Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

Exposição Quem és tu?, do D. Maria II, em Amarante e Barcelos no início do ano

Depois de ter percorrido 8 concelhos do país em 2023, a exposição, com curadoria de Tiago Bartolomeu Costa, chega a Amarante e Barcelos no primeiro trimestre de 2024. Seguir-se-á depois uma temporada em Lisboa, no Museu Nacional do Teatro e da Dança, de 6 de junho a 29 de dezembro.

 

A inauguração na Biblioteca Municipal Albano Sardoeira, em Amarante, acontece já no próximo sábado, dia 13 de janeiro, às 16h.

 

Exposição Quem és tu (Águeda)_©JoãoVersosRo

Depois de ter percorrido 8 concelhos de Portugal continental e Ilhas, desde março de 2023, a exposição Quem és tu? – Um teatro nacional a olhar para o país, com curadoria de Tiago Bartolomeu Costa, inaugura-se em Amarante no próximo sábado, dia 13 de janeiro, onde ficará patente até dia 3 de fevereiro. Segue-se depois uma temporada em Barcelos, de 9 de fevereiro a 2 de março, e um período de quase sete meses em Lisboa, de 6 de junho a 29 de dezembro.

 

Uma exposição do Teatro Nacional D. Maria II, desenvolvida em parceria com a Comissão Comemorativa dos 50 anos do 25 de Abril e o Museu Nacional do Teatro e da Dança, Quem és tu? – Um teatro nacional a olhar para o país estabelece ligações entre a prática artística e o seu contexto político e social, acompanhando a história do Teatro ao longo de quase 100 anos, desde 1929 até à atualidade.

 

A concessão do Teatro Nacional D. Maria II à Companhia Rey Colaço-Robles Monteiro acompanhou 45 dos 48 anos da ditadura do Estado Novo. Nesse período, o teatro português desenvolveu-se, afirmou-se e definiu-se na relação com o regime. Recuperando a relação da companhia Rey Colaço-Robles Monteiro com o território nacional, esta exposição pensa as relações entre os espetáculos apresentados e as diferentes camadas de representação (do país, da sociedade, do teatro e dos regimes políticos), potenciando a perceção pública de uma certa ideia de (e para o) teatro nacional, tanto enquanto edifício, como na sua missão.

 

A partir de materiais documentais – figurinos e trajes, fotografias, registos sonoros e audiovisuais, programas, objetos de cena, imprensa –, produz-se um comentário crítico à história social e política que o país construiu, observando a permeabilidade e a resistência do teatro a essas realidades.

 

A inauguração em Amarante terá lugar na Biblioteca Municipal Albano Sardoeira, no próximo sábado, dia 13 de janeiro, às 16h, seguida de uma visita guiada com o curador, Tiago Bartolomeu Costa. Da programação da exposição Quem és tu? – Um teatro nacional a olhar para o país, em Amarante, fazem ainda parte outras visitas guiadas, uma oficina para famílias, no dia 27 de janeiro, às 11h, com coordenação de Vera Santos, e um debate, também a 27 de janeiro, às 17h, em torno do tema “As mulheres e o teatro, das Cartas Portuguesas a Agustina”, com a participação de Carlos Pimenta e Marinela Freitas e moderação de Tiago Bartolomeu Costa.

 

Depois de Amarante, será a vez de Barcelos e Lisboa conhecerem esta exposição, integrada no projeto Odisseia Nacional, do Teatro Nacional D. Maria II. Em 2024, será também lançado um catálogo desta mostra, numa edição TNDM II/Bicho-do-Mato (coleção “Estudos”), com coordenação de Tiago Bartolomeu Costa, que dará conta de um período da história do D. Maria II, traçando paralelismos com a realidade política e social do país, à época.

  

 

Mais informações sobre a exposição Quem és tu? – Um teatro nacional a olhar para o país aqui.

Passeio Interpretativo de Inverno na Fábrica da Pólvora de Vale de Milhaços, no Seixal, dá a conhecer fauna e flora existentes

image002 (2).jpg

No próximo dia 13 de janeiro (sábado), entre as 14.30 e as 16 horas, realiza-se um Passeio Interpretativo de Inverno na Fábrica da Pólvora de Vale de Milhaços, no Seixal, enquadrado no Plano de Valorização da Biodiversidade da Fábrica de Pólvora de Vale de Milhaços, sendo o resultado de uma parceria estabelecida entre o Ecomuseu Municipal do Seixal e a Associação Vita Nativa.

 

Num percurso interpretativo orientado pelos biólogos da Associação Vita Nativa, os participantes são convidados a conhecer a fauna e a flora selvagens ali existentes e que dominam a paisagem invernal, tornando a Fábrica de Pólvora de Vale de Milhaços num local onde os patrimónios histórico e natural se complementam em termos de valores.

 

Paulo Silva, presidente da Câmara Municipal do Seixal, afirma que «não há melhor forma de começar o ano do que estar em contacto com a natureza. A Fábrica de Pólvora de Vale de Milhaços, onde os patrimónios histórico e natural se complementam, é um local único para podermos conhecer as espécies que dominam a paisagem invernal. Convidamos, por isso, os visitantes para um percurso interpretativo orientado pelos biólogos da Associação Vita Nativa, que será seguramente um momento muito inspirador e enriquecedor».

 

A iniciativa é dirigida ao público adulto e famílias, sendo a participação gratuita mas sujeita a inscrição prévia.

 

"Dominguinhos" Matosinhos: Vamos desenrolar o nosso novelo de emoções?

Hora do Conto nos “Dominguinhos” de 14 de janeiro de 2024

image001 (1).jpg

 

Ainda há poucos dias, celebrámos o Dia Internacional do Obrigado (11 de janeiro) e estar agradecido é um sentimento muito nobre. É precisamente sobre sentimentos que vamos refletir na hora do conto dos “Dominguinhos” do MAR Shopping Matosinhos de 14 de janeiro. Vais conhecer a história do livro “O Novelo de Emoções”, escrito por Elizabete Neves, e ilustrado por Natalina Cóias. “Uma menina chamada Marta não sabe o que se passa com ela, pois sente algo que não consegue explicar. Eis que surge o seu amigo Sukha, e através de um novelo de lã imaginário, constituído por cinco fios de cores diferentes, todos misturados, correspondendo cada um a uma emoção primária, vai demonstrar que o que ela sente são emoções. Com exemplos do seu dia a dia, Sukha vai ensinar Marta a reconhecer as emoções, que não são boas nem más, mas que nos transmitem sempre uma mensagem. Cabe a cada um de nós descobrir qual é!”

 

Os “Dominguinhos” são compostos por diferentes temáticas e surgem da parceria com a Catavento, empresa da incubadora de indústrias criativas da Fundação de Serralves, que se dedica a projetos educativos. Aos domingos, entre as 11h00 e as 12h30, no corredor de Moda Infantil do MAR Shopping Matosinhos, Piso 0, acontece um leque de atividades gratuitas de lazer, numa simbiose perfeita de momentos alegres e educativos.

 

As manhãs didáticas e diferentes querem-se sobretudo divertidas e em família. A Preguiça, a mascote dos “Dominguinhos”, também não fica em casa… Espera todos os domingos de manhã por mais uma brincadeira para partilhar com os seus amiguinhos!

Noites de pop-rock com a banda Tribo 21 no Casino Lisboa

Tribo 21 - 11 a 13 de janeiro.jpg

As noites de música ao vivo continuam em evidência no Casino Lisboa. A Tribo 21 sobe ao palco multiusos, na próxima Quinta-Feira, 11 de Janeiro, pelas 23h10, para apresentar um espectáculo pop-rock com todos os grandes êxitos do século 21. Com entrada livre, até Sábado, dia 13, no Arena Lounge.

 

Os visitantes do Casino Lisboa poderão reviver numerosos sucessos de estrelas do panorama da música internacional como, por exemplo, Beyonce, Dua Lipa, Miley Cirus ou Lady Gaga.

 

A Tribo 21 integra Catarina Clau na voz (The Voice Portugal, RTP Produções), Pedro Joyce no baixo (Rui Veloso, Jorge Palma, Gang, atc), Pedro Silva (Os Corvos, Akunamatata) e Vasco Costa Santos (Tributo Coldplay, M.O.L.A.), com larguíssima experiência no panorama musical português.