Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

Out of a Singularity

8 de Julho até 11 de Setembro de 2010

Inaugura às 22h

2ª a 6ª 12h-20h | Sáb. 15h-20h

Cristina Guerra

Contemporary Art

Rua de Santo António à Estrela, nº33
Mapa

 

No fundo, o que é um ponto? O que pode nascer dele? Lembro-me, quando era pequeno, de ficar horas deitado na areia a olhar para os grãos de terra e de areia e imaginar que cada um, cada ponto, podia ser uma concentração de um mundo inteiro, onde viviam pessoas como nós e onde eu, por instantes, também queria viver. Mas não era só com o infinitamente pequeno com que eu me maravilhava, mas também com o desmesuradamente grande – o poder olhar para o céu e imaginar que cada ponto para onde olhasse era uma vastidão que não conhecia fim. Em várias conversas que tive depois – daquelas que se fica toda a noite deitado na rua a olhar para o céu – percebi que quase toda a gente tinha tido o mesmo deslumbramento em criança. Parece que o Rui Toscano ainda o relembra. E tu? / AugustoAugusto

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.