Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

Feedback Passatempo Teatro dos Aloés "Demónios de MacBeth" no Teatro da Trindade

 

"Olá,

ontem fui ver "Os Demónios de MacBeth". Gostei muito do espectáculo. O pormenor do chá que "aquece a alma" preparando-nos para uma análise sobre a culpa, a musica no palco, a tela transparente onde se projectam os medos... tudo muito bom!"

 

Por isso vão ver a peça, o passatempo já acabou mas a peça continua em cena até dia 27 de Fevereiro.

 
 
DEMÓNIOS DE MACBETH
 
Em cena no Teatro da Trindade (Sala Estúdio) até 27 de Fevereiro.
 
4ª a Sábado ás 21h45  e Domingos às 17h.
 
Reservas e Informações: 213420000
 
www.teatrodosaloes.pt

  

 

Teatro dos Aloés

Sinopse

Em 2009, numa visita à prisão de Tires, ouvimos a frase "o cão era raivoso, mas as laranjas eram docinhas como mel" a propósito de uma ex-presidiária que tinha morto o marido e o tinha enterrado no quintal, semeando uma laranjeira em cima da sepultura. Foi o ponto de partida para uma investigação sobre a culpa e o remorso.
Que factores se conjugam para que seja cometido o crime? Como se faz o caminho do sentir para o pensar, para o executar... Como se vive após o crime? É o inferno a má consciência? Cruzamos excertos da peça Macbeth de William Shekspeare como suporte para a nossa investigação e assim nasceu Demónios de Macbeth

Sofia de Portugal e Elsa Valentim

Ficha Artística

Encenação
Sofia de Portugal Interpretação Elsa Valentim Direcção de Arte Aurélio Vasques Figurinos Paulo Guimarães Música Rui Rebelo Grafismo João Rodrigues Produção Executiva Gislaine Tadwald e Joana Paes Produção Teatro dos Aloés

Maiores de 16 anos