Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

A Yellow Star Company comemora o Dia da Mulher pelo país com os Novos Monólogos da Vagina

image003.jpg

 

A Yellow Star Company comemora o Dia da Mulher pelo país com os Novos Monólogos da Vagina;

 

A autora do texto Eve Ensler, é uma das figuras que mais tem lutado pelo direito da igualdade das mulheres. Vencedora em 2011 de um Tony Award pela sua contribuição à sociedade. Em 2012, Eve Ensler também fundou One Billion Rising, uma parte integrante do projeto V-Day, que procura combater o abuso sexual dirigido às mulheres, como a mutilação genital feminina, as agressões físicas e psicológicas, o tráfico humano e a escravidão sexual. 

 

Com NOVOS TEXTOS; NOVO CENARIO; e muitas surpresas.

A Yellow Star Company volta a cena com esta comédia que permite desvendar como cada mulher lida com a experiência feminina, abordando assuntos como sexo, prostituição, imagem corporal, amor, estupro, mutilação genital feminina, masturbação, nascimento, orgasmo, os vários nomes comuns para a vagina ou simplesmente como uma parte física do corpo feminino. Um tema recorrente em toda a peça é a vagina como uma ferramenta de capacitação feminina e a personificação máxima da individualidade.

"Monólogos da Vagina" são histórias reais, cruas e divertidas, que desvendam um pouco mais do desconcertante universo feminino.

7 de março- Salão Preto e Prata Casino do Estoril – Estoril – a partir de 20€

Bilhetes Monólogos da Vagina | Casino Estoril - Casino Estoril (bol.pt)

8 de março- Convento São Francisco – Coimbra – a partir de 18€

Bilhetes Novos monólogos da vagina - Convento São Francisco (bol.pt)

9 e 23 de março- ÚLTIMAS SESSÕES- a partir de 20€

Bilhetes Monólogos da Vagina - Taguspark (bol.pt)

 

Reservas:

+351 938667315

geral@yellowstarcompany.com

M/16

ALEGRO SETÚBAL DISPONIBILIZA ABAFADORES DE RUÍDO E LUGARES DE ESTACIONAMENTO PRIORITÁRIOS PARA ACOLHER PESSOAS COM PERTURBAÇÕES DO ESPECTRO DO AUTISMO

Um mês depois se tornar o primeiro centro comercial em Portugal

a implementar a “Hora Silenciosa”

Alegro_EstacionamentoPEA_ArtistaChinelo.jpg

Um mês após o lançamento da "Hora Silenciosa" que decorre das 10h às 11h, no último domingo de cada mês, para criar um ambiente mais tranquilo para receber pessoas com Perturbações do Espectro do Autismo (PEA), o Alegro Setúbal, centro comercial gerido pela Nhood Portugal e pioneiro nesta iniciativa, anuncia a disponibilização gratuita de Abafadores de Ruido e de lugares de estacionamento prioritários para um acolhimento mais inclusivo e permanente a pessoas com neuro divergências.

 

Num esforço contínuo para responder às necessidades do público e permitir uma maior integração das pessoas com perturbações do espectro do autismo (PEA), neuro divergências ou especial sensibilidade ao ruído na vida quotidiana, o Alegro Setúbal, em parceria com a Associação Portuguesa para as perturbações do desenvolvimento e Autismo (APPDA) de Setúbal, cede a partir de agora Abafadores de Ruido de forma gratuita, para adultos e crianças, que podem ser requisitados no Balcão de Apoio ao cliente, no Piso 1, bem como 2 lugares de estacionamento prioritários no P2, com o objetivo de permitir uma visita mais confortável e tranquila de forma contínua para quem vive com neuro divergências.

 

“Esta ação resulta da nossa escuta ativa ao território, permitindo proporcionar um ambiente mais acolhedor para as pessoas com PEA ou neuro divergências e as respetivas famílias, que também são diretamente afetadas por essas limitações. Acreditamos que ao eliminar barreiras, estamos a trabalhar juntos para criar ambientes mais inclusivos e a promover uma sociedade onde todos têm a oportunidade de participar plenamente, independentemente das suas características individuais” refere Miguel Lopes Territory Diretor do Alegro Setúbal.

 

No decorrer da política de proximidade do Alegro Setúbal à comunidade local, o centro desafiou também o artista urbano “Chinelo”, sob a curadoria de Bruno Pereira, a intervencionar os lugares prioritários de estacionamento para pessoas com PEA, reforçando a estreita ligação que tem com a arte e cultura locais.

 

A obra teve como inspiração o conceito de “Sonhos Lúcidos” procurando apelar a um acolhimento consciente de toda a população e representa para o artista “a profundidade de sentir o outro, estimular a diferença de pensamento e a aceitação. Abrir os braços à diferença e dela fazer o todo." Chinelo é um artista local de Setúbal, que já passou por diversos países da Europa pondo em prática a sua arte nas ruas.

 

Bruno Pereira, curador do projeto refere que “a arte tem um intenso impacto em todos os seres humanos, sem ela não sonhávamos, discutíamos ou manifestávamos. Através dela mutamos o olhar e o sentir, a mente eleva-se.

 

O Alegro Setúbal torna-se assim o primeiro centro comercial em Portugal a disponibilizar Abafadores de Ruido e a ceder lugares prioritários para pessoas com neuro divergências, uma iniciativa que reafirma a missão e estratégia de ESG da Nhood Portugal, gestora dos ativos Alegro, e junta-se a outras práticas sustentáveis e socialmente responsáveis já implementadas como o Color ADD, um sistema de identificação de cores para daltónicos no parqueamento do Alegro Setúbal e o projeto COMERCI-ALL – Atender a Todos, uma ferramenta de formação gratuita disponibilizada aos lojistas de todos os centros Alegro para capacitar os estabelecimentos comerciais a melhor atender pessoas com deficiência ou necessidades.