Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

MOTELX: 5 rapidinhas para elas

 

 

Tampões, piropos, o papanicolau, o fenómeno de mansplaining e o amor pelo Johnny Depp. São estes os temas de cinco curtas-metragens escolhidas pelo MOTELX – Festival Internacional de Cinema de Terror de Lisboa para transmitir a visão das mulheres.

Eis as 5 rapidinhas para elas:

BFF Girls
 (E.U.A., 2018): comédia do realizador americano Brian Lonano, conta a história de três raparigas super-heroínas que estão a passar pela puberdade e têm de lutar contra um monstro: um tampão gigante.

Catcalls (Irlanda, 2017):  filme da irlandesa Kate Dolan que aborda a temática dos piropos. E se o caçador virar caça?

SMEAR (Reino Unido, 2017):  Chloe é a personagem principal deste filme de Kate Herron. Ela acha que vai fazer um exame de rotina…mas nem tudo corre como planeado. É sobre o papanicolau.

Helsinki Mansplaining Massacre (Finlândia, 2018): esta curta, realizada por Ilja Rautsi, fala sobre o fenómeno de mansplaining: quando os homens explicam coisas às mulheres de forma condescendente…

Lunch Ladies (E.U.A., 2017): duas cozinheiras de cantina revelam-se obcecadas com Johnny Depp e começam a fazer comida utilizando carne humana, bem ao estilo de “Sweeney Todd”. Esta é uma comédia de J.M. Logan.

 

Estas curtas-metragens podem ser vistas durante a 12.ª edição do MOTELX, que terá lugar de 4 a 9 de Setembro, no Cinema São Jorge. A estas, juntam-se mais 15 curtas internacionais que serão igualmente exibidas, diversas longas-metragens e 12 curtas nacionais que irão concorrer ao Prémio MOTELX - Melhor Curta de Terror Portuguesa. Mais informação sobre a programação pode ser encontrada aqui.

 

5ª Edição da Comic Con Portugal com paragem no Alegro Alfragide

Boleia Grátis Alegro Alfragide para Comic Con.jpg

 

 

Transporte gratuito para o maior evento de Cultura Pop

 

5ª EDIÇÃO DA COMIC CON PORTUGAL COM PARAGEM NO ALEGRO ALFRAGIDE

 

O Centro Comercial Alegro Alfragide garante transporte gratuito até ao recinto da Comic Con Portugal 2018, o evento que celebra a Cultura Pop e que este ano decorre de 6 a 9 de setembro, no Passeio Marítimo de Algés.

 

O mundo da ficção está em festa no próximo fim-de-semana e o Alegro Alfragide junta-se às celebrações numa parceria inédita que facilita o acesso ao recinto onde super-heróis, vilões e personagens de jogos de computador desfilam e interagem com os fãs.

 

Pela primeira vez, a convenção Comic Con Portugal, que reúne amantes de BD, Cinema, TV, Videojogos, Cosplay, Anime e Manga num encontro a que já ninguém fica indiferente passa pela grande Lisboa. De 6 a 9 de setembro, todos os caminhos vão dar ao Passeio Marítimo de Algés e o centro comercial Alegro Alfragide dá uma ajuda na viagem, garantindo estacionamento e transporte de ida e volta gratuito.

 

Para ter acesso a este serviço basta ser portador da Pulseira Alegro, que deverá ser levantada no Balcão de Informações, a partir do dia 1 de setembro, mediante a apresentação do bilhete para o evento.

 

O Alegro BUS está disponível entre as 9h e as 21h durante os dias do evento, com partidas de 30 em 30 minutos. Para além de garantir entrada no Alegro BUS, a pulseira dá direito a 5% de desconto na loja oficial da Comic Con Portugal.

 

Ao longo da semana o Alegro Alfragide vai ainda oferecer bilhetes para o evento através da dinamização de passatempos no centro e na sua página de Facebook. Mais uma oportunidade para quem quiser entrar e viver este mundo de fantasia.

 

Encarne a sua personagem favorita e entre neste universo com o Alegro Alfragide!

A SEGUNDA TEMPORADA DE ‘O TESOURO DE COOPER’ LEVA-NOS ÀS BAHAMAS EM BUSCA DE SEGREDOS COM CENTENAS DE ANOS // ESTREIA A 3 DE SETEMBRO

O Discovery Channel regressa a alto mar para continuar a busca por incríveis tesouros. Sem seguir as pistas de uma antiga lenda nem as indicações de um pirata, o canal volta a confiar num mapa secreto elaborado nos anos 60 pelo lendário astronauta da NASA, Gordon Cooper, durante um das suas missões espaciais na órbitra terrestre. Um mapa do tesouro traçado desde o espaço há quase seis décadas e que pode ser a chave para encontrar valiosos tesouros em zonas onde naufragaram importantes navios. A segunda temporada de ‘O Tesouro de Copper’, uma produção original do Discovery Channel, parte rumo as Bahamas, a partir de 3 de setembro.

 

1.jpg

 

 

Em maio de 1963, em plena Guerra Fria, o jovem astronauta da NASA, Gordon Cooper, encontrava-se a orbitar a Terra, enquanto tentava localizar instalações nucleares em solo estrangeiro. Durante estas “viagens”, o pioneiro da exploração espacial descobriu algo extraordinário que decidiu manter em segredo durante mais de 40 anos: desde a sua nave, Cooper descobriu uma série de “anomalias” no mar das Caraíbas, umas manchas escuras em explicação que, segundo apurou, só poderiam ser barcos naufragados.

 

Durante décadas, este veterano da NASA dedicou-se a desenhar um mapa que poderia ser a chave para encontrar tesouros de valor incalculável e restos de embarcações históricas que naufragaram há séculos.

 

Mas Cooper nunca conseguiu terminar esta missão. Antes de morrer, em 2004, decidiu partilhar o segredo com o amigo Darell Miklos, para que este pudesse retomar a investigação e resolver o mistério.

 

Depois da primeira temporada, o Discovery Channel embarca nesta nova aventura náutica que vai rumo às Bahamas, a partir de 3 de setembro, às 21 horas.

 

Nos novos episódios, onde Miklos será o protagonista, continuaremos a busca por incríveis tesouros marítimos, uma década depois de Cooper ter partilhado com o amigo uma pasta repleta de cartas, ilustrações, mapas e notas escritas à mão. Agora está tudo a postos para começar a segunda parte desta missão e o Discovery Channel voltou a rodear-se de uma equipa de experientes exploradores e investigadores para procurar os locais indicados por Cooper e onde pode estar tesouros, históricos destroços de navios e toneladas de ouro e prata.

 

Nos novos episódios de ‘O Tesouro de Cooper’, os espetadores do Discovery Channel vão poder acompanhar Darrell Miklos e a restante equipa a seguirem as pistas do famoso mapa criado pelo astronauta. Os escritos de Gordon levam-nos a uma zona conhecida com o “Santo Graal dos naufrágios” da época colonial. Para além disso, a expedição descobrirá um canhão de 1700 que pode ter relação com um naufrágio de um navio inglês do século XVII. A sua existência está documentada no mapa de Gordon, que adicionalmente aponta uma possível relação com o explorador e navegador inglês Francis Drake.

 

As missões levadas a cabo por Miklos não estão isentas de perigos. Entre eles, estão os habitantes locais, que não vão facilitar a vida à equipa de ‘O Tesouro de Cooper’ e outros fenómenos naturais, como ondas inesperadas e tempestades, que não podem ser controlados. Apesar de tudo isto, Darrell Miklos e o grupo de especialistas do programa não vão desistir do objetivo de encontrar estes tesouros e honrar assim o legado de Gordon Cooper.

 

A segunda temporada de ‘O tesouro de Cooper’ estreia no Discovery Channel a 3 de setembro às 21 horas. 

Cidade convidada a participar na arruada de encerramento da Noite Branca de Braga 2018

Sopa de Pedra e as vozes da Cidade actuam Domingo

Cidade convidada a participar na arruada de encerramento da Noite Branca 2018

Sopa de Pedra2.jpg

 

O espectáculo ´Sopa de Pedra e as Vozes da Cidade´, que no Domingo, dia 2 de Setembro, irá encerrar a Noite Branca Braga 2018, inicia-se às 17h30 com uma arruada que começa na Rua do Castelo e segue o seguinte percurso: Edifício do Castelo > Rua de Janes > Largo São João Souto > Rua Justino Cruz > Jardim St Barbara > Rua Eça de Queirós > Praça Município.

Pelo caminho até à chegada ao Palco da Praça, prevista para as 18h00, as Sopa de Pedra irão parar em diversos locais e cantar, criando momentos de ligação únicos com a comunidade. São dezenas de vozes que vão elevar a Cidade de Braga a uma voz maior. Será um espectáculo de todos e para todos os Bracarenses.

Este será um espectáculo singular que envolve a comunidade e que promete fechar com chave de ouro esta edição da Noite Branca. Reunindo coros de Braga, cantores e cantadores, vocalistas e outras vozes interessadas, trata-se de um gigante espectáculo de polifonia coordenado e construído ao longo dos últimos meses pelas Sopa de Pedra, um grupo vocal feminino dedicado ao canto a capella de canções de raiz tradicional.

Este é um espectáculo de riqueza melódica e harmónica única que se fará ouvir das ruas da Cidade até ao palco maior da Noite Branca.

 

MERCADO CRAFTS & DESIGN NO JARDIM DA ESTRELA CELEBRA 12.º ANIVERSÁRIO

 

Cartaz_12AnosDepois_Set2018.jpg

 

"12 Anos Depois..." é o tema da edição de aniversário do Mercado Crafts & Design no Jardim da Estrela, dias 1 e 2 de setembro, das 10h00 às 19h00. 

 

Mercado Crafts & Design surgiu para ditar novas tendências, apostar na qualidade dos participantes e diferenciar-se. Foi pioneiro desde a sua génese e continua a promover projectos de autor, concebidos de raiz, onde a identidade de cada um está visível e é inconfundível.

 

Para celebrar os seus primeiros 12 anos de vida o Mercado Crafts & Design no Jardim da Estrela reserva um fim-de-semana cheio de talento e criatividade, com dezenas de projectos diferenciadores nas áreas do design e do artesanato contemporâneo.

 

Faça-nos uma visita e surpreenda-se com o que o Mercado tem para oferecer.

 

Sobre o Mercado: 

Com 12 anos de existência, o Mercado Crafts & Design no Jardim da Estrela mantém o compromisso de se assumir como rampa de lançamento para criadores nacionais e internacionais nas áreas do design e do artesanato contemporâneo. Define-se como um mercado criativo para pessoas criativas e decorre no primeiro fim-de-semana do mês (excepto em Janeiro) com entrada gratuita. A organização está a cargo de Arquitexturas - Organização de Eventos com o apoio da JF da Estrela. 

 

CCB | Ciclo de cinema sobre o Maio de 68 termina com ‘Depois de Maio’. Orquestra XXI celebra 5.º Aniversário. European Jazz Conferênce 2018.

phpThumb_generated_thumbnailjpg.jpg

 31 de agosto | 21:30 | Uma Praça no Verão

CCB de Verão
Cinema ao Ar Livre

Desde de julho que a Praça CCB acolhe uma instalação arquitetónica: Uma Praça no Verão, da autoria do atelier Promontorio, em parceria com a Amorim Isolamentos. Este espaço converteu-se também numa sala de cinema ao ar livre que acolheu um ciclo dedicado ao Maio de 68. Esta sexta-feira será projetado o último filme, Depois de Maio (2012), de Olivier Assayas, distinguido com dois prémios no Festival Internacional de Cinema de Veneza.
Este drama conta a história de Gilles, um jovem estudante parisiense que no início dos anos 1970 se encontra imerso na atmosfera criativa e política da época, ainda influenciado pelo movimento de Maio de 68.

 

phpThumb_generated_thumbnailjpg.jpg

 

1 e 2 de setembro | 19:00 | Jardim das Oliveiras
CCB de Verão – Concertos Ao Vivo
Entrada Livre
A 1 e 2 de setembro, o Jardim das Oliveiras recebe os últimos concertos da programação de verão do CCB. No dia 1, os Tiroliro e Vladimir (os guitarristas e cantores Gimba e Jorge Galvão, na foto) apresentam um repertório lendário, cheio de canções divertidas. No dia 2, toca o Trio Orfeu, composto por Jed Barahal, Fred Martins e Ruca Rebordão, que propõe um concerto baseado nos clássicos consagrados da bossa nova.
Entrada Livre

Imprensa Nacional dá Voz aos poetas

Imprensa Nacional dá Voz aos poetas

No próximo dia 3 de setembro, segunda-feira, às 18h30m, a Biblioteca da Imprensa Nacional (Rua da Escola Politécnica, 135) irá abrir portas para mais uma sessão d’ A Voz dos Poetas. Este recital, de entrada livre, irá debruçar-se na leitura de poesia de Cesário Verde por Jorge Silva Melo, da Companhia de Teatro “Artistas Unidos”.

Encerramento da Noite Branca Braga 2018 será a uma só voz: a voz da Cidade

 

 

Espectáculo das Sopa de Pedra reúne coros, cantores, cantadores e vocalistas de Braga

Encerramento da Noite Branca Braga 2018 será a uma só voz: a voz da Cidade

O encerramento da Noite Branca Braga 2018 será a uma só voz: a voz da Cidade. Dia 2 de Setembro, Domingo, no Palco da Praça, pelas 18h00, terá lugar um espectáculo singular que envolve a comunidade e que promete fechar com chave de ouro esta edição do evento. 

Reunindo coros de Braga, cantores e cantadores, vocalistas e outras vozes interessadas, um gigante espectáculo de polifonia está a ser coordenado e construído ao longo dos últimos meses pelas Sopa de Pedra, um grupo vocal feminino dedicado ao canto a capella de canções de raiz tradicional.

Este é um espectáculo de riqueza melódica e harmónica única que se fará ouvir das ruas da Cidade até ao palco maior da Noite Branca. São dezenas de vozes que vão elevar a Cidade de Braga a uma voz maior.

Para preparar este projecto de comunidade, que irá formar um gigante coro que conta com cerca de 70 participantes, estão a decorrer ensaios desde meados de Junho. Este será um espectáculo de todos e para todos os bracarenses

No sentido de dar a conhecer os bastidores deste projecto foi preparado um minidocumentário de três episódios que está a ser exibido na página de Facebook da NBB (http://fb.com/braganoitebranca), no canal Youtube da NBB e no site oficial do evento (http://noitebrancabraga.com/).

 

 

 

 

A Noite Branca das Medias Arts em Braga

VV-Joao-Martinho-Moura.jpg

 

Evento dedicará parte da programação ao universo das artes digitais

 

A Noite Branca de Braga dedicará parte da sua programação de 2018 ao universo das media arts. Inserida entre diversos concertos, exposições e actividades de rua, esta agenda artística aliará arte e tecnologia em diversos pontos da Cidade na forma de residências artísticas, instalações ou simples mostras públicas.

Este enfoque nas media arts resulta de um esforço conjunto entre vários agentes para dar resposta a uma comunidade artística com os olhos postos no futuro e a uma audiência com anseios mais alargados, numa forte aposta estratégica do Município. Relembre-se que Braga ostenta o título de cidade criativa da UNESCO na área das media arts.

Nesse sentido, foram lançados dois concursos artísticos abertos ao público, pretendendo atrair participações em várias áreas, sendo uma delas as media arts.O “On/Off – Concurso Artístico Noite Branca Braga” e os “Laboratórios de Verão” elegeram, no seu todo, dez projectos que vão desde o audiovisual, passando pela electrónica, astrofísica até à realidade virtual.

No contexto do evento e em formato performativo ou de instalação, estas propostas figurarão entre 31 de Agosto e 2 de Setembro em espaços como o gnration, a Reitoria da Universidade do Minho, a Casa Rolão ou o Museu D. Diogo de Sousa, entre outros. Para lá destes projectos seleccionados, estarão também em exibição as residências temporárias de Matthew Biederman – “Scale Travels: All The Way Down” – João Martinho Moura – “VV” – e Robyn Moody – “Wave Interference” – que remetem para uma oferta contínua para lá da Noite Branca.

A cidade criativa das Media Arts representa uma oportunidade única para destacar as sinergias internas de Braga e o seu efervescente cosmopolitismo, com a prestigiada chancela UNESCO. Na convergência das suas várias características, projectando um mosaico de parcerias e uma extensa rede de informação, a “Braga Media Arts” quer-se inclusiva, congregadora e vê na Cidade a soma das suas várias partes.

Consulte a programação detalhada relativa às media arts aqui: http://noitebrancabraga.com/category/braga-media-arts/

ESTREIA DA NOVA SÉRIE "OS MARRETAS BEBÉS” | DIA 3 DE SETEMBRO ÀS 15H30

ESTREIA DA NOVA SÉRIE: “OS MARRETAS BEBÉS”
DIA 3 DE SETEMBRO ÀS 15H30

4dcd5ed5-b4bd-4a4c-8c38-c7194f08327b.jpg

 

Quase 30 anos depois de “Os Marretas Bebés” terem conquistado os corações das crianças e famílias de todo o mundo, o Disney Junior apresenta uma nova versão da série que tem lugar no quarto de brincar dos pequenos Cocas, Piggy, Fozzie, Gonzo e Animal – a quem se junta um novo bebé Marreta, a Summer. Sob o olhar atento da Ama, os Marretas Bebés usam a sua imaginação para embarcar em aventuras sem fim, que os levam aos cantos mais remotos do universo. A nova série estreia dia 3 de setembro, às 15h30, no Disney Junior.

Baseada na série original vencedora de um Emmy®, a nova animação “Os Marretas Bebés” é direcionada para crianças entre os 2 e os 7 anos e as suas famílias, sendo cada episódio composto por duas histórias de 11 minutos. Embora o destaque continue a ser a comédia, pela qual os Marretas Bebés são conhecidos, cada história também terá o objetivo de apresentar aos mais pequenos o poder da imaginação. Seja o Cocas a ajudar um dragão a superar o seu medo do escuro, ou os Marretas Bebés a aprenderem a importância de um jogo de tabuleiro justo num dia de chuva, a série aborda lições importantes para as crianças e as suas famílias.

Tal como cada criança em casa, cada Marreta Bebé tem uma personalidade e perspetiva única que contribuem para a sua amigável dinâmica. O Cocas é o líder e a voz da razão do grupo, a Piggy é a super-fabulosa e destemida aventureira, Fozzie é o comediante com um grande coração, Gonzo é o malabarista irreverente e Animal é o rebelde, que cria as suas próprias regras. A juntar-se ao grupo, temos a nova Bebé Marreta, a Summer, uma pinguim artística e criativa que adora pintar, desenhar, cantar e dançar.

Com a chegada de Summer, o grupo passa a contar com outra presença feminina forte, que será a melhor amiga perfeita para a Piggy. Embora Summer seja o elemento mais pequeno dos Marretas Bebés, tem um coração gigante e está sempre pronta a partilhar bons momentos com os seus novos amigos, ou ouvi-los quando eles estão em baixo. Sendo oriunda da Antártica, a sua vida e experiências são diferentes das dos restantes bebés, o que permite à série explorar a construção de amizades dos mais pequenos com novos amigos de diferentes origens. Tendo como cenário um quarto de brincar vibrante e um pátio enorme, os Marretas Bebés têm tudo o que precisam para embarcarem nas suas fantásticas aventuras.

O pátio é a casa do lago “saltitante” do Cocas, do camarim da Piggy, da mesa de artes da Summer, do galinheiro de Gonzo, do palco de Fozzie, e de uma casa na árvore partilhada por todos. Em cada episódio, os bebés Marretas usam a sua imaginação para se transportaram para uma fantasia através de um arco-íris, cada uma com um estilo diferente que varia entre o efeito visual de colagem, o estilo de banda-desenhada, os clássicos desenhos animados e até ao uso da imagem-real.

O visual da série é acentuado pelo estilo e design das personagens que compõem os Marretas Bebés, que foram criados para serem exatamente iguais aos bebés originais do filme “Os Marretas conquistam Nova Iorque”. A equipa criativa levou horas a realizar pesquisas, incluindo os movimentos dos Marretas Bebés originais, e a desenvolver a tecnologia de simulação digital apelidada de “Jiggle Tech”, que permitiu que os movimentos dos Marretas Bebés animados fossem réplicas das suas versões marionetas.

A música também desempenha um papel importante na série, com quase todos os episódios a apresentarem músicas originais que variam entre os diferentes géneros musicais, desde o disco dos anos 70 até ao estilo contemporâneo. A icónica música de abertura da série também foi revisitada pela aclamada equipa de compositores que incluem Kay Hanley, Michelle Lewis e Dan Petty ("A Doutora Brinquedos"), e é interpretada pela vencedora de um Tony® Renée Elise Goldsberry (versão broadway de "Hamilton").

As vozes dos “Marretas Bebés” incluem Jenny Slate (vencedora de um Óscar da Academia® por "Zootrópolis") enquanto Ama; Melanie Harrison ("Fish Hooks”) como Piggy; Dee Bradley Baker ("A Lei de Milo Murphy") enquanto Animal; Ben Diskin ("O Incrível Homem-Aranha") no papel de Gonzo; Eric Bauza ("As Aventuras do Gato das Botas") como Fozzie; Jessica DiCicco ("Bingo e Rolly") enquanto Summer; e a fechar o elenco está Matt Danner ("Gravity Falls") que dá voz ao Cocas, e é o diretor da série.

“Os Marretas Bebés” são uma coprodução entre o Disney Junior, a Disney Consumer Products, o grupo Interactive Media (DCPI) e o estúdio The Muppets Studio. Tom Warbunton (“Os 7A” da Disney), vencedor de um Emmy®, é o produtor executivo e Eric Shaw (“SpongeBob SquarePants"), é o coprodutor e responsável pela edição. Andy Bean ("Bingo e Rolly") será o responsável pelas letras das músicas e Keith Horn (“Os 7A” da Disney) é o compositor.

No primeiro episódio, durante um voo imaginário até Paris, ninguém deixa o Animal pilotar e, após aprender que as aves voam para sul no inverno, Gonzo tenta impedir as suas amigas com penas de partirem.

Não perca a estreia de "Os Marretas Bebés", a série que vai reunir pais e filhos para assistirem às aventuras deste simpático grupo de amigos, dia 3 de setembro, às 15h30, no Disney Junior.