Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

V FESTIVAL DAS COMPANHIAS DA DESCENTRALIZAÇÃO

 

DE 5 a 9 de JUNHO

TEATRO GARCIA DE RESENDE

ÉVORA

 

 

O Cendrev – Centro Dramático de Évora, acolhe este ano, a 5.ª edição do Festival das Companhias da Descentralização, que irá decorrer de 5 a 9 de Junho, no Teatro Garcia de Resende.

 

 

Enviamos em anexo a apresentação do espectáculo de abertura e poderá consultar todo o Programa do Festival no link que se segue:

http://issuu.com/cendrev/docs/prog_issue?mode=window&backgroundColor=%23222222

 

ou através do nosso site:

www.cendrev.com

 

 

A organização do Festival, reúne em Évora espectáculos de seis companhias sediadas fora dos principais centros urbanos do país: A Escola da Noite de Coimbra; Teatro das Beiras da Covilhã; Teatro do Montemuro de Campo Benfeito, Castro Daire; ACTA – A Companhia de Teatro do Algarve; Companhia de Teatro de Braga e Centro Dramático de Évora - Cendrev.

 

Estes encontros anuais já decorreram em Faro (2005), Braga (2008), Montemuro (2009), Coimbra (2010) e agora em Évora. As suas duas últimas edições, Évora e Coimbra, integram a rede CULTURBE, um projecto de programação organizado a partir de um quadro de relação que se foi estruturando ao longo dos anos entre o Teatro Circo em Braga, O Teatro da Cerca de São Bernardo em Coimbra e o Teatro Garcia de Resende em Évora, espaços de residência de três companhias. Este projecto, que integra também a circulação de produções internacionais nos três teatros, foi acolhido positivamente no âmbito do QREN através de um financiamento estabelecido pelas CCDR do Norte, Centro e Alentejo. 

 

Este processo de trabalho, cujo primeiro ciclo concluiremos na Covilhã, tem como objectivo: «valorizar a criação artística no desenvolvimento das cidades médias e das suas regiões (dando consistência prática ao desenvolvimento integrado de todo o território nacional) e valorizar a figura da companhia de teatro como elemento essencial à estruturação e à sustentabilidade do sector artístico em Portugal».

 

O Centro Dramático de Évora – Cendrev, enquanto companhia anfitriã da 5ª edição do Festival das Companhias da Descentralização, deixa mais este desafio ao estimado público, porque acreditamos que o teatro é, pela sua natureza, uma actividade profundamente ligada à vida dos homens. Apesar dos dias difíceis que vivemos, o teatro continuará a representar a sua importante função na vida dos povos. Contamos convosco para fazer deste encontro também uma festa de celebração do teatro.

 

1 comentário

Comentar post