Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

“Avós em Festa” - Atividades intergeracionais no Dia dos Avós

Dia dos Avós.jpg

 

Poceirão recebe, este ano, a iniciativa “Avós em Festa”, através da qual a Câmara Municipal de Palmela e os parceiros comemoram o Dia dos Avós (26 de julho). O programa, a decorrer ao longo do dia 26, no Jardim “Ferreira da Costa” e no Centro Cultural de Poceirão e dirigido à população de idade maior, crianças e jovens, integra várias atividades intergeracionais, desafiando à partilha de memórias e afetos, ao diálogo, criatividade e aprendizagens mútuas entre gerações.

Uma Aula Aberta de Ginástica, uma conversa sobre “Brinquedos e Brincadeiras, Usos e Costumes Sustentáveis”, jogos tradicionais variados e Danças Tradicionais do Mundo são algumas das propostas, para além de outras surpresas. Destaque, ainda, para a Exposição “Brinquedos: Mobilidade Móvel”, patente no Centro Cultural de Poceirão, para a Instalação de Rua “Reciclar para Decorar”, no Jardim “Ferreira da Costa”, e para o Laboratório de Criação em Dança Contemporânea Wave Dance Lab +55 Anos, integrado no microFIAR.

Todas as atividades são de entrada livre, mediante inscrição, até 23 de julho, através do telefone 212 336 606, e contam com transporte assegurado pelo Município. A organização é da Câmara Municipal, em parceria com a Associação de Artes de Poceirão, Palmela Desporto, E.M., União das Freguesias de Poceirão e Marateca e Centro Social de Palmela - A Cegonha.

O “Avós em Festa” integra a operação PRIA - Percursos em Rede para a Inclusão Ativa, uma estratégia intermunicipal, que pretende dar resposta às necessidades dos Municípios do Território Arrábida (Palmela, Setúbal e Sesimbra) para a população de idade maior.

Programa

10h00 | Jardim “Ferreira da Costa”, Poceirão

Boas vindas

10h10-10h55 | Jardim “Ferreira da Costa”, Poceirão

Aula Aberta de Ginástica

“50+ Programa de Exercício”, Palmela Desporto, E.M.

11h10-12h10 | Auditório do Centro Cultural de Poceirão

Notas Soltas: “Brinquedos e Brincadeiras, Usos e Costumes Sustentáveis”

Com Hélder Martins, colecionador, e Fátima Lourenço, artesã

Conversa entre gerações acerca das memórias das brincadeiras de infância e de alguns hábitos e costumes, numa época em que ainda não havia plástico ou computadores, em que muitas das brincadeiras estavam ligadas às estações, ao estado do chão, em harmonia com a natureza; em que as avós aproveitavam restos de tecidos, retalhos de roupas já sem uso, demorando-se ao serão a combinar cores e texturas, num jogo de criatividade e paciência.

12h15

Almoço Entre Gerações Tem +sabor

14h00-15h15 | Pátio e Sala 1 e 2 do Centro Cultural de Poceirão

Bowling de Bolas de Trapos e Latas

Jogos de Mesa

Jogos Tradicionais

Jogo da Sustentabilidade “As Metas do Planeta”

Oficina de Costura Criativa (A)Linhas

Pela Associação de Artes de Poceirão

Reutilização de tecidos, linhas e lãs, para realizar/decorar “bolas de trapos” e sacos de pano/“talegos”, entre memórias e muita imaginação.

15h30-17h00 | Auditório do Centro Cultural de Poceirão

Convivências - Danças Tradicionais do Mundo

Com Leónia Oliveira

Dançamos as memórias das histórias dos povos, vivências coletivas e individuais que falam de diversidade, respeito e sustentabilidade.

Outros destaques

 

Desde 12 julho | Jardim “Ferreira da Costa”, Poceirão

Instalação de Rua “Reciclar para Decorar”

Onde as árvores ganham de novo um colorido

Org.: Associação das Artes de Poceirão

24 e 25 julho | 14h00-18h00

26 julho | 11h00-19h00 (laboratório de criação coreográfica)

26 julho | 21h30 (apresentação pública)

Cineteatro S. João, Palmela

Wave Dance Lab +55 Anos

De Rafael Alvarez (laboratório de criação coreográfica para maiores de 55 anos/espetáculo)

Depois da edição Paris/Lisboa, intérpretes de mais idade de Palmela e de Lisboa vão estar juntos para dançar e mergulhar na “Grande Onda” de Hokusai e nos seus mundos flutuantes. Uma viagem invisível ao Japão, através do diálogo silencioso entre Corpo, Papel, Luz e Sombra.

Entrada gratuita

Info./insc.: www.facebook.com/artenaviladepalmela | fiar.comunicacao@gmail.com | 964 291 390

Org.: FIAR/Centro de Artes de Rua

Apoio: Câmara Municipal Palmela, República Portuguesa - Cultura/Direção-Geral das Artes e Casa de Atalaia

26 julho | Foyer do Centro Cultural de Poceirão

Exposição “Brinquedos: Mobilidade Móvel”

Do colecionador Hélder Martins

Org.: Câmara Municipal de Palmela e Hélder Martins

Transporte para dia 26 de julho

8h00 | Bairro Alentejano (junto à Sociedade Recreativa e Cultural do Povo do Bairro Alentejano)

8h20 | Cabanas (do lado oposto à igreja)

8h30 | Quinta do Anjo (junto ao Centro Social de Quinta Anjo)

8h40 | Palmela (junto ao Restaurante “Retiro Azul”)

8h45 | Pinhal Novo (Pinheirinhos)

9h20 | Águas de Moura (junto à farmácia)

 

Raquel Tavares anima Feira de Sant’Iago

Evento com mais de quatro séculos arranca este sábado. Raquel Tavares anima noite de 23.

É já este sábado que começa mais uma edição da Feira de Sant’Iago, em Setúbal. O certame, que tem uma história com mais de quatro séculos, é já uma paragem obrigatória para os amantes das festas de verão.

Ao longo de duas semanas, os portugueses podem assistir a 32 concertos, showcookings com chefs nacionais e internacionais, provas de vinhos, exposições de automóveis, um espaço dedicado à tecnologia e uma feira de artesanato. Destaque também para a roda gigante, a quinta pedagógica, o super slide, uma zona de adoção de animais, picadeiro, pista de BMX, experiências interativas e feira do livro.

No dia 23, Raquel Tavares é a grande cabeça de cartaz. A artista, considerada uma das mais importantes e consistentes vozes do Fado contemporâneo, promete encantar o público com o seu incrível timbre e genuinidade. A assistir à sua performance terá na primeira fila os amigos Hêrnani Carvalho e Rita, Dr. Pedro Ferreira Lopes, Dr. Ricardo Serrano Vieira e Filipa, Cleo Malulo e Sara Esteves Cardoso.

5ae8d31c-3b35-406f-958a-21750015a545.jpg

 

 

A Feira de Sant’Iago começa no dia 20 de julho e vai até 4 de agosto. O recinto funciona de segunda a quinta-feira, das 18h00 à uma da manhã, sexta-feira, entre as 18h00 e as duas da manhã, sábado, das 16h00 às duas da manhã e domingo, das 16h00 à uma da manhã. A entrada é livre.

Website: https://www.feiradesantiago.pt/inicio

Festa da Freguesia de Vale da Pinta este Fim de Semana

Cartaz Geral.jpg

Numa iniciativa que acreditamos nunca antes vista, as associações de Vale da Pinta estão todas unidas em redor de um propósito comum: o de promover o desenvolvimento social, desportivo e cultural de Vale da Pinta.
Para tal, uniram-se a Sociedade Cultural e Recreativa de Vale da Pinta, a União Desportiva e Recreativa de Vale da Pinta, o Rancho Folclórico de Vale da Pinta, o Centro Social e Paroquial de Vale da Pinta, a Área de Serviço – Associação de Criação Artística e a Escola Básica do 1.º ciclo de Vale da Pinta, para que juntos possam dinamizar algumas actividades nesta vila.
É já este fim de semana, nos dias 20 e 21 de Julho: a celebração do Dia da Freguesia de Vale da Pinta, tradição que se perdeu nos últimos anos, mas que fazia parte do calendário celebrações de Vale da Pinta.
Entre as diversas actividades a terem lugar nos dois dias estão: um jogo de futebol Solteiros contra Casados, um baile com a Banda da Sociedade Cultural e Recreativa de Vale da Pinta, o jogo do chinquilho e outros jogos tradicionais, uma actuação do Rancho Folclórico de Vale da Pinta, uma demonstração da escola de Karaté da Amicale Karaté Vale da Pinta, uma aula de Zumba, a participação do Coro da SCRVP, da Orquestra Sénior do Centro Social, dos alunos da Escola de Música da SCRVP, um momento de Kizomba e ainda um workshop de costura, uma exposição fotográfica, e mais que poderão ver no cartaz. 

Claro que não vai poder faltar uma esplanada com boa comida e muito com que molhar a garganta.
Contamos com a vossa visita e participação. Este é um evento para todos os valdapintenses e para todos os amigos que nos queiram visitar, apoiando assim este esforço conjunto das associações e entidades que dão vida a esta terra.
 

Festas tradicionais regressam a Vila Franca de Xira com homenagem ao campino, José Joaquim da Silva

As ruas da cidade de Vila Franca de Xira vão ser palco de mais uma edição de uma das maiores festas da Região durante os próximos dias 5, 6 e 7 de julho, a que se junta uma homenagem ao Campino, José Joaquim da Silva.

 

image002.png

 

Estão de regresso as tradicionais Festas do Colete Encarnado que pretendem celebrar a figura ímpar do Campino e reforçar as tradições ligadas ao campo. São 87 anos de um evento que homenageia os campinos, toiros, cavalos, e a cultura ribatejana no seu todo.

O programa conta com largadas de toiros, desfile de campinos e cavaleiros, tertúlias, e uma corrida de toiros na praça de Vila Franca de Xira. As ruas e palcos da cidade também prometem muita animação. Joaquim Rodrigues da Silva, conhecido por “Mimoso”, será o grande homenageado como campino de 2019.

A música também estará presente na Avenida Pedro Vítor com a banda Resistência, seguida de uma Festa da M80, El Amir – Flamenco, R.A.Y.A., Los Cavakitos, e a Orquestra Ligeira do Exército.

Promovido pela Câmara Municipal de Vila Franca de Xira, as Festas do Colete Encarnado contarão com cerca de 250 mil visitantes, esperando-se uma maior afluência na sexta-feira e sábado.

A programação completa pode ser consultada em https://www.cm-vfxira.pt.

Da mistura e união se faz o branco em Guimarães (6 julho)

f5d1b20d0c14de4271000.jpg

 

A luz branca resulta da mistura de uma diversidade de outras cores, ou mesmo de todas as cores. Uma luz com uma cor que tem em si todas as outras. Uma luz que a todos une, inclusive a todas as cores. E é a todos e aos mais diversos públicos que esta noite chama. Para que o branco percorra literalmente as artérias do centro de Guimarães rumo a uma noite embalada por (também) variados géneros de música. E porque também de diversidade se fazem os museus – estes lugares onde também cabem todas as luzes –, o Centro Internacional das Artes José de Guimarães, o Museu da Sociedade Martins Sarmento e o Museu de Alberto Sampaio associam-se a esta Noite Branca, abrindo as suas portas até à meia-noite e oferecendo uma oportunidade para o mar branco percorrer também as suas salas e corredores, como quem diz, para que todos possam visitar as suas exposições. A(s) luz(es) e as cores confluem assim em Guimarães a 6 de julho, formando um vasto mar branco que percorre as ruas da cidade berço. Resta dizer: luz, branco, animação!
 
Este sábado, 6 de julho, a partir das 20h30, as luzes propagam-se pelas ruas de Guimarães, formando o branco que preencherá o centro da cidade berço numa noite repleta de alegria e boa disposição. E, deste modo, Guimarães volta a transformar-se num enorme palco branco com música para todos os gostos e muita diversão. A Noite Branca é, sem dúvida, uma das festas mais acarinhadas pelos vimaranenses que, nesta data, saem à rua e enchem a cidade com uma alegria contagiante.
 
Nesta noite longa e sempre memorável, Guimarães conta com a presença de todos, sem esquecer o dress code para vestir a cidade de branco. Na praça da Plataforma das Artes e da Criatividade, o Dj Jay Lion (Rádio M80) é o responsável por garantir que ninguém mantém os pés no chão nesta animada noite de verão. Já no Largo do Toural, é o DJ Wilson Honrado (Rádio Comercial) quem faz as honras da casa. A passadeira da música estende-se à Rua de Sto. António com o Dj Tiago TT e ao Largo da Misericórdia, primeiro com um concerto do North Camels Large Ensemble e, de seguida, ao som do DJ Nuno Luz (Rádio Comercial).
 
E porque o branco, a luz e a diversidade – de cores, histórias, conhecimento, encantos, ‘pedaços’ de Guimarães e do mundo – condizem com os museus, nesta noite o branco não precisa de bater à porta para entrar no Centro Internacional das Artes José de Guimarães, no Museu da Sociedade Martins Sarmento e no Museu de Alberto Sampaio, espaços que, à semelhança dos últimos anos, se associam a esta festa abrindo as suas portas até à meia-noite e convidando todos a visitar as suas exposições e se deixarem surpreender a cada passo.
 

PROGRAMA
NOITE BRANCA 2019

 
Plataforma das Artes e da Criatividade
Dj Jay Lion [Rádio M80]
 
Largo do Toural
DJ Wilson Honrado [Rádio Comercial]
 
Rua de Sto. António
Dj Tiago TT
 
Largo da Misericórdia
North Camels Large Ensemble
DJ Nuno Luz [Rádio Comercial]

 

SETÚBAL EM FESTA

Animação, música e estabelecimentos comerciais abertos até à meia-noite marcam iniciativa ‘Noite Azul’.

df4190c6-db70-4ae9-bd0d-25d1ad910488.jpg

 

É já no dia 6 de julho que a festa chega a Setúbal. Entre a 18h00 e as 00h00, a cidade volta a encher-se de música e animação para dar as boas-vindas à ‘Noite Azul’. A iniciativa, promovida pela Câmara Municipal de Setúbal, tem como objetivo dinamizar o Centro Histórico e a frente ribeirinha da cidade.

Animações de rua, pinturas glow, exibições de ginástica e estabelecimentos comerciais abertos até à meia-noite são algumas das atividades que o público pode esperar.

Um grupo de figuras públicas vai também participar nesta iniciativa. Daniela Correia, companheira de Toy, faz uma girls night out, antecipando as compras para o casamento, marcado para 22 de setembro, em Palmela.

Dave Hacke, Daniela Guilherme, Heitor Lourenço, Duarte Siopa, Madjer e Lynn também estarão presentes na ‘Noite Azul’, que conta com Maya e Sara Esteves Cardoso como relações públicas.

A música do evento fica a cargo de vários Djs. Para a grande noite, o público é convidado a vestir uma peça de roupa azul.

O ponto de encontro para a imprensa está marcado para as 19h00, na Praça de Bocage. A Vereadora Eugénia Silveira também estará presente.

As Festas de Lisboa despedem-se ao som de António Variações

0ed7aba2-3f49-46a0-8322-4c3a6b288276.jpg

 

 

Entramos na última semana do mês e as Festas de Lisboa encerram já este sábado com uma homenagem a António Variações, que este ano faria 75 anos, num concerto inédito com convidados de luxo.

No Jardim da Torre de Belém, a partir das 22h, reunimos Ana Bacalhau, Conan Osiris, Lena D’Água, Manuela Azevedo, Paulo Bragança e Selma Uamusse para celebrar as músicas de Variações neste espetáculo de entrada gratuita, construído de raiz.

Convidamos a ouvir 25 canções emblemáticas, entre “Estou além”, “O Corpo é que Paga” ou “Canção de Engate”, como nunca as ouvimos antes, dando-lhes uma nova vida e uma sonoridade única com a Orquestra Metropolitana de Lisboa, dirigida pelo maestro Cesário Costa, e arranjos de Filipe Melo, Filipe Raposo e Pedro Moreira.

Com direção artística de Luís Varatojo, António & Variações conta também com a participação do coro Gospel Collective e do acordeonista João Gentil que se juntam no palco para esta grande celebração que fecha com chave de ouro um mês inteiro de Festas em Lisboa.
 

As Festas de Lisboa vão de vento em popa

0ed7aba2-3f49-46a0-8322-4c3a6b288276.jpg

 

Coros e bandas filarmónicas preenchem mais um fim de semana de FESTAS

O Santo António já lá vai, mas as Festas de Lisboa continuam com mais propostas culturais gratuitas a não perder.
 
Belém volta a ser palco do Festival Coros de Verão, de 21 a 24 de junho, que este ano apresenta 8 coros nacionais e estrangeiros em competição, vindos da Eslovénia, Espanha, Irlanda e Alemanha.
 
E é com um espetáculo evocativo dos 500 anos da circum-navegação de Fernão de Magalhães, que abrimos esta 8.ª edição do festival: “Linhagem”, uma obra do compositor Eurico Carrapatoso, numa estreia absoluta que terá lugar no Centro Cultural de Belém, na próxima sexta feira, a partir das 21h.
 
Sábado (22) é dia de Com’Paço que irá “plantar” bandas filarmónicas de todo o país nos jardins da Estrela e do Arco do Cego, com concertos a partir das 17h30.
Sendo já uma referência na promoção da música filarmónica e da formação de novos músicos, o 12.º Festival de Bandas de Lisboa encerra com o habitual concerto da Banda de Jovens Músicos Com’Paço 19.
A Alameda D. Afonso Henriques é, pela primeira vez, o palco escolhido para este espetáculo que começa às 22h e contará com a participação especial da cantora convidada Anabela.
 
No fim de semana, há ainda muito para ver, ouvir e desfrutar, entre arraiais, exposições, cinema, teatro e videomapping, com destaque para a Festa do Japão que no sábado, entre as 14h e as 22h, levará até ao Jardim Vasco da Gama (em Belém) concertos, workshops, artes marciais e gastronomia tradicionais do país.
 
 Toda a programação em culturanarua.pt 

 

Santos Populares animam cidade de Quarteira e outros pontos do Concelho de Loulé

Marchas de Quarteira (CTP®) 28-06-2017-38.jpg

 

Nas noites dos dias 12, 13 e 28 de junho, Quarteira revive um dos mais típicos e característicos eventos culturais da cidade e uma demonstração do forte bairrismo desta antiga comunidade piscatória: as festas dos Santos Populares. Arraiais, bailes e animação a cada esquina são os ingredientes de um evento que tem o seu ponto central no desfile das marchas na zona do Calçadão Nascente.

Estas marchas em representação das principais ruas e bairros de Quarteira atraem milhares de visitantes que aqui vêm apreciar esta verdadeira manifestação etnográfica ligada ao mar, nomeadamente os trajes, as músicas e as coreografias dos grupos participantes.

Nas três noites de festejos – Stº António, S. João e S. Pedro – centenas de quarteirenses desfilam num dos maiores eventos do género no sul do País e que é um cartaz turístico do Algarve nesta altura do ano.

A cada ano que passa, a criatividade aumenta, bem como as melhorias neste evento, sem no entanto se descurar aquelas que são as suas tradições e que o tornem tão singular e original no contexto das marchas populares que acontecem por esse país fora.

Este ano participam as seguintes marchas em representação das artérias e bairros da cidade: a marcha infantil da Fundação António Aleixo (com o tema “As Andorinhas”), Florinhas de Quarteira (com o tema “Postais do Algarve”), Marcha Poeta Pardal (com o tema “Saudade de Portugal”), Rua do Outeiro (com o tema “Quarteira é Pescadora”), Rua Gago Coutinho (com o tema “As Peixeiras à Portuguesa”), Rua Vasco da Gama (com o tema “Uma Casa Portuguesa”) e Rua da Cabine (com o tema “Quarteira às Flores”).

Este desfile tem entrada livre e o início marcado para as 21h00.

À semelhança do que tem acontecido nos últimos anos, por estes dias a Câmara Municipal de Loulé irá promover também os tradicionais bailes nas ruas, entre as 20h00 e as 1h00, onde não faltarão os petiscos, a música e, naturalmente, muita animação para quem vier até aqui dar um pezinho de dança. Na Rua Poeta Pardal o baile acontece nos dias 14 e 15 de junho, enquanto que a Rua da Cabine revive esta tradição nas noites de 21, 22 e 23 de junho.

Já na freguesia de S. Clemente, em plano coração da cidade de Loulé, o Largo do Tribunal de Loulé recebe também os Bailes de Santos Populares. As propostas desta organização conjunta da Junta de Freguesia e Câmara Municipal são as seguintes: dia 12 de junho, baile com o grupo Fora D’Horas (20h00), atuação da Marcha de S. Clemente (22h00) e espetáculo com a banda Ganda Banda (22h30); 23 de junho, baile com Ruben Baião (20h00), atuação da Marcha de S. Clemente (22h00) e espetáculo com a banda Kremlin (22h30); dia 26 de junho, baile com Marcelo Filipe (20h00), atuação da Marcha de S. Clemente (22h00) e espetáculo com a banda HI-FI (22h30). A entrada é livre.

 

CML/GAP /RP