam ser estrelas de um espectáculo à beira de soprar as 30 velas de sucesso no mundo inteiro?

Teatro Tivoli BBVA | 6 a 21 de Fevereiro
3ª a Domingo às 21h30
Sábados e Domingos também às 16h30
M/6

 

 

She Looks into Me - Novo fotolivro de Nuno Moreira

 
 
 
 

spreads2[1].png

 

“She Looks into Me” é uma série fotográfica concebida de maneira similar a teatro e que agora se encontra disponível em formato livro. O título do projecto deriva de um poema do surrealista Paul Éluard, poema que abre o livro e sugere o carácter imersivo das fotos.
Esta série, que se encontra dividida em três capítulos (Being, Becoming, Unbecoming), parte de um estudo visual sobre o conceito de tragédia explorando através de uma coreografia de sombras e corpos os ciclos da vida e da morte.
Este é o terceiro foto-livro de Nuno Moreira, que precede “ZONA” (2015), no qual o fotógrafo contou com a colaboração do escritor José Luís Peixoto. Neste novo livro, as palavras ficam a cargo do letrista/poeta Adolfo Luxúria Canibal, que através de palavras-chave alude ao universo íntimo das fotos contidas no livro. Partindo de uma abordagem figurativa o autor cria uma sequência de imagens com enfoque na simplificação da forma e nos nuances contidos em gestos e sombras: aspectos simbólicos representativos da maneira como nos relacionamos.
A edição limitada a 200 exemplares pode ser adquirida no site do fotógrafo em: nmphotos.org

Pedro Kol disputa título europeu de Kickboxing em Portugal

NEVER GIVE UP II: 18 de fevereiro, Campo Pequeno, Lisboa

Pedro Kol disputa título europeu de Kickboxing em Portugal

Kickboxer português defronta o campeão em título Alessandro Moretti
numa reedição do combate de 2017

image002.jpg

 

O kickboxer português, Pedro Kol, vai voltar a disputar o título de Campeão Europeu de Kickboxing de Profissionais (K1), na categoria de -62 kg, frente ao italiano Alessandro Moretti, o atual campeão europeu em título da modalidade. O “combate do ano” tem lugar no evento NEVER GIVE UP II, dia 18 de fevereiro, entre as 17h e as 21h, na arena do Campo Pequeno, em Lisboa. Antes do combate principal, o evento terá mais 6 combates: 1 Superfight Feminino e 5 Superfights nacionais.

 

Em abril do ano passado, Pedro Kol não conseguiu manter o título europeu de kickboxing (K1) precisamente contra o então campeão nacional italiano, Alessandro Moretti. O combate decorreu em Roma e terminou prematuramente, por lesão do atleta português, que motivou decisão de K.O. técnico por parte do juri. A 54 segundos do fim do terceiro assalto, e depois de derrubar o seu adversário, Alessandro Moretti, Pedro Kol sofreu uma lesão na tíbia direita  e o combate foi interrompido, não voltando a reatar-se após minutos de dúvidas. Os juízes decidiram não reatar o combate que assim foi favorável a Moretti, para infortúnio do kickboxer português, de 35 anos.

 

Em Roma perdi o meu Título de Campeão da Europa numa decisão polémica mas tenho a sorte de ter uma segunda oportunidade. Sei que sou melhor que Moretti e vou prová-lo dia 18 de Fevereiro no Campo Pequeno. A jogar em casa e com o apoio dos Portugueses estarei ainda mais forte.”, afirma Pedro Kol.

 

Desafiado pelo campeão transalpino, o confronto do ano passado assinalou o regresso de Kol após dois anos de afastamento das competições profissionais que marcaram uma vasta coleção de títulos: Pentacampeão Nacional de Kickboxing, Bi-Campeão Europeu e Campeão Mundial de K1. Desde 2015, após a conquista do único título em falta - o de campeão mundial - que Kol estava retirado dos ringues para se dedicar a tempo inteiro à Academia Kolmachine.

 

Pedro Kol volta a calçar as luvas para reconquistar o cinturão europeu, dia 18 de fevereiro, na arena do Campo Pequeno. O evento NEVER GIVE UP II oferece ainda mais 6 combates: 1 Superfight Feminino e 5 Superfights nacionais.

 

NEVER GIVE UP II conta com a organização da empresa SKY DREAMS ENTERTAINMENT.

Os bilhetes encontram-se à venda no Campo Pequeno, na Ticketline e nos restantes locais habituais.  O preço dos bilhtes tem o custo de 30€ (Bancada) ou de 35€ (Camarotes) sendo que as mesas à volta do ringue já se encontram esgotadas.

 

9 Anos BranMorrighan no Maus Hábitos com Nial, Jerónimo, Grandfather's House, Jonny Abbey e :papercutz

 

f7b203ba-579e-48e4-a02a-9ce124796b7e.jpg

 

O blogue BranMorrighan – blogue de Sofia Teixeira, dedicado à divulgação de cultura portuguesa com foco na literatura e na música – comemora os seus nove anos de existência com mais uma festa no Maus Hábitos, Porto. O cartaz consta numa mistura de sonoridades que vai desde a electrónica ambiental e experimental ao indie rock, passando por um rock mais lascivo e denso e por batidas mais dançantes. Os protagonistas são Nial, Jerónimo, Grandfather’s House, Jonny Abbey e ainda contamos com djset de :papercutz. Mais uma noite de descobertas que pretende destacar jovens talentos da música portuguesa.

 

NIAL

“nial: exploração auditiva que atravessa várias fronteiras, é na música ambiental que encontramos o seu ponto de partida. Aventureiro por veredas da eletrónica, da eletroacústica e da música neoclássica, a narrativa de nial é livre, contemplativa e harmoniosa com o espaço em que executa os seus lives. Exímio caçador do que o rodeia, é nas field recordings e nas improvisações de outros músicos que encontra a sua base de exploração, e é com estas que concebe uma viagem que não tem um principio e que dificilmente finda na sua performance ao vivo."

António Cardoso
(ZigurArtists)

Já são conhecidos os vencedores da 23ª edição do Festival Termómetro.

 

image5223259.jpg

 

Foto - Margarida Alexandre

Já são conhecidos os vencedores da 23ª edição do Festival Termómetro. A final, que se realizou no sábado passado na sala cheia do Cinema São Jorge, contou com a actuação de 5 bandas emergentes, que surpreenderam o público. A última banda a actuar acabaria por ser também a vencedora, os quartoquarto cravam
assim o seu nome na história do mais antigo concurso de bandas de Portugal.

 

Vídeo da actuação.

image5223260.jpg

 

Foto - Margarida Alexandre

Já são conhecidos os vencedores da 23ª edição do Festival Termómetro. A final, que se realizou no sábado passado na sala cheia do Cinema São Jorge, contou com a actuação de 5 bandas emergentes, que surpreenderam o público. A última banda a actuar acabaria por ser também a vencedora, os quartoquarto cravam
assim o seu nome na história do mais antigo concurso de bandas de Portugal.

Foto - Margarida Alexandre

 

Para além dos vencedores, a noite também contou com a participação de outros grandes talentos: Caio, Mathilda, Jerónimo e Planeta Tundra, não desapontaram, numa final que reflecte bem a boa altura que a música portuguesa está a viver.
No ínicio da noite ainda fomos brindados com a maravilhosa actuação dos Pop Dell'Arte, a abençoar a noite.

Com esta vitória os vencedores, quartoquarto, irão tocar no Festival NOS Alive, Bons Sons e no Iberian Festival Awards. Irão ter direito a 5 dias de gravação no estúdio de gravação Haus e, para além disto tudo, ainda vai ter ainda um videoclip produzido pela Forever in Movies, um prémio da Uber e o apoio e mentoria da Aporfest.


O júri foi constituído por:
Álvaro Covões
Luís Sousa Ferreira
Vítor Belanciano
Nuno Calado
Nelson clark ferreira
António Nunes
Pedro Paulos
Gimba
David Santos
Samuel Úria
Pedro de Tróia
Filipa Marinho
Fernando Alvim


A próxima edição está marcada para Dezembro de 2018 e as inscrições estão abertas. O Festival Termómetro é uma ideia original de Fernando Alvim, produzida pela Cego Surdo e Mudo.

O Festival Termómetro teve o apoio da Antena 3, Canal Q, CAPTA - Soluções em Design, Movijovem e RTP.

 

 

 

Vídeo da actuação.

Nietzsche, Wittgenstein e Heidegger analisados em onze sessões, de 19 de fevereiro a 30 de abril

 

 

Nietzsche, Wittgenstein e Heidegger analisados em onze sessões
Curso de Filosofia Moderna e Contemporânea  

 

O Edge Arts dedica os próximos meses – de 19 de fevereiro a 30 de abril de 2018 – ao estudo da Filosofia, com a organização de um curso de Filosofia Moderna e Contemporânea em pós-laboral, das 19h às 20h30, com onze sessões de 1h30.

 

O curso orientado pelo poeta e escritor Paulo José Miranda realiza-se todas as segundas-feiras a partir do mês de fevereiro e visa um conhecimento geral acerca de 3 filósofos – Nietzsche, Wittgenstein e Heidegger - numa viagem reflexiva pelo pensamento moderno e contemporâneo. O escritor guiará as sessões do curso que se destinam a todo o público interessado em começar ou em continuar a percorrer os caminhos do pensamento ocidental contemporâneo.

 

As várias sessões, de cariz informal e de debate aberto, visam uma introdução a algum do pensamento contemporâneo. O programa inicia com 4 sessões dedicadas a Nietzsche, sob a abordagem do humano enquanto metáfora e a inversão da metafísica, prosseguindo com 2 sessões de Wittgenstein, com foco no transcendentalismo radical e na prisão da linguagem, e, para finalizar, com o estudo da ultrapassagem da metafísica e da analítica transcendental, em 5 sessões de Heidegger. 

 

 

Informação geral:

Datas: Todas as Segundas Feiras de 19 de fevereiro a 30 de abril de 2018  

Duração: 3 meses – 11 sessões de 1h30

Faixa etária: Jovens e adultos

Local: Origem – Cozinha Saudável, no Espaço Amoreiras

Horário: Das 19h às 20h30

Formador: Paulo José Miranda

 

Inscrições:
Por telefone: 213 600 071 (das 9h às 17h)
Por email: info@edge-arts.org

 

Preços:

Inscrição completa: 130€

Inscrição mensal - 45€

Inscrição avulso - 15€

 

Descontos:
- 10% na 2ª inscrição
- 10% na inscrição dos trabalhadores das empresas do Espaço Amoreiras
(Descontos não acumuláveis)

 

Notas: As inscrições só serão consideradas válidas após a confirmação escrita pelo Edge Arts.

- Todas as sessões incluem um momento de debate e perguntas no final.

 

Contactos:

Edge Arts - Arte Contemporânea

The Edge Group

Espaço Amoreiras - Centro Empresarial

Rua D. João V, nº. 24, 1.01

Tel.: [+351] 213 600 071/0

E-mail: info@edge-arts.org

www.edge-arts.org

Super Bock é Patrocinador Oficial da edição de 2018 do Rock in Rio-Lisboa

 

image005.jpg

 

Super Bock é Patrocinador Oficial da edição de 2018 do Rock in Rio-Lisboa e nessa qualidade vai dar naming a um dos palcos da Cidade do Rock. O Super Bock Digital Stage é uma das novidades deste ano e tem como missão trazer os fenómenos do entretenimento online – que utilizam as redes sociais como principal canal de comunicação e interação - para o universo offline, contando com uma programação dinâmica e surpreendente que irá incluir desde apresentações de youtubers, músicos, vloggers, a grupos de dança e momentos de humor. O festival realiza-se nos dias 23, 24, 29 e 30 de junho.

Quem visitar a Cidade do Rock vai também poder usufruir da melhor experiência cervejeira, proporcionada pela Super Bock, nos vários bares do recinto e num stand próprio que contará com ativações da marca.

Nesta edição, o festival volta a ser palco para outras marcas do Super Bock Group, nomeadamente, a gama especial Selecção 1927, com um espaço na Gourmet Square – outra das novidades desta edição –, no qual se poderá desfrutar de diferentes estilos de cerveja. Também a marca de água Pedras, através das suas credenciais de naturalidade e levando o público a descobrir as outras cores da natureza, com Pedras Sabores, e a sidra Somersby, no seu estilo irreverente, estarão presentes, propondo novas experiências criadas especificamente para o Rock in Rio-Lisboa.

Segundo o estudo OMNIBUS, de Setembro de 2017, Super Bock é a marca mais associada a música e a marca mais associada a festivais de música.

"Programação na Quinta" - O Bando recebe o Trigo Limpo Teatro ACERT com "Sentada no Escuro" | 3 e 4 de fevereiro

Trigo Limpo Teatro ACERT apresenta peça a partir de António Lobo Antunes

O Bando acolhe companhias nacionais em Palmela na “Programação na Quinta”

 

ACERT Sentada no Escuro.jpg

 

Nos dias 3 e 4 de fevereiro, o espaço sede do Teatro O Bando, em Vale dos Barris, Palmela, em plena Serra da Arrábida, é palco do espetáculo “Sentada no Escuro”. Trata-se de uma produção do Trigo Limpo Teatro ACERT, de Tondela, a partir do texto de António Lobo Antunes, “Para aquela que está sentada no escuro à minha espera”. Com dramaturgia e encenação de Pompeu José e interpretação de António Rebelo, Ilda Teixeira, Pedro Sousa, Raquel Costa e Sandra Santos, o espetáculo narra a história de uma mulher de 78 anos, que veio de Faro para a capital, na sua juventude, para seguir o sonho de ser atriz. O público acompanha o seu percurso, desde a carreira acidentada até à perda da memória, que passa a ser o motor central da peça… as recordações que se baralham, uma narrativa que se substitui à própria realidade, a visão intimista e solitária de alguém que assiste à fase terminal da sua vida.

Com este espetáculo pelo Trigo Limpo Teatro ACERT, o Bando abre a “Programação na Quinta” 2018, acolhendo diversas companhias nacionais ao longo do ano. Ainda em fevereiro, o Bando será visitado pelo Teatro da Didascália – Joane, de Famalicão.

As sessões decorrem aos sábados, às 21h00, e aos domingos, às 17h00. Informações e reservas através do telefone 21 233 68 50 ou do e-mail geral@obando.pt.

 

Ficha artística:
Dramaturgia e encenação – Pompeu José
Interpretação – António Rebelo, Ilda Teixeira, Pedro Sousa, Raquel Costa e Sandra Santos
Cenografia e design gráfico – Zé Tavares
Música – Gustavo Dinis e Uhai
Figurinos – Adriana Ventura
Vídeo – Alberto Plácido
Desenho de luz – Paulo Neto
Sonoplastia – Luís Viegas
Assistência – Ricci-Li Alexandre, Ivan Dávila Grande e Deolindo Pessoa
Produção – Marta Costa e Rui Coimbra

 

“Conversas sobre a Importância da Música no Desenvolvimento da Criança” | Auditório Municipal de Pinhal Novo - 3 de fevereiro

Dia 3 de fevereiro, no Auditório Municipal de Pinhal Novo

Associação Juvenil Odisseia promove conversa sobre a importância da música no desenvolvimento da criança

 

O Auditório Municipal de Pinhal Novo acolhe, no dia 3 de fevereiro, entre as 15h00 e as 18h00, as “Conversas sobre a Importância da Música no Desenvolvimento da Criança”, numa iniciativa da Associação Juvenil Odisseia com o apoio da Câmara Municipal de Palmela.Este evento, com entrada gratuita, contará com as presenças dos oradores Miguel Madaleno, Manon Marques e Miguel Silva.

 

Oradores:

Manon Marques – Licenciada em Ciências Musicais pela Universidade Nova de Lisboa, frequentou cursos de Direção Coral, Técnica Vocal, Interpretação e Ornamentação na Música Antiga e leciona Formação Musical.

Miguel Madaleno – Músico, maestro, com formação em pedagogia musical e licenciatura em Música na Comunidade, na Escola Superior de Educação e Escola Superior de Música e licenciatura em Direção de Orquestra e Banda em Huelva, Espanha.

Miguel Silva – Músico, licenciado em Música na Comunidade na Escola Superior de Educação e Escola Superior de Música e estudante de Mestrado em Musicoterapia na Universidade Lusíada de Lisboa.