Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

(Matosinhos) "Dominguinhos" Um presente para o Pai que vai ficar na memória

“Dominguinhos” de 15 de março são dedicados ao dia do Pai

 

Um presente para o pai QUE vai ficar na memória

Cartaz Dominguinhos 2020_março.jpg

 

 

 

O ateliê dos “Dominguinhos” programado para 15 de março será, como não podia deixar de ser, dedicado ao Dia em que celebramos ter um super-herói em casa: o Pai. Os mais novos terão a possibilidade de tirar uma fotografia com uma máquina polaroide que, depois de impressa, será adornada por uma criação muito especial! Fio de algodão, molas pequenas de madeira e canetas de cor serão disponibilizados para a produção de um suporte para moldura. Um presente original, realizado pelo melhor filho, para mais tarde recordar!

 

Os “Dominguinhos” são compostos por diferentes temáticas mensais e surgem da parceria com a Catavento, empresa da incubadora de indústrias criativas da Fundação de Serralves, que se dedica a projetos educativos. Aos domingos, entre as 11h00 e as 12h30, no corredor de Moda Infantil do MAR Shopping Matosinhos, Piso 0, acontece um leque de atividades gratuitas de lazer, numa simbiose perfeita de momentos alegres e educativos.

 

As manhãs didáticas e diferentes querem-se sobretudo divertidas e em família. A Preguiça, a mascote dos “Dominguinhos”, também não fica em casa… Espera todos os domingos de manhã por mais uma brincadeira para partilhar com os seus amiguinhos!

 

Escola das Artes: Diogo Evangelista faz visita guiada a exposição Blind Faith já em março

Escola das Artes_Exposição Blind Faith_Diogo Eva

 

 

 

Exposição: Blind Faith

Local: Sala de Exposições da Escola das Artes, Católica no Porto

Data: 10 de março

Hora: 18h00

 

Partir numa viagem a um mundo pseudo-histórico. Este é o ponto de partida para a visita guiada do artista plástico Diogo Evangelista a Blind Faith, que acontece já dia 10 de março, na Sala de Exposições da Escola das Artes. Com a presença do artista e do curador Nuno Crespo, esta visita visa a explanação de Blind Faith, uma obra que parte de uma narrativa de caráter surreal, à semelhança de um sonho e uma alucinação, e que procura materializar o sentimento de plenitude que antecede a desmaterialização de um corpo. A entrada é livre.

 

Blind Faith é composta por três momentos distintos, interligados entre si: uma instalação vídeo produzida exclusivamente em CGI, uma escultura de estética retrofuturista, inspirada nas portas-falsas do Antigo Egito construídas nos templos para permitir uma passagem livre da alma, e, ainda, uma pintura sobre plexiglass em forma de estrela pentagonal, que em muitas sociedades antigas e modernas simboliza os conceitos de transformação e renascimento e a relação entre os seres humanos e o universo. Destaque-se que a exposição poderá ser visitada até dia 30 de abril. Mais informação: https://bit.ly/3bTPcxv.

 

Blind Faith é o ponto de partida de workshop de animação e personagem

Tendo como ponto de partida a instalação que Diogo Evangelista produziu exclusivamente em CGI para Blind Faith, um conjunto de investigadores do Centro de Criatividade Digital da EA vai orientar um workshop de animação e personagem. A sessão – que decorrerá no dia 2 de abril, às 10h00 – visa, através de diversas atividades dinâmicas e técnicas didáticas, dar a oportunidade de experimentar e explorar o mundo dos efeitos visuais, passando pela criação e animação de personagens. A entrada é gratuita, mas carece de inscrição, disponível aqui.

QUEM PRECISA DE UM SUPER-HERÓI QUANDO TEM UM SUPER-PAI!

Os “Dominguinhos” de 15 de março vêm mesmo a tempo do dia do Pai!

 

image002.jpg

 

 

 

O dia do Pai é quando nós quisermos… pois claro! Mas uma coisa é certa..é sempre bom criar motivos especiais para celebrar e mimar quem mais gostamos! Com isso em mente, os “Dominguinhos” de 15 de março antecipam o dia do Pai (dia 19), no MAR Shopping Algarve, e oferecem um atelier de presentes originais, cheio de ideias para criar super-marcadores para o super-herói da família!

 

A programação dos “Dominguinhos” é semanal, com iniciativas gratuitas para preencher as manhãs de domingo das crianças que visitem a zona infantil interior do MAR Shopping Algarve, no piso 0, entre as 11h00 e as 12h00. Uma hora sempre diferente e mágica com espaço para a brincadeira e experiências pedagógicas, proporcionando momentos que as crianças vão recordar com entusiasmo, podendo repetir a experiência todos os domingos, ao longo do ano.

 

Vale da Amoreira: Oficina Som, Ritmo e Movimento no CEA

 

O Centro de Experimentação Artística, no Vale da Amoreira, recebe, no dia 27 de março, das 17:30h às 19:30h, a Oficina Som, Ritmo e Movimento, com Bruna de Carvalho, dirigida a maiores de 12 anos.

Nesta oficina, será trabalhado o cruzamento entre disciplinas, partindo da relação entre som, ritmo e movimento, em exercícios individuais e coletivos de expressão livre.

As inscrições são gratuitas e podem ser efetuadas até 20 de março, através do email cea@mail.cm-moita.pt

Ações de Formação para a Comunidade

 

No âmbito do projeto Formação para a Comunidade estão abertas as inscrições para um conjunto de ações formativas. As propostas são diversas e permitem a frequência de ações acreditadas e gratuitas, como são os casos dos cursos “Técnico de Ação Educativa” e o “O Planeta e o Homem”.  

O Centro Nacional de Cibersegurança, o Instituto de Emprego e Formação Profissional, o Grupo Français Setúbal, o Grupo das Plantas, a Casa Agrícola Horácio Simões e a Associação de Idosos de Palmela são os parceiros que, juntamente com o Município de Palmela, promovem este ciclo bimestral de oferta formativa.

Em curso, estão as formações de cibersegurança para utilizadoras/es em regime e-learning, de escrita criativa e de ensino de português para franceses.

No âmbito da intervenção local, o projeto Formação para a Comunidade procura criar oportunidades e espaços de partilha de conhecimento e saberes entre a comunidade local.

Para conhecer os seus interesses e motivações neste processo de educação e formação ao longo da vida, seja como formador/a ou formando/a, a Câmara Municipal convida os/as interessados/as a preencher o questionário de levantamento de interesses, disponível no site do Município.

A sua participação permitirá à Câmara Municipal diagnosticar e programar a oferta formativa de forma mais adequada às necessidades locais.  

 

Até final de abril estão em agendadas as seguintes iniciativas:

9 março e 6 abril | 15h30 | Biblioteca Municipal de Palmela

Encontros para Pensar – Xadrez

Coordenação de Vítor Margarido

Org.: câmara Municipal de Palmela e formador

 

24 março (início) e terças 18h00-21h00

Biblioteca Municipal de Palmela

O Planeta e o Homem

Formação gratuita e acreditada com Alexandra Silva

Participantes: mín.17 | >18 anos

Org.: Câmara Municipal de Palmela e IEFP

 

14 março e 18 abril | 15h30

Casa Agrícola Horácio Simões

Conversas com Chá Pelo Grupo das Plantas, sob coordenação de Vítor Margarido

Org.: Câmara Municipal de Palmela, Grupo das Plantas e Casa Agrícola Horácio Simões

 

23 março a 13 abril (segundas) 18h00-21h00 Biblioteca Municipal de Palmela

Curso de Plantas e Óleos Naturais

Coordenação de Vítor Margarido

Valor: 10€ (inclui visita de estudo)

Org.: câmara Municipal de Palmela e Grupo das Plantas

 

A partir 6 abril (diário) | 12h00-18h00

Palmela Curso Técnico de Ação educativa

Formação gratuita e acreditada com  Elsa Ferreira e equipa

1200 horas | Participantes: mín.17 | >18 anos

Org.: Câmara Municipal de Palmela e IEFP

 

18 abril | 17h00-18h30 | Biblioteca Municipal de Palmela

O Valor do Processo Arte-Terapêutico com Filipa Santos

Info./insc.: insideout.filipa@gmail.com | 912 443 597

Org.: Câmara Municipal de Palmela e formadora

 

20 abril  (2ª feira das Merendas) | 15h00-17h00 | Parque Venâncio Ribeiro da Costa, Palmela

Visita ao Parque com identificação de plantas e desenho livre

Gratuito.

Org.: Câmara Municipal de Palmela e Grupo das Plantas

Esta semana no Museu Nacional da Música | Concertos: 10 - Solistas do Conservatório Nacional | 11 - Ciclo de jazz (estreia) | 12 - Recital de violino e piano | 13 de Março - Recital de fagote, violoncelo e piano

10 de Março, pelas 19h, #EntradaLivre
Ciclo do Conservatório Nacional no Museu Nacional da Música | Solistas

conservas.jpg

 

Solistas das classes de:
Guitarra portuguesa
Viola d'arco
Clarinete 
Trombone
 
Classe de professores Ricardo Gordo, Ricardo Mateus, Rui Martins e Ismael Santos
Pianistas: Ivan Kuznyetsov e Joana Barata
Participação especial da Classe de Iniciação de Guitarra Portuguesa
 
 
11 de Março, pelas 18h30 #EntradaLivre
Ciclo de Jazz | Novos Talentos Lusíada
A Universidade Lusíada tem o prazer de se associar ao Museu Nacional da Musica para, em conjunto, darem a conhecer alguns dos mais talentosos jovens músicos do nosso país, num ciclo de concertos com a curadoria da Licenciatura em Jazz e Música Moderna da Universidade Lusíada de Lisboa.

1º Concerto:
Eduardo Faustino: guitarra
Francisco Neves: guitarra
João Augusto: contrabaixo
Ana Seroto: bateria

Concertos:
1. Quarta-feira dia 11 de Março das 18,30 às 19,30
2. Quarta-feira dia 15 de Abril das 18,30 às 19,30
3. Sábado 16 de Maio, Noite dos Museus, horário a confirmar  

ciclo de jazz.jpg

12 de Março, pelas 19h#EntradaLivre
Recital de violino e piano | Catarina Afonso e Pedro Ramos

Pedro Ramos e Catarina Afonso.jpg

 

PROGRAMA

Sonata para violino nº2 em Lá maior, op.2 RV 32 de A. Vivaldi (1670-1741) (7')
I. Preludio
II. Corrente
II. Adagio
IV. Giga

Romance op.26 para violino de J. Svendsen (1840-1911)

Sonata para violino e piano nº1 em Sol maior, op.78 de J. Brahms (1833-1897) (30')
I. Vivace ma non troppo
II. Adagio
III. Allegro molto

Catarina Afonso | Violino
Começou a estudar violino com oito anos de idade na AMSC sob a orientação do Professor Álvaro Pinto, tendo prosseguido os seus estudos com a Professora Lígia Soares. Após concluir o curso complementar de violino ingressou na ESML na classe do Professor Gareguin Aroutiounian e, posteriormente, na classe do Professor Tiago Neto.
Já se apresentou a solo com orquestra ou com piano em locais como a Aula Magna da Universidade de Lisboa, CCB, Auditório Vianna da Motta e Palácio Foz, entre outros.
De 2008 a 2015 foi elemento efectivo da OSJ, onde desempenhou as funções de concertino substituto e auxiliar. Foi bolseira da fundação E.D.P./OSJ entre 2009 e 2011 e entre 2013 e 2015.
Em 2009 ganhou o 1º prémio no Concurso de Violino de Ourém e Fátima (Escalão D).
Entre 2014 e 2016 foi selecionada para participar no Estágio Gulbenkian para Orquestra, e ainda em 2015 no “ Verão Clássico- Academia Internacional de Música de Lisboa” e no “Atlantic Coast International Music Festival”. Em 2016 participou no programa de aperfeiçoamento para jovens músicos “Allegro com Brio”, organizado pela DGArtes.
Realizou masterclasses de violino com Roberto Valdés, Nuno Soares, Felix Andrievsky, Mariana Sirbu, Benjamin Schmid, Ana Beatriz Manzanilla, Augusto Trindade, David Lefèvre e de Música de Câmara com Artur Pizarro e o quarteto de cordas Radamés Gnattali.
Trabalhou com maestros como Juan Markl, Pedro Halffter, Andei Boreyko, Juraj Valcunha, J.M. Perez Sierra, Joana Carneiro, Pedro Neves, Vasco Pearce de Azevedo, Christopher Bochmann, Juan Jose Ocón e Nikolay Lalov.
Colaborou como reforço em diversas orquestras, tais como, a Orquestra de Câmara de Cascais e Oeiras, a Orquestra Sinfónica Portuguesa, a Orquestra Clássica do Sul e a Orquestra Sinfonietta de Lisboa.
Em 2016 concluiu o Mestrado em Estudos Orquestrais na Musikene (Centro Superior de Música del País Vasco) na classe do professor Aitzol Iturriagagoitia, tendo colaborado com a Orquestra Sinfónica de Euskadi.
Em 2018 terminou o Mestrado em Ensino da Música, na Escola Superior de Música de Lisboa.
É membro do Trevo Ensemble, professora de violino no Conservatório de Música de Cascais e reforço assíduo na Orquestra de Câmara de Cascais e Oeiras.


Pedro Ramos | Piano
Nascido em 1989, Pedro Ramos terminou o curso complementar de Formação Musical na AMSC. A sua formação continuou nos Estados Unidos, onde concluiu com distinção o curso de Classical Composition, na Manhattan School of Music, em Nova Iorque, em 2012.
Estudou Piano com a Professora Carla Seixas, a Professora Lisa Yui e o Professor Artur Pizarro. Teve Masterclasses com Ramzi Yassa, Solomon Mikowsky e Yoon Kyung Park. Para além de vários recitais a solo, também integra formações de câmara, como os Broadway Fellas, com Joe Coronado, um duo com o clarinetista António Saiote e o Trio Tarantella, com quem gravou um CD de Música Francesa, através do apoio da Fundação GDA. Actualmente, trabalha como pianista correpetidor com o Coro Gulbenkian e é membro do Trevo Ensemble.
Dirige regularmente os Lisboa a Cappella e trabalhou já como maestro assistente da OSJ, como maestro convidado da OCMC e como maestro titular da Orquestra da AML, da Orquestra da Broadway ao West End e da Orquestra de Antigos Alunos da AMSC.
No Canto, durante a sua formação actuou em vários coros, como o Coro Gulbenkian, o Coro do Teatro Nacional de São Carlos, o Manhattan School of Music Chamber Choir, os Upper West Sound e o Ensemble Vocal. Aquando do seu regresso a Portugal, teve aulas na EMCN, com a Professora Ana Paula Russo e fundou os Lisboa a Cappella, que dirige desde 2012. Participou por três vezes no SISCCC, como maestro e cantor.
No que respeita à Composição, as suas peças foram estreadas em Nova Iorque, Lisboa, Badajoz, Bruxelas e Amsterdão. Compõe para várias formações e em vários estilos, tendo já escrito para orquestras sinfónicas, como para publicidade.
Pedro Ramos é, desde Outubro de 2019, coordenador da Temporada Antena 2.  
_________________________________________________________________
 
 
 

Visitas Públicas à Igreja de Santa Clara do Porto

Visitas à Igreja de Santa Clara do Porto

Participantes poderão apreciar os trabalhos de conservação e restauro em curso

A Direção Regional de Cultura do Norte promove visitas públicas à Intervenção de Conservação e Restauro da Igreja de Santa Clara do Porto, nos dias 18 janeiro, 15 fevereiro e 21 de março, pelas 10h00. A iniciativa está limitada aos primeiros 35 inscritos por visita.

As inscrições para a visita do dia 18 de janeiro já estão a decorrer e podem ser efetuadas neste link: https://forms.gle/K7mmUHkp57tuAXrP6

Os trabalhos de conservação e restauro do recheio artístico da Igreja implicam o tratamento, limpeza e consolidação de toda a talha pintada ou dourada, da escultura e imaginária, das pinturas sobre tela e de pintura mural, de granitos e, ainda, trabalhos de consolidação de estruturas dos retábulos.

Além dos trabalhos acima referidos, estão em curso trabalhos de conservação e restauro do espólio artístico da sacristia, incluindo revestimento azulejar, pinturas sobre telas ou retábulo e arcaz.

A curto prazo serão, igualmente, iniciados os trabalhos de beneficiação dos paramentos exteriores, dos acessos de público e das instalações elétricas e os trabalhos de conservação e restauro do órgão e dos portais em cantaria de granitos (a norte, da igreja e a nascente, da portaria).

Este conjunto de trabalhos de recuperação e valorização da Igreja de Santa Clara do Porto segue-se aos trabalhos iniciais desta campanha já realizados: trabalhos de reforços estruturais e de conservação e restauro nos dois níveis do coro do antigo convento.

A Operação Igreja de Santa Clara do Porto representa um investimento global de 2 Milhões de Euros, sendo a intervenção comparticipada em 85% pelo Programa Operacional Norte 2020 e Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional, com o Mecenato da Irmandade dos Clérigos e Fundação Millennium BCP. Deverá estar concluída até final do 1º semestre de 2020.

 

Sábados a Ler em Família nas bibliotecas municipais do concelho da Moita

As Bibliotecas Municipais do Concelho da Moita recebem regularmente a iniciativa “Sábados a Ler em Família”. Dirigida a crianças a partir dos três anos e respetivas famílias, esta iniciativa visa proporcionar uma aproximação às bibliotecas e ao livro, promovendo hábitos permanentes de leitura, além de despertar o gosto pelo prazer da leitura em voz alta e criar um ambiente de partilha entre pais/educadores e as crianças.

A programação de março é a seguinte:

 

14 de março | 16:00h | Biblioteca Municipal da Baixa da Banheira

“O Estranho”, de Kjell Ringi

sábados a ler em familia o estranho.jpg

 

Um rei e o seu povo vivem em paz até ao dia em que a chegada de um estranho deixa o país numa grande agitação. Uma pequena história repleta de grandes temas que celebra o triunfo da aceitação e da empatia sobre a ignorância e o preconceito.

 

21 de março | 15:00h | Biblioteca Municipal Bento de Jesus Caraça, Moita      

“Contos do Foi Assim”, de Rudyard Kipling e Elli Woollard, com adaptação de Marta Altés

sabados a ler em familia Contos do Foi Assim.jpg

 

“Aqui se conta como a enorme baleia,

Com uma boca tão grande que não fazem ideia,

Ficou com a garganta de tal maneira estreitinha

Que agora não engole nem uma criança magrinha.”

Estas e outras perguntas sobre caraterísticas de animais serviram de mote para Rudyard Kipling criar os “Contos do Foi Assim”, uma obra com histórias bem-humoradas que se tornou num clássico da literatura infantojuvenil.

Neste livro, são apresentadas algumas das mais brilhantes histórias desta obra, com novas ilustrações e recontadas em verso, numa combinação perfeita entre imaginação prodigiosa, talento de escrita e deslumbrantes ilustrações da premiada Marta Altés.

Mediante inscrição prévia presencialmente na Biblioteca ou através do T: 210817040

 

28 de março | 15:30h | Biblioteca Municipal de Alhos Vedros

“A Árvore Generosa”, de Shel Silverstein

sábados a ler em familia arvore generosa.jpg

 

Era uma vez uma árvore que amava um menino. Todos os dias o menino vinhae brincava nos seus ramos. Mas o tempo passou e a árvore ficava muitas vezes sozinha. Ainda assim, a árvore continuava a amá-lo! Uma narrativa pautada pela ternura, onde o autor fala da relação entre o homem e a natureza.

Após a leitura da história, as tintas e pincéis darão vida a dezenas de árvores ilustradas e sentidas pelos nossos pequenos ouvintes.

 

Roca Lisboa Gallery acolhe a exposição “12 Serigrafias de Arquitetos”

image003.jpg

 

O Roca Lisboa Gallery acolhe a partir de 6 de fevereiro a exposição “12 Serigrafias de Arquitetos”, uma seleção de obras de reconhecidos arquitetos portugueses de várias gerações que inclui contribuições de Siza Vieira, Souto de Moura e Carrilho da Graça. Reafirmando a estreita ligação da marca Roca à arquitetura e à arte, a exposição enquadra-se na celebração dos 35 anos do Centro Português de Serigrafia (CPS) e vem prestar homenagem a Manuel Graça Dias (1953-2019), arquiteto, professor e pensador com um percurso ímpar na divulgação da arquitetura portuguesa.

 

Comissariada por Graça Dias, que também assina uma das obras, a coleção “12 Serigrafias de Arquitetos” foi originalmente integrada nas comemorações do Dia Mundial da Arquitetura de 2014 e já passou por Bilbau, tendo sido pensada enquanto conjunto abrangente e representativo do panorama da arquitetura portuguesa contemporânea. Sobre ela, Graça Dias disse na altura tratar-se de “uma coleção bastante improvável, complexa e variada – sobretudo, menos previsível do que o habitual”, com obras de arquitetos “reconhecidos pela sua produção desenhada”.

 

Serão exibidas no Roca Lisboa Gallery serigrafias de Álvaro Siza Vieira, Alexandre Alves Costa, Eduardo Souto de Moura, Carrilho da Graça, Manuel Graça Dias, Luísa Penha, Fátima Fernandes, Egas José Vieira, Pedro Ravara, Alexandra Margaça, Pedro Bandeira e Pedro Machado Costa. Uma seleção que João Prates, Diretor do Centro Português de Serigrafia, afirma denotar “a generosidade, a grande capacidade de diálogo e o gosto pelo encontro imprevisível” que era transversal ao trabalho de Graça Dias.

 

A exposição “12 Serigrafias de Arquitetos” tem entrada livre e poderá ser visitada até ao final de maio de segunda à sexta-feira das 10h às 18h e aos sábados das 10h às 17h. A sessão de inauguração terá lugar no dia 6 de fevereiro às 18h e contará com a participação de João Prates e de Jorge Vieira, Diretor Geral da Roca em Portugal, José Manuel Pedreirinho, Presidente do Conselho Diretivo Nacional da Ordem dos Arquitectos, e Egas José Vieira, sócio fundador do Atelier Contemporânea e autor de uma das obras da coleção. Para marcar presença no evento basta reservar lugar no website do Roca Lisboa Gallery, em: http://www.rocalisboagallery.com/activities/12-serigrafias-de-arquitects.

Casa das Artes evoca 250° Aniversário do Nascimento de Beethoven

image002.jpg

 

A Casa das Artes, no Porto, apresenta o Ciclo À Sexta com Beethoven, composto por cinco concertos pelo Duo Tramma-Facchini, com a participação extraordinária do compositor Cândido Lima.

 

No âmbito da Celebração do 250° Aniversário do Nascimento de Ludwig van Beethoven (1770-1827), o Duo Tramma-Facchini propõe a integral das Sonatas para "Klavier und Violine" (Piano e Violino), com a participação extraordinária do compositor Cândido Lima que irá apresentar as dez Sonatas, divididas em cinco concertos, na Casa das Artes, Porto.

 

O Duo Tramma-Facchini (Ludovico Tramma - violinista e Fiammetta Facchini - pianista) festeja também os vinte anos de atividade em Duo.

 

Ambos doutorados na Universidade de Aveiro no âmbito da Música, ramo Performance, são também pluridiplomados no país de origem (Itália), tendo concluído, respetivamente, o Curso Superior de Violino, Viola d’Arco e Música de Câmara (Ludovico) e Piano, Cravo e Música de Câmara (Fiammetta).

 

Realizaram concertos e tournée em vários países da Europa, Canadá, U.S.A., Emirados Árabes, América do Sul, Japão, em Duo e em formações de câmara mais alargadas.

 

Ganharam vários prémios de interpretação de Música de Câmara nacionais e internacionais e gravaram três CD’s. Atualmente preparam o lançamento de mais uma gravação e uma tournée pelo Oriente.

 

Ambos professores de Cursos Superiores em Itália, o Duo Tramma- Facchini vive em Portugal.

 

Entrada livre, sujeita à lotação da sala.

 

 

PROGRAMA

 

DUO TRAMMA – FACCHINI (Violino e Piano)

 

com a participação extraordinária de CÂNDIDO LIMA que irá apresentar as obras:

 

 

21 fevereiro 19 horas   L. van Beethoven Sonata op. 12 n.1 Ré major     

  1. van Beethoven Sonata op. 12 n.2 Lá major     

 

24 abril 19 horas         L. van Beethoven Sonata op. 12 n.3 Mib major  

  1. van Beethoven Sonata op. 23 Lá menor          

 

25 setembro 19 horas   L. van Beethoven Sonata op. 24 Fa major           

  1. van Beethoven Sonata op. 30 n.1 Lá major     

 

13 novembro 19 horas  L. van Beethoven Sonata op. 30 n.2 Dó menor   

  1. van Beethoven Sonata op. 30 n.3 Sol major   

 

11 dezembro 19 horas  L. van Beethoven Sonata op. 47 Lá major            

  1. van Beethoven Sonata op. 96 Sol major