Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

É um espaço estranho e maravilhoso, o ar é seco, quente e insípido

 

De Quinta a Sábado das 15h às 19h
 

Kunsthalle Lissabon

Rua Rosa Araújo 7-9

Lisboa

Foto_kunsthalle_m

O nome podia ter sido dado pela minha mãe. Segundo a minha sábia mãe, não há pessoas feias (“há tipos de beleza indecifráveis”), não existem homens que dão sono (“são interesses improváveis”), eu não sofro de mau feitio (“tenho mau acordar”). A Kunsthalle é, ela própria, uma figura de estilo. É que, etimologicamente, “kunsthalle” remete-nos para instituições de arte de larga escala, com orçamentos estratosféricos e exposições estelares. Daí o eufemismo: a Kunsthalle Lissabon é um espaço pequeno, de estreitos recursos. Mas é vivaço. Vivaça é também a exposição de Carla Filipe que hoje inaugura, que explora o espaço cósmico entre o conceito a traduzir e a palavra traduzida. Vale a pena espreitar. Nem que seja para apanhar o momento em que um alemão colossal e de sandálias n.º 47 pergunta, abespinhado, onde raio é mesmo a Kunsthalle? Inês Alvim

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.