Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

Programação Dia Mundial da Poesia nas Bibliotecas Municipais de Lisboa

O mês de Março, nas Bibliotecas Municipais de Lisboa, será dedicado ao género lírico, à descoberta de uma expressão singular dos sentimentos, dos desejos, de uma visão do mundo.

 

A 21 de Março celebra-se o Dia Mundial da Poesia e as BLX elaboraram um programa de actividades gratuitas que visam materializar a arte poética em objecto de consumo para diferentes faixas etárias.

 

De 21 a 26 de Março não irão faltar sessões de histórias para os mais novos, oficinas de escrita criativa e de ilustração, animações de rua para miúdos e graúdos. Histórias e palavras soltas, texturas e cores irão invadir as Bibliotecas Municipais Camões, Orlando Ribeiro, Palácio Galveias, São Lázaro e República e Resistência - Cidade Universitária.

 

E porque Março marca também o início da Primavera, a festa invade a rua em forma de mercado, impregnando a Baixa da cidade com novos ambientes e outras linguagens em harmonia com o tema que dá o mote à festa!

 

 

PROGRAMA disponível no site BLX


A Poesia Durante a República, por José Fanha
José Fanha trará o seu mais recente livro “Era uma vez a República” e proporcionará momentos de deambulações líricas. Para quem deseja algo mais perene haverá uma sessão de autógrafos.
Público em Geral
ENTRADA LIVRE
BM República e Resistência - Cidade Universitária_21h30


22 DE MARÇO

Versos e emoções em São Lázaro
Leitura e declamação de poemas, na voz de Fernanda Ferreira e Luciano Reis.
Público em Geral
ENTRADA LIVRE
BM de S. Lázaro_18h00


26 DE MARÇO

Leitura de poemas de autores catalães
Pela Associação Cultural CatalunyApresenta
ENTRADA LIVRE
BM Camões_16h00

Mercado de texturas e cores
Apoio: Arquitexturas
11h00 às 18h00

Ateliês e sessões de histórias
14h30 às 18h00

Lençóis de histórias
Cada grupo terá um cenário, três personagens e um objecto mágico, elementos necessários à construção de histórias.

Ilustrar a poesia
Primeiro nascem os sons das palavras ao timbre sábio de quem as escreve, onde se reflecte um poema ou uma imagem poetizada…

Das coisas nascem coisas
Do círculo nasce uma lua, da lua cresce um cordão que se estende, que se enrola, que se entrelaça, que se constrói e desconstrói … Dos objectos nascem histórias.

Espelho meu, espelho meu…
… há alguém mais esticadinho e anafadinho do que eu?
Um espelho mágico que te transforma.

Pimpão Espalha poesia no Mundo da Fantasia
pela loja Era um vez sonho
O "Bobo Pimpão" vai animar o local declamando poesia das histórias do Mundo da Fantasia.
15h00

Chapéus Narradores
Pelo grupo de Contadores “ Estórias de se tirar do Chapéu” / Pedro Lopes e Silvia Romero
Dois ou mais contadores, cada um com a sua história e forma particular de ver o mundo, e uma dezena de chapéus todos diferentes, e (re)vestidos a rigor, servem de ponto de partida para que as estórias surjam.
16h00, animações de rua para miúdos e graúdos. Histórias e palavras soltas, texturas e cores irão invadir as Bibliotecas Municipais Camões, Orlando Ribeiro, Palácio Galveias, São Lázaro e República e Resistência - Cidade Universitária.

 

E porque Março marca também o início da Primavera, a festa invade a rua em forma de mercado, impregnando a Baixa da cidade com novos ambientes e outras linguagens em harmonia com o tema que dá o mote à festa!

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.