Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

Comemorações do centenário na ESE/IPS

Dia 26 de Maio, entre as 11h e as 13h, realiza-se no Anfiteatro da Escola Superior de Educação do Instituto Politécnico de Setúbal uma sessão evocativa sobre o centenário do 1.º voto feminino em Portugal.

 

Depois da República ter sido implantada em 5 de Outubro de 1910, o direito ao voto foi alargado às mulheres, no entanto, estas continuaram a ter dificuldades em exercê-lo e Carolina Beatriz Ângelo foi a primeira mulher a exigir votar (médica e casada com Januário Barreto, um dos dois fundadores do Clube Sport Lisboa e Benfica), através do recurso aos tribunais. Conseguindo votar em 28 de Maio de 1911.
Nesta sessão destinada a estudantes, funcionários, docentes e comunidade em geral, algumas docentes da ESE/IPS  vão fazer uma breve descrição do percurso do voto feminino em Portugal (1911-2011), bem como apresentar uma biografia de Carolina Beatriz Ângelo. A entrada é livre.

 

Programa:
Palavras prévias – Ângela Lemos
O voto feminino em Portugal - percurso de um direito - Ana Maria Pessoa (Docente Departamento de Comunicação e Linguagem da ESE/IPS)
Biografia de Carolina Beatriz Ângelo – Maria Alice Samara
Palavras de encerramento – Fernando Almeida

 

Por Graziela Costa | gcosta@mundouniversitario.pt

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.