Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

Ao showcooking e à magia junta-se a Fada dos Dentes e a música dos Cassette: Eis a melhor agenda para março

Noites mágicas, música, espetáculos infantis, workshops e showcookings entre janeiro e maio

 

MAR Shopping Food Experience 2020 Cartaz Workshop

15281 MAR Shopping Food Experience 2020 Cartaz Ger

 

A programação gratuita MAR Shopping Food Experience estende-se até maio contemplando atividades distintas, para todos os gostos e que por certo farão apurar os cinco sentidos. O mês de março inicia dia 7, às 14h00, com um showcooking apresentado por Joana Roque, que partilhará algumas das suas receitas com o público e os convidará a prová-las. Mas a programação preparada para o mês de março conta ainda com uma noite de magia, protagonizada por Nuno Rodrigues e ainda um espetáculo infantil “A Fada dos Dentes”, que irá transportar os mais pequenos para um mundo encantado. Para terminar o mês com muito ritmo, dando também as boas-vindas à primavera, tem lugar o concerto dos Cassette.

 

Com quatro livros de receitas editados: “Feito em Casa”, “Cozinhar, Celebrar e Partilhar”, “O que faço hoje para o jantar?” e “Receitas para todos os dias”, a autora do blogue “As Minhas Receitas", Joana Roque, traz um showcooking ao Espaço de Restauração do MAR Shopping Matosinhos, no primeiro sábado de março, dia 7,  às 14h00. A autora e blogger, que tem uma enorme paixão pela cozinha, convidará o público a discutir e a provar as suas ideias e conceitos culinários, num ambiente em que a descontração marcará presença.

 

A programação de março conta ainda com o espetáculo de magia de Nuno Rodrigues, um dos melhores mágicos nacionais, na sexta-feira, dia 13, às 21h00. No sábado, dia 21, às 14h30, surge “A Fada dos Dentes”, acompanhada do seu fiel amigo Duende, para muitas aventuras e trapalhadas, mas também com dicas sobre como é importante cuidar dos dentes. A última sexta-feira do mês tem na agenda o concerto dos Cassette, responsáveis pela banda sonora da noite de 27 de março, às 21h00.

 

A receita para experiências deliciosas está no MAR Shopping Matosinhos entre janeiro e maio. A diversão é o prato principal que as famílias irão querer provar e chorar por mais!

Enviamos, em anexo, o Press Release e os cartazes da iniciativa.

 

(Matosinhos) "Dominguinhos" Um presente para o Pai que vai ficar na memória

“Dominguinhos” de 15 de março são dedicados ao dia do Pai

 

Um presente para o pai QUE vai ficar na memória

Cartaz Dominguinhos 2020_março.jpg

 

 

 

O ateliê dos “Dominguinhos” programado para 15 de março será, como não podia deixar de ser, dedicado ao Dia em que celebramos ter um super-herói em casa: o Pai. Os mais novos terão a possibilidade de tirar uma fotografia com uma máquina polaroide que, depois de impressa, será adornada por uma criação muito especial! Fio de algodão, molas pequenas de madeira e canetas de cor serão disponibilizados para a produção de um suporte para moldura. Um presente original, realizado pelo melhor filho, para mais tarde recordar!

 

Os “Dominguinhos” são compostos por diferentes temáticas mensais e surgem da parceria com a Catavento, empresa da incubadora de indústrias criativas da Fundação de Serralves, que se dedica a projetos educativos. Aos domingos, entre as 11h00 e as 12h30, no corredor de Moda Infantil do MAR Shopping Matosinhos, Piso 0, acontece um leque de atividades gratuitas de lazer, numa simbiose perfeita de momentos alegres e educativos.

 

As manhãs didáticas e diferentes querem-se sobretudo divertidas e em família. A Preguiça, a mascote dos “Dominguinhos”, também não fica em casa… Espera todos os domingos de manhã por mais uma brincadeira para partilhar com os seus amiguinhos!

 

Escola das Artes: Diogo Evangelista faz visita guiada a exposição Blind Faith já em março

Escola das Artes_Exposição Blind Faith_Diogo Eva

 

 

 

Exposição: Blind Faith

Local: Sala de Exposições da Escola das Artes, Católica no Porto

Data: 10 de março

Hora: 18h00

 

Partir numa viagem a um mundo pseudo-histórico. Este é o ponto de partida para a visita guiada do artista plástico Diogo Evangelista a Blind Faith, que acontece já dia 10 de março, na Sala de Exposições da Escola das Artes. Com a presença do artista e do curador Nuno Crespo, esta visita visa a explanação de Blind Faith, uma obra que parte de uma narrativa de caráter surreal, à semelhança de um sonho e uma alucinação, e que procura materializar o sentimento de plenitude que antecede a desmaterialização de um corpo. A entrada é livre.

 

Blind Faith é composta por três momentos distintos, interligados entre si: uma instalação vídeo produzida exclusivamente em CGI, uma escultura de estética retrofuturista, inspirada nas portas-falsas do Antigo Egito construídas nos templos para permitir uma passagem livre da alma, e, ainda, uma pintura sobre plexiglass em forma de estrela pentagonal, que em muitas sociedades antigas e modernas simboliza os conceitos de transformação e renascimento e a relação entre os seres humanos e o universo. Destaque-se que a exposição poderá ser visitada até dia 30 de abril. Mais informação: https://bit.ly/3bTPcxv.

 

Blind Faith é o ponto de partida de workshop de animação e personagem

Tendo como ponto de partida a instalação que Diogo Evangelista produziu exclusivamente em CGI para Blind Faith, um conjunto de investigadores do Centro de Criatividade Digital da EA vai orientar um workshop de animação e personagem. A sessão – que decorrerá no dia 2 de abril, às 10h00 – visa, através de diversas atividades dinâmicas e técnicas didáticas, dar a oportunidade de experimentar e explorar o mundo dos efeitos visuais, passando pela criação e animação de personagens. A entrada é gratuita, mas carece de inscrição, disponível aqui.

QUEM PRECISA DE UM SUPER-HERÓI QUANDO TEM UM SUPER-PAI!

Os “Dominguinhos” de 15 de março vêm mesmo a tempo do dia do Pai!

 

image002.jpg

 

 

 

O dia do Pai é quando nós quisermos… pois claro! Mas uma coisa é certa..é sempre bom criar motivos especiais para celebrar e mimar quem mais gostamos! Com isso em mente, os “Dominguinhos” de 15 de março antecipam o dia do Pai (dia 19), no MAR Shopping Algarve, e oferecem um atelier de presentes originais, cheio de ideias para criar super-marcadores para o super-herói da família!

 

A programação dos “Dominguinhos” é semanal, com iniciativas gratuitas para preencher as manhãs de domingo das crianças que visitem a zona infantil interior do MAR Shopping Algarve, no piso 0, entre as 11h00 e as 12h00. Uma hora sempre diferente e mágica com espaço para a brincadeira e experiências pedagógicas, proporcionando momentos que as crianças vão recordar com entusiasmo, podendo repetir a experiência todos os domingos, ao longo do ano.

 

Vale da Amoreira: Oficina Som, Ritmo e Movimento no CEA

 

O Centro de Experimentação Artística, no Vale da Amoreira, recebe, no dia 27 de março, das 17:30h às 19:30h, a Oficina Som, Ritmo e Movimento, com Bruna de Carvalho, dirigida a maiores de 12 anos.

Nesta oficina, será trabalhado o cruzamento entre disciplinas, partindo da relação entre som, ritmo e movimento, em exercícios individuais e coletivos de expressão livre.

As inscrições são gratuitas e podem ser efetuadas até 20 de março, através do email cea@mail.cm-moita.pt

"Kumbha Mela - Desafio da existência" no Museu do Oriente

MUSEU DO ORIENTE

 

Conferência sobre o maior festival religioso do mundo

Os Saddhus-13_kMELA-min.jpg

 

A cada 12 anos, a Índia celebra aquela que é considerada a maior congregação religiosa do mundo, o festival Kumbha Mela que, na última edição, contou com a participação do fotógrafo Eduardo Leal e da antropóloga Dânia Rodrigues. No dia 15 de março, às 16.00, no Museu do Oriente, ambos partilham a sua experiência numa conferência de entrada gratuita.

 

Nos primeiros dois meses de 2019, por ocasião do Kumbha Mela, cerca de 120 milhões de peregrinos viajaram de todas as partes do subcontinente indiano até Prayagraj, o ponto onde se unem os rios Ganges, Yamuna, e o mítico Saraswati, para terem o privilégio de se banhar nas celestiais águas, num momento auspicioso ditado pelas estrelas.


Neste projecto, o fotógrafo documental Eduardo Leal e a investigadora Dânia Rodrigues apresentam o quotidiano vivido pelos milhões de devotos que participam neste vibrante fenómeno, com um especial enfoque nos saddhus, os homens santos indianos que renunciaram a todos os bens materiais na busca pela espiritualidade.

 

A originalidade deste trabalho encontra-se relacionada com a profunda relação que o fotógrafo estabeleceu com um destes indivíduos, Pranav Muni, um saddhu que renunciou à utilização da oralidade, e que se cobre de cinzas sagradas para melhor se concentrar sobre a impermanência da existência humana. Este laço permite um olhar sem precedentes para a vida íntima destas misteriosas personagens, concedendo um acesso privilegiado aos bastidores do festival, e à vibrante actividade que ocorre nas horas crepesculares no interior do recinto sagrado.

 

Eduardo Leal é fotógrafo documental no Sudoeste Asiático, focado principalmente em questões sociais, de género e ambientais. Formado em Jornalismo pela Escola Superior de Jornalismo do Porto, concluiu o mestrado em fotojornalismo e fotografia documental pela London College of Communication. O seu trabalho já recebeu diversos reconhecimentos como o Sony World Photo Awards, o Prémio Estação Imagem, o Picture of the Year Latin America, Lens Culture Earth Awards, Kuala Lumpur Photo Awards, entre outros. Reside actualmente em Macau e trabalha com publicações como The Washington Post, Time, Al Jazeera, Bloomberg, The Guardian, Dagens Nyheter, Courrier Internacional, Terra Mater Magazine, Revista Greenpeace, VQR ou British Journal of Photography.


Dânia Rodrigues possui formação na área da História e da Antropologia Cultural, após uma licenciatura em Arqueologia e História na Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, e um mestrado em Antropologia Cultural e Etnologia na Università degli Studi di Torino, em Itália. Especializou-se no estudo da religião do subcontinente indiano e da cultura do Sul e Sudeste Asiático, tendo publicado vários trabalhos académicos e divulgativos neste âmbito. Para aprofundar o conhecimento sobre estas realidades, habita desde 2015 em diversas partes desta região, recolhendo informação sobre as práticas e as crenças dos seus habitantes. O seu enfoque particular são os sistemas filosóficos, religiosos e antropológicos subjacentes a várias correntes hinduístas.

 

A entrada é gratuita, limitada à capacidade da sala (350 lugares). Os bilhetes podem ser levantados após as 10.00, no dia da conferência, no Museu do Oriente (máx. 2 por pessoa).


Conferência Kumbha Mela - Desafio da Existência

15 de Março, domingo

Auditório

16.00

Duração: 90', sem intervalo

Entrada gratuita, mediante levantamento de bilhete no próprio dia

 

 

www.museudooriente.pt

Open House Porto (OHP) dá as boas vindas à cidade da Maia

 

Na sua 6ª edição, o Open House Porto (OHP) dá as boas vindas à cidade da Maia, que assim se junta a Matosinhos, Porto e Vila Nova de Gaia para a grande festa anual da arquitetura organizada pela Casa da Arquitectura – Centro Português de Arquitectura. Para informar e orientar os visitantes estarão abertas, até 20 de abril, as candidaturas para o recrutamento de 400 voluntários

Depois do enorme sucesso da última edição, a mais visitada de sempre, que mobilizou 37 578 visitas aos 70 espaços que abriram portas gratuitamente em Matosinhos, Porto e Vila Nova de Gaia, o 6º Open House Porto (OHP) já tem data marcada e traz como grande novidade a integração do município da Maia. 

Nos dias 4 e 5 de julho, um conjunto de 75 espaços vai abrir as suas portas gratuitamente, mostrando a excelência do património arquitetónico das quatro cidades. 

Organizada e produzida em exclusivo pela Casa da Arquitectura (CA) - Centro Português de Arquitectura, com a parceria estratégica das Câmaras Municipais da Maia, Matosinhos (CMM), Porto (CMP) e Vila Nova de Gaia (CMVNG), o Open House Porto pretende continuar a afirmar-se como um dos momentos culturais mais significativos do ano.

Dia Mundial da Poesia celebrado na Biblioteca de Loulé com concerto literário

In Tento Trio.jpg.png

 

A Biblioteca Municipal Sophia de Mello Breyner Andresen, em Loulé, associa-se às comemorações do Dia Mundial da Poesia e, no dia 21 de março, pelas 21h00, irá receber no seu edifício principal um Concerto Literário com os In Tento Trio.

Trata-se de um concerto literário em que o agrupamento interpretará as bandas sonoras compostas para os trabalhos literários que Fernando Pessanha (diretor artístico) tem vindo a publicar ao longo dos últimos anos.

Para além da componente musical, o espetáculo conta com uma parte de declamação lírica e com a projeção de imagens e excertos relativos aos trabalhos literários abordados.

Destinado ao público em geral, trata-se de um evento de entrada livre.

Criada na 30ª Conferência Geral da UNESCO em 16 de novembro de 1999, esta efeméride comemora a diversidade do diálogo, a livre criação de ideias através das palavras, da criatividade e da inovação. O Dia Mundial da Poesia visa promover a leitura, escrita, publicação e ensino da poesia através do mundo.

 

CML/GAP /RP

Ações de Formação para a Comunidade

 

No âmbito do projeto Formação para a Comunidade estão abertas as inscrições para um conjunto de ações formativas. As propostas são diversas e permitem a frequência de ações acreditadas e gratuitas, como são os casos dos cursos “Técnico de Ação Educativa” e o “O Planeta e o Homem”.  

O Centro Nacional de Cibersegurança, o Instituto de Emprego e Formação Profissional, o Grupo Français Setúbal, o Grupo das Plantas, a Casa Agrícola Horácio Simões e a Associação de Idosos de Palmela são os parceiros que, juntamente com o Município de Palmela, promovem este ciclo bimestral de oferta formativa.

Em curso, estão as formações de cibersegurança para utilizadoras/es em regime e-learning, de escrita criativa e de ensino de português para franceses.

No âmbito da intervenção local, o projeto Formação para a Comunidade procura criar oportunidades e espaços de partilha de conhecimento e saberes entre a comunidade local.

Para conhecer os seus interesses e motivações neste processo de educação e formação ao longo da vida, seja como formador/a ou formando/a, a Câmara Municipal convida os/as interessados/as a preencher o questionário de levantamento de interesses, disponível no site do Município.

A sua participação permitirá à Câmara Municipal diagnosticar e programar a oferta formativa de forma mais adequada às necessidades locais.  

 

Até final de abril estão em agendadas as seguintes iniciativas:

9 março e 6 abril | 15h30 | Biblioteca Municipal de Palmela

Encontros para Pensar – Xadrez

Coordenação de Vítor Margarido

Org.: câmara Municipal de Palmela e formador

 

24 março (início) e terças 18h00-21h00

Biblioteca Municipal de Palmela

O Planeta e o Homem

Formação gratuita e acreditada com Alexandra Silva

Participantes: mín.17 | >18 anos

Org.: Câmara Municipal de Palmela e IEFP

 

14 março e 18 abril | 15h30

Casa Agrícola Horácio Simões

Conversas com Chá Pelo Grupo das Plantas, sob coordenação de Vítor Margarido

Org.: Câmara Municipal de Palmela, Grupo das Plantas e Casa Agrícola Horácio Simões

 

23 março a 13 abril (segundas) 18h00-21h00 Biblioteca Municipal de Palmela

Curso de Plantas e Óleos Naturais

Coordenação de Vítor Margarido

Valor: 10€ (inclui visita de estudo)

Org.: câmara Municipal de Palmela e Grupo das Plantas

 

A partir 6 abril (diário) | 12h00-18h00

Palmela Curso Técnico de Ação educativa

Formação gratuita e acreditada com  Elsa Ferreira e equipa

1200 horas | Participantes: mín.17 | >18 anos

Org.: Câmara Municipal de Palmela e IEFP

 

18 abril | 17h00-18h30 | Biblioteca Municipal de Palmela

O Valor do Processo Arte-Terapêutico com Filipa Santos

Info./insc.: insideout.filipa@gmail.com | 912 443 597

Org.: Câmara Municipal de Palmela e formadora

 

20 abril  (2ª feira das Merendas) | 15h00-17h00 | Parque Venâncio Ribeiro da Costa, Palmela

Visita ao Parque com identificação de plantas e desenho livre

Gratuito.

Org.: Câmara Municipal de Palmela e Grupo das Plantas

Esta semana no Museu Nacional da Música | Concertos: 10 - Solistas do Conservatório Nacional | 11 - Ciclo de jazz (estreia) | 12 - Recital de violino e piano | 13 de Março - Recital de fagote, violoncelo e piano

10 de Março, pelas 19h, #EntradaLivre
Ciclo do Conservatório Nacional no Museu Nacional da Música | Solistas

conservas.jpg

 

Solistas das classes de:
Guitarra portuguesa
Viola d'arco
Clarinete 
Trombone
 
Classe de professores Ricardo Gordo, Ricardo Mateus, Rui Martins e Ismael Santos
Pianistas: Ivan Kuznyetsov e Joana Barata
Participação especial da Classe de Iniciação de Guitarra Portuguesa
 
 
11 de Março, pelas 18h30 #EntradaLivre
Ciclo de Jazz | Novos Talentos Lusíada
A Universidade Lusíada tem o prazer de se associar ao Museu Nacional da Musica para, em conjunto, darem a conhecer alguns dos mais talentosos jovens músicos do nosso país, num ciclo de concertos com a curadoria da Licenciatura em Jazz e Música Moderna da Universidade Lusíada de Lisboa.

1º Concerto:
Eduardo Faustino: guitarra
Francisco Neves: guitarra
João Augusto: contrabaixo
Ana Seroto: bateria

Concertos:
1. Quarta-feira dia 11 de Março das 18,30 às 19,30
2. Quarta-feira dia 15 de Abril das 18,30 às 19,30
3. Sábado 16 de Maio, Noite dos Museus, horário a confirmar  

ciclo de jazz.jpg

12 de Março, pelas 19h#EntradaLivre
Recital de violino e piano | Catarina Afonso e Pedro Ramos

Pedro Ramos e Catarina Afonso.jpg

 

PROGRAMA

Sonata para violino nº2 em Lá maior, op.2 RV 32 de A. Vivaldi (1670-1741) (7')
I. Preludio
II. Corrente
II. Adagio
IV. Giga

Romance op.26 para violino de J. Svendsen (1840-1911)

Sonata para violino e piano nº1 em Sol maior, op.78 de J. Brahms (1833-1897) (30')
I. Vivace ma non troppo
II. Adagio
III. Allegro molto

Catarina Afonso | Violino
Começou a estudar violino com oito anos de idade na AMSC sob a orientação do Professor Álvaro Pinto, tendo prosseguido os seus estudos com a Professora Lígia Soares. Após concluir o curso complementar de violino ingressou na ESML na classe do Professor Gareguin Aroutiounian e, posteriormente, na classe do Professor Tiago Neto.
Já se apresentou a solo com orquestra ou com piano em locais como a Aula Magna da Universidade de Lisboa, CCB, Auditório Vianna da Motta e Palácio Foz, entre outros.
De 2008 a 2015 foi elemento efectivo da OSJ, onde desempenhou as funções de concertino substituto e auxiliar. Foi bolseira da fundação E.D.P./OSJ entre 2009 e 2011 e entre 2013 e 2015.
Em 2009 ganhou o 1º prémio no Concurso de Violino de Ourém e Fátima (Escalão D).
Entre 2014 e 2016 foi selecionada para participar no Estágio Gulbenkian para Orquestra, e ainda em 2015 no “ Verão Clássico- Academia Internacional de Música de Lisboa” e no “Atlantic Coast International Music Festival”. Em 2016 participou no programa de aperfeiçoamento para jovens músicos “Allegro com Brio”, organizado pela DGArtes.
Realizou masterclasses de violino com Roberto Valdés, Nuno Soares, Felix Andrievsky, Mariana Sirbu, Benjamin Schmid, Ana Beatriz Manzanilla, Augusto Trindade, David Lefèvre e de Música de Câmara com Artur Pizarro e o quarteto de cordas Radamés Gnattali.
Trabalhou com maestros como Juan Markl, Pedro Halffter, Andei Boreyko, Juraj Valcunha, J.M. Perez Sierra, Joana Carneiro, Pedro Neves, Vasco Pearce de Azevedo, Christopher Bochmann, Juan Jose Ocón e Nikolay Lalov.
Colaborou como reforço em diversas orquestras, tais como, a Orquestra de Câmara de Cascais e Oeiras, a Orquestra Sinfónica Portuguesa, a Orquestra Clássica do Sul e a Orquestra Sinfonietta de Lisboa.
Em 2016 concluiu o Mestrado em Estudos Orquestrais na Musikene (Centro Superior de Música del País Vasco) na classe do professor Aitzol Iturriagagoitia, tendo colaborado com a Orquestra Sinfónica de Euskadi.
Em 2018 terminou o Mestrado em Ensino da Música, na Escola Superior de Música de Lisboa.
É membro do Trevo Ensemble, professora de violino no Conservatório de Música de Cascais e reforço assíduo na Orquestra de Câmara de Cascais e Oeiras.


Pedro Ramos | Piano
Nascido em 1989, Pedro Ramos terminou o curso complementar de Formação Musical na AMSC. A sua formação continuou nos Estados Unidos, onde concluiu com distinção o curso de Classical Composition, na Manhattan School of Music, em Nova Iorque, em 2012.
Estudou Piano com a Professora Carla Seixas, a Professora Lisa Yui e o Professor Artur Pizarro. Teve Masterclasses com Ramzi Yassa, Solomon Mikowsky e Yoon Kyung Park. Para além de vários recitais a solo, também integra formações de câmara, como os Broadway Fellas, com Joe Coronado, um duo com o clarinetista António Saiote e o Trio Tarantella, com quem gravou um CD de Música Francesa, através do apoio da Fundação GDA. Actualmente, trabalha como pianista correpetidor com o Coro Gulbenkian e é membro do Trevo Ensemble.
Dirige regularmente os Lisboa a Cappella e trabalhou já como maestro assistente da OSJ, como maestro convidado da OCMC e como maestro titular da Orquestra da AML, da Orquestra da Broadway ao West End e da Orquestra de Antigos Alunos da AMSC.
No Canto, durante a sua formação actuou em vários coros, como o Coro Gulbenkian, o Coro do Teatro Nacional de São Carlos, o Manhattan School of Music Chamber Choir, os Upper West Sound e o Ensemble Vocal. Aquando do seu regresso a Portugal, teve aulas na EMCN, com a Professora Ana Paula Russo e fundou os Lisboa a Cappella, que dirige desde 2012. Participou por três vezes no SISCCC, como maestro e cantor.
No que respeita à Composição, as suas peças foram estreadas em Nova Iorque, Lisboa, Badajoz, Bruxelas e Amsterdão. Compõe para várias formações e em vários estilos, tendo já escrito para orquestras sinfónicas, como para publicidade.
Pedro Ramos é, desde Outubro de 2019, coordenador da Temporada Antena 2.  
_________________________________________________________________