Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

“Trilhos das Colinas”: Vale Judeu volta a promover prova solidária

TRilhos das Colinas.jpg

 

 

No âmbito do plano de atividades da Sociedade Recreativa e Cultural de Vale Judeu, será organizado, uma vez mais, no próximo dia 17 de novembro, o evento de Marcha/Corrida/Trail “Trilhos das Colinas”, que terá carácter solidário.

A prova será constituída por três percursos - 7km, 14km e 21km -, este último apenas destinado à corrida e trail. O percurso do “Trilhos das Colinas” é realizado por caminhos rurais e algumas veredas (percurso trail) acessível a todas as pessoas e tem como objetivo promover e incentivar a prática da atividade física, assim como um estilo de vida saudável, permitindo o contacto direto com a natureza.

A abertura do secretariado tem lugar pelas  8h30, na sede da Sociedade. A sessão de aquecimento acontece às 9h45 e o início do passeio será às 10h00, culminando o evento com um lanche convívio entre os participantes, a partir das 12h00.

As receitas obtidas reverterão a favor da Sociedade Recreativa e Cultural de Vale Judeu de forma a poder melhorar as condições dos utilizadores desta coletividade sem fins lucrativos.

As inscrições, com um valor de  3€ por pessoa, decorrem até ao dia 14 de novembro e poderão ser efetuadas nos seguintes locais: Sociedade Recreativa e Cultural  de Vale Judeu, Loja das Taças em Loulé, Stand Tony do Adro, ou online através de www.faceboook/src.valejudeu. Para mais informações, os interessados poderão contactar a organização através do email trilhosdascolinasvalejudeu@gmail.com

 

CML/GAP /RP

 

EAD lança campanha solidária de apoio à RUMO

spbJ82ABF0218.jpg

 

A EAD – Empresa de Arquivo de Documentação, pioneira e líder de mercado de gestão documental em regime de outsourcing em Portugal, põe em marcha a campanha solidária “Caixas com um RUMO Solidário”, de apoio à cooperativa de solidariedade social RUMO.

Criada em 1981 no Barreiro, a RUMO é uma cooperativa de solidariedade social que promove a inclusão educativa, profissional e comunitária de pessoas em situação de desvantagem. Atualmente, apoia cerca de 3000 pessoas.

Entre as áreas de atuação estão a formação profissional para pessoas com deficiência, doença mental e em situação de incapacidade, o apoio na procura de emprego para jovens à procura de primeiro emprego e adultos desempregados através de um Centro de Recursos, a Casa de Acolhimento Residencial, que acolhe 14 crianças e jovens desfavorecidos, ou o Centro de Inclusão Comunitária, com 15 utentes adultos com deficiência mental e/ou motora, entre outros projetos de apoio à comunidade local.

Estando a EAD sediada em Palmela e tendo as suas primeiras instalações sido no Quimiparque, no Barreiro, a empresa de gestão documental resolveu apoiar esta instituição, lançando a campanha solidária “Caixas com um RUMO Solidário”.

Até 15 de dezembro, estarão à venda “Family Box”, caixas de arrumação ecológicas desenhadas pela EAD para facilitar a arrumação em casa.

As “Family Box” estão à venda em packs de 5, por 10 euros mais IVA, e todos o dinheiro angariado reverterá a favor da instituição. A aquisição pode ser feita por email para csoares@ead.pt.

“A RUMO faz um trabalho notável no apoio às comunidades mais desfavorecidas do Barreiro ao qual a EAD não fica indiferente. Apelamos, por isso, a todos para que se juntem a esta iniciativa e apoiem esta instituição já com uma larga história no trabalho comunitário”, sublinha Paulo Veiga, fundador e CEO da EAD.

“Fundada em 1981, no Barreiro, a RUMO é uma Cooperativa de Solidariedade Social que promove a inclusão educativa, profissional e comunitária de pessoas em situação de desvantagem. Atualmente, apoia de forma direta mais de 3000 pessoas no âmbito da atuação dos diferentes programas/projetos que promove nos seus territórios de intervenção”, refere Rute Pires, presidente da RUMO.

Matay e Soul Gospel Project no concerto solidário da Médicos do Mundo

Receitas revertem para os 19 projectos da organização

 

Concerto Solidário MdM_20 anos.jpg

 

A celebrar 20 anos em Portugal, a Médicos do Mundo promove, no próximo dia 10 de Outubro, um concerto solidário, no Centro Cultural Olga Cadaval, com actuações de Matay e Soul Gospel Project. As receitas do concerto revertem a favor dos projectos da organização que apoiam populações vulneráveis em Portugal e Moçambique.

 

Matay e Soul Gospel Project sobem ao palco do Auditório Jorge Sampaio do Centro Cultural Olga Cadaval, em Sintra, pelas 21h30 do dia 10 de Outubro, para participar do concerto solidário da Médicos do Mundo (MdM), que celebra 20 anos em Portugal. Trata-se de uma noite especial em que o público é convidado a desfrutar de boa música, contribuindo simultaneamente para a intervenção da MdM.   

 

As receitas angariadas com este concerto solidário revertem a favor dos 19 projectos da organização, que apoiam populações vulneráveis em Lisboa, Porto, Barcelos, Évora, Castanheira de Pera e Moçambique. Os bilhetes têm um custo de 10 euros e podem ser adquiridos através da Ticketline.

 

Matay é um dos artistas nacionais do momento, dono de uma voz inconfundível e única, própria de quem empresta as suas raízes africanas ao soul e ao gospel. O artista tem marcado presença em palcos de Norte a Sul, integrando a banda de Dengaz, Soul Gospel Project ou Gospel Collective e, mais recentemente, a solo com o seu próprio coletivo. O primeiro single lançado em 2017, “O Que Tu Dás”, e depois “Não Chores Mais”, em 2018, trouxe-lhe o reconhecimento. Depois, foi o sucesso de “Por Favor (Diz-me)”, em colaboração com Boss AC, e de “Perfeito”, interpretado pelo cantor no Festival RTP da Canção, onde alcançou o 3º lugar.

 

Embaixadores da MdM há cerca de uma década, os Soul Gospel Project prometem uma experiência nova e arrebatadora, com raízes no gospel, estilo actualmente tão em voga, e uma aposta na fusão de sonoridades que incluem soul, blues, R&B e jazz. Compostos por 10 a 15 vozes, entre sopranos, contraltos, tenores, barítonos e baixos, os Soul Gospel Project, com uma história de cerca de 20 anos, incluem ainda maestro e um pianista.

 

Concerto solidário da Médicos do Mundo

Quinta-feira, 10 de Outubro, pelas 21h30

Auditório Jorge Sampaio – Centro Cultural Olga Cadaval – Sintra

 

Aquisição de bilhetes na Ticketline em: https://ticketline.sapo.pt/evento/medicos-do-mundo-20-anosconcerto-solidario-45584

 

Concerto Solidário junta artistas portugueses para ajudar doentes oncológicos em tratamento

Cartaz APCL_vf.png

 

Campo Pequeno | 23 de outubro | 21h15

 

A Associação Portuguesa Contra a Leucemia (APCL) organiza no dia 23 de outubro o concerto solidário “Todos por uma Casa”, no Campo Pequeno, às 21h15.  Este concerto conta com a presença da prestigiada Orquestra Promenade e com grandes artistas do panorama musical nacional, como Sofia Escobar, Paulo de Carvalho, Ana Bacalhau, Tim, Gisela João e Carlão. 

Os fundos angariados neste concerto solidário revertem para o apoio à construção da Casa Porto Seguro, um projeto da APCL que permitirá a doentes hemato-oncológicos deslocados e com carências económicas e respetivos familiares ficarem alojados numa casa, onde poderão receber todo o apoio que necessitam durante o período de tratamentos.

“A Casa Porto Seguro é já um sonho antigo da APCL, para que possamos prestar um maior apoio aos doentes que nos procuram e é, por isso, muito importante conseguir erguer esta casa. Este concerto vai poder ajudar-nos a ficar mais perto do nosso objetivo e em simultâneo criar uma noite com valor artístico e animada para todos os espectadores”, afirma Carlos Horta e Costa, vice-presidente da APCL.

O concerto será no Campo Pequeno e vai ter início pelas 21h15. Os bilhetes estão à venda na ticketline e os preços variam entre 38€ e 60€. O valor será revertido na totalidade para a construção da Casa Porto Seguro.

A “Casa Porto Seguro” será construída na rua Dom Luís de Noronha, num edifício cedido pela Câmara Municipal de Lisboa, a 1 km do Instituto Português de Oncologia e a 2km do Hospital de Santa Maria, as duas Unidades de Transplante de Medula óssea de Lisboa e o grande objetivo é conseguir albergar até 16 pessoas (8 famílias) de cada vez. 

 

A APCL: 

A Associação Portuguesa Contra a Leucemia (APCL) foi fundada em janeiro de 2002 em resultado da iniciativa de um conjunto de doentes que sobreviveram a patologias do foro Hemato-Oncológico (Leucemias e Linfomas) e de um grupo de médicos do Instituto Português de Oncologia Francisco Gentil (IPOFG) de Lisboa que os trataram. 

A principal motivação dos Fundadores da APCL radicou na sua compreensão da importância de consciencializar e mobilizar a sociedade civil no apoio a todos os que diariamente lutam contra a devastadora doença que é a Leucemia. 

A APCL tem como missão contribuir, a nível nacional, para aumentar a eficácia do tratamento das Leucemias e outras neoplasias hematológicas afins. 

Os principais objetivos aos quais a APCL se propõe são a manutenção e o desenvolvimento do Registo de Dadores Voluntários de Medula Óssea em Portugal - CEDACE (Centro Nacional de Dadores de Células de Medula Óssea, Estaminais ou de Sangue do Cordão); a promoção do progresso do conhecimento científico sobre a natureza, evolução, prevenção e tratamento destas doenças, apoiando a investigação científica com um programa de atribuição de Bolsas e investindo na Formação Avançada para profissionais de saúde;  o apoio financeiro a doentes com Leucemia e às suas famílias. 

 

 

Concerto solidário de Cuca Roseta em Cascais. Vai faltar?

 

 

O primeiro “Concerto pela Paz” em Portugal a favor da Scholas Occurrentes, fundação mundial sem fins lucrativos apoiada e fundada pelo Papa Francisco, realiza-se dia 27 de setembro nos jardins do Sheraton Cascais Resort, unindo a voz de Cuca Roseta aos acordes clássicos da OCCO – Orquestra de Câmara de Cascais e Oeiras.

ZIPPY e Make-a-Wish promovem concerto solidário “We Go Together” com Carolina Deslandes

Evento realiza-se a 19 de outubro

image006.png

 

Um dia de festa em família, no dia 19 de outubro, na Tapada das Necessidades, em Lisboa

 

Uma parte das receitas de bilheteira vão reverter a favor da Fundação Make-A-Wish, que contribui para a realização de desejos de crianças que sofrem de doenças graves.

 

 

No dia 19 de outubro, a ZIPPY promove o concerto solidário “We Go Together” (https://youtu.be/rwef9LMEd0E), uma iniciativa da marca em conjunto com a Make a Wish, que quer marcar a diferença, proporcionando um momento de descontração em família, com uma forte vertente solidária.

A ZIPPY convida todas as famílias a marcarem presença das 17h às 24h na Tapada das Necessidades, num evento que comemora o final das férias e o regresso às rotinas, tão importantes para o bem-estar das famílias.

Carolina Deslandes é a cabeça de cartaz deste evento, com uma atuação prevista para as 18h30, que promete colocar pais e filhos a cantar em conjunto. Para este concerto solidário, está também confirmada em cartaz, Irma Dali, que lançou recentemente o seu primeiro single “Da Mesma Pele”. Outros artistas serão confirmados em breve. 

Solidariedade é a palavra de ordem nesta iniciativa e a ZIPPY associa-se à Fundação Make-a-Wish. 50% das receitas de bilheteira vão reverter para esta fundação, com o objetivo de realizar o desejo de crianças que sofrem de doenças graves.                

Os bilhetes estarão disponíveis em https://ticketline.sapo.pt/evento/we-go-together-concerto-solidario-45167e locais habituais, a partir de 09 de setembro, com bilhetes desde os 10€ aos 15€. A ZIPPY disponibiliza ainda um pack especial de 4 bilhetes (2 adultos e 2 crianças) a 40€.  Para quem não puder estar presente, mas quiser ajudar a Make-a-Wish, pode comprar o bilhete especial donativo no valor de 5€.

Com o objetivo de ser uma verdadeira festa da família, o evento solidário “We Go Together” vem reforçar os valores da ZIPPY como marca com um ADN otimista e descontraído, parceira dos pais em todas as fases da vida das crianças, e que procura descomplicar e trazer mais significado ao dia-a-dia das famílias. A relação com a Fundação Make-a-Wish surge de forma natural e, juntas, pretendem mostrar, a todas as crianças, que independentemente do dia de hoje o amanhã está repleto de possibilidades, realizações e sonhos.

Este evento conta o apoio da Luso Fruta Kids, Mitsubishi e Altano, que ajudarão a tornar este final de dia descontraído e com muitas surpresas.

Onde: Tapada das Necessidades, em Lisboa

Datas: Sábado, 19 de outubro, das 17h às 00h

Preço dos bilhetes:

10€ para crianças dos 3-13 anos e seniores (a partir dos 65 anos)

15€ para jovens e adultos (>13 anos)

40€ pack especial 4 bilhetes (2 adultos e 2 crianças)

Crianças dos 0-3 anos: 0€

Lotação máxima: 3.500 pessoas

Mais informações em: http://www.zippywegotogether.com/

https://ticketline.sapo.pt/evento/we-go-together-concerto-solidario-45167

Cuca Roseta e Orquestra de Câmara de Cascais e Oeiras unem-se para concerto solidário

Maratona da Maternidade junta famílias em caminhada de cariz solidário | 21 Setembro | Porto

Maratona da Maternidade junta famílias em caminhada de cariz solidário  

BebéVida duplica valor das inscrições e entrega donativo à Associação Vida Norte 

21 de setembro | 09h30 | Edifício Transparente, Porto 

 

image009.jpg

 

 

 

A 3.ª Maratona da Maternidade volta a juntar centenas de grávidas no Porto numa caminhada que pretende festejar a vida e a natalidade. A BebéVida, laboratório de tecidos e células sediado no Porto, promove esta iniciativa pelo terceiro ano consecutivo, numa altura em que Portugal ocupa quarto lugar entre os países da União Europeia com mais baixas taxas de natalidade. 

 

"A Maratona da Maternidade é um momento de união e partilha entre os participantes. Temos uma manhã de atividades e convidamos todos a celebrar a vida, a maternidade e a natalidade connosco", afirma Luís Melo, administrador da Bebé Vida.  

 

“A maior maratona das nossas vidas” é o mote desta caminhada de três quilómetros que se realiza na marginal marítima do Porto e onde se esperam grávidas, pais, futuros pais e famílias. O evento realiza-se a 21 de setembro e tem ponto de encontro marcado no Edifício Transparente. As inscrições devem ser feitas através do site da BebéVida e têm o custo simbólico de €2, a entregar no momento do levantamento do Kit de participação.  

 

"A BebéVida vai, uma vez mais, duplicar o valor das inscrições e doá-lo à Associação Vida Norte, entidade que acompanha grávidas em situação de dificuldade, promovendo a vida e a família, tal como nós pretendemos fazer com esta caminhada", acrescenta Luís Melo. Esta iniciativa insere-se na política de responsabilidade social da BebéVida 

 

Os participantes receberão ofertas dos parceiros da Bebé Vida e também será oferecida às grávidas com mais de 17 semanas de gestação uma sessão de captação de imagem 4D por 5 minutos, para que os futuros pais conheçam os seus bebés mesmo antes do nascimento. 

 

 

 

 

 

 

 

Mais sobre a Bebé Vida: 

O laboratório Bebé Vida é um banco de tecidos e células 100% português licenciado pelo Ministério da Saúde. Eleito PME Líder há oito anos consecutivos, foi distinguido com o estatuto PME excelência em 2017 pela segunda vez. 

A Bebé Vida disponibiliza o serviço de criopreservação de células estaminais do sangue e do tecido do cordão umbilical de recém-nascidos e é o único laboratório de criopreservação português reconhecido pela acreditação FACT Netcord, a mais completa distinção que um laboratório de criopreservação de células estaminais pode obter a nível mundial. 

 

Mais sobre a Associação Vida Norte: 

A Vida Norte é uma IPSS que atua nos concelhos do Porto e Braga que tem como principal missão apoiar grávidas e bebés em situação de vulnerabilidade, através de um acompanhamento de proximidade. A associação acompanha uma média de 100 grávidas e famílias por mês, desde a gravidez até ao bebé completar 18 meses, trabalhando ao nível da capacitação para que a mãe possa, de forma autónoma, dar seguimento a um projeto familiar estruturado e feliz.  

A Vida Norte trabalha diariamente para que todos os bebés tenham oportunidade de nascer e crescer num ambiente protegido, com afeto e dignidade. 

 

UAU | Ensaio Solidário :: AS OBRAS COMPLETAS DE WILLIAM SHAKESPEARE EM 97 MINUTOS

Outlook-tz4axzu3.png

 

ENSAIO SOLIDÁRIO | 11 Setembro | 21h30 

Uma iniciativa que a UAU promove há mais de dez anos, os Ensaios Solidários são sempre muito procurados pelo público, que tem a oportunidade de assistir ao espectáculo antes da sua estreia, ao mesmo tempo que contribui para uma causa de solidariedade social escolhida pelo elenco e encenador.

 

Ao preço simbólico de 6€ (sem lugares marcados), o Ensaio Solidário de As Obras Completas de William Shakespeare em 97 Minutos realiza-se dia 11 de Setembro às 21h30 e a receita reverte na totalidade para a Acreditar-Associação de Pais e Amigos de Crianças com Cancro.

 

Com 25 de anos de actividade, a Acreditar é uma rede de partilha e de apoio feita de crianças, jovens, pais e amigos, que enfrenta os desafios do cancro infantil, garantindo apoio num momento de incerteza e acompanhando em todos os ciclos da doença. Nas Casas Acreditar, nos hospitais e no domicílio, o apoio desdobra-se nos planos emocional e social – com transparência e profissionalismo, e sobretudo com a experiência de quem já passou pelo mesmo. O cancro em crianças e jovens é raro. Em Portugal são diagnosticadas, anualmente, cerca de 400 casos. A taxa de cura ronda, actualmente, os 80%, sendo superior à da maioria dos casos em adultos. Dois terços dos sobreviventes sofrem efeitos tardios.
 
Este Setembro, a Acreditar volta a juntar-se à rede de organizações internacionais de apoio a crianças e jovens com cancro assinalando o Mês de Sensibilização para o Cancro Infantil. O símbolo é um laço dourado, pois a cor dourada simboliza a força, coragem e resiliência destas crianças.

 

 

Com encenação de António Pires e interpretação de Pedro Pernas, Rúben Madureira e Telmo Ramalho, As Obras Completas de William Shakespeare em 97 Minutos “viaja” pelas tragédias, comédias, peças históricas e sonetos do mais famoso e influente dramaturgo inglês, provando que “Ser ou não ser” não é uma questão a colocar quando se trata do fenómeno que este espectáculo é desde a sua estreia, em 1996!

 

Texto Adam Long, Daniel Singer e Jess Borgeson 

Encenação Antonio Pires

Tradução Célia Mendes 

Figurinos Marta Pedroso

Movimento/Coreografia Sissi Martins

Interpretação  Pedro Pernas, Rúben Madureira e Telmo Ramalho