Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

Agenda semanal Centro Cultural de Belém ·

Há Fado no Cais / Dança

BATE FADO

Jonas&Lander

2 e 3 setembro | Quinta e sexta-feira | Grande Auditório

 

Em BATE FADO, a nova criação de Jonas&Lander, a dupla de coreógrafos propõe-se a reinterpretar e a recuperar o ato de se bater (sapatear) o Fado, onde a dança emana a qualidade de instrumento de percussão em diálogo com a voz e as guitarras. BATE FADO revela-se como o primeiro passo para o resgate da dança que o Fado perdeu.

 

Simultaneamente, estará patente no foyer do Grande Auditório do CCB a exposição Gabinete de Curiosidades, na qual é exposta parte da investigação que deu substância, imaginário e matéria coreográfica ao processo de criação do espetáculo.

 

Também de Jonas&Lander, poderá ver-se no Teatro do Bairro Alto, de 8 a 10 de setembro, a peça Lento e Largo.

Cozinhas do Mundo – Irão

Cafeh Tehran

28 agosto | Sábado | 11:00 | Jardim da Pedra | Entrada livre

 

O restaurante Cafeh Tehran irá encerrar este sábado o ciclo de showcookings do CCB que, ao longo deste verão, destacou algumas das melhores cozinhas do mundo.

Vamos viajar até ao Norte do Irão com Pooneh Niakian na preparação de um dos pratos mais populares da região, o Mirza Ghasemi. Esta iguaria de beringela é habitualmente preparada sobre fogo aberto ao ar livre. O sabor fumado da beringela, juntamente com a frescura das ervas aromáticas e o clássico pão Naan, fazem dela o prato ideal para um acampamento tradicional iraniano ou um dia de churrasco durante o verão.

Ar Livre

Yoga + Tai Chi Chuan

28 e 29 agosto | Sábado e domingo | 10:00 | Jardim da Pedra (sábado) e Jardim das Oliveiras (domingo) | Entrada livre

 

Este sábado, venha até ao Jardim da Pedra, pelas 10:00, praticar yoga ao ar livre, sob a orientação do professor Jorge Dauphinet Barros.

No domingo, convidamo-lo a juntar-se a nós às 10:00, no Jardim das Oliveiras, para praticar Tai Chi Chuan, com Mafalda Costa da Escola Folha de Bambu.

Gonçalo M. Tavares

Dicionário de Artistas

 

#47 Imagens, texto e tristeza, dedicado a Andres Serrano

Todas as semanas é disponibilizado nas plataformas digitais do CCB um texto inédito de Gonçalo M. Tavares, com leitura de Ana Zanatti.

Para ler em www.ccb.pt e ouvir no Spotify do CCB.

Para Sempre Jay-s

transferir - 2021-08-28T203349.813.jpg

O cantor, compositor e produtor moçambicano Jay-s tem a partir de hoje mais um novo single disponível nas plataformas digitais.
 

Após o lançamento do videoclip do single Me Estraga, integrado no EP " Seguir Em Frente", “ Para Sempre” é o single a que todos os fãs do artista poderão agora ter acesso.
 

“ Para Sempre” é uma kizomba romântica que retrata uma bonita declaração de amor de alguém que se apaixonou perdidamente e que vai fazer de tudo para que esse amor perdure para sempre.

“(…) Eu vou assumir O que eu sinto por ti, E acredita Que esse amor, esse amor, baby, O meu amor é para sempre (ooh, yeah), O meu amor é para sempre (ooh, yeah) (…)”
 

"Nita Ku Txada"feat. Tawida Aly e " Stay Home" são outros dois temas do artista também disponíveis através do EP "Seguir Em Frente".


“ Para Sempre” já está disponível nas plataformas digitais.

 

 

 

NOVO TRAILER DO FILME-CONCERTO DE BILLIE EILISH, "HAPPIER THAN EVER: CARTA DE AMOR A LOS ANGELES," QUE ESTREIA EM EXCLUSIVO NO DISNEY+ SEXTA-FEIRA, 3 DE SETEMBRO

 
 
 
O Disney+ irá mostrar uma performance íntima de cada música na ordem sequencial do álbum - pela primeira e única vez - no palco do lendário Hollywood Bowl.

 

A vencedora de GRAMMY® e a artista dos tops MUSICAIS, Billie Eilish fará sua estreia no Disney + com "Happier than Ever: Carta de Amor a Los Angeles", uma experiência de filme-concerto, com estreia mundial na sexta-feira, dia 3 de setembro. O trailer oficial é hoje divulgado.
 
 
TRAILER: 
 

 



Dirigido por Robert Rodriguez e pelo vencedor de Oscar Patrick Osborne, o especial irá também incluir elementos animados, levando os espectadores numa viagem de sonho pela cidade natal de Billie, Los Angeles, e pelos seus cenários mais icónicos. “Happier than Ever: Carta de Amor a Los Angeles” apresenta FINNEAS, o coro infantil de Los Angeles, o grupo Filarmónico de Los Angeles dirigido pelo Diretor Artístico e Musical Gustavo Dudamel e o mundialmente reconhecido guitarrista brasileiro Romero Lubambo, com arranjos de orquestra de David Campbell. “Happier than Ever: Carta de Amor a Los Angeles” foi produzido pela Interscope Films e Darkroom Productions, em parceria com Nexus Studios e Aron Levine Productions, com Kerry Asmussen como Diretor de Concerto ao Vivo e Pablo Berron como Diretor de Fotografia.

 

O novo álbum "Happier Than Ever" da artista vencedora de sete GRAMMY®, Billie Eilish, foi escrito por Billie e pelo seu irmão FINNEAS, que também o produziu. O álbum estreou-se em 19 países como número 1 e, desde então, passou um total de três semanas consecutivas no top dos EUA. Antes do lançamento de "Happier Than Ever" de Eilish, " WHEN WE ALL FALL ASLEEP, WHERE DO WE GO?" estreou como número 1 na Billboard 200 nos EUA, bem como em 17 outros países por todo o mundo após o lançamento em 2019, e foi o álbum que mais tocou naquele ano. Posteriormente, Billie fez história como a mais jovem artista nomeada e a vencer todas as principais categorias do 62º GRAMMY® Awards. Mais recentemente, Billie levou para casa tanto o prémio Record of the Year para "Everything I Wanted", como o de Best Song Written For Visual Media por "No Time To Die" na 63ª edição do GRAMMY® Awards deste ano.

 

O escritor/realizador Robert Rodriguez dirigiu os filmes de ação “Desperado” e “From Dusk Til Dawn”. No cinema produziu “Sin City”, “Alita Battle Angel”, “We Can Be Heroes” e os filmes “Spy Kids” no seu Troublemaker Studios em Austin, Texas.

 

Patrick Osborne é um animador, argumentista e realizador de cinema americano. Em 2014, venceu a Academia® de Melhor Curta de Animação por "Feast", a sua estreia na realização, e seguiu com a inovadora curta de realidade virtual “Pearl” vencedora do Emmy® e indicada ao Oscar em 2017. Ele trabalhou ainda como diretor de animação da série de comédia da ABC "Imaginary Mary". Antes disso, Osborne foi animador de filmes como "Wreck-It-Ralph" e "Bolt" do Walt Disney Animation Studios.

 

Sob a liderança do Diretor Artístico e Musical Gustavo Dudamel, o LA Phil oferece performances ao vivo, iniciativas de media e programas de aprendizagem que inspiram e fortalecem as comunidades em Los Angeles e além. A Orquestra Filarmónica de Los Angeles é a base das ofertas do LA Phil, que também incluem um programa de apresentação multi-género e multidisciplinar e programas de desenvolvimento juvenil como YOLA (Orquestra Juvenil de Los Angeles). As apresentações são oferecidas em três palcos históricos - Walt Disney Concert HallHollywood Bowl e The Ford - bem como por meio de uma variedade de plataformas de media. Em todos os seus esforços, o LA Phil busca enriquecer a vida de indivíduos e comunidades por meio de experiências musicais, artísticas e de aprendizagem com impacto no mundo.
 
Sobre o Disney+
O Disney+ é o serviço de streaming dedicado a filmes e programas da Disney, Pixar, Marvel, Star Wars, National Geographic e muito mais, juntos, pela primeira vez. Pertencente ao segmento “Direct-to-Consumer & International” da The Walt Disney Company, o Disney+ está disponível na maioria dos dispositivos ligados à internet e oferece programação sem anúncios e com uma grande variedade de filmes originais, documentários, séries de animação live-action e curtas metragens. Além do acesso sem precedentes ao incrível catálogo de entretenimento cinematográfico e televisivo da Disney, o serviço é o espaço de streaming exclusivo para filmes lançados pelos Walt Disney Studios a partir de 2020. Visite DisneyPlus.com para subscrever e/ou saber mais sobre o serviço.

TODAGENTE, A BANDA SENSAÇÃO, LANÇA SINGLE "ELA CONHECE TÃO BEM" - Agos 2021

image002 (22).jpg

“Ela conhece tão bem” é o terceiro single dos Todagente, um dos grupos musicais que mais tem dado que falar.

Lançado esta semana, “Ela conhece tão bem” já está disponível em todas as plataformas digitais.

“Ela conhece tão bem” apresenta ao grande público uma outra vertente do coletivo, com uma abordagem latina da seção rítmica assente no Pop melódico sempre marcado no ADN do grupo.

O tema fala-nos da caminhada de uma relação feliz, de um amor resistente à erosão do tempo e sem fim à vista.

 

Todagente lança um tema leve e dançável e que é uma chamada de atenção para todas as relações, para que não deixem cair os pequenos momentos e gestos de amor. O amor é para ser vivido na sua plenitude, entre o crepúsculo e o pôr-do-sol, sem medos nem incertezas, e isso é o que Todagente nos diz.

 

A banda Todagente é composta por André Meneses (voz), Francisco Reis (voz e saxofone) e Mário Correia (voz e guitarra). São três artistas com percursos distintos as aproximados pelo prazer em trazer ao público o que de melhor a Arte tem.

 

Todagente pretende dar a conhecer-se em vários géneros musicais, com influências Pop, Hip Hop, Funk e Reggae. Através do cruzamento destas três “espécies”, cria-se uma fusão de gerações e estilos que passeiam nos trilhos de vários géneros.

 

“Ela conhece tão bem” é o terceiro single da banda, depois de “Ser feliz” e “Eu já não sei”. Fizeram também uma versão de “Amar pelos dois” de Luísa e Salvador Sobral, a convite da Rádio Comercial.


A canção foi escrita pela banda, produzida e misturada pelo produtor Pedro Saraiva no Estúdio Foco e masterizado por Vitor Silva.

 

Todagente rodeia-se de artistas que partilham os mesmos ideais e apoiam a ideia de fusão de vários estilos e géneros musicais em prol de uma história que todos gostem de ouvir!

 

:: Cinema Fora de Portas :: 1.ª Edição ::

239596623_313582940456000_4603641978046337090_n.jp

 

Cinema Fora de Portas
Iniciado a 19 de Agosto com um evento piloto, o Ciclo “Cinema Fora de Portas” percorrerá várias praças da região de Coimbra levando a arte cinematográfica ao encontro dos públicos. Serão projectadas 5 longas-metragens nacionais e internacionais, culminando em dois cine-concertos que revisitam o cinema de património nacional.

As exibições de cinema ao ar livre têm entrada gratuita, mediante reserva em caminhos.info. Os bilhetes Cine-Concertos têm um custo de 10€, sendo reduzido a 5€ no caso dos sócios das entidades promotoras na Casa do Cinema de Coimbra, entidades parceiras, estudantes, desempregados, cineclubistas, seniores, grupos ≥ 10, profissionais do espetáculo. As reservas devem ser feitas em www.caminhos.info/casa

——

A ambição dos Caminhos do Cinema Português promoverem sessões de cinema fora das portas de uma sala de cinema é antiga. No passado, ao longo de várias iniciativas pontuais, conseguimos criar a aliança entre a arte cinematográfica com o património edificado e as comunidades da região, mas nunca nos apresentámos ao público com um programa coeso de várias exibições, nem tão pouco que nos permita viajar com os filmes pela geografia da região. Em 2021, em co-organização com a União de Freguesias de Coimbra, Queima das Fitas, Universidade de Coimbra e Centro de Estudos Cinematográficos, contando com o apoio do Ministério da Cultura, do Instituto do Cinema e Audiovisual e do Município de Coimbra.

O programa é em si heterogéneo tanto na origem da filmografia, como nos géneros. Depois de trazermos “O Carteiro de Pablo Neruda” ao Jardim da Associação Académica, passeamos no sábado à noite, 28 de agosto às 21h30, até ao Jardim da Sereia para conhecer “Annette”, a longa-metragem de Leos Carax que abriu o 74.º Festival de Cannes. Este é um drama romântico musical que explora a relação entre a relação de Henry, um comediante de stand up com um sentido de humor corrosivo, e Ann, uma cantora de renome internacional, enquanto estão na ribalta e são um casal feliz e glamoroso. O nascimento da sua primeira filha “Annette” mudará as suas vidas. Segundo Rui Pedro Tendinha, “Annette é então uma provocação de um artista que pede ao espectador para alinhar neste espaço VIP de abismo.”

O ciclo continua num registo musical que nos levará às 21h30 do dia 4 de Setembro, até à Pedrulha, no largo da Igreja Matriz, para ver e ouvir o biopic de Patrícia Sequeira sobre as Doce, uma girlsband portuguesa, que marcou a primeira metade da década de 1980. O filme narra partes da vida das quatro mulheres através do “impacto que a irreverência, a rebeldia e a liberdade, particularmente ao nível da sexualidade feminina” que  encantaram e chocaram, “um país de costumes antigos e conservadores”.

Indo além da relação com o espaço da região, exploramos a memória colectiva, recuperando a música nos espaços da Escola Secundária José Falcão. Diversas gerações lembrar-se-ão nos pátios da escola da “Noite dos Horários”. O registo de uma exibição de Cinema ao Ar Livre será inevitavelmente diferente, mas recuperar a música naquele espaço, avivará, certamente, algumas memórias. Querendo cumprir esse propósito, exibir-se-á “Stardust - O Nascer de uma Estrela”, de Gabriel Range, um filme sobre a tour “The Man who sold the World” que David Bowie fez antes de se tornar famoso por todo o mundo.

O Cinema como arte manipuladora do tempo é também uma ferramenta de representação da memória individual e colectiva, sendo que os filmes do passado poderão ter novas leituras no presente. Assim, apresentamos-nos no dia 18 de setembro, às 21h45, no Terreiro da Erva, um espaço recentemente requalificado, para ver e debater o clássico “O Pátio das Cantigas” de António Lopes Ribeiro. Passado num típico bairro lisboeta na altura de Santos Populares, o filme explora a comédia pelo duplo sentido reunindo no grande ecrã, vários dos atores mais célebres da época. Simultaneamente este filme conseguiu juntar no mesmo plano a propaganda política com o humor “de revista”, proporcionando que essa mesma propaganda fosse ignorada pelos seus admiradores até aos dias de hoje. Um facto menos conhecido deste filme é que foi produzido na cidade de Coimbra.

A segunda parte do Ciclo “Cinema Fora de Portas” acontece com Cine-Concertos que nos ajudarão a olhar de outra forma para o nosso património cinematográfico. O Primeiro Cine-Concerto une a música de Marcelo dos Reis, proeminente músico do jazz nacional, com as imagens de há um século da região de Coimbra. Filmado em vários locais de Coimbra e do Luso, “A Fonte dos Amores”, de Roger Lion, apresenta-nos vários aspectos das vivências das cidade ao acompanhar o percurso de um actor que ao visitar a cidade e a Universidade, se relaciona com uma jovem conimbricense. Esse relacionamento chamou a atenção da noiva do ator. A partir desse triângulo amoroso, o realizador Roger Lion, traça um paralelo com a história de Pedro e Inês numa peça teatral que decorre ao longo de todo o filme.

No segundo Cine-Concerto recuperamos as imagens de “Os Lobos”, de Rino Lupo, capturadas em vários locais da Foz do Douro e da Serra da Estrela, assim como do Porto de Leixões, em Matosinhos, e das localidades de Nelas, distrito de Viseu, e São Romão e Valezim, em Seia, distrito da Guarda, na década de 20 do século passado. Filmado somente com luz natural e com um elenco maioritariamente de “não atores” , o realizador procurou recriar um naturalismo realista, sendo considerado uma “obra-prima do Cinema mudo europeu”, influenciando o estilo cinematográfico e a narrativa poética da "escola de cinema portuguesa" das décadas seguintes. As imagens, recentemente restauradas pelo ANIM da Cinemateca, serão acompanhadas pelos acordes dos Wipeout Beat, uma banda de três veteranos da cena musical conimbricense, com sons “sujos do garage”.

Haverá ainda espaço para dois cine-concertos adicionais durante o próximo Festival Caminhos do Cinema Português com os The Twist Connection e Marcelo dos Reis. O programa será comunicado oportunamente.

Material de Imprensa com fotos, trailers, sinopses em  https://caminhos.box.com/s/ixys117ji96otoq12ado5ll1ebmm5cle

———————
28 de Agosto, 21:30, Jardim da Sereia
Annette, de Leos Carax (2021)

04 de Setembro, 21:30, Largo da Igreja da Pedrulha
Bem Bom, de Patrícia Sequeira (2021)
11 de Setembro, 21:30, Escola Secundária José Falcão
Startdust - O nascer de uma Estrela, de Gabriel Range (2021)

18 de Setembro, 21:30, Terreiro da Erva
O Pátio das Cantigas, de António Lopes Ribeiro (1948)

25 de Setembro, 21:30, Jardim Botânico :: Cine-Concerto
Marcelo dos Reis - acompanha - A Fonte dos Amores, de Roger Lion (1924)

9 de Outubro, 21:30, Local a Anunciar :: Cine-Concerto
Wipeout Beat - acompanha - Os Lobos, de Rino Lupo (1923)

Cinema Fora de Portas

Cinema Fora de Portas – 1.º Ciclo Itenerante de Cinema ao Ar Livre :: Programa :: Curso "Montagem & Autoria" - Inscrições 2.ª fase :: Call for Movies · Inscrições · XXVII Festival Caminhos · Últimos Dias


Cinema Fora de Portas – 1.º Ciclo Itenerante de Cinema ao Ar Livre :: Programa

Iniciado a 19 de Agosto com um evento piloto, o Ciclo “Cinema Fora de Portas” percorrerá várias praças da região de Coimbra levando a arte cinematográfica ao encontro dos públicos. Serão projectadas 5 longas-metragens nacionais e internacionais, culminando em dois cine-concertos que revisitam o cinema de património nacional. 

As exibições de cinema ao ar livre têm entrada gratuita, mediante reserva em caminhos.info. Os bilhetes Cine-Concertos têm um custo de 10€, sendo reduzido a 5€ no caso dos sócios das entidades promotoras na Casa do Cinema de Coimbra, entidades parceiras, estudantes, desempregados, cineclubistas, seniores, grupos ≥ 10, profissionais do espetáculo. 

As reservas para estes eventos são realizadas em www.caminhos.info/casa

Curso "Montagem & Autoria" - Inscrições 2.ª fase

Encontram-se abertas as inscrições para a segunda fase do curso de Verão "Montagem e Autoria". Neste curso de curta duração propomos-nos a explorar como a prática da montagem cinematográfica é em si uma manifestação de expressão autoral. Ao longo de várias de conversas com autores e cineastas que partilharão as suas concepções sobre o uso expressivo da montagem no seu trabalho literário, cinematográfico ou em ambas as valências. Complementando o espírito de partilha e debate é promovida uma oficina de montagem vídeo permitindo aos alunos aprender noções base do trabalho de edição e da criação de um pensamento narrativo. O curso decorrerá de 14 a 17 de Setembro, mais info em https://www.caminhos.info/curso-de-verao-montagem-e-autoria/ 

Destacamos nesta segunda edição a retrospectiva dedicada a João Braz. O montador português estará presente a 24 de Setembro na sessão de "O Filme do Desassossego" de João Botelho.

Inscrições XXVII Festival Caminhos :: Últimos Dias

Estamos a poucas semanas do término do período de inscrições para a XXVII edição do Festival Caminhos do Cinema Português. No presente momento temos mais de 400 títulos inscritos de 28 geografias diferentes, com destaque para o espaço da Lusofonia. Querendo incentivar a participação do maior número de criadores oferecemos, até 15 de setembro, 50% de desconto nas taxas de inscrição. Deverá usar o código 'NewsCCP27' no término da inscrição. As inscrições decorrem em www.filmfreeway.com/caminhos.

Gostaríamos ainda de expor na próxima edição do festival a história dos nossos cinemas, dos ecrãs da nossa rua, do nosso bairro, vila ou cidade. Se tiver fotografias, vídeos, textos, ou outros registos importantes da história das salas de cinema do nosso país, envie-nos para producao@caminhos.info. Gostaríamos de as considerar para elaborarmos uma exposição colectiva dedicada à história das salas e do seu papel comunitário, durante o próximo festival.

We are a few weeks away from the end of our Call for entries for the 27th edition of Caminhos Film Festival. At this moment, we have over 400 titles submitted from 28 different geographies, with emphasis on the Portuguese-speaking countries. Caminhos has one international competitive section open to student films and two non-competitive international sections: Night Shift (fantastic, explicit) and World Films (generalist). In order to encourage the participation of the largest number of creators we offer, until September 15th, 50% discount on the submission fees. You must use the code ‘NewsCCP27’ at checkout. Submissions are open at www.filmfreeway.com/caminhos.

MAIOR EVENTO DE AUTOMÓVEIS CLÁSSICOS REGRESSA ÀS ESTRADAS ALGARVIAS

Algarve-Classic-Cars-20190713-136.jpg

 

O Algarve Classic Cars arranca esta sexta-feira, 27 de agosto, e irá prolongar-se até ao próximo domingo, 29 de agosto. Este evento automobilístico pretende, uma vez mais, e pelo vigésimo oitavo ano, afirmar-se como um dos grandes palcos dos automóveis clássicos na Península Ibérica.

Na edição 2021, este rali de regularidade histórica, organizado pelo Portugal Classic em conjunto com o Clube Português de Automóveis Antigos, com base na Marina de Vilamoura e no concelho de Loulé, conta com 6 etapas, envolvendo no seu programa também os municípios de Albufeira, Monchique, Lagoa, Silves e S. Brás de Alportel.

Hoje, dia 27, o Algarve Classic tem início por volta das 19h00, altura em que será dada a partida da etapa Murganheira, no circuito Casino de Vilamoura, terminando por volta das 19h30.

No dia 28, sábado, o Algarve Classic Cars, arranca com a partida da Marina de Vilamoura, pelas 9h00, com passagens por Lagoa às 10h40, e uma prova especial de classificação no Autódromo Internacional do Algarve, que irá proporcionar os habituais momentos de adrenalina, num dos melhores circuitos do mundo. Este momento está agendado para as 11h00, prevendo-se a chegada a Monchique pelas 12h30.

No mesmo dia, às 15h30, acontecerá a partida de Monchique para a etapa Turismo do Algarve, com passagem por Porches, por volta das 16h00, e uma neutralização na Vila Vita Parc, pelas 16h20. Logo a seguir, às 17h00, será dada a partida para a etapa Viborel e o Circuito Opticalia em Armação de Pêra. Cinco minutos depois, às 17h30 passagem no AlgarveShopping e, às 18h00, chegada ao Casino de Vilamoura.

No último dia de prova, 29, domingo, este icónico rali começa com a partida para a etapa Mercedes-Benz/Starsul, por volta das 9h30, e com uma prova especial no Cerro S.Miguel, às 11h00. Neste dia haverá uma neutralização em S. Brás de Alportel, pelas 11h30, e outra no Concessionário Mercedes-Benz / Starsul, pelas 12h20. A distribuição dos prémios que consagrará os vencedores acontecerá às 15h30, no Tivoli Marina de Vilamoura.

Para este ano, a organização destaca o percurso no Concelho de Monchique, carinhosamente apelidado de "Jardim do Algarve”, onde os participantes irão desfrutar de magnificas paisagens naturais, e que os levará até á Fóia, o ponto mais alto do Algarve.

Apesar de estar previsto um elevado número de participantes, os responsáveis da prova estão a organizar todo o evento seguindo as orientações e recomendações da Direção-Geral de Saúde, com as mais avançadas medidas de segurança sanitárias, para proporcionar uma elevada qualidade na experiência dos participantes, parceiros, patrocinadores e público.

O Algarve Classic Cars conta com o apoio de várias entidades públicas e privadas, onde se destaca os municípios de Loulé, Monchique, S. Brás de Alportel e Albufeira, e as marcas Starsul, Murganheira, Turismo do Algarve, Solverde, Vila Vita Parc e Viborel entre outras.

 

 

CML/GAP /RP

CCB | BATE FADO um espetáculo de fado batido dos coreógrafos Jonas&Lander | 2 e 3 setembro | 19h00 | Grande Auditório

«BATE FADO é o belíssimo resgate de um imaginário fado perdido, onde se casam guitarras com corpos rítmicos e vocais num tecido coreográfico virtuoso e preciso.»

Alexandra Balona, jornal Público, abril 2021

image001 (7).jpg

 

BATE FADO

Jonas&Lander

Este espetáculo integra o ciclo Há Fado no Cais, uma coprodução com a EGEAC/Museu do Fado.

 

CCB  2 e 3 setembro (nova data)  19h00  Grande Auditório

A nova criação de Jonas&Lander intitula-se Bate Fado, um espetáculo híbrido entre a dança e o concerto de música projetado para nove performers: quatro bailarinos, quatro músicos e um fadista (bailarino). Em Bate Fado, a dupla de coreógrafos Jonas&Lander propõem-se a reinterpretar e a recuperar o ato de se bater (sapatear) o Fado, onde a dança emana a qualidade de instrumento de percussão em diálogo com a voz e as guitarras. Bate Fado revela-se como o primeiro passo para o resgate da dança que o Fado perdeu.

 

A propósito deste espetáculo, estará patente no Foyer do Grande Auditório (Piso 1) a exposição Gabinete de Curiosidades, na qual é exposta parte da investigação que deu substância, imaginário e matéria coreográfica ao processo de criação de Bate Fado.

 

Também de Jonas&Lander, poderá ver-se no Teatro do Bairro Alto, de 8 a 10 de setembro, a peça Lento e Largo.

 

Espetáculos de Setembro | ArtFeist

ORQUESTRA DE JAZZ DO ALGARVE E KIKO PEREIRA ANIMAM NOITE EM ALMANCIL

OJA Almancil.jpg

 

No próximo sábado, 28 de agosto, pelas 22h00, a Orquestra de Jazz do Algarve convida o cantor Kiko Pereira, uma das maiores vozes do panorama jazzístico nacional, para um concerto único, a ter lugar no Jardim das Comunidades, em Almancil.

Neste espetáculo serão apresentados alguns Standards, mas também temas originais de Kiko, numa linguagem mais moderna. Temas como “Save Your Love For Me” ou “Superstition”, juntam-se assim a originais como “Anger Sold” ou “Prison Blues”!

Fundada em 2004 pelo trompetista jazz Hugo Alves, seu diretor artístico desde então, é a única orquestra de jazz profissional a Sul do país, cujo aclamado valor musical a torna uma das melhores orquestras de jazz portuguesas.

Além das composições e arranjos originais apresenta um vasto e diversificado repertório, evocativo de épocas ou autores tais como Count Basie, Duke Ellington, Glenn Miller, ou ainda temáticos como sejam o Latin ou Bossa Jazz.

Tem acolhido vários músicos de renome nacional e internacional, como sejam Tom Harrell (USA), Silje Neergard (NOR), Rick Margitza (USA), Bobby Medina (EUA), Antonio Ciacca (ITA), Guto Lucena (BRA), Lars Arens (ALE), Greg Burk (ITL), Luís Cunha (POR), Peter King (RU), Maria Anadon (POR), Arturo Serra (ES), entre muitos outros.

Na sua discografia contam-se três aclamados álbuns, sendo que, além das centenas de concertos em Portugal e no estrangeiro, algumas das suas mais reconhecidas ações junto do público são os festivais de jazz que produz e tem produzido ao longo dos anos. Destacam-se ainda alguns convites como o da Assembleia da República (2008) para atuar na Sala do Senado, ou outros que a levaram ao Teatro São Luiz, à Praça do Rossio, em Lisboa, ao Festival de Jazz de Minde, Loulé, entre muitos outros.

Este evento tem entrada livre.

CML/GAP /RP