Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

3.ª Edição "Conversas na Rua"

15eKOOmHqv8Ko6EMprj8Ubnk-rzpbJUgpKXdLICgBbT0gcvn0X

 

A cidade da Amadora acolhe a 3.ª edição do "Conversas na Rua", entre Agosto e Setembro de 2017! Lançámos o desafio a um grupo de artistas portugueses para intervir em diferentes locais da cidade!
 
Organizada pela Câmara Municipal da Amadora, a iniciativa conta com a participação: Odeith, o artista da Damaia que integra a iniciativa desde a sua primeira edição, Kruella d'Enfer, que se estreia na cidade com uma das suas carismáticas ilustrações, Draw & Contra, a dupla do Porto que propõe dar uma nova face à Amadora, Ana Dias e Nuno Alecrim, que, em conjunto, recuperam a memória histórica da cidade, e o Coletivo Altura, cuja tela fará jus à sua reputação de «gigantes da ilustração». 
 
Esta edição procura continuar o legado da pintura mural já existente na cidade (contam-se mais de 100 registos entre monumentos de arte pública, painéis de azulejo, murais de foro político-ideológico, e expressões artísticas urbanas contemporâneas, entre as quais o graffiti e a street art - Mapa do Graffiti na Amadora). Mantém-se o mesmo objetivo: democratizar o acesso à prática artística e sensibilizar as comunidades locais para a importância dos fenómenos artísticos e culturais na identificação com os lugares e com o tecido urbano. Importa continuar a refletir o posicionamento destas práticas nas cidades contemporâneas, nomeadamente o seu legado nas memórias simbólica e histórica.
 
Nesta edição, procuramos estabelecer diálogos com o património cultural local. As características demográficas, sociais, e culturais tornam a cidade da Amadora uma referência da expressão artística no espaço público e da cultura urbana, considerando a sua localização na periferia da Grande Lisboa.