Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

PASSATEMPO | "Paródia Nacional"; no Teatro Maria Vitória

22588166_nh9wN.jpeg

O Blog Cultura de Borla juntamente com o Teatro Maria Vitória tem bilhetes duplos para PARÓDIA NACIONAL no Teatro Maria Vitória tem bilhetes para as sessões de dia 18 e 21 de Janeiro (21h30) e aos primeiros leitores que de 5 em 5 participações:

- enviem um mail para culturadeborla@sapo.pt com a frase "Eu quero ver  PARÓDIA NACIONAL  com o Cultura de Borla" com nome, CC e nº de telefone e sessão pretendida.

 

 

SINOPSE

 

“PARÓDIA NACIONAL” é a nova Revista à Portuguesa do Teatro Maria Vitória! E com uma nova Revista pronta para estrear, há que fazer a notícia chegar a toda a gente! Na urgência de promoverem este espectáculo, os nossos Compéres vêem-se obrigados a criar um novo canal de televisão: a “Parque TV”! 

É assim que começa uma aventura alucinante e muito divertida pelo universo da televisão portuguesa. Uma viagem em que não vão faltar a crítica e ironia acompanhadas da beleza e luxo sempre característicos duma grande Revista à Portuguesa!

“PARÓDIA NACIONAL”, além de uma grande homenagem à caixinha mágica que continua a fazer-nos sonhar, é uma caricatura hilariante dos canais portugueses e das figuras mediáticas, não só da televisão, mas também da política, do desporto e da sociedade.

Com um elenco de nomes queridos do público português, onde se destacam Marina Albuquerque, a popular actriz televisiva que se estreia em Revista, Paulo Vasco, Miguel Dias e a extraordinária Cidália Moreira à frente de um grande elenco de actores, cantores e bailarinos, “PARÓDIA NACIONAL” promete encantar, divertir e surpreender o público. Uma Revista à Portuguesa inovadora, com produção de Hélder Freire Costa, encenação de Paulo César, texto de Flávio Gil, Miguel Dias e Renato Pino e música de Miguel Dias e Carlos Pires.

“PARÓDIA NACIONAL” é a nova Revista que vai encher o Parque Mayer de alegria, cor e gargalhadas!

 

PROMOTOR

 

Hélder Freire Costa - Produções, Unipessoal, Lda.

 

PREÇOS

 

1ª Plateia - 30€

2ª Plateia - 25€

1ª Tribuna - 22,5€

2ª Tribuna - 17,5€

3ª Tribuna - 12,5€

Frisas (4 lugares/cada) - 100€

Camarotes 1 a 10 (3 lugares/cada) - 75€

Camarotes 11 a 18 (3 lugares/cada) - 65€

Camarotes 19 a 24 (3 lugares/cada) - 50€

ALEGRO SETÚBAL TORNA-SE PRIMEIRO CENTRO COMERCIAL A IMPLEMENTAR “HORA SILENCIOSA” PARA PROMOVER A INCLUSÃO DE PESSOAS COM PERTURBAÇÕES DO ESPECTRO DO AUTISMO

Para proporcionar um ambiente acessível a todos

 

O centro c

STB_hora_silenciosa.jpg

omercial Alegro Setúbal, gerido pela Nhood Portugal, arranca este mês com a implementação do projeto “Hora Silenciosa” ação feita para proporcionar um ambiente tranquilo e acolhedor para receber pessoas com Perturbações do Espectro do Autismo (PEA). No último domingo de cada mês, durante a primeira hora de funcionamento, das 10h às 11h, o centro terá diversas iniciativas para permitir uma visita mais tranquila.

 

Esta iniciativa, com início domingo, dia 28 de janeiro, conta com a parceria da Associação Portuguesa para as perturbações do desenvolvimento e Autismo (APPDA) de Setúbal e tem como principal objetivo promover a inclusão social e contribuir para uma maior consciencialização da população sobre esta condição, enquanto proporciona um ambiente inclusivo a todos e permite uma maior integração das pessoas com PEA na vida quotidiana.

 

A “Hora Silenciosa” surge no âmbito da proximidade do Alegro Setúbal com a comunidade, que, através da escuta ativa do território entendeu a necessidade de criar um ambiente mais acolhedor para pessoas com PEA e as suas famílias. Com ajuda da APPDA de Setúbal, o centro promoveu, numa primeira fase, uma série de iniciativas para a sensibilização de colaboradores, através de um guia de boas práticas e informações sobre o assunto, de forma que, nesta fase de arranque, todos estejam capacitados para proporcionar uma abordagem acolhedora.

 

Para criar um ambiente mais tranquilo, durante a “Hora Silenciosa”, o Alegro Setúbal vai implementar as seguintes medidas:

 

  • Desligar a música e os ecrãs
  • Reduzir a iluminação
  • Parar a circulação de carrinhos de recolha de lixo, carrinhos de descarga das lojas
  • Parar as escadas rolantes de acesso ao piso 2
  • Distribuir tampões auriculares descartáveis, junto ao balcão de informações, no piso 1
  • Entregar um guião informativo aos visitantes para um melhor acolhimento
  • Incentivar os colaboradores a utilizar os telemóveis em modo silencioso

 

Para tornar a visita mais inclusiva, o Alegro Setúbal irá também disponibilizar uma sala de acolhimento, localizada próximo ao parque infantil piso 1 e ceder lugares de estacionamento exclusivos para pessoas com PEA, localizados no parque P2.

 

“O autismo é uma condição complexa que afeta indivíduos de diversas maneiras, sendo especialmente sensíveis a estímulos sensoriais. Em Portugal existem cerca de 60 000 mil pessoas que sofrem com a perturbação do espectro do autismo e a experiência em espaços públicos, como centros comerciais, pode ser muito desafiante. Numa sociedade onde existem ainda muitos obstáculos, estamos muito satisfeitos pela implementação deste projeto conjunto, que vai facilitar não só o conforto e acesso de muitas famílias, bem como funcionar como pilar pedagógico para esta realidade” refere

Carmen Cristino, Vice-Presidenteda APPDA-Setúbal.

“A implementação da “Hora Silenciosa” no Alegro Setúbal reforça o nosso compromisso em acolher a diversidade, criando um impacto positivo na nossa comunidade. Os centros comerciais são cada vez mais espaços de uso misto para compras, serviços e lazer e queremos, com esta iniciativa, alargar a nossa missão social e democratizar o acesso a todos. Acreditamos que ao trabalharmos juntos para criar ambientes mais inclusivos, estamos a eliminar barreiras e a promover uma sociedade onde todos têm a oportunidade de participar plenamente, independentemente das suas características individuais” refere Miguel Lopes Territory Manager do Alegro Setúbal.

 

Esta iniciativa reafirma a missão e estratégia de ESG da Nhood Portugal, gestora dos ativos Alegro, e junta-se a outras práticas sustentáveis e socialmente responsáveis já implementadas como o Color ADD, um sistema de identificação de cores para daltónicos no parqueamento do Alegro Setúbal e o projeto COMERCI-ALL – Atender a Todos, uma ferramenta de formação gratuita disponibilizada aos lojistas de todos os centros Alegro para capacitar os estabelecimentos comerciais a melhor atender pessoas com deficiência ou necessidades.

 

Noite de música ao vivo no Casino Estoril com Vanessa Ferreira e João Loureiro

Na próxima Quinta-Feira, 18 de Janeiro

 

Casino Estoril  recebe Vanessa Ferreira e João Lo

É já na próxima Quinta-Feira, 18 de Janeiro, a partir das 22 horas, que Vanessa Ferreira e João Loureiro regressam ao Lounge D do Casino Estoril. Com performances revivalistas, este duo sobe ao palco para apresentar um repertório diferenciado que conquista, habitualmente, várias gerações de espectadores. A entrada é gratuita.

 

O Casino Estoril recebe, assim, um projecto acústico que concilia a voz quente e expressiva de Vanessa Ferreira com a guitarra melodiosa e cheia de "feeling" de João Loureiro.

 

Bem conhecidos dos visitantes do Casino Estoril, Vanessa Ferreira e João Loureiro serão os protagonistas de um espectáculo que integra o extenso programa de animação musical reservado para o Lounge D.

 

VIVER A EMOÇÃO DO RALLY NO OEIRAS PARQUE

Com simuladores "Dakar - The Game"

image002.png

Depois do sucesso da edição de 2023, a BP Ultimate Adventure Team regressa ao Shopping da Linha, de 11 a 18 de janeiro. Com uma empolgante exposição de viaturas de competição todo-o-terreno, esta ação promete uma experiência única, demonstrando a adrenalina do desporto motorizado a todos os visitantes.

 

Nesta mostra é possível conhecer quatro viaturas de competição todo-o-terreno, dois AUTO, uma Toyota Hilux T1 + e um OT3, que representam as viaturas utilizadas no Dakar Rally – a decorrer até 19 de janeiro na Arábia Saudita, e ainda duas MOTOS, utilizadas pelos pilotos da equipa nos Campeonatos Nacionais.

 

A experiência vai tornar-se ainda mais entusiasmante com a presença de todos os elementos da equipa, entre os quais os pilotos Miguel Barbosa, Luís Portela Morais, David Megre e Martim Ventura.

 

Numa dinâmica mais “real”, os participantes poderão mergulhar no universo do "Dakar - The Game", através de dois simuladores onde poderão testemunhar a emoção e desafios dos percursos mais difíceis do mundo.

 

Localizada no piso 1, esta iniciativa, perfeita para os fãs do evento e da modalidade, vai permitir explorar de perto as viaturas, conhecer os pilotos, ganhar autógrafos e absorver a atmosfera que envolve o mundo das competições todo-o-terreno.

 

Horário da exposição 

10h às 23h 

 

Horários do simulador 

Dias de semana: das 12h às 15h30 e das 18h às 23h

Fins de semana: das 12h às 23h

17 JAN | 19h - 1º Concerto de lançamento do álbum “L’Echo du Danube”

descarregar (1).png

Esta quarta-feira às 19h acolhemos no Museu Medeiros e Almeida o 1º Concerto de lançamento do álbum “L’Echo du Danube”, com Sofia Diniz (viola da gamba) e Fernando Miguel Jalôto (cravo). A entrada é livre!

Apresentação do novo álbum / Reminiscências sobre anteriores gravações da gambista Sofia Diniz, com obras de Johann Schenck, T. Klaes e Jacques Morel / Convite ao diálogo entre músicos e público / Possibilidade de compra do CD / Porto de Honra⁠

Duração do concerto: 40 minutos⁠
Apresentação, conversa e Porto de Honra: cerca de 40 minutos⁠
Duração total: 80 – 90 minutos⁠

 

Ciclo "Cultivar o Jardim" no Teatro-Cine de Torres Vedras

12088409102048768767447418803916469712058800n-1.jp

17 janeiro

qua, 21h00

Teatro-Cine de Torres Vedras

PreçoGratuito

Lotação40

Inscrições: 261 338 131 | teatro.cine@cm-tvedras.pt

12088409102048768767447418803916469712058800n-1.jp

As quartas são dias de pensamento no Teatro-Cine e "Cultivar o Jardim" é um espaço de encontro para pensar a cidade, as relações que nela se desenvolvem, as suas inquietações e ambições. Acontecem num espaço que o Teatro-Cine quer reinventar: o Enoteatro.

Ao longo da primeira metade de 2024, estes encontros debruçam-se sobre uma importante parte desta reinvenção: pintar nuvens no teto. Entre janeiro e junho, move-nos nestes encontros o título do filme de Pasolini, e das crónicas de Tolentino Mendonça no Expresso: que coisa são as nuvens? Convidando especialistas em nuvens ao longo dos meses, desde poetas a meteorologistas, vamos tentar responder a esta questão, enriquecendo com o olhar de outros o nosso próprio olhar, cruzar sensibilidades, e deixar que as nuvens sejam um pretexto para conversarmos uns com os outros.

1# Na Ciência

Saber de que são feitas as nuvens, como se formam, que fenómenos físicos e químicos estão envolvidos e que consequências advêm da sua existência poderá parecer pouco poético, mas abre caminho para descobrirmos a alquimia da Natureza. Nesta sessão, aproximamo-nos do conhecimento de processos naturais sob o ponto de vista científico. Conhecemos as nuvens como fenómeno. 

Esta atividade integra o(s) programa(s) Cultivar o Jardim

 

“365 Dias de Romance”: Dulce Maria Cardoso é 1.ª convidada do ano

365 Dias de Romance.jpg

“365 Dias de Romance”: Dulce Maria Cardoso é 1.ª convidada do ano

 

A primeira sessão do ano do “365 Dias de Romance” tem como convidada a autora Dulce Maria Cardoso e realiza-se no dia 17 de fevereiro, às 17h00, na Biblioteca Municipal de Palmela, com moderação a cargo de Luís Caetano.

Dulce Maria Cardoso publicou os premiados romances “Eliete” (2018), “O Retorno” (2011), “O Chão dos Pardais” (2009), “Os Meus Sentimentos” (2005) e “Campo de Sangue” (2001). Os seus romances estão traduzidos em várias línguas e publicados em mais de duas dezenas de países. Publicou contos em revistas e jornais, a maioria reunida nas antologias “Até Nós” (2008) e “Tudo São Histórias de Amor” (2014), e alguns em antologias estrangeiras.

A obra de Dulce Maria Cardoso é estudada em universidades de vários países, fazendo parte de programas curriculares, e tem sido objeto de várias teses académicas, bem como adaptada a cinema, teatro e televisão. A autora tem participado em vários festivais de prestígio internacional. Em 2012, recebeu do Estado francês a condecoração de Cavaleira da Ordem das Artes e Letras.

O “365 Dias de Romance” é uma iniciativa da Câmara Municipal de Palmela, em parceria com a Culsete Livraria e com o apoio da Casa Ermelinda Freitas (ao abrigo do Mecenas de Palmela), que contribui para a concretização do Objetivo de Desenvolvimento Sustentável (ODS) 4 - Educação de Qualidade.

Mais informações e inscrições: 212 336 632 ou bibliotecas@cm-palmela.pt.

 

 

Vila Franca de Xira - Uma tarde diferente