Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

Exposição: "Imágenes escritas"

 

 

3 de Fevereiro a 3 de Março

 

Mais informação neste PDF.

 

 

 

 

Tlf: (+351) 21 310 50 20 

 

 

 

 

 

cenlis@cervantes.es
 

 

Fax: (+351) 21 315 22 99

 

1169-119 Lisboa

Instituto Cervantes 

 

Rua Sta. Marta, 43 F- R/C

 

 

A mostra fotográfica comemora os 33 anos do Prémio de Literatura em língua castelhana Miguel de Cervantes, a partir de um roteiro que percorre a figura dos escritores galardoados até ao momento: de Jorge Guillén a Juan Marsé.  As imagens pertencem aos fundos do arquivo do diário EL PAÍS

 

3 de Fevereiro às 18:30 - Mesa Redonda de Homenagem aos Prémios Cervantes: Francisco Ayala


Francisco Ayala (Granada, 1906-Madrid, 2009), Prémio Cervantes (1991) e Prémio Príncipe das Asturias das Letras (1998), foi até há muito pouco tempo a última testemunha viva da Geração de 27. Cultivou diferentes géneros literários, destacando o romance e o ensaio. Estudou Sociologia Política e Sociologia Geral na Alemanha e foi catedrático na Universidade de Madrid. Durante a Guerra Civil esteve do lado da causa republicana, motivo do seu posterior exílio, primeiro na Argentina, depois no Brasil, Porto Rico e EUA. Foi também editor e destacado tradutor.

 

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.