Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

Loulé vai ser “Holywood Algarvio” durante 3 dias de paródia para receber o mais antigo Carnaval do país

Apresentação Carnaval de Loulé 2020 - CML - Mir

75 mil visitantres esperados em Loulé

LOULÉ VAI SER “HOLYWOOD ALGARVIO” DURANTE 3 DIAS DE PARÓDIA PARA RECEBER O MAIS ANTIGO CARNAVAL DO PAÍS

Autarquia de Loulé investe 375 mil euros nest evento que tem forte impacto na ecomomia local e regional

 

Nos dias 23, 24 e 25 de fevereiro, a cidade de Loulé volta a ser palco de um dos mais emblemáticos corsos do país – que se distingue por ser o mais antigo –, evento que é uma imagem de marca do turismo algarvio durante a época baixa. A menos de quinze dias do arranque das festividades, ultimam-se os preparativos na Oficina/Museu do Carnaval, espaço onde esta terça-feira o autarca louletano, Vítor Aleixo, apresentou a edição de 2020 à Comunicação Social.

Com uma programação alargada, que não se restringe apenas ao desfile na Avenida José da Costa Mealha, o Carnaval de Loulé traz a magia do cinema para rua, tendo como mote “Era uma vez em… Louléwood”. “Os heróis e personagens dos filmes vão ser este ano tema do Carnaval de Loulé, sempre nas suas melhores tradições de humor e de sátira social e política”, referiu o responsável autárquico.

Os 14 carros alegóricos que irão integrar o desfile estão praticamente finalizados, fruto do trabalho de mais de 13 mil horas da equipa de criativos que tem o carismático “Palhó” (Paulo Madeira) um dos principais elementos, mas também funcionários da Autarquia e colaboradores que ajudam a montar este enorme corso, especialmente no que toca à colagem de perto de 1 milhão de flores decorativas. “É graças a esta gente muito experiente, que faz o Carnaval de Loulé há já muitos anos, que este evento tem todo este sucesso e que já habituou o país a olhar para este corso como um dos melhores”, salientou Vítor Aleixo.

 

São 600 os figurantes, entre os integrantes de 11 grupos de animação que representam o movimento associativo do concelho, 3 escolas de samba, bailarinas de corpos pintados, animadores, fanfarras, cabeçudos, gigantones e muito mais que darão cor e alegria à Avenida.

A componente ambiental continua a merecer especial atenção por parte da organização e, em 2020, o Carnaval volta a ter o selo de “EcoEvento”. “Somos um Município fortemente comprometido com a adaptação às alterações climáticas e, como tal, cada vez, acrescentamos um elemento novo nos eventos, na ótica da sustentabilidade e dos cuidados que devemos ter relativamente ao ambiente”, realçou o edil que deu como exemplos o uso de copos biodegradáveis e compostáveis tendo em vista a redução de plástico, o uso da energia solar como fonte energética, o racionamento da água ou a existência de papeleiras compactadoras.

Nos três dias o desfile arranca às 15h00 e prolonga-se até às 17h30. Na segunda-feira, dia 24, está prevista a transmissão em direto do corso através do canal 1 da RTP, “o que potenciará ainda mais o desfile”.

Tendo em consideração as boas condições meteorológicas previstas, o presidente da Câmara de Loulé acredita que possam passar por Loulé nestes dias na ordem dos “75 mil visitantes”.

As entradas têm um custo de 2 euros e todas as receitas de bilheteira revertem a favor de instituições de solidariedade do Concelho e do movimento associativo que participa no corso, tal como tem acontecido ao longo dos anos, com um montante médio de cerca de 65 mil euros a ser repartido pelas entidades.

À margem do corso, está previsto um extenso programa de animação, que arranca logo na sexta-feira, dia 21, com o emblemático Carnaval Infantil, prossegue com atividades desportivas com destaque para o Grande Prémio de Atletismo de Carnaval (domingo, dia 23) e o 46º Torneio Internacional de Vela (dias 22, 23 e 24) e terá como um dos pontos altos o Baile de Gala – “Grandiosa estreia Louléwood” –, este ano no Salão de Festas de Loulé, na segunda-feira à noite (24 de fevereiro, pelas 22h00).

O Carnaval de Loulé terá um investimento a rondar os 375 mil euros, uma verba que, pela primeira vez, está alocada a uma rubrica específica deste evento no orçamento municipal. Um montante não muito diferente do investimento realizado em 2019 mas que revst-se de especial importância pelo forte contributo para a “notoriedade externa, para a atratividade de turistas, com um impacto muito positivo na economia, nomeadamente ao nível da restauração e da hoteleira”, como considerou Vítor Aleixo.

CML/GAP /RP

Loulé Criativo organiza atividades de Carnaval

Carnaval de Loulé - Flores.jpg.png

 

O Loulé Criativo propõe para o Carnaval de 2020 um conjunto de atividades que pretendem recordar tradições antigas da Batalha das Flores, aliadas ao fabuloso evento que é hoje o Carnaval de Loulé.

O Carnaval de Loulé anima esta cidade desde 1906 e é considerado um dos principais acontecimentos festivos do concelho. Por esta altura do ano as amendoeiras em flor cobrem a paisagem com um manto branco e rosa, que terá servido de inspiração para as flores utilizadas ainda hoje no corso. É neste âmbito que, no sábado, dia 8 de fevereiro, os participantes poderão visitar a Oficina/Museu do Carnaval e participar na atividade gratuita organizada pela Câmara Municipal de Loulé, “A Magia das Flores de Carnaval”. Neste momento será recordada a história do Carnaval e os participantes serão desafiados a elaborar as tradicionais flores que decoram os carros alegóricos.  

Os mais gulosos poderão “Brincar ao Carnaval na Cozinha” com a parceira Ana Figueiras e aprender a fazer as tradicionais Filhós de Laranja. Esta atividade está disponível nos dias 16, 18 ou 20 de fevereiro.

Na terça-feira de Carnaval (25 fevereiro) vai ser possível aprender a captar a essência deste evento centenário através da lente de um dispositivo fotográfico na atividade, “Batida Fotográfica no Carnaval de Loulé”, que tem como parceiro o fotógrafo Vítor Pina.

Todas as atividades têm vagas limitadas e estão sujeitas a inscrição prévia.

A programação mensal de atividades que o Loulé Criativo disponibiliza no website www.loulecriativo.pt e redes sociais do Loulé Criativo, através de 289 400 829 ou loulecriativo@cm-loule.pt

 

CML/GAP /RP

"Democracia em Vertigem", de Petra Costa

democravia_em_vertigem5-1200x1200.png

 

Abrindo o Ciclo "cinema, Activismo e Sociedade" é exibido, no dia 26 de Fevereiro às 21h45, o filme "Democracia em Vertigem, de Petra Costa (2019) 122'. Neste ciclo celebra-se não só o cinema, mas também os actos de resistência e activismo que tanto precisamos e merecemos nos dias de hoje. A Entrada no Mini-Auditório Salgado Zenha, em coimbra, é Livre.

 

geral_ciclo.jpg

 

Passatempo| Francisco Menezes- Aniversário 46 anos de carreira

O Blog Cultura de Borla em parceria com a  JP BEATS tem bilhetes para o espectáculo FRANCISCO MENEZES - 46 ANOS DE CARREIRA  para o dia 25 de Fevereiro às 21h30 no CASINO DO ESTORIL aos primeiros leitores que de 5 em 5 participações:

 

Só é aceite uma resposta válida por endereço de e-mail e por concorrente pelo que não adianta enviar mais do um e-mail.

Excepto em casos de força maior que deverão ser atempadamente comunicados através do email culturadeborla@sapo.pt, contamos que os participantes aproveitem os bilhetes que ganharam, portanto concorra apenas se tem a certeza que pode estar presente.

 

thumbs.web.sapo.io.jpg

 

HÁ CINEMA INFANTIL GRÁTIS NO ALEGRO MONTIJO

De 26 de janeiro a 23 de fevereiro

 

5 domingos, 5 filmes de animação para ver em família

 

Cinema Infantil.jpg

 

Pipocas, lugares, ação! O ano ainda agora começou e já há novidades para os mini fãs de cinema! A partir de 26 de janeiro há cinco sessões de cinema infantil gratuitas para ver no Alegro Montijo, em parceria com os Cinemas NOS, para animar as manhãs de domingo em família!

Famílias assustadoras, brinquedos que ganham vida, gatos aventureiros, amigos caninos improváveis estão à espera de todos no Alegro Montijo para encher os domingos de inverno de magia e o melhor de tudo… sem custos! “A Família Adams”, “Playmobile: o Filme”, “UglyDols: Altamente Imperfeitos”, “Braulio e o Mundo dos Gatos” e “Trouble: Aventura na Cidade” são as propostas que vão brilhar no grande ecrã e tocar no imaginário de miúdos e graúdos.

São 5 Domingos, com 5 filmes de animação. As sessões são gratuitas para crianças e adultos que as acompanhem e realizam-se às 10h30:  

  • 26 de janeiro - A Família Addams
  • 2 de fevereiro- Playmobil: O Filme
  • 9 de fevereiro - UglyDolls: Altamente Imperfeitos
  • 16 de fevereiro - Bráulio e o Mundo dos Gatos
  • 23 de fevereiro - Trouble: Aventura na Cidade

Para garantir presença nas sessões, basta que os interessados se inscrevam no Balcão de Apoio ao Cliente do Alegro Montijo na semana que antecede a sessão pretendida e reservar lugar. No momento da marcação, são entregues vouchers que dão acesso ao filme. Cada família pode reservar lugar para um adulto e, no máximo, 2 crianças, entre o 3 e os 12 anos de idade.

Onde será a próxima aventura de domingo? Nos Cinemas NOS do Alegro Montijo, claro!

 

*Consulta do regulamento obrigatória em alegro.pt ou no Balcão de Atendimento ao Cliente do Alegro Montijo.

 

Carnaval são três dias? Não, no MAR Shopping Matosinhos são quatro

Espetáculo infantil, “Dominguinhos”, ateliês de máscaras e tiaras, face painting, FotoFun… A folia está garantida!

 

Ai de nós se o Carnaval durasse apenas três dias. De 22 a 25 de fevereiro, as alas estarão abertas para uma verdadeira folia em família no MAR Shopping Matosinhos. Aquela que é a época mais divertida do ano arranca no sábado, dia 22, com o espetáculo infantil “Tangerina e Spirulina”  e continua no dia seguinte com uns “Dominguinhos” carnavalescos. De 23 a 25, os mais novos contarão ainda com ateliês de máscaras e tiaras, face painting a condizer com as suas fantasias, esculturas de balões e FotoFun. Tempo de qualidade em família no ponto de encontro habitual, onde não faltam atividades gratuitas para celebrar o Carnaval.

 

Um espetáculo cómico, mágico e cheio de ritmo. É este o mote para a tarde de sábado, 22, a partir das 14h30. Mas afinal quem são as convidadas? Tangerina vai trazer mais um show de ilusionismo, mas, desta vez, vem acompanhada pela Boneca Spirulina, que toca concertina e dança como uma verdadeira bailarina. No espetáculo, que subirá ao palco MAR Shopping Food Experience, no Espaço de Restauração, as crianças interigirão com as personagens em cena para muitas surpresas, estando desde já garantida magia, muitas gargalhadas e… alguns moves à mistura.

 

A folia continua no Domingo Gordo com os “Dominguinhos”. Aqui, os pequenos foliões participarão num ateliê onde recriarão máscaras de algumas tribos africanas. Recorrendo a cartão, irão sobrepor diversos recortes para criar uma máscara com relevo. Um Carnaval diferente e com uma mensagem: temos de proteger as tribos nativas!

 

Mas a programação de lazer gratuita não fica por aqui. Entre domingo e terça-feira de Carnaval, o Atrium vai receber uma série de iniciativas para quem só pensa na fantasia mais gira. Entre as 11h00 e as 13h00 e as 15h00 e as 20h00, aí decorrerão ateliês de máscaras e tiaras com materiais recicláveis a partir de moldes, coroas, chapéus… Estão ainda garantidas as pinturas faciais a condizer com as fantasias escolhidas para as festividades deste ano e as esculturas de balões. Já os desprevenidos poderão entrar no studio de fantasias, escolher a sua preferida e mascarar-se a rigor para brincar ao Carnaval e tirar a selfie em família que nunca pode faltar para mais tarde recordar.

 

Sim, o Carnaval deste ano vai ser memorável. O MAR Shopping Matosinhos disso faz questão!

Variações e A Herdade lideram a lista de nomeados aos Prémios Sophia 2020

 

Alfredo Tropa, António-Pedro Vasconcelos e Fernando Matos Silva reconhecidos com o Prémio Carreira

A Academia Portuguesa de Cinema anunciou hoje, em conferência de imprensa, a lista dos nomeados às 23 categorias dos Prémios Sophia 2020.

Variações de João Maia e A Herdade de Tiago Guedes lideram com nomeações em 15 e 14 das 23 categorias, respetivamente, entre as quais Melhor Filme, Melhor Realizador, Melhor Ator e Melhor Fotografia, entre outros.

Na categoria de Melhor Filme, para além de Variações e A Herdade, encontram-se ainda nomeados Diamantino de Gabriel Abrantes e Daniel Schmidt, e Vitalina Varela de Pedro Costa. Na categoria de Melhor Documentário estão nomeados Até Que o Porno Nos Separe de Jorge Pelicano, Chuva é Cantoria na Aldeia dos Mortos de Renée Nader Messora e João Salaviza, Lupo de Pedro Lino e, finalmente, Terra Franca de Leonor Teles. (ver lista completa em anexo)

Foram ainda divulgados os Prémios Carreira que este ano serão atribuídos aos realizadores Alfredo Tropa, António-Pedro Vasconcelos e Fernando Matos Silva.

A cerimónia de divulgação dos nomeados aos Prémios Sophia 2020 aconteceu esta tarde, no Palácio Foz, em Lisboa, tendo a apresentação ficado a cargo dos atores Joana Ribeiro e João Nunes Monteiro.

Durante a curta cerimónia foram ainda entregues o prémio de Melhor Cartaz a Catarina Sampaio pelo filme A Herdade; o prémio de Melhor Trailer a Pedro Ribeiro pelo filme Variações; e ainda o Prémio Arte&Técnica a Joana Leitão de Barros e Ana Mantero pelo livro Leitão de Barros: A Biografia Roubada, tendo este último sido atribuído pela primeira vez este ano, com  o objetivo de reconhecer pessoas ou entidades que, noutras áreas da cultura, tenham contribuído para prestigiar o cinema português.

 A oitava cerimónia dos Prémios Sophia realiza-se no dia 22 de março (domingo), no Casino Estoril.

 

Lista de Nomeados aos Prémios Sophia 2020

 

MELHOR FILME

  • A Herdade

Paulo Branco, produtor

Leopardo Filmes

  • Diamantino

Maria João Mayer, produtora

Maria & Mayer

  • Variações

Fernando Vendrell, produtor

David & Golias

  • Vitalina Varela

Abel Ribeiro Chaves, produtor

OPTEC

 

MELHOR REALIZADOR

  • Gabriel Abrantes e Daniel Schmidt

Diamantino

  • João Maia

Variações

  • Pedro Costa

Vitalina Varela

  • Tiago Guedes

A Herdade

 

MELHOR DOCUMENTÁRIO EM LONGA-METRAGEM

  • Até que o Porno Nos Separe

Jorge Pelicano (real.) Irina Calado (prod.)

Até ao Fim do Mundo

  • Chuva é Cantoria na Aldeia dos Mortos

Renée Nader Messora e João Salaviza (real.) Ricardo Alves Jr. e Thiago Macêdo Correia (prod.)

Karõ Filmes

 

 

  • Lupo

Pedro Lino (real.) Pandora da Cunha Telles e Pablo Iraola (prod.)

Ukbar Filmes

  • Terra Franca

Leonor Teles (real.) Filipa Reis e João Miller Guerra (prod.)

Uma Pedra no Sapato

 

MELHOR SÉRIE/TELEFILME

  • Luz Vermelha

André Santos e Marco Leão (real.) Filipa Reis (prod.)

Vende-se Filmes

  • O Nosso Cônsul em Havana

Francisco Manso (real./prod.)

Francisco Manso Produção de Audiovisuais

  • SUL

Ivo M. Ferreira (real.) Edgar Medina (prod.)

Arquipélago Filmes

  • Teorias da Conspiração

Manuel Pureza (real.) Leonel Vieira (prod.)

Stopline Films

 

MELHOR ARGUMENTO ORIGINAL

  • Gabriel Abrantes e Daniel Schmidt

Diamantino

  • João Maia

Variações

  • Pedro Costa e Vitalina Varela

Vitalina Varela

  • Rui Cardoso Martins e Tiago Guedes

A Herdade

 

MELHOR ARGUMENTO ADAPTADO

  • Agustina Bessa-Luís e Rita Azevedo Gomes

A Portuguesa, adaptado da obra “Die Portugiesin” de Robert Musil

  • José Fanha

Os Dois Irmãos, adaptado da obra homónima de Germano Almeida

  • Hugo Diogo

Imagens Proibidas, adaptado da obra homónima de Pedro Paixão

  • Tiago Rodrigues e Tiago Guedes

Tristeza e Alegria na Vida das Girafas, inspirado na peça de teatro homónima de Tiago Rodrigues

 

MELHOR ATOR PRINCIPAL

  • Albano Jerónimo

A Herdade

  • Carloto Cotta

Diamantino

  • Igor Regalla

Gabriel

  • Sérgio Praia

Variações

 

MELHOR ATRIZ PRINCIPAL

  • Inês Castel-Branco

Snu

  • Margarida Vila-Nova

Hotel Império

  • Sandra Faleiro

A Herdade

  • Vitalina Varela

Vitalina Varela

 

MELHOR ATOR SECUNDÁRIO

  • Augusto Madeira

Variações

  • Filipe Duarte

Variações

  • João Pedro Mamede

A Herdade

  • Miguel Borges

A Herdade

 

 

 

 

MELHOR ATRIZ SECUNDÁRIA

  • Ana Vilela da Costa

A Herdade

  • Anabela Moreira

Diamantino

  • Teresa Madruga

Variações

  • Victoria Guerra

Variações

 

MELHOR DIREÇÃO DE FOTOGRAFIA

  • Acácio de Almeida

A Portuguesa

  • André Szankowski

Variações

  • João Lança Morais

A Herdade

  • Leandro Simões

Vitalina Varela

 

MELHOR SOM

  • Artur Cyaneto, Emílio Alicante e Pedro Góis

Caminhos Magnétykos

  • Elsa Ferreira, Francisco Veloso e Pedro Góis

A Herdade

  • Hugo Leitão e João Gazua

Vitalina Varela

  • Branko Neskov, Nuno Bento e Tiago Raposinho

Variações

 

MELHOR MONTAGEM

  • Cláudio Vasques

Caminhos Magnétykos

  • Pedro Ribeiro

Variações

 

 

  • Raphaëlle Martin-Holger, Gabriel Abrantes e Daniel Schmidt

Diamantino

  • Roberto Perpignani

A Herdade

 

MELHOR DIRE ÇÃO ARTÍSTICA

  • Ana Vaz

Snu

  • Artur Pinheiro

O Grande Circo Místico

  • Isabel Branco

A Herdade

  • Sara Lança

Variações

 

MELHOR GUARDA-ROUPA

  • Isabel Branco e Inês Mata

A Herdade

  • Lucha D’Orey

Hotel Império

  • Patrícia Dória

Variações

  • Sílvia Grabowski

Snu

 

MELHOR EFEITOS ESPECIAIS/CARACTERIZAÇÃO

  • Carlos Amaral e Íris Peleira

A Herdade

  • Irmã Lúcia

Diamantino

  • Pedro Vicente e Magali Santana

Variações

  • Tiago Borrões, Fernando Alle e João Rapaz

Mutant Blast

 

 

 

MELHOR MAQUILHAGEM E CABELOS

  • Ana Lorena e Natália Bogalho

Snu

  • Íris Peleira e Ana Maria Palma

A Herdade

  • Magali Santana e Gena Ramos

Variações

  • Nuno Esteves “Blue”

Hotel Império

 

MELHOR BANDA SONORA ORIGINAL

  • Armando Teixeira

Variações

  • José Mário Branco

A Portuguesa

  • Manuel Cruz

Tristeza e Alegria na Vida das Girafas

  • The Legendary Tigerman

Caminhos Magnétykos

 

MELHOR CANÇÃO ORIGINAL

  • Quero dar nas Vistas

letra de António Variações, interpretação de Sérgio Praia e música de Balla

Variações

  • Coro Menor

poema de Charles D’Orléans, música de José Mário Branco e voz de Ingrid Caven

A Portuguesa

  • Quiescent

letra e música de Surma

Snu

  • Vai

letra e música de Vado Más Ki Ás

Gabriel

 

 

 

 

MELHOR CURTA-METRAGEM DE FICÇÃO

  • A Fábrica

Diogo Barbosa

  • A Herança

Paulo A. M. Oliveira

  • Arriaga

Welket Bungué

  • Invisível Herói

Cristèle Alves Meira

 

MELHOR CURTA-METRAGEM DE DOCUMENTÁRIO

  • Estas Mãos São Minhas

André Miguel Ferreira

  • Kalani - Gift from Heaven

Nuno Dias

  • Lá Fora as Laranjas Estão a Nascer

Nevena Desivojević

  • Raposa

Leonor Noivo

 

MELHOR CURTA-METRAGEM DE ANIMAÇÃO

  • Assim Mas Sem Ser Assim

Pedro Brito

  • Equinox

Bruno Carnide

  • Maré

Joana Rosa Bragança

  • Tio Tomás, A Contabilidade dos Dias

Regina Pessoa

 

PRÉMIO SOPHIA ESTUDANTE

  • Jamaika Onto New Paths

Alexander Sussmann,

Universidade Lusófona De Humanidade e Tecnologias

 

 

 

  • Loop

Ricardo M. Leite,

Escola Superior de Media Artes e Design

  • O Presidente Veste Nada

Clara Borges e Diana Agar,

Universidade da Beira Interior

  • Sombra

Diogo Lourenço, Duarte Gaivão e Francisco Moura

Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias

 

PRÉMIO SOPHIA CARREIRA

Alfredo Tropa, António-Pedro Vasconcelos e Fernando Matos Silva

 

VENCEDORES DIVULGADOS:

PRÉMIO ARTE & TÉCNICA

  • “Leitão de Barros: A Biografia Roubada”

de Joana Leitão Barros e Ana Mantero

 

MELHOR TRAILER

  • 1º Lugar: Variações - Pedro Ribeiro
  • 2º Lugar: Tristeza e Alegria na Vida das Girafas - Joana Soares
  • 3º Lugar: Tony - Gil Oliveira e João Santana

 

MELHOR CARTAZ

  • 1º Lugar: A Herdade - Catarina Sampaio
  • 2º Lugar: Snu - Pedro Alexandre Arroja
  • 3º Lugar: Variações - Bráulio Amado

 

 

 

Oficina de costura promove partilha intergeracional

Oficina Casacos que se reinventam.jpg

 

Integrada na programação da Exposição “O Alfaiate - uma coleção de Vítor Gaspar”, realiza-se, a 21 de fevereiro, a Oficina “Casacos que se reinventam - Território Arrábida”, com a Designer de Moda Sandra Santos. A Oficina vai decorrer no Auditório Municipal de Pinhal Novo, das 9h00 às 13h00 e das 14h00 às 17h40, e é destinada à população sénior e a alunas/os das Escolas Secundárias de Palmela e de Pinhal Novo, com ou sem experiência em costura.

O Território Arrábida será a fonte de inspiração para se reinventarem casacos já sem uso e esquecidos nos armários, valorizando a experiência, os conhecimentos da população sénior e a partilha intergeracional.

A Oficina é organizada pela Câmara Municipal de Palmela, no âmbito do projeto “(A)Linhas - Costura Criativa Entre Gerações”, desenvolvido em articulação com as Escolas Secundárias de Palmela e de Pinhal Novo, desde maio de 2019, e inserido no PRIA - Percursos em Rede para a Inclusão Ativa. Mais informações: decs@cm-palmela.pt.

 

Últimos dias para visitar a Exposição “O Alfaiate”

 

Quase a chegar ao fim, a Exposição “O Alfaiate - uma coleção de Vítor Gaspar”, patente no Foyer do Auditório Municipal de Pinhal Novo, pode ainda ser visitada até 28 de fevereiro, dando a conhecer a arte da alfaiataria e a coleção particular e história de vida deste alfaiate aposentado.

Organizada pela Câmara Municipal de Palmela e por Vítor Gaspar, com o apoio do Victoria & Albert Museum, e de entrada gratuita, pode ser visitada de terça a sexta-feira, das 10h00 às 19h00, e ao sábado, das 14h00 às 19h00 (encerra aos feriados).

 

 

Pinhal Novo prepara-se para receber corso de Carnaval

 

Com a aproximação de mais uma época carnavalesca, o Grupo Carnavalesco Amigos de Baco, de Pinhal Novo, prepara-se para animar as ruas da vila de Pinhal Novo com a realização do tradicional corso, no próximo dia 25 de fevereiro.

Animação, folia e diversão são alguns dos requisitos desta iniciativa que, habitualmente, conta com a presença de dezenas de pessoas e associações locais.

A relevância deste evento motiva a cedência gratuita e temporária de espaço público ao Grupo Carnavalesco Amigos de Baco, de Pinhal Novo, no período entre 21 e 25 de fevereiro.

Aprovada por unanimidade na reunião pública de 5 de fevereiro, a cedência de domínio público viabiliza a realização do evento e possibilita a instalação de pavilhões de índole comercial, que representam a principal fonte de receita para a entidade organizadora.

No dia 26 de fevereiro, às 21h30, a celebração do Carnaval termina com o Enterro do Bacalhau, pelas ruas de Pinhal Novo.