Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

O Cultura de Borla Aconselha:

O RAPAZ DA ÚLTIMA FILA de Juan Mayorga

rapaz_ultima_fila_3O RAPAZ DA ÚLTIMA FILA de Juan Mayorga Tradução de António Gonçalves Com António Filipe, Andreia Bento, Maria João Falcão, Pedro Carraca, Marc Xavier e Pedro Gabriel Marques Cenografia e Figurinos Rita Lopes Alves Colaboração Artística Daniel Fernandes Luz Pedro Domingos

No Teatro da Politécnica de 7 de Março a 14 de Abril de 2012

Juana A literatura não ensina nada.
Germán Ah, não?
Juan Mayorga, O Rapaz da Última Fila

Uma das coisas que descobri quando era professor é que ninguém escolhe a última fila em vão. Nem sempre um rapaz a escolhe por ser o malandro, a última fila é aquela de onde se vê todos os outros sem se ser visto - é a fila do escritor, do artista.
Juan Mayorga

rapaz_ultima_fila_1É uma peça sobre a escola e a família, onde se encontram duas personagens, duas aves raras. Uma é um professor de literatura, de liceu, Germano, que terá uns 50 anos. Escolheu esta profissão porque pensava que lhe ia permitir viver em contacto com os grandes livros, e transmitir o seu amor por eles. O que acontece é que, no final da sua carreira, é um homem que não foi capaz de entregar a sua experiência, é um homem sem herdeiros. Um dia, ao tentar explicar a noção de ponto de vista pede-lhes que escrevam sobre o que fizeram no último fim-de-semana. E entre redacções horríveis descobre uma, inesperada pelo seu conteúdo e forma, que é a da outra personagem especial, o rapaz da última fila. Ninguém escolhe a última fila em vão. Nem sempre um rapaz a escolhe por ser o malandro, a última fila é aquela de onde se vê todos os outros sem se ser visto - é a fila do escritor, do artista.
Juan Mayorga in Artistas Unidos Revista nº 19

 

1 comentário

Comentar post