Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

| Centenário de Eduardo Lourenço – Palestra de Guilherme d’Oliveira Martins | 5 JUN, 17h30

Eduardo Lourenço - paineis digitais.jpg

Eduardo Lourenço na Casa Antero de Quental, em Vila do Conde
PALESTRA COM GUILHERME D'OLIVEIRA MARTINS

No âmbito do centenário do nascimento de Eduardo Lourenço, o Centro de Estudos Anterianos de Vila do Conde apresenta uma palestra pelo seu atual presidente, Guilherme d’Oliveira Martins, na quarta-feira, dia 5 de junho, pelas 17h30, intitulada Eduardo Lourenço, Antero de Quental e o Espírito de Vila do Conde
 
A relação de Eduardo Lourenço com Vila do Conde tem a ver com a sua admiração por Antero de Quental, um dos autores da sua trindade poética celebrada em Poesia e Metafísica – Camões, Antero, Pessoa. Primeiro presidente da mesa da assembleia-geral do Centro de Estudos Anteriano em 1994 e diretor da Revista Estudos Anterianos, Eduardo Lourenço é autor de 11 ensaios sobre a vida e obra do poeta e filósofo micaelense – “um dos nossos raros, se não o único herói cultural”, segundo palavras suas –, reunidos em volume com o título A Noite Intacta – (I)recuperável Antero, editado pelo Centro de Estudos Anterianos, origem de outras edições, posteriores, de conteúdo levemente reduzido e título simplificado. Refira-se que a decisão de reunir todos estes ensaios não partiu do seu autor, mas sim do próprio Centro de Estudos Anterianos, depois planeado e organizado com a aprovação de Eduardo Lourenço. Entre estes textos, destaca-se A Hora de Vila do Conde, título da palestra proferida aquando da constituição do Centro de Estudos Anterianos, no dia 18 de abril de 1994, dia de aniversário de Antero de Quental.

O Centro de Estudos Anterianos celebra o centenário do nascimento de Eduardo Lourenço apresentando esta palestra pelo seu atual presidente, Guilherme d’Oliveira Martins, a par de uma exposição bibliográfica da sua obra, que pode ser visitada até 31 de julho.

A 23 de maio de 2024, teria completado 101 anos. Eduardo Lourenço tem uma obra de vulto, sendo que a sua produção ensaística abrange diversas áreas, da literatura e da arte aos acontecimentos políticos contemporâneos, orientada por uma constante argumentação personalista, que se traduziu em mais de 40 livros e inúmeros artigos, prefácios, críticas e recensões. Foi unanimemente reconhecido no meio universitário com quatro doutoramentos Honoris Causa e no meio cultural e social com a atribuição de vários prémios nacionais e internacionais, para além de condecorações dos estados Português, Francês e Espanhol, entre inúmeras outras homenagens. Eduardo Lourenço deixa-nos um legado que o perpetuará na história da cultura portuguesa.

5 JUN, 17:30
𝘌𝘥𝘶𝘢𝘳𝘥𝘰 𝘓𝘰𝘶𝘳𝘦𝘯𝘤̧𝘰, 𝘈𝘯𝘵𝘦𝘳𝘰 𝘥𝘦 𝘘𝘶𝘦𝘯𝘵𝘢𝘭 𝘦 𝘰 𝘌𝘴𝘱𝘪́𝘳𝘪𝘵𝘰 𝘥𝘦 𝘝𝘪𝘭𝘢 𝘥𝘰 𝘊𝘰𝘯𝘥𝘦
palestra

ATÉ 31 JUL
𝘌𝘥𝘶𝘢𝘳𝘥𝘰 𝘓𝘰𝘶𝘳𝘦𝘯𝘤̧𝘰, 𝘤𝘦𝘯𝘵𝘦𝘯𝘢́𝘳𝘪𝘰 𝘥𝘰 𝘯𝘢𝘴𝘤𝘪𝘮𝘦𝘯𝘵𝘰
exposição bibliográfica
terça a domingo, 10:00–12:30; 14:30–19:00

centroestudosanterianos.pt

 «Arte pela Democracia» em junho: continue a celebrar Abril com exposições, passeios e espetáculos para ver e participar

Durante o mês de junho, o Programa «Arte pela Democracia» — promovido pela Comissão Comemorativa 50 anos 25 de Abril em parceria com a Direção-Geral das Artes (DGARTES) — propõe espetáculos de teatro e performances, conversas, sessões de cinema e exposições por todo o país.  Há espetáculos em Lisboa, Porto, Caldas da Rainha, Leiria, Serpa, São João da Madeira e em Lublin, na Polónia. Consulte a Agenda 25.04 e tome nota de tudo o que pode ver e fazer. 

descarregar (2).jpg

José Afonso | Ao Vivo no Coliseu | Apresentação FNAC TALKS

APRESENTAÇÃO FNAC TALKS: JOSÉ AFONSO - Ao Vivo No Coliseu (edição Mais 5)
 FNAC CHIADO | 5 de Junho, 18h30
 Apresentação: Nuno Saraiva | Editora MAIS 5

view.jpg

 

Gravado ao vivo no dia 29 de Janeiro de 1983 no Coliseu dos Recreios, em Lisboa, a nova edição do mais histórico concerto de José Afonso reúne diferentes fontes sonoras de forma a reconstituir, pela primeira vez, o concerto na íntegra - 1 hora e 53 minutos. Foram utilizadas fitas analógicas de filmagens inéditas para cinema, de Luís Filipe Rocha, com gravação de som de Carlos Alberto Lopes, que o engenheiro de masterização Florian Siller misturou às outras gravações previamente editadas, do concerto no Coliseu, com a já conhecida gravação de José Fortes e a sua equipa. Este processo de recuperação de áudio e de masterização foi levado a cabo em Dezembro de 2023, no Soundgarden Tonstudio, sob a supervisão de Nuno Saraiva (Mais 5) e da família de José Afonso. Esta edição é uma nova oportunidade de ouvir e sentir este concerto, como se lá estivéssemos. 

 

Apresentação na FNAC Chiado: Nuno Afonso Saraiva Leitão, da editora Mais 5, conta tudo sobre o minucioso processo de trabalho em estúdio na reconstituição e masterização desta nova, definitiva edição de um dos mais célebres concertos ao vivo na música portuguesa.

 

"O tratamento sonoro está do outro mundo. Som límpido, moderno, poderoso, detalhado, quase tridimensional." - Nuno Markl

 

"Ouso dizer que esta edição é, provavelmente, a mais sublime homenagem já prestada ao talento de José Afonso." - Abel Rosa

 

Álbum Já disponível nos formatos:  CD, Vinil e digital.

SERRALVES // 05 JUN 09H00 // SERRALVES RECEBE CONFERÊNCIA SUSTAINABILITY4CITIES //

Conversas e Conferências:

SERRALVES RECEBE CONFERÊNCIA

SUSTAINABILITY4CITIES

- A Conferência Sustainability4cities visa discutir a estratégia e o roteiro para o desenvolvimento sustentável da região -

 

Auditório do Museu

05 JUN 2024 | 09:00

Acesso gratuito sujeito a inscrição em www.serralves.pt

 

A Conferência “Sustainability4cities” organizada pela Ordem dos Engenheiros – Região Norte (OERN), em parceria com a Fundação de Serralves, decorrerá no próximo dia 5 de junho (Dia Mundial do Ambiente), no Auditório do Museu de Arte Contemporânea da Fundação de Serralves. A Conferência visa discutir a estratégia e o roteiro para o desenvolvimento sustentável da região.

No período da manhã um conjunto de oradores especialistas irão analisar várias abordagens para a constituição de cidades e comunidades inclusivas, seguras, resilientes, sustentáveis e biodiversas.

O programa contará com a realização de Visitas Guiadas e Temáticas no Parque de Serralves. 

 

PROGRAMA:

 

9H00 | RECEÇÃO 

9H30 | ABERTURA 

Ana Pinho, Presidente do Conselho de Administração da Fundação de Serralves 

Maria João Correia, Vice-Presidente OERN 

Bento Aires, Presidente OERN 

Filipe Araújo, Vice- Presidente da Câmara Municipal do Porto

 

10H00 | KEYNOTE SPEAKER | Sadiq Khan, C40 Co-Chair and Mayor of London (a confirmar) 

 

10H30 | PAINEL 1 | ECOSSISTEMAS E BIODIVERSIDADE - PANORAMA NAS CIDADES

MODERADOR: Rui Calçada, Diretor da Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto 

ORADOR 1: Helena Freitas, Diretora do Parque de Serralves 

ORADOR 2: Nuno Banza, Presidente do Conselho Diretivo do Instituto da Conservação da Natureza e Florestas 

ORADOR 3: Ricardo Rio, Presidente da Câmara Municipal de Braga 

ORADOR 4: Fernando Leite, Administrador-Delegado Lipor

 

11H30 | COFFEE BREAK 

 

11H45 | PAINEL 2 | CIDADES E COMUNIDADES INCLUSIVAS, SEGURAS, RESILIENTES E SUSTENTÁVEIS 

MODERADOR: Alexandra Abreu Loureiro, Partner Brunswick Group 

ORADOR 1: Rui Costa, Diretor de Recursos e Projetos Especiais da Fundação de Serralves 

ORADOR 2: Francisco Vilhena da Cunha, CEO GEOSAT

ORADOR 3: Carlos Mota dos Santos, Presidente do Conselho de Administração da Mota-Engil 

ORADOR 4: Luísa Salgueiro, Presidente da Associação Nacional dos Municípios Portugueses

ORADOR 5: Luís Silva Santos, Presidente do Conselho de Administração da Ascendi SGPS SA

 

12H45 | ENCERRAMENTO 

Fernando de Almeida Santos, Bastonário da Ordem dos Engenheiros

Emídio Sousa, Secretário de Estado do Ambiente

 

13H00 | ALMOÇO 

 

14H30 ÀS 16H30 | VISITAS TEMÁTICAS NO PARQUE DE SERRALVES 

VISITAS GUIADAS (14H30 e 15H30): Parque; Roseiral; Treetop Walk e Instalação “As plantas, o Carbono e o Clima”; Exposição CORPO |uma topografia sonora 

VISITA TEMÁTICA (14H30 e 15H30): Raízes do Parque