Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

Bloomsday

Ulysses_m
  
 
 
 

 

18 de Junho de 2010

19h

 

Casa Fernando Pessoa

Rua Coelho da Rocha, nº16
Lisboa

 

Nas conversas de salão daquela altura, houve quem apontasse o dia 16 de junho de 1904 como sendo o do primeiro encontro furtivo entre o artista enquanto jovem e aquela que seria a sua futura esposa. Outros falavam em vias de facto. O artista perdera a virgindade nesse dia e decidiu eternizar a data na sua obra-prima. Os mais púdicos referiam um singelo primeiro passeio de mãos dadas com a futura cara-metade. Seja qual for a verdadeira versão, passados mais de 100 anos, o Bloomsday é o único feriado em todo o mundo dedicado a um livro, exceptuando a Bíblia. Faz parte do calendário cultural de vários países, e por cá também, e não é restrito ao grupo de leitores que conseguiram a proeza de ler as mais de 900 páginas onde Joyce narra a odisseia de 16 horas de Leopold Bloom. Hiper-mega-realismo meus senhores. É disso que se trata. / Raquel Ponte

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.