Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

La Silla del Diablo

Até 15 de Janeiro de 2010 
3ª a 6ª das 11h-20h, Sáb 15h-20h |

 

Cristina Guerra

Contemporary Art, Rua de Santo António à Estrela, nº33

 

O venezuelano Juan Araujo (Caracas) apresenta-se em Lisboa com La Silla del Diablo. Na sua obra, e através do que encontra noutros meios, utiliza várias técnicas para reproduzir as peças originais (a matéria-prima) dentro de contextos específicos e frequentemente em envolvente revisionista. O seu trabalho acaba por fomentar o conhecimento do receptor, estimulando a sensibilidade individual. Serão hiperimagens como gatilhos para a introspecção antropofágica e com referências à pintura, arquitectura, etc. As obras podem ser vistas como fragmentos de um caderno de viagens visual e dual (o tangível versus intangível, o real versus ficcão, etc.). Ao observar a peça que dá nome à exibição, somos convidados para o aparente desconforto da misteriosa cadeira calderesca que repousa, sob a sombra de uma pesada nuvem latino-americana, nas margens da selva Tupi. / Pedro Rodrigues

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.