Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

Caleidoscópio

De 6 a 16 de Dezembro de 2010 
Das 10h às 17h

 

Embaixada do México

Estrada de Monsanto 78

Lisboa

 

O mundo onírico de Ignacio Guerrero, artista de Guadalajara, com as suas mulheres em metamorfoses quasi-kafkianas. Da mesma cidade, Hugo Velez. Os corpos feridos de Hector Maciel. As faces fluídas e caóticas de Oliver Esquivel. Socorro Garcia Olivera. Mari Carmen Souza. Contrastes nos limites da abstracção de Letícia Morales. Juan Pablo Bavio. Alejandra Sandoval Corral (também na galeria de arte Colorida, na Costa do Castelo). Famosa ou menos famosa, a arte produzida no México denota obessões: um novo esquema para o figurativo é uma delas. Em gravuras e pintura de cavalete. / Pedro Ventura

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.