Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

Pintura inspirada na Paisagem é tema de exposição - no edifício sede do Santander Totta, Rua do Ouro 88

Pintura inspirada na Paisagem é tema de exposição

image002.jpg

 

Sede da Rua do Ouro recebe iniciativa do Santander Totta e da Fundação Banco Santander

Podem ser apreciadas obras de Silva Porto, José Malhoa, Vieira da Silva, Menez, Martín Rico e Miró

O Santander Totta promove juntamente com a Fundação Banco Santander, a exposição de pintura “A Paisagem nas Coleções do Banco Santander”.

 

A exposição estará aberta ao público entre 1 a 23 de dezembro, aos sábados e domingos, das 12h às 18h, no edifício sede do Banco Santander Totta, na Rua do Ouro 88, em Lisboa.

Inspirados pela temática da natureza e da paisagem urbana, poderão ser apreciadas obras de consagrados artistas dos séculos XIX e XX, pertencentes às coleções do Banco em Portugal e Espanha, como Silva Porto, José Malhoa, Vieira da Silva, Menez, Martín Rico e Miró (em anexo, seguem imagens de dois quadros que estarão em exposição, um de José Malhoa e outro de Martín Rico).

A entrada está associada a uma causa social, através da realização de um donativo mínimo de 2€, que reverterá integral e diretamente para a Associação Mais Proximidade Melhor Vida, uma instituição que tem como objetivo combater a solidão e o isolamento da população idosa residente na Baixa de Lisboa e Mouraria.

Esta exposição realiza-se no âmbito da política de responsabilidade social que o Santander assume perante a comunidade, dando a conhecer o seu património artístico, revelador da vida da própria instituição ao longo dos séculos.

 

 

Exposição “Geração” transforma o Espaço Amoreiras numa instalação de vida

 

Constança Clara leva a temática geração ao átrio do Espaço Amoreiras, propondo uma experiência sensorial, na sua primeira mostra individual. A exposição promovida pelo Edge Arts pode ser visitada de 31 de outubro a 14 de dezembro, no Espaço Amoreiras, em Lisboa. 

O Edge Arts promove a exposição “Geração”, da artista Constança Clara, que apresenta como mote a procura dos elementos geradores de vida, quer na natureza, quer no próprio corpo de trabalho da artista. A mostra apresenta ao público uma instalação, que tem como objetivo apelar a uma experiência sensorial, bem como, a um conjunto de objetos de estudo à volta do tema da geração. A primeira exposição individual de Constança Clara é analisada nos dois textos de autor, por Lourenço Egreja e Gerbert Verheii. 

Esta exposição abriga, além da instalação, objetos de escultura, de fotografia, de desenho e de pintura. Numa combinação de formas híbridas que traçam a união entre elementos naturais e outros (encontrados ou apropriados), com artifício humano, gerando novas e surpreendentes imagens, interligando o mundo mineral, com o vegetal e o animal. 

A mostra de Constança Clara pretende transformar o átrio do Espaço Amoreiras num lugar novo e efémero, utilizando a luz, como modelador do espaço, trabalhando através de pequenas aberturas de luz no local, que penetram no espaço interior. Como resultado, estabelecem um diálogo entre o dentro e o fora, ao mesmo tempo que os orifícios projetam o trajeto do sol e da lua, no decorrer do dia e da noite.

A inauguração exposição tem data marcada para o dia 31 de outubro, a partir das 18h30, e estará vigente até ao dia 14 de dezembro, no Espaço Amoreiras, em Lisboa. 

Descarregue, aqui, imagens em alta resolução de peças do atelier da artista. 

 

Sobre a artista

Constança Clara nasceu no ano de 1986 e vive e trabalha, atualmente, na Fonte Boa dos Nabos, Ericeira, Portugal. A artista formou-se em Escultura pela Faculdade de Belas Artes da Universidade de Lisboa. Em 2010, ano seguinte à conclusão da sua licenciatura, realizou uma pós-graduação em Artes em Londres, na Central Saint Martins - Byam Shaw School of Art. Participou em exposições em Portugal, Espanha e Londres, das quais se destacam Portugal é Lisboa, o resto é paisagem, no Hub Creativo do Beato, em Lisboa (2017), Círculo a dentro, imagem que sai fora, na Avenida da Liberdade 211, em Lisboa (2014) , O Peso das Coisas, com curadoria de João Rolaça, no Centro Cultural Município do Cartaxo (2013), Colectivo de Artes Plásticas, no SILOS–Contentor Criativo, nas Caldas da Rainha (2012), IKAS ART, no Centro de Exposições de Bilbao, em Espanha (2011), PGDips Final Show, na Byam Shaw School of Arts, em Londres (2011)Lapptopp Barometery, Concourse Gallery, em Londres (2011)e Sculpture Final Show, no Parque dos Sete Castelos, em Oeiras, Portugal (2009). 

Em 2010 realizou o projecto de arte pública Paço durante uma residência na aldeia de Moledo, que envolveu a população na construção de uma obra que também visava contribuir para a reabilitação da antiga zona ribeirinha da aldeia. Esta obra contribuiu para iniciar o programa de arte pública Moledo Acontece. 

É membro fundador do , um colectivo que conta com a participação de cerca de 20 artistas (Tiago Franco,Diogo Moniz, Catarina Alves, Duarte Castelo Branco, entre outros), e diversas apresentações em espaços inusitados pelo processo de transformação a que têm sido sujeitos nos últimos anos, dentro do contextoda reabilitação da cidade de Lisboa em adaptação à recente procura internacional.O Colectivo do Catano já apresentou exposições colectivas em Lisboa no LxFactory, em Alcântara (2018);no Creative Hub do Beato (2017); no Clube Atlético de Campolide(2016); e num antigo palácio do Bairro Alto(2015).

 

Exposição “Geração” 

31 de outubro de 2018 - 14 de dezembro de 2018

Inauguração

31 de outubro de 2018, pelas 18H30.

 

Horário

Espaço Amoreiras

2ª a 6ª feira 7h – 23h

sábados 9h - 21h

domingos e feriados 9h – 18h

Edge Arts (escritório)

2ª a 6ª feira 8h30 – 13h30

 

Pedro Calapez apresenta obras inéditas na Casa-Museu Medeiros e Almeida | 06/11 a 21/12

Exposição patente de 6 de novembro a 21 de dezembro

 

 

A Casa-Museu Medeiros e Almeida recebe, a partir de 6 de novembro, a exposição “Olhos nos Olhos: um poema elementar”, de Pedro Calapez. Neste trabalho que estará patente até 21 de dezembro, o artista apresenta 30 peças inéditas explorando diversos suportes, como pinturas, esculturas e obras sobre papel, dispersas pelos diversos espaços da Casa-Museu.

Este confronto entre as obras de Pedro Calapez, pensadas para as várias salas da Casa-Museu Medeiros e Almeida, e os objetos e o mobiliário que habitam este espaço convidam a uma nova forma de visitá-lo e a um novo olhar. Um olhar que remete o artista para a pintura de Matthias Grünewald (1470-1528), expressiva e teatral, com uma extensa paleta de cores. As telas de Grünewald não atingem diretamente o espetador, mas colocam-no como um elemento da imagem, gerando outros olhares, “olhos nos olhos”.

Pedro Calapez recorda ainda o livro “Do Natural, um poema elementar”, do escritor alemão W. G. Sebald, que aborda a vida e a obra de Grünewald. Todos os títulos das peças em exposição são retirados de excertos deste livro, prática habitual do artista, e que têm que ver com a natureza e com a forma como nos relacionamos com o mundo. Assim, encontramos títulos como “germinar, perdurar, propagar-se”, “o grito, o gemido e o gorgolejo” e “a dor passou para os quadros”.

Esta casa foi habitada, mãos afagaram mesas e cadeiras, corpos se tocaram, livros foram abertos. A constatação dum espaço vivido, transformado posteriormente em espaço de exposição, levou-me a criar uma série de obras, num discurso autónomo. A sua colocação neste espaço confronta os possíveis percursos e as salas onde se encontram. O deambular do visitante vacila entre a impertinência dos objetos intrusos e a estabilidade dos consagrados. Num processo de comunhão interferente com a estabilidade da demonstração museológica manifesta-se assim um diálogo dependente intimamente do nosso olhar”, sublinha Pedro Calapez.

Pedro Calapez (Lisboa, 1953) começou a participar em exposições nos anos 70, tendo realizado a sua primeira individual em 1982. O seu trabalho tem sido mostrado em diversas galerias e museus tanto em Portugal como no estrangeiro sendo de salientar as exposições individuais ou coletivas em que participou: “Histórias de objetos”, Casa de la Cittá, Roma; Carré des Arts, Paris; Fundação Calouste Gulbenkian, Lisboa; Petit jardin et paysage, Capela Salpêtriére, Paris (1993); Campo de Sombras, Fundació Pilar i Joan Miró, Mallorca (1997); Madre Agua, Museo MEIAC, Badajoz e Centro Andaluz de Arte Contemporáneo, Sevilha (2002); Obras escolhidas, CAM-Fundação Gulbenkian, Lisboa (2004); piso zero, CGAC- Centro Galego de Arte Contemporáneo, Santiago de Compostela; Lugares de pintura, CAB-Centro de Arte Caja Burgos (2005); “There is only drawing", Fundação Luís Seoane, Corunha, Galiza (2013); “O Segredo da Sombra”, Fundação Carmona e Costa, Lisboa (2016). Nas diversas mostras coletivas destaca-se a sua participação nas Bienais de Veneza (1986) e S. Paulo (1987 e 1991); Tage Der Dunkelheit Und Des Lichts, Kunstmuseum Bonn (1999); EDP.ARTE, Museu de Serralves, Porto (2001); Beaufort Inside-Outside, Trienal de Arte Contemporânea, PMMK Museum, Ostende (2006); “La colección”, Fundación Barrié, A Coruña (2011); “Euroscope” (BEI Collection), Cercle Cité, Luxembourg (2015); “Backstories”, FASVS, Museu Vieira da Silva, Lisboa e Mudas, Museu de Arte Contemporânea da Madeira (2016); “Quote/Unquote. Entre apropriação e diálogo”, MAAT - Museu de Arte, Arquitetura e Tecnologia, Lisboa (2017); “Uma Coleção=Um Museu 2007/2017”, MACE, Elvas (2017); “BoPeep”, Sismógrafo, Porto (2018).

Coleções: Caixa Geral de Depósitos, Lisboa; Centro de Arte Caja Burgos, Burgos; Centro de Artes CA2M, Madrid; Central European Bank, Frankfurt; Centro Galego de Arte Contemporânea, Santiago de Compostela;Chase Bank, New York; European Investment Bank, Luxembourg; Fondación Coca-Cola España, Madrid; Fondación Pedro Barrié de la Masa, A Coruña; Fondación Prosegur, Madrid/Lisboa; Fundació Pilar i Joan Miró, Mallorca; Fundação AIP, Lisboa; Fundação Calouste Gulbenkian, Lisboa; Fundação EDP (MAAT), Lisboa; Fundação Luso Americana, Lisboa; Fundação PLMJ, Lisboa; Fundação Portugal Telecom, Lisboa; MACE, Museu de Arte Contemporânea de Elvas, Coleção António Cachola, Elvas; Museo Extremeño e Iberoamericano de Arte Contemporáneo, (MEIAC), Badajoz; Museo Nacional Centro de Arte Reina Sofia, (MNCARS), Madrid; Museu de Serralves, Porto; Seippel Collection, Cologne, entre outras.

www.calapez.com / www.buyacalapez.com

 

 

Casa-Museu Medeiros e Almeida
Rua Rosa Araújo, 41

1250–194  Lisboa
Tel. (+351) 213 547 892
www.casa-museumedeirosealmeida.pt


2.ª a Sábado, das 10h00 às 17h00
Encerra ao Domingo

 

A MAGIA DO NATAL JÁ CHEGOU AO CENTRO COMERCIAL TELHEIRAS

NATAL_TELHEIRAS.jpg

 

 

Entramos em dezembro e, no Centro Comercial Telheiras, vai ser criado o ambiente perfeito que a quadra natalícia merece. A decoração, as luzes e as atividades especiais de Natal vão invadir o espaço e marcar um ambiente de festa, magia e muita alegria para os visitantes.

 

O momento mais aguardado – a chegada do Pai Natal ao Centro Comercial – vai ocorrer já no próximo dia 8 de dezembro (sábado) a partir das 15h e vai ser marcado por uma parada muito especial, recheada de encanto, fantasia e muita animação.

 

Para continuar este ambiente natalício, o Centro Comercial de Telheiras preparou, ainda, ao longo do mês de dezembro, várias atividades especialmente pensadas para os mais pequenos:

- Magias de Natal (dia 15 de dezembro, das 14h às 18h) – atividade de Natal itinerante que irá encantar os mais pequenos e até os mais graúdos;

- Atelier de Enfeites de Natal (dia 16 de dezembro, das 14h às 18h) – traga os mais pequenos e deixe-os dar asas à sua criatividade neste atelier de decorações personalizadas;

- Malabarismo de Natal (dia 22 de dezembro, das 14h às 18h) – animação itinerante de Natal que promete surpreender e animar todos os visitantes;

- Atelier Globos de Neve (dia 23 de dezembro, das 14h às 18h) – permita que os mais pequenos sejam encantados com este mágico atelier de Globos de Neve que os transportará para o mundo encantado do Natal.

 

O Centro Comercial Telheiras destaca-se pela sua aposta contínua numa estratégia de diversificação em eventos capazes de trazer aos seus visitantes uma oferta cada vez mais vasta de experiências e serviços únicos.

 

Maquinista ou feiticeiro de Hogwarts? As crianças decidem na LEGO Fun Factory do MAR Shopping Matosinhos

image001.jpg

 

O mundo mágico de Harry Potter vai conquistar as crianças que visitem a LEGO® Fun Factory do MAR Shopping Matosinhos entre novembro de 2018 e janeiro de 2019. Durante este período, os mais novos serão convidados a embarcar numa empolgante viagem recheada de feitiços e poções. Todos a bordo, poderão construir o grande salão de Hogwarts, explorar a Torre da Grande Escadaria ou vencer o duelo contra o Lord… Bom, contra aquele-cujo-nome-não-deve-ser-pronunciado. Os fãs do brinquedo mais famoso do mundo também vão ter oportunidade de ser maquinistas por um dia e comandar o comboio da maior LEGO® Fun Factory da Península Ibérica, cuja programação é, nos próximos três meses, dedicada às temáticas LEGO® Harry Potter e LEGO® Duplo® Town.

 

Unir-se aos vilões sombrios ou aos heróis audazes do universo Harry Potter, para fazerem puzzles dedicados à temática, construções em grande escala com peças LEGO®, competições em que, com base nos livros LEGO®, descobrem novas formas de brincar com as peças, e outras atividades que estimulam o desenvolvimento de habilidades motoras, o aumento do vocabulário e expressão de opiniões e ideias – eis as inúmeras brincadeiras que aguardam os mais novos.

 

E se, para além das poções mágicas, fosse possível dirigir um comboio a vapor? Ao volante do comboio da LEGO® Duplo®, as crianças vão construir pontes, parar em cruzamentos, ajudar os passageiros, reabastecer o combustível e colocar sinais de trânsito. 

 

Na programação haverá também espaço para outras temáticas LEGO®, nomeadamente City, Friends e Speed Champions, e para comemorações de dias especiais. No Dia Internacional do Inventor (9 de novembro), no Dia Internacional da Música (22 de novembro), no Dia Internacional da Aviação Civil (7 de dezembro) e no Dia dos Reis (5 de janeiro) o programa será dedicado a construções gigantes relacionadas com o tema de cada data.

 

A primeira e única no Norte até 2022 e a maior das 11 LEGO® Fun Factory existentes atualmente, em Portugal (três) e Espanha (oito), o espaço do MAR Shopping Matosinhos tem 600 m2 e é de acesso gratuito. É ainda a primeira a integrar um Brick Lab e uma área LEGO® NEXO Knights.

 

Contando com a orientação de monitores especializados e com formação específica, a LEGO® Fun Factory do MAR Shopping Matosinhos funciona das 10h00 às 24h00 todos os dias. Para crianças dos 3 aos 10 anos de idade, com entrada gratuita, limitada a 2 horas de permanência máxima e um acesso diário, a LEGO® Fun Factory do MAR Shopping Matosinhos promete momentos de muita diversão.

DESTAQUES DISNEY JUNIOR DEZEMBRO 2018

DESTAQUES DISNEY JUNIOR
DEZEMBRO 2018

824fedc1-dd94-492c-b8dc-2475d7f0d1b6.png

9b8c28cb-0ed9-49b3-b37d-fb3ce8db31d7.png

"FANCY NANCY CLANCY"
DIA 31 DE DEZEMBRO ÀS 10H00

Preparem-se para muita cor e alegria com Nancy, a protagonista da nova série do Disney Junior "Fancy Nancy Clancy". Dia 31 de dezembro, às 10h00, poderá assistir a um avanço especial da série e conhecer a nova estrela do canal.
 
Nancy tem seis anos de idade e é uma menina com muita energia, que gosta de ser extravagante em tudo, desde o seu vocabulário até às suas roupas criativas e elaboradas. Entusiasmada para experimentar tudo o que o magnífico mundo tem para oferecer, Nancy usa a astúcia e a imaginação para criar a sua vida e aproveitar ao máximo cada dia, enquanto encoraja todos ao seu redor a fazer o mesmo. A família de Nancy é composta pelos seus pais, Claire e Doug, uma equipa unida cujo estilo de parentalidade se concentra em capacitar os seus filhos a pensarem por si mesmos; a irmã de três anos, Jojo, que está sempre ansiosa para participar no que quer que Nancy esteja a fazer; e Frenchy, o cão de estimação da família que adora Nancy.

Neste avanço especial, depois de encorajar Jojo a criar um amigo imaginário, Nancy fica com ciúmes do seu relacionamento. Nancy fica ainda aborrecida quando o pai constrói uma casa de brincar que não é chique.

Não perca a oportunidade de conhecer esta simpática e extravagante menina, que vai chegar ao canal muito em breve, em "Fancy Nancy Clancy!", dia 31 de dezembro, às 10h00 e às 14h45, no Disney Junior.

157f017d-34f7-444b-91db-1bf6bcf104fe.jpg

PROGRAMAÇÃO ESPECIAL:
"NATAL NO DISNEY JUNIOR"
DE DIA 17 A DIA 28 DE DEZEMBRO

 

Vai querer passar este Natal na companhia do Disney Junior, com a programação especial que o canal preparou para toda a família. De 17 a 28 de dezembro, de segunda a sexta, das 8h00 às 15h50, será emitida programação especial, destacando algumas das séries mais populares do canal com episódios especiais alargados.

Às 8h00 e às 15h00, conte com a companhia dos "PJ Masks", o grupo de três amigos que durante o dia andam na escola, como qualquer criança, mas à noite quando vestem os seus pijamas e  transformam-se em super-heróis, os "PJ Masks". Nos primeiros episódios depois de Romeo apagar todas as histórias dos livros, Corujinha pede socorro à Luz Luminosa. Romeo usa luvas de boxe para assaltar o museu e roubar um propulsor a jato, como é que os "PJ Masks" o vão deter?

Às 12h00 assista a um episódio especial, de uma das séries mais populares do canal: "A Princesa Sofia", "A Guarda do Leão", "Casa do Mickey Mouse" ou "Jake e os Piratas da Terra do Nunca".
O primeiro episódio especial alargado, emitido dia 17, às 12h00, será “A Casa do Mickey Mouse: A Aventura Espacial do Mickey” onde acompanhamos uma animada aventura espacial a bordo do Foguetão da Casa do Mickey Mouse. Mickey e a sua equipa e embarcam numa jornada intergaláctica em busca de tesouros do outro mundo.

Não perca a programação especial, de 17 a 28 de dezembro, às 8h00 e às 15h50, na companhia dos "PJ Masks", e às 12h00 com algumas das personagens mais simpáticas do canal, tudo isto só no Disney Junior.

 

“VAMPIRINA"
DIA 4 E 5 DE DEZEMBRO ÀS 16H25

0dfb5991-aab7-4648-a8c0-df9eddcbf028.png

A estrela de "Vampirina" é a “Vampi”, mas as suas amigas Poppy e Bridget não lhe ficam atrás. Depois desta jovem vampira se ter mudado, com os seus pais, da Transilvânia para a Pensilvânia, ela fez novos amigos, na sua nova escola e com os seus novos vizinhos em "Vampirina".

Novas curtas de "Vampirina canta com as Monstrinhas", e novos episódios da série "Vampirina" vão estrear dias 4 e 5 de dezembro, a partir das 16h25.

Em "Vampirina canta com as Monstrinhas!", Dragos, Vampi, Poppy e Bridget ensinam a dança do bicho-papão numa festa para monstros.

Nos novos episódios de "Vampirina", a Vóvampira e o Avôzinho, o Grande, fazem uma visita para comemorar o Festival da Lua de Sangue. 

Não perca as novas curtas e os novos episódios de "Vampirina", dias 4 e 5 de dezembro, às 16h25, no Disney Junior.

 

“CARACÓIS DOURADOS E URSINHO"
TODOS OS FINS DE SEMANA ÀS 07H40

172951c9-9e75-48fb-a51a-72ae7e07288f.png

 

A série “Caracóis Dourados e Ursinho” é inspirada no clássico “Caracóis Dourados e os Três Ursos” cuja história todos conhecem. Situada na Floresta Encantada, a série segue as aventuras da corajosa Caracóis Dourados e do complicado Ursinho à medida que vão encontrando outras personagens bem conhecidas dos contos tradicionais.

Nos novos episódios, ao irem para casa da Avozinha, a Caracóis Dourados e o Ursinho devem manter a capa da Capuchinho Vermelho limpa e enganar o Lobo Mau.

Não perca os novos episódios da série com a dupla de amigos mais divertida do canal, "Caracóis Dourados e Ursinho", todos os fins de semana, às 7h40, no Disney Junior.

 

 

 

 

MÃOS À OBRA: VAMOS CRIAR O POSTAL DE NATAL MAIS BONITO DE SEMPRE!

“Dominguinhos” do dia 9 de dezembro trazem um atelier com muita criatividade

 

image002.jpg

 

Os “Dominguinhos” adoram o espírito natalício e nesta altura do ano ficam ainda mais felizes por poderem partilhar as suas ideias de atividades com os mais novos! Desta vez, a manhã do dia 9 de Dezembro vai trazer um atelier criativo onde as crianças vão poder criar, desenhar e pintar o seu postal de Natal. Vale tudo: muitas cores, colagens, desenhos ou recortes, beijinhos e abraços param a família e amigos… e quem sabe ainda um pedido de última hora ao Pai Natal! Quanto mais criativos forem, melhor!

 

A programação dos “Dominguinhos” é semanal, com iniciativas gratuitas para preencher as manhãs de domingo das crianças que visitem a zona infantil interior do MAR Shopping Algarve, no piso 0, entre as 11h00 e as 12h00. Uma hora sempre diferente e mágica com espaço para a brincadeira e experiências pedagógicas, proporcionando momentos que as crianças vão recordar com entusiasmo, podendo repetir a experiência todos os domingos, ao longo do ano. 

 

Luz, magia e arte no Parque Encantado de Natal no LoureShopping

Natal chega ao Parque Verde dia 1 de dezembro 

image008.png

 

É já dia 1 de dezembro que o Natal chega ao Parque Verde do LoureShopping num verdadeiro espetáculo de luz e cor, com mais de 15 mil metros quadrados de área, apresentando uma iniciativa totalmente inovadora. O Parque Encantado, onde a luz será a rainha, conta com um percurso pelo Parque Verde, desde a Fábrica dos Brinquedos do Pai Natal, passando por cinco instalações artísticas, das quais se destaca a da Glam, e terminando num encantador Carrossel para miúdos e graúdos. Este parque conta ainda com uma rota das selfies, com vários spots para a fotografia perfeita, sendo o ponto alto no trenó do Pai Natal.

 

Parque Encantado: Luz e Arte

O fio condutor do Parque Verde durante o mês de dezembro é precisamente a Luz, que vai estar por todo o Parque: em 39 árvores, 5 arbustos, 27 pinheiros, 2 passadiços de acesso ao Parque Verde, 2 pontes, dezenas de figuras iluminadas e ainda em cerca de 10 m2 de luz de cada uma das instalações de arte. E para que não haja enganos, a entrada para o Parque Encantado vai ser orientada por um túnel iluminado de 8 metros. Este local mágico vai contar com um total de mais de 15 mil m2 com iluminações e diversas atrações.

 

Renas, duendes, presentes, bonecos de neve, caixas de correio e ainda bolas, botas e bengalas de natal estarão espalhados por todo este local encantado. Na Fábrica de Brinquedos, onde tem início esta viagem pelo Natal mais luminoso, as crianças podem escrever a sua carta ao Pai Natal e ainda espreitar os presentes em construção, o calendário do advento ou até experimentar o cadeirão do anfitrião. Famílias inteiras poderão seguir pelos caminhos iluminados do Parque e espreitar as instalações de vários artistas: Glam, que apresenta uma escultura que representa um urso polar e um pinguim, criando uma forma piramidal que cria a sensação de se tratar de uma árvore de natal gigante; e ainda dos coletivos Rethorica Studio, numa instalação que transporta os visitantes pelo imaginário, Teatro   Metaphora, com uma proposta de consciencialização ambiental, Error-43, que apresenta uma instalação interativa num elevador sensorial, e 2upla Art, com um projeto onde sete caixas de LED transmitem a proximidade entre as pessoas nesta época festiva.

 

Para Mário Madeira, diretor do LoureShopping, “Esta é uma aposta verdadeiramente arrojada e inovadora. Queremos ser o principal spot de vivência do Natal da zona da Grande Lisboa. Mas queremos também atrair visitantes de outras zonas do país que possam ver o programa de Natal do LoureShopping como uma experiência única. Estamos concentrados em oferecer algo de tal forma «encantado» e fascinante que não só as crianças mas também os adultos vão mesmo querer voltar. Luzes, arte e música será tudo o que move o Natal no LoureShopping, criando o roteiro perfeito para todos os visitantes usufruírem da verdadeira magia do Natal, que ficará marcada nos passaportes dos mais novos e nas selfies de todas as famílias”.

 

O Parque Encantado de Natal do LoureShopping, situado no Parque Verde, estará aberto ao público todos os dias, com entrada livre, a partir de dia 1 de dezembro das 14h00 às 23h00, numa área de cerca de 15 mil metros quadrados, e pode ser visitado até dia 6 de janeiro.

 

 

Sobre as peças e os artistas

Glam

A artista Glam preparou uma instalação de luz de grandes dimensões.

POLAR LIGHT é a representação de uma noite natalícia em todo o seu esplendor e magia. Conta a história de um grande urso polar e do seu amigo pinguim, duas personagens construídas em forma piramidal criando a sensação de uma árvore de natal gigante.

Trata-se de uma escultura construída em madeira e toda iluminada, inserida no Parque Encantado de Natal no Loures Shopping. Em torno deste grande urso, quatro árvores contribuem para a criação de um cenário único na zona da instalação. As patas do urso são pensadas de forma a convidar o público a poder sentar-se e tirar fotografias, criando uma maior interação com a peça.  Esta escultura terá interesse a 360º, com a possibilidade de visitar o interior. Por dentro, os painéis serão pintados com padrões e iluminados nas arestas de forma a criar um ambiente especial e uma experiência diferente da visão exterior para os visitantes. 

 

Rethorica Studio

E se bastasse um «buraco sem fim» para chegarmos ao mundo do Natal? Esta é a pergunta que serve de base à instalação VORTEX que transporta as pessoas para um mundo imaginário com elementos natalícios como os que se podem encontrar ao longo do Parque. Nesta instalação marca-se a entrada e saída do espaço, com uma construção de madeira que pretende ser organica com o tema do Parque Encantado. Durante o dia, esta instalação vive de um jogo de sombras dado o seu revistimento. À noite, as luzes acentuam a instalação como um todo, transformando-a num vortex luminoso que pode ser vivido por fora e no seu interior. Esta instalação é da autoria do coletivo de intervenção Rethorica Studio, constituido por 3 jovens que desenvolvem trabalhos na área da Arquitetura, Design e Instalações Artísticas.

 

Teatro Metaphora

Na instalação FRÁGIL há 40 luminárias elaboradas com recurso a garrafões de vidro usados, sendo cada garrafão iluminado por uma lâmpada no seu interior. Algumas iluminárias estarão suspensas, outras assentarão sob o solo ou em caixotes de madeira. Um projeto que é muito mais do que visual: ao reutilizar os garrafões, pretende-se conscienlizar o público para o uso sustentável dos recursos e a importância da reutilização dos mateirais. Esta estrutura é desenvolvida pelo Teatro Metaphora - Associação Amigos das Artes, uma organização sem fins lucrativos que promove atividades artísticas e culturais para a população em geral.

 

Error-43

Uma instalação de luz, interativa e com som, VOID4D tem uma escala considerável e é materializada com uma estrutura em ferro, delimitada em algumas arestas com fita LED e fio de nylon onde acomoda visualmente vários espaços dentro de um só. A permeabilidade desta estrutura é realizada com o afastamento do fio de nylon em qualquer ponto até ao centro da peça. Desenvolvida pelo coletivo de arquitectos ERROR-43, que trabalha com tecnologia de forma abstrata e desenvolve trabalhos dedicados à imaginação e criação de caminhos para o futuro, esta peça mostra que um dia o Pai Natal não vai precisar de um trenó para entregar as prendas à volta do mundo. Este é um verdadeiro elevador sensorial, de luz, concebido para levar o público ao futuro. A interação com a peça é feita de maneira aos visitantes experienciarem uma viagem nostálgica e ficcional em warp,  através de um espelho localizado no chão e outro no teto que nos dá a ideia de infinito. Esta é uma experiência verdadeiramente interativa.

 

2upla Art

Este coletivo apresenta REAL LIGHTS STAY IN TOUCH, uma instalação flexível composta por sete caixas pintadas e independentes, sendo que a mensagem transmitida muda consoante as variações na configuração de montagem. Esta instalação pretende celebrar a reunião natalícia, sendo metáfora da necessidade de proximidade entre seres humanos muito caraterística nesta época do ano. As sete caixas contam com luzes LED programadas e alterações na cor e intensidade de luz, criando uma ilusão ótica de movimento na pintura. Composto por um arquitecto e um designer, o coletivo 2upla Art transmite uma conjugação de diversas áreas criativas, sendo os seus projetos uma combinação de street art, luz, vídeo, arquitetura e design.

 

Feiras do Livro de Natal em Pinhal Novo e Palmela

Feira do Livro de Natal.jpg

 

Entre novembro e dezembro, a Câmara Municipal de Palmela volta a dinamizar as Feiras do Livro de Natal, no Mercado Municipal de Pinhal Novo e na Biblioteca Municipal de Palmela.

No Mercado Municipal de Pinhal Novo,a Feira vai decorrer de 24 de novembro a 2 de dezembro, de segunda a sexta-feira, das 9h00 às 17h00, e ao sábado e domingo, das 8h30 às 13h00. Na Biblioteca Municipal de Palmela, a Feira estará patente ao público de 11 a 15 de dezembro, durante o horário de funcionamento da Biblioteca (de terça a sexta-feira, das 10h30 às 19h00, e ao sábado, das 14h00 às 19h00).

As Feiras do Livro de Natal têm como objetivo a promoção do livro e de hábitos de leitura, em particular, junto do público mais jovem.Mais informações através da Rede Municipal de Bibliotecas Públicas do Concelho de Palmela (bibliotecas@cm-palmela.pt).

 

O Roca Lisboa Gallery tem uma agenda imperdível para se despedir de 2018

O Roca Lisboa Gallery tem uma agenda imperdível para se despedir de 2018

Conheça os eventos de dezembro

  • ·O Roca Lisboa Gallery convida-o para mais um mês com eventos nos quais vai querer participar. Conferência: Construir o futuro que queremos, apresentação do documentário Eternal Florest e mais uma sessão do ciclo de conversas Espaços para Arquitetas, com Marta Throne, foram a eleição para terminar e grande 2018.

O Roca Lisboa Gallery convida-o para mais um mês de atividades. Uma conferência com Lloyd Alter – Construir o futuro que queremos – para refletir a visão sobre o futuro dos edifícios e da forma de habitar e usufruir do planeta, Eternal Florest – o projeto documental de Evgenia Emets, sobre a relevância da biodiversidade e da natureza e um convite a repensar e considerar a nossa relação fundamental com a floresta. O ciclo de conversas – Espaços para Arquitetas – promove a segunda sessão com a presença de Marta Throne, moderadora e co--comissária para discutir a situação das mulheres no âmbito da arquitetura.

 

Venha participar nos eventos que o Roca Lisboa Gallery lhe oferece no mês de dezembro.

 

Conferência – «Construir o futuro que queremos»

13BB81B1-1886-4A41-A30A-C15EAA3EA649.png

Data: 03 de dezembro

Horário: 17h00 - 19h00

A conferência – Construir o futuro que queremos – surge como reflexão da visão de Lloyd Alter sobre o futuro dos edifícios e da nossa forma de habitar e usufruir do planeta.

Lloyd Alter é arquiteto, professor e designer editor no TreeHugger, o principal meio de comunicação dedicado a impulsionar a sustentabilidade. No seu trabalho desenvolveu pequenas unidades residenciais e pré-fabricadas. Alter convenceu-se, ao longo dos anos, de que usamos muito de tudo e temos que “Construir o futuro que queremos” com menos. Usamos demais do planeta – muito espaço, muita terra, muita comida, muito combustível, muito dinheiro e a “chave” para a sustentabilidade passa simplesmente por usar menos, projetando e planeando melhor as coisas.

 

Entrada livre. Inscrição Obrigatória: aqui.  Organização: Roca, Homegrid e Passivhaus Portugal l Colaboração: Roca Lisboa Gallery

 

Conferência – «Eternal Florest»

00DDBBF4-BE43-4CCD-8A28-DA03262DEE31.png

 

Data: 06 de dezembro

Horário: 17h00 – 19h00

Eternal Florest –  é um documentário realizado nas regiões mais afetadas pelos incêndios de 2017. O filme incluí 12 entrevistas enriquecidas com memórias, histórias e sonhos para o futuro das florestas. Após a apresentação do documentário, segue-se um debate de consciencialização sobre a necessidade de preservar a biodiversidade, a natureza e as florestas naturais selvagens.

O painel de oradores convidados a participar neste debate são: Paolo Santos da Associação Enraizar, Barbára Leão da Biovilla, Marina Antunes do Instituto Superior de Serviço Social de Lisboa e Ana Vasconcelos da Eco Interventions.

Evgenia Emts é artista e co-fundadora da Earth Sky Lab –uma colaboração de profissionais criativos, empresários, artistas, artesãos, designers, arquitetos com projetos de construção de um mundo melhor para amantes conscientes da natureza – e convida a repensar e considerar a relação com a floresta, que é fundamental.

O filme documental convida a pensar a forma como nos podemos conectar com as florestas e a natureza e de que forma podemos contribuir para a biodiversidade, integrando as várias perspetivas - filosófica, artística, espiritual, religiosa e económica - no trabalho da preservação e reconstrução dos ecossistemas das florestas.

 

Entrada livre. Inscrição Obrigatória: aqui. Organização: Reflorestar Portugall Colaboração: Roca Lisboa Gallery


 

 

Ciclo – «Espaços para Arquitetas»

EDEAEA7C-5C98-4925-B073-3D724664B68F.png

Data: 12 de dezembro

Horário: 18h30

Espaços para Arquitetas é um ciclo de conversas com o intuito de falar sobre a situação das mulheres no âmbito da arquitetura. Martha Thorne, diretora executiva do Pritzker Architecture Prize e co-comissária deste ciclo, será a moderadora desta segunda sessão.

 

Uma sessão dirigida essencialmente a profissionais e estudantes do setor da construção e a grupos que geralmente trabalham com questões relacionadas com a mulher no trabalho, com o objetivo de assegurar que o talento e a excelência das mulheres arquitetas não se percam inutilmente.

 

Dar a conhecer a situação real das mulheres na arquitetura, dar visibilidade ao trabalho das mulheres e criar redes de contacto são apenas alguns propósitos que poderá descobrir ao marcar presença nesta sessão.

 

O debate contará como oradoras convidadas Malin Åberg-Wennerholm, arquiteta, diretora do departamento de arquitetura do Instituto Real de Tecnologia em Estocolmo e investigadora na área de igualdade de género na arquitetura e Odile Decq,arquiteta, urbanista, professora, fundadora e diretora do Confluence Institute e fundadora do Studio Odile Decq.

 

Entrada livre. Inscrição Obrigatória: aqui. Organização: Roca e Associação Mulheres na Arquitetural Colaboração: Roca Lisboa Gallery

O Roca Lisboa Gallery está de portas abertas para si. Está convidado para encerrar 2018 em grande!