Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

2ª edição da caminhada solidária da AFID juntou miúdos e graúdos unidos pela Diferença

2ª edição da caminhada solidária da AFID juntou miúdos e graúdos unidos pela Diferença

 

A iniciativa “Caminhar pela Diferença” juntou amigos e família da Fundação AFID Diferença

 

498.JPG

 

 Foi em pleno domingo solarengo que a iniciativa “Caminhar pela Diferença” da Fundação AFID Diferença andou pelas ruas de Alfragide. Entre miúdos e graúdos, diferentes, mas todos os iguais, esta caminhada juntou aqueles que defendem a igualdade e inclusão das pessoas com deficiência e ainda a promoção de um estilo de vida mais saudável.

 

Às 10h00 já estavam todos os participantes a postos para o inicio da caminhada na sede da Fundação AFID Diferença. Após uma breve aula de zumba para aquecer os mais sonolentos, a caminhada partiu do Parque da Ribeira, ao lado dos terrenos da Fundação, com passagem marcada pelos vários edifícios da instituição.

 

Os cerca de 250 participantes reuniram-se num passeio solidário em Alfragide para chamar a atenção para a temática da deficiência e às atitudes de inclusão que devem ser exigidas a todos os elementos da comunidade, num percurso de 5km.

 

Além disso, esta iniciativa tinha como objetivo aproximar a comunidade da instituição, consciencializar para a inclusão da pessoa com deficiência no desporto, a promoção de um estilo de vida mais saudável e ainda o convívio entre clientes da Fundação, seus familiares e colaboradores e amigos da AFID.

 

Para Carla Tavares, presidente da Câmara Municipal da Amadora “é sem dúvida, o dia-a-dia da Fundação AFID Diferença e o seu percurso enquanto instituição nesta área, que fala por si. E é também uma aposta da Câmara Municipal da Amadora, a cidade não seria nada sem as suas instituições. A Câmara só pode estar disponível e colaborar nestes momentos como forma de assinalar a importância de trabalhar o que é diferente, com a preocupação de integração e coesão territorial. Essa coesão consegue-se com todos, naturalmente e em particular com estas organizações”

 

“Caminhar pela diferença é construir a cidade, que se constrói com todos, e é uma forma de enriquecer o conceito de construir cidade, de construir território, integração e coesão social”, conclui.

 

Ana Moreno, coordenadora da Divisão de Intervenção Social da Câmara Municipal da Amadora acrescenta que “este grande envolvimento de todos os parceiros da cidade, permite-nos dar expressão àquilo que é diferente e promovendo a ação social. Estamos e dizemos sempre presente a todos os desafios que a AFID e as outras instituições nos vão colocando. Temos de viver com essa diferença, porque é a nossa riqueza e promove a integração social”.

 

“Somos 178 mil pessoas, e neste número somos todos diferentes, portanto, somos todos iguais. Estas caminhadas são exemplo disso”, conclui.

 

Já Domingos Rosa, presidente do Conselho de Administração da Fundação AFID Diferença acrescenta que “o nosso sonho, o meu e das pessoas que me rodeiam, é sempre, nesta área da diferença, criar uma família. E acho que essa família tem de crescer e tem vindo a crescer. Na primeira caminhada tivemos um número significativo de pessoas e penso que nesta tivemos um pouco de mais. No próximo ano teremos de duplicar o número de participantes, queremos passar para as 600/700 pessoas. Porque a família, a AFID é uma instituição que nasceu num seio familiar e é uma instituição, mesmo crescendo e modernizando-se tecnicamente tem de manter as suas raízes familiares. A convivência entre as pessoas é fundamental”

 

“As pessoas que caminham pela diferença estão do lado daqueles que são mais desfavorecidos ou que a vida lhes foi madrasta. E, portanto, são solidários,” sublinha.

 

A caminhada teve ainda o patrocínio do Jumbo de Alfragide, Sem Ir, BPI e Seaside. A terceira edição da caminhada “Caminhar pela Diferença” acontecerá em 2019, ainda sem data marcada.

 

Sobre a Fundação AFID Diferença: 

A AFID – Associação Nacional de Famílias para a Integração da Pessoa com Deficiência celebrou em 2018 33 anos de existência. Ao longo do seu vasto percurso criou também a Fundação AFID Diferença, que por sua vez comemorou 13 anos, uma instituição particular de solidariedade social que se dedica a iniciativas de reabilitação, educação, formação e inserção socioprofissional de pessoas com deficiência. Desenvolve igualmente um conjunto de atividades de apoio à comunidade e serviços de proximidade nos domínios da assistência e solidariedade social, apoio à infância e à terceira idade. É a primeira Instituição da área social, em Portugal, certificada pelas Normas ISO 9001:2008, pela Marca ISS, Nível A e pelo EQUASS Excellence.  

Atualmente, a AFID, na sua globalidade, atende perto de 1500 pessoas – Infância (AFIDKIDS), Pessoas com Deficiência (AFIDREAB) e Pessoas Idosas (AFIDSÉNIOR) - e para as quais trabalham diariamente 211 colaboradores. Trata-se de uma das principais instituições sociais do país – pela dimensão, abrangência e complementaridade dos seus serviços e, sobretudo, pela qualidade impressa na gestão e intervenção técnica. A AFID enquanto associação de famílias mantém o seu objetivo ao nível da representação dos direitos das famílias e das pessoas com deficiência.  

Mais em: www.afid.pt

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.