Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

Alpinista João Garcia apresenta filme de superação no Mercado de Matosinhos - Festival Cinema Aventura - 13 de setembro às 16h30

image003.jpg

 

No dia 13 de setembro, o Festival de Cinema Aventura destaca a apresentação do filme “Thar-Ua” com João Garcia, a partir das 16h30. A palavra tibetana Thar-Ua significa “superada”, dando o nome ao documentário de João Garcia. Nesta história de superação, o alpinista português expõe os desafios de quatro atletas que tiveram que superar obstáculos impensáveis para se manterem vivos. Em “Thar-Ua”, João Garcia, Ferran Latorre, Alex Txikon e Nuria Dicks partem numa jornada emocional que os leva a enfrentar os seus medos, alegrias, sentimentos e pensamentos.

 

O Festival de Cinema Aventura é organizado pela Agência Nomad em parceria com Câmara Municipal de Matosinhos. Este evento tem entrada gratuita e terá lugar no Mercado Municipal de Matosinhos até 15 de setembro, onde serão exibidas mais de 20 curtas sobre histórias de aventura que têm o poder de inspirar, emocionar e provocar reflexão, procurando com isso fomentar algumas mudanças na comunidade e no mundo.

 

O programa do festival inclui conferências, exposições fotográficas, workshops e diversos painéis de debate.

 

Mercado de Matosinhos: R. França Júnior, 4450-718 Matosinhos

 

Programa SEXTA-FEIRA, 13 SETEMBRO

10H00 ( REALIDADE VIRTUAL )
FILME VR: FREE SOLO
MANIFESTO | EM CONTINUO DURANTE O DIA

15H00 - 16H00 ( APRESENTAÇÃO )
FJÄLLRÄVEN POLAR COM RICARDO CARVALHO
MANIFESTO | ENTRADA LIVRE

16H30 - 17H30 ( FILME )
EXIBIÇÃO "THAR-UA" COM JOÃO GARCIA
MANIFESTO | ENTRADA LIVRE

18H00 - 19H30 ( FILME )
ESTREIA DO FILME “MOUNTAIN OF STORMS”
NOMAD POP-UP | ENTRADA LIVRE

18H00 - 19H30 ( FESTA )
SURFRIDER FOUNDATION + MONSTER JINX
ESPLANADA MANIFESTO | ENTRADA LIVRE

18H30 - 19H30 ( PRÉMIO )
VOTAÇÃO DO PÚBLICO PARA O PRÉMIO THE NORTH FACE
ESPAÇO FUJIFILM | ENTRADA LIVRE

21H30 - 23H30 ( FILMES )
2ª SESSÃO DE CINEMA AVENTURA
MERCADO DE MATOSINHOS | ENTRADA LIVRE

Can't Ski Vegas
Joey Schusler - 22 min

Shaped by the Ocean
Alex Schuchmann - 5 min

People Water
Forest Woodward - 23 min

When We Were Knights
Anson Fogel - 12 min

The Line Between Good and Evil
Ben Clark - 14 min

Alcindo
Roger Serrasqueiro - 4 min

Cascadia
Danny Macaskil

"A Herdade" é o filme português candidato aos Óscares do próximo ano

A longa-metragem “A Herdade”, do realizador Tiago Guedes e do produtor Paulo Branco, foi o filme escolhido pelos membros da Academia Portuguesa de Cinema (APC), para representar Portugal nos Óscares 2020, na categoria de Melhor Filme Internacional.

Após a sua estreia mundial na competição oficial do 76.º Festival de Cinema de Veneza, onde o realizador Tiago Guedes foi distinguido com o Prémio Bisato d'Oro para Melhor Realização, o filme encontra-se agora no Festival de Toronto TIFF, marcando a primeira vez que um filme português é seleccionado para a secção Special Presentations do festival.

Com estreia em Portugal marcada para o dia 19 de setembro, "A Herdade" conta a saga de uma família portuguesa, proprietária de um dos maiores latifúndios da Europa, na margem sul do Rio Tejo, fazendo o retrato da vida histórica, política, social e financeira do nosso país, entre os anos 40 e os dias de hoje. Integram o elenco atores bem conhecidos do público português, como Albano Jerónimo, Sandra Faleiro, Miguel Borges e Victoria Guerra.

Para o Presidente da APC, Paulo Trancoso, “Nos últimos dois anos o cinema português tem vindo a afirmar-se no plano nacional e internacional, não só por manter uma presença constante e destacada em festivais de cinema onde Portugal não participava há vários anos, mas também pelo crescente número de espectadores que acorrem às salas para ver filmes portugueses” e prosseguiu “Este ano, até agora a produção nacional levou às salas cerca de 490 mil espectadores, um aumento impressionante face aos 145 mil espectadores contabilizados no mesmo período em 2018. Todos os filmes que estavam nomeados à candidatura de Portugal para os Óscares - "Raiva" de Sérgio Tréfaut, "Parque Mayer" de António-Pedro Vasconcelos e "Variações" de João Maia – são filmes que demonstram a vitalidade e diversidade inequívoca do cinema português

A 92.ª cerimónia de entrega dos Óscares decorrerá no dia 9 de fevereiro de 2020, no teatro Dolby, em Los Angeles. Durante o evento, a Academia Americana de Cinema distribuirá prémios em 24 categorias.

 

Sofia Escobar recebe prémio espanhol de Melhor Atriz Principal de Teatro

A protagonista d’O Fantasma da Ópera foi, no passado dia 5 de setembro, distinguida como Melhor Atriz Principal de Teatro, nos Premios del Público Broadway World Spain 2019.

image002.jpg

 

 

A cerimónia onde são galardoadas as melhores produções e profissionais de teatro musical com atuação em Madrid e Barcelona já conta com 9 edições, e tem como objetivo dar oportunidade aos apreciadores de teatro musical, produtores e artistas de poderem eleger as melhores produções e profissionais do teatro musical na última temporada.

 

Depois de ter sido distinguida pela sua performance e prestação demonstradas no musical El Médico, enquanto Mary Cullen, Sofia Escobar prepara-se agora para protagonizar Christine Daaé na estreia de um dos maiores musicais de todos os tempos em território nacional.

 

O Fantasma da Ópera, que vai chegar ao Porto e Lisboa este outono, conta a história de um músico talentoso mas que tem um segredo tenebroso e de uma jovem órfã a quem ele dá lições de canto durante a noite.

 

Para além de Sofia Escobar, a grandiosa produção, com mais de mais de 130 artistas em palco, vai contar também com a solista portuguesa Lara Martins (Carlotta). Fernando Fernandes e Bruno Almeida interpretarão o admirável Fantasma. De salientar que a produção possui um double cast, que alternará consoante a data do espetáculo.

 

Os bilhetes e o elenco completo já se encontram disponíveis em www.ticketline.pt e locais habituais.

 

 

Casting completo:

Sofia Escobar – Christine Daaé

Lara Martins – Carlotta

Fernando Fernandes – Fantasma

Bruno Almeida – Fantasma

Filipe de Moura – Raoul

David Ripado – Raoul

Ricardo Panela – Firmin

João Merino – Firmin  

Mário Redondo – André

Diogo Oliveira – André

Cátia Moreso – Madame Giry

Patricia Quinta – Madame Giry

Joana Amorim – Meg Giry

Ana Marta Kaufmann – Meg Giry

Alberto Sousa – Piangi  

Mário Gonçalves – Buquet

Rodrigo Rocha – Fire Marshal 1

Pedro Almeida – M.Reyer + Auctioneer + Chief Fire Officer

José Maria Moreira - Marksman

Hélia Castro – Cover Christine

Ana Cosme – Cover Carlota

Jorge Alves – Maestro

Sílvio Cortez – Maestro

António Vassalo Lourenço – Maestro

CAUM – Coro

Coro Feminino CVS – Coro

Vocal Art Ensemble – Coro

Lisboa Cantat – Coro Sinfónico

OFB – Orquestra

 

Datas confirmadas:

Coliseu do Porto – outubro:

18 – 21h30;

19 – 15h00; 21h30.

 

Campo Pequeno – novembro:

21 – 21h30;

22 – 21h30;

23 – 15h00; 21h30.

 

Preços

Preços compreendidos entre os 15€ e os 150€.

 

 

Goa revisitada no Museu do Oriente | Ciclo de cinema gratuito

Lady_of_Chandor.jpg.png

 

“Era uma vez em Goa: identidades e memórias no cinema” é a viagem cinematográfica que se inicia esta semana no Museu do Oriente, com a exibição de “Eternal Foreigner” (2003) e “Pátria Incerta” (2005), ambos no dia 4, e “A Dama de Chandor” (1998), no dia 8, revisitando este território através de olhares contemporâneos e documentais. A entrada é gratuita.

 

“Eternal Foreigner” (2003), de Paula Albuquerque, é um documentário pessoal que retrata os encontros da realizadora com várias pessoas relacionadas com o passado da sua família e que a levaram a descobrir surpreendentes aspectos da sua identidade cultural e emocional, linhas de fuga que ainda hoje influenciam o seu trabalho.

 

No mesmo dia é exibido “Pátria Incerta” (2005), de Inês Gonçalves e Vasco Pimentel, um filme que olha para o génio que o povo colonizado revela, ao produzir uma síntese civilizacional própria.

 

“A Dama de Chandor” (1998), de Catarina Mourão, é o filme em destaque no dia 8 de Setembro. De acordo com a sinopse, “três décadas passadas sobre a integração de Goa na União Indiana, e sobre a sua libertação face ao poder colonial português, este Estado indiano surpreende por nele coexistirem culturas diversas e uma sociedade que se encontra estranhamente cristalizada no tempo. O filme retrata a história de Aida, a ‘Dama de Chandor’, que tenta, a todo o custo, preservar a casa onde vive, símbolo visível e palpável da sua identidade que ela sente ameaçada”.

 

Ciclo de Cinema

“Era uma vez em Goa: identidades e memórias no cinema”
4, 8, 13, 18, 22, 27 e 29 Setembro
Auditório e Sala Beijing

18h00
Entrada Gratuita, mediante levantamento prévio de bilhete

Comissária: Maria do Carmo Piçarra

 

Programa

 

4 Setembro

Eternal Foreigner

De Paula Albuquerque

2003 |Duração 28’ | Sala Beijing | Língua original Português (com legendas em Inglês)

Pátria Incerta

De Inês Gonçalves, Vasco Pimentel

2005 |Duração 52’ | Língua original português (com legendas em inglês)

 

8 Setembro

A Dama de Chandor

De Catarina Mourão

1998 |Duração 93’ | Auditório | Língua original: Português

 

www.museudooriente.pt

Cinema infantil para ver nas tardes de sábado na Biblioteca Municipal de Palmela

Biblioteca de Palmela.jpg

 

Para animar as tardes de sábado dos mais novos durante o mês de agosto, a Câmara Municipal de Palmela proporciona três sessões de cinema infantil na Biblioteca Municipal de Palmela, com entrada livre. As sessões, para maiores de 6 anos e com áudio em português, decorrem na Sala Infantil/Juvenil, sempre a partir das 16h00.

A primeira proposta, no dia 3, é “Minúsculos: o Vale das Formigas”, um filme de animação de 2013, para toda a família, escrito e realizado por Hélène Giraud e Thomas Szabo, com 89 minutos de duração.

“James e o pêssego gigante”, um filme de animação de 1996, com 79 minutos de duração e realizado por Henry Selick, é exibido no dia 17.

No dia 31, os mais novos vão ainda poder assistir a “Scooby-Doo e o fantasma da ópera”. Dirigido por Victor Cook, o filme de animação/aventura/família é de 2013 e tem 75 minutos de duração.

 

 

 

Casa das Artes: Ciclo de Cinema ao Ar Livre

image006.jpg

 

 

Organizado pelo Cineclube do Porto em parceria com a Direção Regional de Cultura do Norte, o Ciclo de Cinema ao Ar Livre «As Noites de Boris» decorre, este ano, pela primeira vez, nos jardins da Casa das Artes, no Porto.

O Ciclo decorre todas as quartas-feiras ao longo do mês de agosto (dias 7, 14, 21 e 28), sempre às 22 horas, com entrada livre.

«As Noites de Boris» – Ciclo de Cinema ao Ar Livre nasceu em 2016, numa iniciativa do Cineclube do Porto, o mais antigo da Península Ibérica e um dos mais antigos da Europa, que continua a marcar o panorama cinematográfico da cidade do Porto, com programação mensal regular na Casa das Artes.

A parceria estabelecida, este ano, para acolher o Ciclo de Cinema ao Ar Livre é, assim, uma natural sequência do trabalho que tem vindo a ser desenvolvido ao longo dos últimos anos entre a Direção Regional de Cultura do Norte e o Cineclube do Porto.

A programação abre, dia 7, com o Best of Curtas, uma seleção das melhores obras exibidas na 27ª edição do Festival Internacional de Cinema de Vila do Conde.       

Na semana seguinte, dia 14, serão exibidas algumas curtas-metragens de realizadores com ligações ao Porto, destacando-se a estreia, na cidade, do filme Flutuar do portuense Artur Serra Araújo.              

No dia 21, será a vez do BEAST WARM UP, uma antevisão do Festival de Cinema da Europa de Leste que se realizará de 28 de setembro a 6 de outubro.

No dia 28, a programação está entregue à Casa da Animação com destaque, claro, para o cinema de animação.

 

Filmes de Bollywood para ver no Museu do Oriente | Ciclo de cinema gratuito

sonamkapoor.jpg

 

O Museu do Oriente dedica os domingos de Agosto ao cinema de Bollywood, com a exibição de quatro filmes representativos da indústria cinematográfica indiana contemporânea, nos dias 4, 11, 18 e 25, às 18h00. A entrada é gratuita.

 

“Jolly LLB” (2013), de Subhash Kapoor, dá início a este ciclo no dia 4 de Agosto. O filme tem como protagonista Jagdish Tyagi, conhecido como Jolly, um advogado a tentar fazer carreira, mas sem grande sucesso. Até que reabre um controverso caso de atropelamento e fuga, no qual irá defrontar o seu ídolo, Tejinder Rajpal, um destacado criminalista, expondo no processo a corrupção policial e judicial. “Jolly LLB” conquistou o prémio de Melhor Longa Metragem em Hindi, nos National Film Awards da Índia e, o actor Saurabh Shukla, no papel de Juiz Sunderlal Tripathi, arrecadou o prémio para Melhor Actor Secundário.

 

Segue-se, a 11 de Agosto, “Bhaag Milkha Bhaag” (2013) [Corre, Milkha, Corre], de Rakesh Omprakash Mehra. Este filme biográfico conta a história do "Sikh Voador" - Milkha Singh -, campeão mundial de corrida e participante nas Olimpíadas, que superou uma vida atribulada, marcada pela tragédia durante a partição da Índia, para se tornar um dos mais emblemáticos atletas indianos. Baseado na biografia "A Corrida da Minha Vida", de Milkha Singh e Sonia Sanwalka, esta longa-metragem arrecadou vários prémios, nomeadamente de Melhor Filme, Melhor Realizador e Melhor Actor (Frahan Akhtar) nos Filmfare Awards de 2014, Melhor Filme Popular no National Film Award e, Melhor Filme nos IIFA Awards.

 

“Prem Ratan Dhan Payo” (2015) [Encontrei um tesouro chamado Amor] é o filme em destaque no domingo, 18 de Agosto. Este típico romance de Bollywood, marcado por peripécias e desencontros, começa com uma tentativa de assassinato perpetrada pelo meio-irmão de Yuvraj Vijay Singh, o príncipe de Pritampur, mesmo antes da sua coroação, deixando-o em coma. O príncipe é então escondido pelos seus súbitos fiéis que, entrementes, encontram Prem Dilwale, que se assemelha muito ao príncipe, e a quem é pedido que tome o lugar deste até à sua recuperação. Mas, como tantas vezes acontece, o amor surge para perturbar até os planos mais bem traçados. Destaque para a prestação do actor Salman Khan, que se desdobra num papel duplo.

 

O ciclo Filmes de Bollywood termina a 25 de Agosto com “Stanley Ka Dabba” (2011) [A Lancheira do Stanley], de Amole Gupte. Stanley é o rapaz mais popular da 4ª classe. Os seus amigos querem-no constantemente por perto e partilham os seus almoços com ele de forma entusiástica, uma vez que não traz almoço de casa. O seu pior pesadelo é o professor de Hindi, o Sr. Verma, um glutão compulsivo que está sempre de olho nas lancheiras dos alunos. Um dia, por despeito, o Sr. Verma proíbe Stanley de entrar na escola a menos que traga a sua própria lancheira. É a partir deste incidente e do seu impacto em Stanely, nos seus amigos e professores, que se desenrola este filme comovedor e emocionante. A personagem de Stanley é desempenhada pelo filho do realizador, Partho Gupte, cuja interpretação lhe valeu o prémio de Melhor Actor no Schlingel International Film Festival, em Chemnitz, Alemanha.

 

Este ciclo de cinema é co-organizado pela Fundação Oriente e a Embaixada da Índia. Todos os filmes são legendados em português.

 

Filmes de Bollywood

Ciclo de Cinema

4, 11, 18 e 25 de Agosto

18h00

Entrada gratuita, mediante levantamento do bilhete no próprio dia

Filmes legendados em português

Classificação etária M/12 anos

Co-organização: Embaixada da Índia

 

Programa

 

4 Agosto

Jolly LLB

De Subhash Kapoor

2013 | Duração 2h10 m | Língua original Hindi

Elenco Arshad Warsi, Boman Irani, Amrita Rao, Saurabh Shukla | Música Original Krsna

Trailer:

 

11 Agosto

Bhaag Milkha Bhaag

[Corre, Milkha, Corre]

De Rakesh Omprakash Mehra

2013 |Duração 3h09 m | Língua original Hindi

Elenco Farhan Akhtr, Sonam Kapoor, Art Malik | Música Original Shankar-Ehsan-Loy

Trailer: https://www.youtube.com/watch?v=u71swQ4ksgI

 

18 Agosto

Prem Ratan Dhan Payo

[Encontrei um tesouro chamado Amor]

De Sooraj R. Barjatya

2015 |Duração 2h51m | Língua original Hindi

Elenco Salman Khan, Sonam Kapoor, Neil Nitin Mukesh, Anupam Kher | Música Original Himesh Reshammiya

Trailer: https://www.youtube.com/watch?v=Vd4iNPuRlx4

 

25 Agosto

Stanley ka dabba

[A Lancheira do Stanley]

De Amole Gupte

2011 | Duração 1h36 m | Língua original Hindi

Elenco Partho Gupte, Divya Dutta, Amol Gupte, Aman Verma | Música Original  Hitesh Sonik, Amol Gupte

Trailer: https://www.youtube.com/watch?v=Fj1JewyRE4c

 

Pesadelo no MNAA com o MOTELX | Curtas Internacionais Anunciadas

Pela primeira vez, o Museu Nacional de Arte Antiga abre portas à meia-noite para receber o MOTELX

 

***

É à meia-noite e com uma descida aos infernos da colecção do Museu Nacional de Arte Antiga que tudo começa na 13.ª edição do MOTELX. Antes de tomar de assalto o Cinema São Jorge entre 10 e 15 de Setembro, o Festival Internacional de Cinema de Terror de Lisboa arranca em modo Warm-Up a 5 de Setembro com uma visita nocturna inédita às obras mais desconcertantes do MNAA. Já é também conhecida a programação da secção de curtas internacionais do Festival.

***

31 desconhecidos encontram-se à meia-noite na penumbra de um vasto museu para explorar arte macabra. Podia ser o princípio de um filme de terror mas é mesmo o início da 13.ª edição do MOTELX, que em parceria com o Museu Nacional de Arte Antiga (MNAA) oferece a 31 participantes uma experiência única na noite de 5 para 6 de Setembro.

Que demónios assombram as Tentações de Santo Antão de Bosch ou o Inferno que um mestre português desconhecido pintou no século XVI? Que forças regem Salomé com a Cabeça de São João Batista de Cranach? “Pesadelo no Museu” irá percorrer algumas das obras mais impactantes da coleção do MNAA à luz da sua relação com o imaginário do terror e do fantástico. Os interessados deverão inscrever-se através do email inscricoes@motelx.org a partir das 9h00 desta Sexta-feira, 2 de Agosto. A entrada é gratuita mas restrita a maiores de 18 e só para os primeiros 31 a responder (uma inscrição por email).

E se a noite é dos adultos, a parceria MOTELX/MNAA garante também um dia em cheio para os miúdos com “Criaturas à espreita”, uma visita-jogo ao Museu para 13 crianças com idades entre os 6 e os 12 anos (15 de Setembro, 11h30). Parte da programação Lobo Mau, esta é uma das actividades que integram a grande festa para os mais pequenos que o MOTELX está a preparar para a última manhã do Festival. A diversão estende-se ao Cinema São Jorge com o ateliê de figuras de luz “Maria Brinca à Sombra” e um peddy paper (sessões às 10h30 e 12h, 15 de Setembro). As marcações devem ser feitas também através do email inscricoes@motelx.org.

Curtas internacionais no MOTELX

Depois de a 16 de Julho terem sido reveladas as curtas em competição para o Prémio MOTELX – Melhor Curta de Terror Portuguesa 2019, destaque agora para a secção que apresenta as melhores curtas internacionais de terror de 2018 e 2019. São 24 propostas de países como Tailândia, Itália, Espanha, EUA, França, Reino Unido, Canadá ou Nova Zelândia, para ver antes das longas-metragens ou nas famosas “Curtas ao Almoço”.

Entre as curtas mais antecipadas estão “The Haunted Swordsman”, épico de animação com fantoches samurai do veterano dos efeitos especiais Kevin McTurk (VFX “Parque Jurássico”, “Hellboy”, “Stranger Things”), e “Aquarium”, thriller de Lorenzo Puntoni sobre um massacre numa piscina pública que já foi visto em mais de 40 festivais. A causar sensação no circuito internacional tem estado também T.J. Yoshizaki com “Hot Dog”, história experimental sobre uma mulher-polícia de Los Angeles que tem um confronto fatal com um vendedor de cachorros-quentes.

A secção apresenta ainda fora de competição três curtas de realizadores portugueses, servindo artistas psicopatas em “Dessert” (Martim David Gomes), rituais de passagem em “Nojo” (Pedro Mira) e vampiros haitianos em “Look No Further” (André Marques). Outros destaques incluem “The Desecrated”, do criador da série “Ghost Whisperer” (John Gray); “The Procedure 2”, sequela da curta sensação do MOTELX 2016; o surrealismo sci-fi de “Your Last Day on Earth” (Marc Martínez Jordan); e as comédias negras “O.I.” (N’cee van Heerden) e “Possessions” (Zeke Farrow), falso documentário sobre um homem que decide vender todos os seus pertences, incluindo um pedaço do muro de Berlim que está amaldiçoado.

Os horários das sessões serão anunciados na segunda quinzena de Agosto, juntamente com a programação completa do Festival. De recordar que entre as novidades já anunciadas para esta edição está a presença do realizador de “Hereditário” e “Midsommar”, Ari Aster, e sessões especiais para comemorar os 40 anos de “Alien” e a primeira Sexta-feira 13 em 13 anos de MOTELX. O Warm-Up do Festival decorre entre os dias 5 e 7 de Setemb

“Vamos fazer um filminho?": Oficina para os mais novos em Sarilhos Pequenos

CARTAZ.jpg

 

No âmbito do programa “Cultura em Movimento”, a Associação Naval Sarilhense, em Sarilhos Pequenos, recebe, a 23 de agosto, das 15:30h às 17:30h, a Oficina de Cinema de Animação “Vamos fazer um Filminho”? Oficina de Stop Motion”, dirigida a crianças dos 7 aos 12 anos, com lotação de 15 participantes. As inscrições podem ser efetuadas de 5 a 16 de agosto, nas Bibliotecas Municipais e na União de Freguesias de Sarilhos Pequenos e Gaio-Rosário (no horário de funcionamento de cada equipamento).

Nesta oficina, as crianças vão aprender a fazer uma pequena curta-metragem através da técnica do stop motion. Os participantes aprendem todo o processo, desde a elaboração de curtas histórias, com personagens e cenários confecionados em plasticina, até à captura e animação das fotografias em software específico no computador.

No mesmo dia, 23 de agosto, às 22:00h, no Largo 5 de outubro, em Sarilhos Pequenos, na iniciativa “Cinema ao Ar Livre - Filminhos Infantis”, pela Zero em Comportamento, vão poder ser visualizados os pequenos filmes feitos pelas crianças com a técnica de stop motion na oficina de cinema. Esta iniciativa, dirigida a todas as faixas etárias, inclui também um programa de curtas metragens, de animação e não só, com muita diversão à mistura.

 

O programa “Cultura em Movimento” pode ser consultado em www.cm-moita.pt.

Filmes de Bollywood no Museu do Oriente | Gratuito

image002.jpg

 

 

Os Filmes de Bollywood continuam em exibição no Museu do Oriente nos próximos domingos, dias 18 e 25 de Agosto, às 18h00, com o romance “Prem Ratan Dhan Payo” (2015) [Encontrei um tesouro chamado Amor] e o drama “Stanley Ka Dabba” (2011) [A Lancheira de Stanley], em sessões de entrada gratuita.

 

“Prem Ratan Dhan Payo” (2015) [Encontrei um tesouro chamado Amor] é o típico romance de Bollywood, marcado por peripécias e desencontros. A história começa com uma tentativa de assassinato perpetrada pelo meio-irmão de Yuvraj Vijay Singh, o príncipe de Pritampur, mesmo antes da sua coroação, deixando-o em coma. O príncipe é então escondido pelos seus súbditos fiéis que, entrementes, encontram Prem Dilwale, que se assemelha muito ao príncipe, e a quem é pedido que tome o lugar deste até à sua recuperação. Mas, como tantas vezes acontece, o amor surge para perturbar até os planos mais bem traçados. Destaque para a prestação do actor Salman Khan, que se desdobra num papel duplo.

 

A encerrar este ciclo de cinema, “Stanley Ka Dabba” (2011) [A Lancheira de Stanley], de Amole Gupte, conta a história de Stanley, o rapaz mais popular da 4ª classe. Os seus amigos querem-no constantemente por perto e partilham os seus almoços com ele de forma entusiástica, uma vez que não traz almoço de casa. O seu pior pesadelo é o professor de Hindi, o Sr. Verma, um glutão compulsivo que está sempre de olho nas lancheiras dos alunos. Um dia, por despeito, o Sr. Verma proíbe Stanley de entrar na escola a menos que traga a sua própria lancheira. É a partir deste incidente e do seu impacto em Stanley, nos seus amigos e professores, que se desenrola este filme comovedor e emocionante. A personagem de Stanley é desempenhada pelo filho do realizador, Partho Gupte, cuja interpretação lhe valeu o prémio de Melhor Actor no Schlingel International Film Festival, em Chemnitz, Alemanha.

 

Filmes de Bollywood é co-organizado pela Fundação Oriente e a Embaixada da Índia. Todos os filmes são legendados em inglês.

 

Filmes de Bollywood - Ciclo de Cinema

18 e 25 de Agosto

18h00

Entrada gratuita, mediante levantamento do bilhete no próprio dia

Filmes legendados em inglês

Classificação etária M/12 anos

Co-organização: Embaixada da Índia

 

Programa

 

18 Agosto

Prem Ratan Dhan Payo

[Encontrei um tesouro chamado Amor]

De Sooraj R. Barjatya

2015 |Duração 2h51m | Língua original Hindi

Elenco Salman Khan, Sonam Kapoor, Neil Nitin Mukesh, Anupam Kher | Música Original Himesh Reshammiya

Trailer: https://www.youtube.com/watch?v=Vd4iNPuRlx4

 

25 Agosto

Stanley ka dabba

[A Lancheira de Stanley]

De Amole Gupte

2011 | Duração 1h36 m | Língua original Hindi

Elenco Partho Gupte, Divya Dutta, Amol Gupte, Aman Verma | Música Original  Hitesh Sonik, Amol Gupte

Trailer: https://www.youtube.com/watch?v=Fj1JewyRE4c

 

www.museudooriente.pt