Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

Encontros de Estética

24 a 26 de Novembro

Instituto Francês de Portugal, Av. Luís Bivar 91

 

Três dias a debater a arte contemporânea. Coordenação científica de José Gil e Ana Godinho. Um tema preciso: que arte contemporânea? Yves Michaud, Brian Massumi, Nicolas Bourriaud, Marc Jimenez e outros. António Guerreiro a desenvolver as suas vinhetas semanais, sem data e com aspas: «Todos aqueles que criticam o sistema em que vivemos, hoje à beira do colapso, parecem querer salvá-lo, incapazes de dar o salto que lhes permitiria pôr a questão de um recomeçoesse recomeço que já Walter Benjamin, no início dos 30 do séc. XX, dizia ser a atitude própria dos grandes construtores, daqueles que, fazendo tábua rasa do que vigorava antes, são induzidos a construir a partir do pouco que têm, sem olhar à direita nem à esquerda. Para essa atitude dos construtores capazes de fazer tábua rasa reservou Benjamin o conceito de barbárie positiva. Onde estão estes bárbaros?» Reflexão em tempo de greve

Fonte: LeCool

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.