Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

PASSATEMPO NUMA NOITE O RIO PASSOU

O Blog Cultura de Borla em parceria com o TEATRO ABC.PI tem bilhetes duplos para oferecer para a peça NUMA NOITE O RIO PASSOU no Auditório da Biblioteca Municipal Orlando Ribeiro, em Telheiras - Lisboa para os dias 27 de Janeiro, pelas 21.30 horas aos primeiros leitores que enviarem um mail para culturadeborla@sapo.pt com a frase "Eu quero ver NUMA NOITE O RIO PASSOU com o Cultura de Borla" com nome, BI, contacto e sessão a que pretendem assistir..

 

É já amanhã que voltamos a apresentar a peça de teatro Numa Noite O Rio Passou.
Vamos estar no Auditório da Biblioteca Municipal Orlando Ribeiro, em Telheiras*, de 26 de Janeiro pelas 21.30.

A peça foi criada a partir do universo de Miguel Torga, tem texto de Miguel Castro Caldas e encenação de Laurinda Chiungue.
Sinopse:
Dois intérpretes, uma bailarina e um actor, e um universo percorrido dentro de um limite espacial que se liberta à medida que se liberta o texto, gestos, movimentos, numa fisicalidade despoletadora de acções através do corpo e da palavra.
Dois namorados: Isabel, contrabandista, está no lado de Espanha e quer passar o rio com a mercadoria metida na barriga. Robalo, o guarda-fiscal está em Portugal e tem ordens para atirar a quem passe. Estão os dois parados, num impasse. O rio é que consegue essa proeza, de estar sempre em movimento ao mesmo tempo que está sempre ali.
A história deste espectáculo vai beber ao universo de Miguel Torga toda a essência da sua criação, e ganha através das palavras de Miguel Castro Caldas a dimensão de uma nova visão de Torga.
Ficha Artística e Técnica
Laurinda Chiungue | Direcção Artística
Maria Radich | Interpretação
Miguel Eloy | Interpretação
Laura Frederico | Assistência à encenação
Miguel Castro Caldas | Texto
Pedro Frutuoso | Cenografia
André Nascimento | Música e Sonoplastia
ARTICACC | Desenho de Luz

Cristina Tasqueira | Produção Executiva

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.