Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

Frei Luís de Sousa

 

 

 

 

 

 

Até 4 de Dezembro de 2011

Às 21h30 de 5ª-dom

 

 

 

 

Teatro Praga

Rua Afonso Annes Penedo

Armazém 1

Lisboa

 

 

Eu tive de ler Frei Luís de Sousa de Almeida Garrett na escola. E, pirosa como eu, adorei.Tem drama, tem amores impossíveis, tem emoção e acaba mal. Pumba, perfeito. Desta feita, o Senhor Bento e da Senhora Dona Vaz, assomados por um desejo de homenagear o Senhor Almeida, pegaram nesta história e contam-na à sua maneira (muito peculiar, como nos têm vindo a habituar). Mesmo sabendo que a Maria morre, mesmo sabendo que não vai dar certo, mesmo sabendo que a vinda do Romeiro é inevitável, mesmo sabendo que não salvação para ninguém, eles vão continuar. Porque pessoas assim, que não desistem, e estes dois são desta estirpe. Uma peça para os que acreditam, os que querem acreditar, e os que acham que isto da esperança é bonito. E para todos os outros também. / Marta D’Orey

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.