Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

HBO PORTUGAL | DESTAQUES DE 23 A 29 DE NOVEMBRO

DESTAQUES 
23 a 29 de novembro

Descubra as histórias da HBO Portugal para esta semana!
SEGUNDA-FEIRA, DIA 23
SMALL AXE - Temporada 1, Episódio 2

Este segundo episódio, intitulado de Lovers Rock, conta uma história fictícia de amor jovem numa festa de Blues, em 1980. O filme é uma ode ao género musical reggae romântico chamado "Lovers Rock" e à juventude negra que encontrou liberdade e amor na música que ouvia nas festas em Londres, quando não era bem-vinda em discotecas “brancas”. Este filme marca a estreia de Amarah-Jae St. Aubyn, ao lado do vencedor do prémio de “Ator em Ascensão” nos BAFTA 2020, Micheal Ward (Top Boy). Shaniqua Okwok (Boys), Kedar Williams-Stirling (Sex Education), Ellis George (Dr. Who), Alexander James-Blake (Top Boy) e Kadeem Ramsay (Blue Story) também são protagonistas, ao lado dos estreantes Francis Lovehall e Daniel Francis-Swaby. "Lovers Rock" foi co-escrito por Courttia Newland e Steve McQueen.
MURDER ON MIDDLE BEACH - Temporada 1, Episódio 2

Enquanto investiga detalhes da vida da sua família que foram mantidos em segredo, Madison explora as consequências do envolvimento da mãe e tias nas "Gifting Tables" - um esquema de marketing ao mais alto nível, que tinha como objetivo elevar as mulheres, mas que ao crescer exponencialmente, evoluiu para algo perigoso.
THE SPANISH PRINCESS - Parte 2, Episódio 7

A parte final da série dá continuidade à história da Rainha Catarina e Henrique VIII, que presidem a corte mais glamorosa da Europa e são adorados pelo seu povo. Juntos, eles criam uma Inglaterra orgulhosa, confiante e forte o suficiente para resistir a ameaças externas. A luta de Catarina para conceber um herdeiro coloca em risco o seu casamento e a sua posição na corte, e é assombrada pelas suas escolhas do passado. Apesar de provar ser uma política, diplomata, uma inspiração nacional e até mesmo uma comandante militar, Catarina terá que lutar para salvar o seu amor com o rei e preservar a paz e a prosperidade do seu reinado.
THE UNDOING - Temporada 1, Episódio 5

No primeiro dia do julgamento, a acusação apresenta evidências chocantes, enquanto a defesa lança dúvidas sobre o inquérito policial. Mais tarde, Henry (Noah Jupe) revela um segredo a Grace (Nicole Kidman).
TERÇA-FEIRA, DIA 24
MUNDOS PARALELOS - Temporada 2, Episódio 3

Lyra (Dafne Keen) ignora o conselho do aletiómetro, o que leva a consequências perigosas. Escrito por Jack Thorne e Sarah Quintrell e realizado por Leanne Welham.
INDUSTRY - Temporada 1, Episódio 3

Quando a Pierpoint perde um cliente importante, os jovens licenciados enfrentam o teste mais desafiador - e potencialmente recompensador - até ao momento: desenvolver propostas para impulsionar novos negócios. Após a separação da sua equipa e de ter sido transferido para um novo supervisor desinteressado, um  criativo Gus (David Jonsson), associa-se a Robert (Harry Lawtey), para chamar a atenção de Clement (Derek Riddell). Entretanto, enquanto passa por uma situação de vida complicada com Yasmin (Marisa Abela), Harper (Myha'la Herrold) tenta conciliar os diferentes pedidos de Eric (Ken Leung) e Daria (Freya Mavor). Escrito por Sam H. Freeman e realizado por Tinge Krishnan.
QUARTA-FEIRA, DIA 25
A TEACHER - Temporada 1, Episódio 5

Explorando as complexidades e consequências de uma relação abusiva, A TEACHER acompanha a história de Claire Wilson (Kate Mara), uma jovem professora de uma escola secundária nos subúrbios do Texas e do seu aluno, Eric Walker (Nick Robinson). Insatisfeita com o casamento que tem com o namorado da faculdade, Matt Mitchell (Ashley Zukerman), a vida de Claire muda quando Eric, um charmoso aluno americano do último ano da sua turma de inglês, lhe pede ajuda para se preparar para o teste de admissão à faculdade. À medida que Claire e Eric começam a passar mais tempo juntos, alguns limites são ultrapassados ​​e começam um jogo subtil de sedução. As consequências das escolhas de Claire, já não podem ser ignoradas por eles, pelos amigos e familiares.
QUINTA-FEIRA, DIA 26
VALLEY OF TEARS - Temporada 1, Episódios 5 e 6

Uma série emocionante sobre o começo da Guerra do Yom Kippur, a 6 de outubro, de 1973, quando os estados árabes, liderados pelo Egito e pela Síria, lançaram um ataque surpresa que quase destruiu Israel, no dia mais sagrado do calendário judaico. Um drama de guerra, baseado em fatos reais, criado e co-escrito por Ron Leshem (Euphoria), Amit Cohen (False Flag), Daniel Amsel e Yaron Zilberman (A Late Quartet).
THE FLIGHT ATTENDANT - Temporada 1, Episódios 1 a 3

Protagonizada por Kaley Cuoco, esta é uma história sobre como uma vida inteira pode mudar numa noite. Uma comissária de bordo (Kaley Cuoco) acorda no hotel errado, na cama errada, com um homem morto - e sem a menor ideia do que aconteceu. O thriller de humor negro é baseado no romance homónimo do autor bestseller do New York Times, Chris Bohjalian.
SEXTA-FEIRA, DIA 27
VENENO - Temporada 1, Episódios 3 e 4

Minissérie sobre uma famosa e polémica transexual dos anos 90, conhecida como "La Veneno". Inspirada nas memórias oficiais de Cristina Ortiz, "La Veneno", que contam a história da realidade LGTBI na Espanha dos anos 60, até aos dias atuais. Quando a autora Valeria era pequena, nunca entendeu o porquê de as pessoas a chamarem por um nome que não era o seu. O mesmo aconteceu com Cristina, na época erroneamente chamada de "Joselito", que teve de sobreviver a uma infância violenta e cruel nos anos 60. Duas mulheres que nasceram em épocas muito diferentes, mas que, por acaso ou por destino, acabam juntas para sempre, quando Valeria, uma estudante de jornalismo, decide escrever um livro sobre a vida da icónica Cristina, La Veneno. Adorada pelo seu carisma e pela sua maneira livre e divertida de se expressar, La Veneno alcançou popularidade graças às suas participações na televisão nos anos 90. No entanto, a sua vida e principalmente a sua morte permanecem um enigma.
ROMULUS - Temporada 1, Episódios 7 e 8

Esta é a história de Rómulo e do seu irmão gémeo, Remo, no século VIII a.c., visto pelos olhos de três pessoas marcadas pela morte, solidão e violência. Num mundo primitivo e brutal, é o poder da natureza e das religiões pagãs que decidem o destino do homem. É aqui que dois jovens se unem, numa tentativa desesperada de sobreviver. 
SÁBADO, DIA 28
HOW TO WITH JOHN WILSON - Documentário, Temporada 1, Episódio 6

De forma a agradecer à sua idosa senhoria por todas as vezes que cozinhou e limpou para ele, John tenta fazer o seu prato favorito. Realizado por John Wilson, que também escreveu, ao lado de Michael Koman, Alice Gregory.
WARRIOR - Temporada 2, Episódio 9

Depois de Bill (Kieran Bew) e os seus homens serem confrontados por uma multidão enfurecida, Chinatown torna-se caótica, forçando as sociedades secretas chinesas a trabalharem juntas para protegerem as suas ruas. Enquanto Chao (Hoon Lee) e Mai Ling (Dianne Doan) procuram abrigo, Mai Ling cuida de Ah Toy (Olivia Cheng). Sophie (Celine Buckens) abre os olhos para o mundo de Leary (Dean Jagger). Lee (Tom Weston-Jones) decide de que lado está. Escrito por Jonathan Tropper & Evan Endicott & Josh Stoddard e realizado por Dennie Gordon.
DOMINGO, DIA 29
TUFF MONEY - Temporada 1, Episódio 2

Ao longo de seis episódios, TUFF MONEY acompanha a evolução de um incidente em que dois técnicos do departamento de obras públicas se metem. Frustrados por terem ficado com os piores lugares do bar onde planeavam assistir a um jogo de futebol, Doru e Ionel brincam sobre fazerem um assalto, em que ficariam ricos e seriam finalmente privilegiados. A brincadeira é ouvida pelo dono do bar e o que começa como uma piada, acaba por ganhar vida própria, sendo pressionados a seguir em frente com a concretização de um assalto na vida real. Todas as instituições às quais recorrem para obter ajuda estão ansiosas para que isso aconteça e que corra mal, deixando os dois heróis infelizes a lutar para restabelecer a sua moral, contra um desejo de auto-preservação.
30 MONEDAS - Temporada 1, Episódio 1

Nesta nova série, o aclamado realizador de "O Dia da Besta", "Balada Triste de Trompeta" e "Bruxas e Outras Loucas" leva o espectador para um mundo onde nada é o que parece e ninguém é de confiança. O seu protagonista, o padre Vergara, é um exorcista, boxeador e ex-presidiário exilado pelo Vaticano numa paróquia de uma remota cidade de Espanha. Quando Vergara é relacionado a uma série de fenómenos paranormais ocorridos na cidade, Paco, o ingénuo perfeito, e Elena, uma inquieta veterinária, tentam desvendar os segredos do seu passado e o significado da antiga moeda que Vergara mantém escondida. Pouco a pouco, este trio incomum de heróis irá encontrar-se numa conspiração global: a luta pelo controlo das trinta moedas pelas quais o apóstolo Judas Iscariotes traiu Jesus de Nazaré.
FILMES - EM DESTAQUE
DIA 25/11
A FLOR DO MEU SEGREDO
PEQUENO BUDA

DIA 27/11
AMOR AMOR
O DIA DA INDEPENDÊNCIA
SALVÉ, CÉSAR!
O CLUBE DOS POETAS MORTOS
UPRISE
AFTER THE NIGHT
A HORA DO LOBO
A PAIXÃO DE VAN GOGH
ABSOLUTELY ANYTHING - UMA COMÉDIA INTERGALÁCTICA
BELLE
BOAS VIBRAÇÕES
HECTOR E A PROCURA DA FELICIDADE
MÉDICO DE PROVÍNCIA
MUSTANG
O CAPITAL
O FÍSICO
O NOSSO ÚLTIMO VERÃO NA ESCÓCIA
UM INSTANTE DE AMOR
ACERTA O PASSO
FREEHELD - AMOR E JUSTIÇA
NÃO INCOMODAR
THE HIPPOPOTAMUS
RIO, I LOVE YOU
SUPERCONDRÍACO
CHICAGO

DIA 28/11
NEGROS HÁBITOS
A LEI DO DESEJO
O QUE FIZ EU PARA MERECER ISTO
MULHERES À BEIRA DE UM ATAQUE DE NERVOS

DIA 29/11
BORG VS. MCENROE
KIDS - EM DESTAQUE
SÉRIES
Dia 27/11

THUNDERCATS ROAR! - Temporada 1, Novos Episódios

FILMES
Dia 27/11
BEETHOVEN E O TESOURO SECRETO

MUSICAL “PANDA E OS CARICAS” ESTÁ DE VOLTA NESTE NATAL

image010.jpg

 

musical “Panda e os Caricas” é um verdadeiro fenómeno nacional, por isso, e a pedido de milhares de crianças, este ano, os mais pequenos podem assistir em casa à sua transmissão exclusiva ao vivo e em directo, num espectáculo emitido sábado, dia 19 de dezembro, às 16h00.

 

"Panda e os Caricas - A Bola de Natal" é um musical cheio de magia onde os mais pequenos podem recordar os melhores momentos de todos os espectáculos anteriores, onde não irão faltar grandes sucessos como "Sou Uma Taça""Pinguim""O Panda Manda" ou mesmo "É Natal"

 

Os bilhetes para assistir ao espectáculo em streaming ao vivo custam 6,99€ e encontram-se à venda aqui: https://livestage.ticketline.pt/show/panda-e-os-caricas-a-bola-de-natal

Vale da Amoreira: Oficina de Teatro no Centro de Experimentação Artistica

Vale da Amoreira

Oficina de Teatro no Centro de Experimentação Artística

 

cea - oficina de teatro.jpg

 

No Pic No Chat: A Imagem Como Lugar de Fala” é o título da Oficina de Teatro, com direção de John Romão / Colectivo 84, que tem lugar a 5 de dezembro, das 15:00h às 19:00h, no Centro de Experimentação Artística, no Vale da Amoreira.

As inscrições para esta oficina podem ser efetuadas através do email cea@mail.cm-moita.pt, até 3 de dezembro. Com lotação de oito participantes, é dirigida a maiores de 16 anos.

 

Esta é uma oficina de experimentação teatral que se apropria da arquitetura do Centro de Experimentação Artística, com janelões de vidro que separam o interior e o exterior, para refletir esta interconetividade do visível. Como identificar a potência política da imagem no tempo da ditadura da imagem? Como a palavra pode construir, destruir, diluir ou converter-se no fantasma da imagem? Vai-se trabalhar na rua, com roupa quente e, desde dentro, observar. Através de improvisações, é testada esta arquitetura com vidros duplos que sobrepõe a invisibilidade: quem atua está sempre do lado do que se apresenta.

 

John Romão é encenador, produtor e programador artístico. Dirige os seus espetáculos e criações desde 2002: “O Teatro e a Peste” (2020), em colaboração com Salomé Lamas; “Romeu e Julieta” (2020); "Virgens Suicidas" (2019); "Que Difícil é ser um Deus" (2017); “Náufrago”, de Thomas Bernard (2016) são os seus últimos projetos. Durante 11 anos (2006-2017), foi assistente de direção artística do encenador e dramaturgo argentino Rodrigo García.
Lecionou, como professor convidado, na Escola Superior de Teatro e Cinema e na Escola Superior de Dança. É fundador, diretor artístico e programador da BoCA - Biennial of Contemporary Arts.

 

A data e horário da Oficina poderão sofrer alterações, de acordo com as medidas que vierem a ser decretadas no atual contexto de pandemia.

HBO PORTUGAL | FILME "PEREGRINAÇÃO" DE JOÃO BOTELHO | JÁ DISPONÍVEL

transferir (8).pngPEREGRINAÇÃO,
já está disponível, na HBO Portugal.


Um filme de João Botelho, nomeado aos Óscares® e aos Goya de 2019, que relata os sucessos e as desventuras do aventureiro escritor, Fernão Mendes Pinto, durante os 21 anos em que esteve no Oriente.

Este é mais um conteúdo português, a incorporar a oferta da HBO Portugal.

 

O filme de João Botelho, PEREGRINAÇÃO, nomeado aos Óscares® e aos prémios Goya de 2019, já está disponível, na HBO Portugal. Este é mais um reforço à oferta de conteúdos portugueses, disponíveis na HBO Portugal.

“Em março de 1537, aos 26 ou 28 anos, Fernão Mendes Pinto, fugindo à miséria e estreiteza da sua vida, partiu para a Índia em busca de fama e fortuna”. Assim começa este filme, no meio de uma terrível tempestade, que relata os sucessos e as desventuras deste escritor aventureiro que, ao longo dos 21 anos em que esteve no Oriente, foi “13 vezes cativo e 16 ou 17 vendido”. Mas, em vez da fortuna que pretendia, foram-lhe crescendo os trabalhos e os perigos. Aventureiro sim, mas também peregrino, penitente, embaixador, soldado, traficante e escravo, Fernão Mendes Pinto foi tudo e esteve em toda a parte. “Por extraordinária graça de Deus” regressou salvo para nos deixar um extraordinário livro de viagens, numa escrita hábil e fulgurante, carnal e violenta, terra-celeste. Esse livro de viagens, editado três dezenas de anos após a sua morte, transformou-se no primeiro best-seller da língua portuguesa, sendo traduzido e publicado em todos os reinos da Europa. 

PEREGRINAÇÃO narra pedaços dessa observação aguda, exacerbada e exagerada que, na sua fascinante pressa de contar, aquele aventureiro dos sete mares nos deixou. Desventuras sim (“cada ação tem uma paga, cada pecado um castigo”) mas também sucessos: o cometimento e a grandeza das descobertas ou “achamentos” de outras terras e de outras gentes, no século de ouro da História de Portugal. Um filme de aventuras!

Realizado por João Botelho e produzido por Alexandre Oliveira, PEREGRINAÇÃO é protagonizado por Cláudio da Silva, Cassiano Carneiro, Pedro Inês, Jani Zhao e Catarina Wallenstein, com a participação especial de Rui Morisson e Luís Lima Barreto.

“A Arder”: peça sobre vida e obra de Bernardo Santareno estreia-se em Santarém

A Arder”: peça sobre vida e obra de Bernardo Santareno estreia-se em Santarém
 
- O espetáculo da Companhia João Garcia Miguel sobe ao palco do Teatro Sá da Bandeira, no dia 20 de novembro
- A apresentação integra a comemoração do centenário do nascimento do dramaturgo

 

 

 “A Arder” é a nova produção da Companhia João Garcia Miguel inspirada no texto “O Judeu”, da autoria de Bernardo Santareno, e que se debruça sobre a história de António José da Silva, considerado um dos mais importantes escritores e dramaturgos portugueses de todos os tempos. A peça tem estreia marcada para hoje, dia 20 de novembro, às 20h00, no Teatro Sá da Bandeira, em Santarém, e assinala a comemoração dos cem anos do nascimento de Bernardo Santareno nesta cidade, a 19 de novembro de 1920.

“O Judeu” é uma das obras fundamentais do dramaturgo scalabitano, e foi apresentada uma única vez pelo Teatro Nacional D. Maria II (TNDM), em 1981, logo após a morte de Santareno, que não a chegou a ver.

A peça de teatro conta com intérpretes como André Salvador, Inês Paulino, Lena Edvardsen, Margarida Ferreira, Patricia Bocut, Rafael Raimundo, Rui Silva – alguns destes, membros das associações locais ARAT, Cão Raivoso e Veto Teatro Oficina - e com a participação especial de Sara Ribeiro e Miguel Moreira.

Além de refletir a vivência de António José da Silva, o espetáculo pretende debater a própria história de Bernardo Santareno, trazendo a palco as semelhanças entre ambos. O medo, o amor, o teatro português e a sua relação com o poder, mas também a importância da arte na sociedade, são ainda assuntos em destaque e que, neste momento, se vêm relacionar com a situação que hoje todos vivemos.

“Para este espetáculo, que será o início de uma outra obra mais aprofundada que iremos desenvolver, quisemos que o elenco fosse composto por jovens atores amadores da própria região de Santarém. Neste momento, é fulcral apoiar os novos talentos e dar-lhes a oportunidade de terem contacto com estruturas profissionais, algo agora ainda mais importante, tendo em conta os obstáculos que o setor tem vivido”, explica João Garcia Miguel, encenador do espetáculo e diretor da Companhia.

O encenador acrescenta ainda que “todo o processo de criação foi neste espetáculo ainda mais desafiante, uma vez que o “O Judeu” é um texto com uma enorme complexidade e dificuldade de interpretação, o que exigiu um trabalho exaustivo de cada um dos jovens atores”.

Com início marcado para as 20h00 de hoje, a peça pode ser assistida por todos os maiores de 12 anos. Os bilhetes têm um custo 5 euros e podem ser adquiridos na BOL, na Worten, na FNAC e nos CTT ou no próprio teatro. Além da apresentação de “A Arder”, a iniciativa que comemora os 100 anos do nascimento de Bernardo Santarém, conta ainda até dezembro com outros espetáculos dedicados ao dramaturgo. Música, teatro, pintura, cinema ou mesmo literatura são algumas das artes que sobem aos vários palcos da cidade de Santarém.

HBO PORTUGAL | NOVA SÉRIE "THE FLIGHT ATTENDANT" | ESTREIA DIA 26 DE NOVEMBRO

A nova série,
THE FLIGHT ATTENDANT,

estreia dia 26 de novembro, em exclusivo, na HBO Portugal.

Protagonizado por Kaley Cuoco, este thriller de humor negro, baseado no romance homónimo do autor bestseller do New York Times, Chris Bohjalian, 
é uma história sobre como uma vida inteira pode mudar numa noite. 

transferir (9).jpgA minissérie de oito episódios, THE FLIGHT ATTENDANT, levanta voo no dia 26 de novembro, em exclusivo, na HBO Portugal.

Protagonizada por Kaley Cuoco, THE FLIGHT ATTENDANT é uma história sobre como uma vida inteira pode mudar numa noite. Uma comissária de bordo (Kaley Cuoco) acorda no hotel errado, na cama errada, com um homem morto - e sem a menor ideia do que aconteceu. O thriller de humor negro é baseado no romance homónimo do autor bestseller do New York Times, Chris Bohjalian.

THE FLIGHT ATTENDANT é também protagonizada por Michiel Huisman, Rosie Perez, Zosia Mamet, Michelle Gomez, T.R. Knight, Colin Woodell, Merle Dandridge, Griffin Matthews e Nolan Gerard Funk.

A série é produzida pela Warner Horizon Scripted Television, Berlanti Productions & Yes e pela Norman Productions. Greg Berlanti, Kaley Cuoco, Steve Yockey, Marcie Ulin, Meredith Lavender e Sarah Schechter são os produtores executivos e Suzanne McCormack é a co-produtora executiva. Susanna Fogel realiza e produz os dois primeiros episódios.

 

"Concertos com História" descobrem o Brasil através da Rota Magalhânica

Orfeão de Leiria apresenta espetáculo em vídeo

 

O ciclo “Concertos com História”, promovido pelo Orfeão de Leiria | Conservatório de Artes (OLCA), está de regresso com mais um concerto, que propõe uma viagem até ao Brasil para dar a conhecer a Rota Magalhânica. Devido às limitações impostas pela pandemia de Covid-19, o concerto foi gravado no Centro de Diálogo Intercultural (CDIL) da Igreja da Misericórdia, em Leiria, estando já disponível no canal de Youtube do OLCA (https://bit.ly/2UO4M6p).

 

Promovido no âmbito do projeto “Inter’Artes – Interculturalidade”, o concerto tinha como objetivo promover a confluência de culturas através da música e da dança, entre as diversas nacionalidades presentes em Leiria, tendo em conta a viagem de Fernão de Magalhães. O trabalho contou com a colaboração dos professores e alunos do Orfeão de Leiria, estudantes do Politécnico de Leiria e alunos do Agrupamento de Escolas D. Dinis.

 

O espetáculo, agora disponível na internet, associa-se à evocação do quinto centenário da primeira Viagem de Circum Navegação de Fernão de Magalhães, pelo seu interesse universal, e pelo facto de ter sido um dos grandes navegadores que utilizaram, para orientação astronómica, o Almanach Perpetuum, de Abraão Zacuto, impresso em Leiria.

 

zet gallery com projeto artístico no centro histórico de Lisboa | "São Vicente Cá Fora" reflete sobre a sustentabilidade

“São Vicente Cá Fora”: sensibilizar para os desafios urbanísticos e climáticos

PROJETO  ARTÍSTICO NO CENTRO HISTÓRICO DE LISBOA COM CURADORIA DA ZET GALLERY

CRIA INSTALAÇÃO QUE CELEBRA ESPLANADAS E ESTENDAIS E UM MURAL QUE REFLETE SOBRE SUSTENTABILIDADE

Arte e Sustentabilidade.jpg

 

“São Vicente Cá Fora” é o nome do mais recente projeto de intervenção artística em espaço público, coordenado pela zet gallery, que pretende testar novas formas de intervenção na Pólis, tendo a arte como grande foco de ação desencadeadora de reflexões sobre os grandes temas da atualidade. Realizado em parceria com a Câmara Municipal de Lisboa e a Junta de Freguesia de São Vicente, a iniciativa, que conta com o dstgroup como mecenas, em rede com a mosaic e a zet gallery, insere-se no SUSHI, projeto de adaptação climática, que envolve seis centros históricos da Europa do Sul, sendo a equipa de Lisboa constituída pela Lisboa E-Nova e pela FCT/UNL. O projeto cobre a área histórica de Alfama e Graça e está focado na resolução dos desafios ambientais e socioeconómicos que têm conduzido a um processo de gentrificação, desertificação e descaracterização do bairro.

Alberto Rodrigues MarquesHenrique Palmeirim e Hugo Castilho, recém-formados pela Faculdade de Belas Artes da Universidade de Lisboa, foram os artistas convidados para colocar em marcha esta intervenção artística que  tem como propósito a dinamização do espaço público, no estreito diálogo com a comunidade de moradores, sem-abrigo e turistas que o habitam quotidianamente, de forma mais perene ou efemeramente. Os artistas, representados pela zet gallery, e alinhados com os objetivos ambientais e socio-económicos e com o programa global de Lisboa Capital Verde Europeia, criaram um espaço artístico único alavancado em quatro atividades-chave - explanar, extender, extrapilhar e expectar. O projeto que parte de uma “esplanada” criada na escadaria da Calçada do Cascão, que pode ser apreciado até ao final do ano de 2020.

Helena Mendes Pereira, curadora e diretora da zet gallery, explica  o processo de materialização desta intervenção pública, que arrancou com o conceito “explanar”. “Recorrendo, simbolicamente, a andaimes cedidos pelo dstgroup, os artistas criaram uma instalação que circunda a fonte da escadaria da Calçada do Cascão, numa espécie de esplanada ou um novo ponto de encontro (ainda que condicionado nos tempos que vivemos) para os diferentes membros da comunidade. Os andaimes foram pintados de branco e cobertos com pedaços de lonas publicitárias, agora reutilizadas, e que assumem a forma de peças de roupa maximizadas e ajustadas à plasticidade dos artistas. O objetivo é incentivar a recolha e partilha de roupa em segunda mão, reduzindo a produção e o impacto da indústria têxtil. Simbolicamente, estabelece-se também uma ligação aos estendais de roupa, forma sustentável da gestão quotidiana, ao contrário das soluções mais tecnológicas, e que se constituem como uma marca identitária de várias cidades e muito em particular de centros históricos como Lisboa, como Alfama”,

A partir destas esplanadas, a intervenção avança para as ruas, becos e vielas da Calçada do Cascão como um estendal gigante destas peças de roupa sugestionadas pela intervenção artística, materializando o “extender”. “A ação exigiu a colaboração da comunidade na cedência de pontos de apoio para este grande estendal e no recurso às suas janelas e varandas”, revela a curadora, que aponta o passo seguinte “do grande estendal partimos para uma ação que escuta o bairro, usando o trapilho para desenhar funções ou infraestruturas que a comunidade tenha interesse em ver alterados ou construídos, tais como um corrimão para apoio aos mais velhos ou um cesto de basquete que faça a delícia dos mais novos”.

“Extrapilhar” é o terceiro acto desta intervenção na Pólis e é o último de natureza mais efémera, uma vez que a ação se conclui com uma inscrição mais perene. “Numa fachada emparedada, que pode simbolizar o ponto suspenso de tantos outros edificados urbanos, os nossos artistas contarão uma história e darão a vida do interior de uma casa: juntarão vida ao bairro, cidade à cidade”, sublinha Helena Mendes Pereira, finalizando que “SÃO VICENTE CÁ FORA conclui-se, assim, com expectar: uma pintura mural que recupera o branco já usado na uniformização dos andaimes e que depois se adensa com a cor em elementos simbólicos e que procuram transmitir algumas das mensagens do projeto ambiental, propriamente dito.”

O projeto, executado durante cinco semanas, liga assim os conceitos de arte, sustentabilidade, criatividade e inovação e pretende sensibilizar para desafios urbanísticos, climáticos e de circularidade local, tomando-se a arte como ação comunicante e potenciadora do envolvimento das comunidades nas causas que são de todos.

Atlântico (de Tiago Cadete)

Atlântico

transferir (6).jpg

 

Atlântico, a nova criação de Tiago Cadete, tem estreia marcada na Sala Estúdio do Teatro Nacional D. Maria II a 3 de dezembro, onde ficará em cena até dia 13 do mesmo mês.

 

Neste espetáculo, Tiago Cadete parte de uma viagem de cruzeiro de Portugal em direção ao Brasil, percurso outrora desconhecido pelos portugueses e transformado nos dias de hoje em rota de férias. Turistas viajam pelo mesmo caminho que já foi trânsito de corpos escravizados ou de marinheiros obrigados a sair do seu país para explorar esse denominado “Novo Mundo”. Esse oceano também é lugar de fábulas e monstros, desafios e superações. Que novo Atlântico é esse e que memórias revela quando passamos por ele?

 

Atlântico é um espetáculo com criação, interpretação e vídeo Tiago Cadete, artista português, que tem vivido entre Portugal e o Brasil, e cujo trabalho se situa nas fronteiras entre as artes performativas e as artes visuais.

 

O espetáculo terá uma antestreia no Teatro Municipal de Faro a 28 de novembro. Estará depois em cena na Sala Estúdio do Teatro Nacional D. Maria II, em estreia absoluta, de 3 a 13 de dezembro.

Seleção Caminhos, de 19 a 27 de Novembro

A principal secção competitiva do Festival Caminhos do Cinema Português arranca já na manhã desta quinta-feira, dia 19 de novembro, no recentemente reativado Estúdio 2 das Galerias Avenida. Pelas 10h30, “Maré”, curta-metragem de animação realizada por Joana Rosa Bragança, é o filme que dá o pontapé de saída da Seleção Caminhos.

A esta película seguir-se-ão outras 42 entre animação, documentário e ficção. “Um Animal Amarelo” (Felipe Bragança) e “A Vida Dura Muito Pouco” (Dinis Leal Machado) são apenas dois dos títulos em destaque, aos quais se juntam as estreias nacionais de “Submissão” (Leonardo António) e “Aos Nossos Filhos” (Maria de Medeiros). “Amor Fati” (Cláudia Varejão) e “Listen” (Ana Rocha), o candidato português aos Óscares, não poderiam também deixar de constar da lista de filmes em exibição.

transferir (5).jpg

 

PELA PROXIMIDADE DO PÚBLICO COM O CINEMA PORTUGUÊS

A Seleção Caminhos celebra o cinema nacional de produção profissional. Nela convergem, por isso, os principais filmes portugueses do ano – trabalhos de cineastas que já são (ou que agora o começam a ser) reconhecidos pela crítica e aclamados pelo público. O realizador Igor Dimitri vai marcar presença já esta quinta-feira, para a exibição de “Salsa”. Pedro Vaz Simões visita Coimbra na segunda-feira, dia 23 de novembro, acompanhando a sessão onde se exibe “Estrada para o Céu”.

Terça-feira, dia 24 de novembro, é o dia em que o Teatro Académico de Gil Vicente acolhe Ana Rocha, Luís Soares, Eduardo Brito e Bernardo Lopes, em representação, respetivamente, de “Listen”, “Suspensão, “Ursula” e “Moço”. Também os atores Ruben Garcia (“Listen”) e Marcela Jacobina (“Moço”) visitarão a cidade do Mondego neste dia.

Listen, de Ana Rocha

Submissão, de Leonardo António

 

 

ESPECTADORES ELEGEM UM DOS FILMES VENCEDORES

Porque um dos objetivos do Festival Caminhos é aproximar o cinema dos seus públicos, são os espectadores quem elege o filme vencedor de uma das distinções a concurso: o Prémio do Público – Chama Amarela. A votação é feita após cada sessão da Seleção Caminhos, calculando-se, depois, a média aritmética ponderada dos votos.

Conduzida pelo trio conimbricense The Twist Connection, a Cerimónia de Encerramento do Festival Caminhos do Cinema Português está marcada para as 18h do dia 27 de novembro. Mas graças às mostras paralelas do Festival, Coimbra continuará no epicentro da cinematografia nacional até meados de dezembro.

O Cordeiro de Deus, de David Pinheiro Vicente

Bilhetes a partir de 3€

Pack 10 Sessões           Livre Trânsito           Bilhetes Pontuais

CONSULTE PROGRAMAÇÃO DA SELEÇ

SERRALVES // 23 NOV ÀS 17H30 // REPENSAR A FLORESTA AUTÓCTONE EM SERRALVES // SESSÃO COMEMORATIVA DO DIA DA FLORESTA AUTÓCTONE

REPENSAR A FLORESTA AUTÓCTONE EM SERRALVES

 

(RE)PENSAR A FLORESTA

SESSÃO COMEMORATIVA DO DIA DA FLORESTA AUTÓCTONE

Biblioteca

23 NOV 2020

Horário: 17:30 – 19:00

 

 

Imagem: https://we.tl/t-OFYtt0oK2Q @Daniel Pinheiro (Floresta madura de Carvalho português - Quercus faginea - Mata do Vimeiro, Alcobaça)

 

 

No âmbito da sua missão na promoção da ciência cidadã e da comunicação e divulgação de ciência, no Dia da Floresta Autóctone a 23 de novembro, Serralves convida a sociedade a pensar e repensar a Floresta Portuguesa. Um painel de oradores constituído por alguns dos maiores especialistas nacionais irá refletir sobre como cuidar do futuro de um dos nossos maiores patrimónios. 

 

Oradores: 

Daniel Pinheiro, Wildstep Productions

Fotógrafo e realizador português, especializado em história natural, Participou em várias produções da National Geographic e da BBC. Como fotógrafo de natureza publicou na National Geographic Magazine, NG Website, Terre Sauvage, Asferico, The Telegraph, Vanity Fair Itália entre outros. Foi distinguido em vários concursos internacionais: Nacional Geographic Photo Contest, Nature Image Awards, Asferico Photo Contest, entre outros.

 

Helena Freitas, Centro de Ecologia Funcional – Departamento de Ciências da Vida da Universidade de Coimbra

Professora Catedrática na área da Biodiversidade e Ecologia no Departamento de Ciências da Vida da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra, e detentora da Cátedra Unesco em Biodiversidade e Conservação para o Desenvolvimento Sustentável. 

 

Paulo Alves, Diretor científico da Floradata

Com um extenso passado como investigador, possui uma larga experiência em estudos de carácter científico, projetos de ordenamento e planeamento e estudos de avaliação de impacto ambiental de diversos tipos de empreendimentos. Contribui regularmente com dados de taxonomia e corologia de flora vascular para diversos projetos internacionais, entre os quais Flora Ibérica e Flora Europeia.

 

Paulo Farinha Marques, Faculdade de Ciências da Universidade do Porto

Professor Associado de Arquitetura Paisagista na Faculdade de Ciências da Universidade do Porto, é atualmente Diretor do Jardim Botânico da Universidade do Porto. 

 

Samuel Silva, i2ADS – Instituto de Investigação em Arte, Design e Sociedade

Artista Plástico e Professor Auxiliar na Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto e investigador no Instituto de Investigação em Arte, Design e Sociedade (I2ADS) da mesma Faculdade, os seus projetos têm explorado relações entre a prática artística e o contexto social, nomeadamente os processos de envolvimento e participação de públicos ou situações intersticiais entre criação artística e educação não formal.

 

Moderação:  

Arminda Deusdado, Farol de Ideias

 

 

Lotação: 25

Entrada gratuita, sujeita a inscrição obrigatória.

Mais informações em www.serralves.pt

 

V Semana da Cozinha Italiana no Mundo em modalidade online com o INSTITUTO ITALIANO DE CULTURA de Lisboa | 23-29 de Novembro de 2020 |

23 – 29 de Novembro de 2020

V Semana da Cozinha Italiana no Mundo

‘The Extraordinary Italian Taste’

IIC Lisbona - V Settimana della Cucina Italiana ne

 

V Edição da Semana da Cozinha Italiana no Mundo, iniciativa promovida pelo Ministero degli Affari Esteri e della Cooperazione Internazionale, terá lugar este ano, devido à emergência sanitária causada pelo covid-19 que impôs uma reformulação na estrutura organizativa, na maioria dos casos em modalidade online, através de plataformas digitais e social network.

Este ano, por ocasião da efeméride do bicentenário do nascimento de Pellegrino Artusi, o pai da cozinha italiana, autor de “La scienza in cucina e l'arte di mangiar bene”, considerado o primeiro livro de gastronomia da Itália após a sua unificação, propõe-se um focus sobre o tema "Saberes e sabores das terras italianas nos 200 anos do nascimento de Pellegrino Artusi".

O programa do Instituto Italiano de Cultura de Lisboa, realizado em colaboração com a Delegação de Lisboa da Accademia Italiana della Cucina, é inteiramente disponível à distância e inicia a 23 de Novembro com a exposição virtual "Il cibo nei disegni di Federico Fellini", apresentada por ocasião do centenário do nascimento do cineasta italiano, em colaboração com o Pelouro da Cultura da Região Emília-Romanha, a Cineteca de Rimini e Casa Artusi.

A 10 anos do reconhecimento como património cultural por parte da Unesco, Terça-feira, 24 de Novembro terá lugar o Live talk em direto na página facebook do IIC com o título “Dieci anni di Dieta Mediterranea, un patrimonio culturale condiviso” no qual participarão Stefano Pisani, Presidente da Câmara de Pollica, comunidade emblemática da Dieta Mediterrânica, Francesca Marino, jornalista e nutricionista, Elisabetta Moro, docente de Antropologia Cultural na Universidade Suor Orsola Benincasa de Nápoles e Valerio Calabrese, diretor do Museo Vivente della Dieta Mediterranea de Pioppi.

Quarta-feira, 25 de Novembro o chef Fabio Campoli, em direto streaming, terá a Live Cooking Class “Cucina con me!”, durante a qual o público poderá testar os seus dotes culinários, confeccionando com o chef um inteiro menu composto por 3 pratos típicos da tradição gastronómica italiana.

Fundador da empresa Actions Gastronomiche Srl e do jornal Prodigus, Fabio Campoli é atualmente consultor para empresas e restaurantes italianos e estrangeiros, além de ser autor e condutor de programas de televisão e rádio, consultor da indústria cinematográfica e food designer, premiado em ambiente culinário e comunicativo. Autor de oito publicações e professor de instituições públicas e privadas, a sua filosofia à mesa, no trabalho e na vida resume-se à atenção às "coisas boas", numa lógica em que o essencial é visível aos olhos de quem vive a cozinha não como um fim, mas como um meio de transmitir emoções e transmitir história e cultura. http://www.fabiocampoli.it/

Quinta-feira, 26 de Novembro, para o habitual podcast semanal Aria d'ItaliaFragmentos de Cultura Italiana, o protagonista é o escritor siciliano Roberto Alajmo que nos falará da relação entre literatura e gastronomia, um terreno fértil de inspiração na Sicília e no resto de Itália e do mundo para escritores de todos os tempos, desde Homero até Andrea Camilleri.

Roberto Alajmo nasceu em Palermo em 1959. Jornalista e escritor, autor de livros como È stato il figlio (2005), L’arte di annacarsi; un viaggio in Sicilia (2010) e L’estate del ’78 (2018), é uma das vozes mais maduras da literatura italiana contemporânea.

A Semana da Cozinha encerra na Sexta-feira, 27 de Novembro com “Oggi mi mangio le parole”, uma viagem à procura de alimentos: das fábulas às mesas, de Artù a Artusi, entre sabores e saberes, entre volumes e salames, para celebrar o evento na companhia do Teatro Verde di Roma. Trata-se de uma cirCunferência: um conferencista, rodeado por marionetas e bonecos, fala-nos da cultura e da alma do nosso povo: música, pintura, literatura e teatro marcam encontro na cozinha.

Teatro Verde é um teatro inteiramente dedicado à infância e à juventude desde 1986, que se tornou ao longo dos anos um ponto de referência insubstituível para as crianças, os jovens, as escolas e as famílias romanas.