Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

Passatempo Cultura de Borla - CM Palmela - "Tempestade num Copo de Água"

O Blog Cultura de Borla em parceria com a Câmara Municipal de Palmela e no âmbito das Comemorações do Dia Mundial do Teatro tem 5 bilhetes simples para oferecer para a peça “Tempestade num Copo de Água”  pela Shakespeare Women CompanyEnsaiarte no dia 27 de Março pelas 16h00 no Cine - Teatro São João em Palmela aos primeiros leitores que enviarem um mail para culturadeborla@sapo.pt com a frase "Eu quero ver Nós Somos Aqueles com o Cultura de Borla" com nome, BI, contacto telefónico.

 

Nota: Os contemplados que, por motivos de força maior, não possam assitir ao espectáculo e usufruir do convite que lhes foi atribuído devem informar atempadamente o Cultura de Borla. Reservamo-nos o direito de excluir de futuros passatempos todos os que não procederem desta forma.

 

A Câmara Municipal de Palmela promove, no dia 27 de Março, às 16h00, no Cine-Teatro S. João, o espectáculo “Tempestade num Copo de Água”, pela Shakespeare Women Company. A peça, que integra as comemorações do Dia Mundial do Teatro, constitui a mais mágica história de Skakespeare, contada por duas actrizes através da manipulação de diferentes materiais e objectos: sombras, bonecas, areia, jornais, fogo e água. O espectáculo, terno e surpreendente, é dirigido a todos os públicos e está recheado de canções que conduzem a situações ou estados de espírito dos personagens.

A Shakespeare Women Company é uma companhia de teatro criada pelo autor e encenador argentino Cláudio Hochman, radicado em Lisboa desde 2002. A partir do cruzamento de diferentes áreas e técnicas artísticas – teatro, música, dança, circo e manipulação de objectos - a companhia procura resgatar e dar a conhecer ao público os clássicos do dramaturgo inglês, à luz da contemporaneidade. Desafiando as convenções teatrais da época, os espectáculos são sempre interpretados no feminino.

«Na Tempestade, Miranda, a filha do desterrado rei Próspero, relata-nos os dez anos que viveu numa ilha quase deserta: o encontro com a bruxa Sicorax, o selvagem Caliban, o anjo Ariel, até que um dia…».

 

 

Classificação: M/6;

Duração: 1 hora, sem intervalo

Texto e Encenação: Cláudio Hochman

Actores: Ana Cloe e Teresa Macedo

Música Original e Direcção Musical: Daniel Schvetz

Assistente de Encenação: Fernanda Paulo

Figurinos: Cristina Novo

Co-Produção: Cassefaz e Shakespeare Women Company