Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

O Blog Cultura de Borla aconselha:

O TEATRO CÓMICO
de Carlo GOLDONI // encenação de Mario Mattia GIORGETTI
O TEATRO CÓMICO
// COMPANHIA DE TEATRO DE ALMADA //

Bilheteira Online

A peça O teatro cómico, de Carlo Goldoni – ou, no seu título exacto, O teatro dos actores da Commedia dell’Arte – constitui um ponto de viragem para todo o teatro que se seguirá. É o momento chave da reforma teatral de Goldoni, através da qual o dramaturgo italiano pretendeu restituir aos actores da Commedia dell’Arte a sua dignidade como agentes culturais. Com este texto-manifesto, Goldoni leva à cena dois momentos do teatro de então: o da Commedia dell’Arte, que utilizava tipos fixos (Arlequim, Pantaleão, Polichinelo e todas as outras que bem conhecemos na sua improvisação fantasiosa); e aquele em que se começa a recorrer a textos escritos, dramaturgicamente estruturados, com personagens variegadas, inspiradas na realidade. No cruzamento destas duas tendências geram-se todas as problemáticas que alimentarão a escrita teatral posterior.

Actor, encenador e crítico de teatro – dirige a revista Sipario – Mario Mattia Giorgetti é um dos nomes centrais do teatro italiano há mais 40 anos, tendo assinado inúmeras encenações, actuações, documentários televisivos e intervenções críticas. Presença habitual, como crítico, no Festival de Almada, foi no Palco Grande da Escola D. António da Costa que apresentou com grande sucesso, em 2009, A última noite de Giacomo Casanova. Diplomado em 1961 pelo Piccolo Teatro de Milão, trabalhou durante dois anos com Giorgio Strehler e depois com Orazio Costa Giovangigli. Em 1967, fundou o Centro Attori La Contemporanea, de que é director artístico, dirigindo textos de Beckett, Ionesco, Camus, Genet, Gianni Hottm, Carlo Terron, Albee e Molière.

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.