Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

Em dezembro, “Viva o Natal em Palmela”!

Vila Natal.jpg

 

 

De 1 de dezembro a 6 de janeiro de 2020, “Viva o Natal em Palmela”! O espírito natalício vai estar presente por todo o Centro Histórico da vila, com um presépio, o Mercado de Natal e o Concurso Natal à Janela.

 

O Concurso abre o programa comemorativo promovido pela Câmara Municipal de Palmela e decorre durante todo este período, desafiando as/os residentes e comerciantes do Centro Histórico a usarem a criatividade, decorando as suas montras, janelas e varandas com motivos de Natal. As/os interessadas/os em participar podem ainda inscrever-se até dia 29 de novembro, nos atendimentos da Câmara Municipal, no Posto de Turismo ou através do endereço eletrónico grch@cm-palmela.pt.

O Presépio de Natal, da autoria da escultora Teresa Martins, com figuras em tamanho real, de caráter religioso e também etnográfico, é já um dos grandes atrativos do “Viva o Natal em Palmela”.

 

De 13 a 23 de dezembro, o Mercado de Natal, este ano no Largo de S. João, será uma oportunidade privilegiada para adquirir produtos regionais de qualidade para oferecer nesta época natalícia.

Animação musical, diversões infantis e a incontornável presença do Pai Natal, com a sua casa e uma charrete que viajará entre o Largo de S. João e os Paços do Concelho, completam o programa, que termina com o tradicional Cantar das Janeiras, a 6 de janeiro.

 

Reúna a família e venha a Palmela celebrar a época natalícia!

Palmela é Música: Saxofones do CRP e Metropolitana de Lisboa dão concerto gratuito

Acordai_8dez19.JPG

 

No próximo dia 8 de dezembro, os saxofones do Conservatório Regional de Palmela e da Metropolitana de Lisboa juntam-se para o concerto “Acordai”, às 18h00, na Igreja de Santiago, no Castelo de  Palmela. A entrada é livre.

 

Segundo João Pedro Silva, professor de saxofone e música de câmara, este será um concerto “muito especial” que reunirá imensos jovens que partilham a paixão pela música e, especialmente, pelo saxofone.

 

Com um título “sugestivo”, que procura sensibilizar e despertar para uma consciência coletiva, o concerto apresenta um alinhamento musical diversificado composto por obras de Antonín Dvorak, Andy Scott, Eugene Bozza, Fernando Lopes Graça, J.S. Bach, Jonh Williams, Manuel Teles, Oskar Rieding, Paul Bonneau, Philip Gass e Rafael Baptista. 

 

 

Na biblioteca municipal de Palmela: Formação gratuita de Escrita Criativa

Escrita Criativa.jpg

 

Com início a 7 de dezembro, na Biblioteca Municipal de Palmela, a formação “Escrita Criativa por Dentro e por Fora” desafia as/os participantes a estimularem o seu lado criativo… na escrita! A iniciativa é gratuita e promovida pelo Município de Palmela e IEFP.

 

Dinamizada pela formadora Cristina Benedita, esta ação tem uma duração total de 25 horas e decorrerá aos sábados. Através de processos de percepção sensorial, movimentos, memórias afetivas ou histórias vivenciadas criam-se formas de composição e narrativas. E de momentos instantâneos de curiosidades ou de imaginários baseado em leituras ou imagens, surgem novas frases e encadeamento de palavras.

 

Com múltiplos desafios e abordagens a escrita criativa será explorada nesta ação dinamizada pela formadora Cristina Benedita. Integrada no ciclo de Formação para a Comunicação, esta ação decorrerá aos sábados e tem uma duração total de 25 horas.

 

As/os interessados em participar devem formalizar a sua inscrição através dos contactos formação.comunidade@cm-palmela.pt ou 212 336 632 (Biblioteca Municipal de Palmela).

 

Ordens religioso-militares são tema do Fórum Turismo Palmela 2019

A participação é gratuita e as inscrições estão abertas!

Ordens religioso-militares são tema do Fórum Turismo Palmela 2019

Castelo de Palmela.jpg

 

No ano em que o Município de Palmela comemora 30 anos de investigação e divulgação de conhecimento historiográfico em Ordens Militares, o Fórum Turismo Palmela, que se realiza a 6 de dezembro, a partir das 9h30, no Cineteatro S. João, tem como tema “As Ordens religioso-militares na valorização turística dos destinos”.

Organizado pela Câmara Municipal de Palmela, com o apoio da Entidade Regional de Turismo da Região de Lisboa e da Rota de Vinhos da Península de Setúbal, o Fórum Turismo assume-se como um momento anual de partilha de experiências na área do Turismo, focando, todos os anos, temas diferentes e de grande interesse para o setor. Os trabalhos desta edição são centrados em dois grandes painéis: “A Ordem Militar de Santiago e a sua influência nos destinos turísticos” e “O papel das Ordens religioso-militares na valorização turística dos destinos / Exemplo e Práticas”. São convidadas/os oradoras/es a nível nacional, que farão intervenções relacionadas com as suas áreas de ação, para partilha de exemplos e boas práticas.

A participação no Fórum Turismo Palmela é gratuita. Mais informações e inscrições: 212 336 668, turismo@cm-palmela.pt, turismo.cm-palmela.pt ou www.facebook.com/TurismoPalmela.

 

 

Fórum Turismo Palmela 2019: conheça o programa!

Fórum Turismo Palmela.jpg

 

 

 

Já está disponível o programa do Fórum Turismo Palmela 2019, que se realiza a 6 de dezembro, no Cineteatro S. João. As inscrições, gratuitas, estão a decorrer.

No ano em que o Município de Palmela comemora 30 anos de investigação e divulgação de conhecimento historiográfico em Ordens Militares, o tema escolhido para o Fórum Turismo foi “As Ordens religioso-militares na valorização turística dos destinos”.

Organizado pela Câmara Municipal de Palmela, com o apoio da Entidade Regional de Turismo da Região de Lisboa e da Rota de Vinhos da Península de Setúbal, o evento assume-se como um momento anual de partilha de experiências na área do Turismo, focando, todos os anos, temas diferentes e de grande interesse para o setor. Os trabalhos desta edição são centrados em dois grandes painéis: “A Ordem Militar de Santiago e a sua influência nos destinos turísticos” e “O papel das Ordens religioso-militares na valorização turística dos destinos / Exemplo e Práticas”. São convidadas/os oradoras/es a nível nacional, que farão intervenções relacionadas com as suas áreas de ação, para partilha de exemplos e boas práticas.

Mais informações e inscrições: 212 336 668, turismo@cm-palmela.ptou www.facebook.com/TurismoPalmela.

 

Programa

 

9h30

Sessão de Abertura

 

Secretaria de Estado do Turismo*

Turismo de Portugal - Teresa Ferreira

Entidade Regional de Turismo da Região de Lisboa - Vítor Costa

Câmara Municipal de Palmela - Álvaro Balseiro Amaro

 

10h00-12h30

A Ordem Militar de Santiago e a sua influência nos destinos turísticos

Moderação: Jorge Humberto Silva - Entidade Regional de Turismo da Região de Lisboa

 

Palmela: História, Arqueologia e Arte da Ordem de Santiago como Atrativo Turístico

Isabel Cristina Ferreira Fernandes - GesOS-Câmara Municipal de Palmela

 

A Relevância da Ordem de Santiago em Alcácer do Sal: Castelo, Convento, Igrejas e Panteão

Maria Teresa Lopes Pereira - Instituto de Estudos Medievais-Universidade Nova de Lisboa

 

A Ordem de Santiago no Alentejo: Valor Histórico e Artístico no Quadro de um Turismo Cultural

José António Falcão - Direção-Geral do Património Cultural

 

O Projeto Ordo Christi: Do Estudo do Património à Implementação e Promoção de Rotas de uma Ordem Religioso-Militar

João Neves e Ricardo Silva

 

Debate

 

14h00-16h45

O papel das Ordens religioso-militares na valorização turística dos destinos / Exemplo e Práticas

Moderação: Paula Magalhães - Câmara Municipal de Palmela

 

Ordem dos Templários – Conselho Científico Português da Rota Europeia dos Templários

Ernesto Jana - Município de Tomar

 

O Valor Cultural e Turístico do Património de Avis, sede da Ordem Religioso-Militar de Avis

Marta Alexandre - Centro Interpretativo da Ordem de Avis-Câmara Municipal de Avis

 

Ordem do Hospital / Ordem de Malta - Mosteiro Flor da Rosa

Jorge Rodrigues e Paulo Pereira - Museu Municipal do Crato

 

A Importância do Turismo no Desenvolvimento Regional

Bernardo Trindade AHP - Associação de Hotelaria de Portugal

 

Ordem de Santiago e Valorização Patrimonial – Perspetivas e Desafios de Futuro

Luís Miguel Calha - Câmara Municipal de Palmela

 

Debate

 

Encerramento com Moscatel de Honra

 

*A confirmar

 

 

Castelo e Centro Histórico de Palmela aguardam a sua visita!

Visitas Guiadas.jpg

 

Se tem curiosidade em saber mais sobre a história e conhecer os encantos do Castelo e Centro Histórico de Palmela, participe, a 12 de outubro, nas Visitas Guiadas, organizadas pela Câmara Municipal de Palmela e de frequência gratuita.

Às 10h00, terá lugar a Visita Guiada ao Castelo de Palmela, monumento nacional e antiga sede da Ordem de Santiago, com ponto de encontro junto à Igreja de Santiago, que dará às/aos participantes a possibilidade de saberem mais sobre um dos mais belos castelos do nosso país e apreciarem a paisagem circundante, por entre serras e mar. À tarde, a partir das 14h30, é a vez da Visita Guiada ao Centro Histórico da vila, que parte junto ao Chafariz de D. Maria I, dando a percorrendo jardins, miradouros típicos e edifícios com interesse patrimonial.

Realizadas no primeiro sábado de cada mês, estas visitas, com duração de uma hora e meia, são orientadas por um voluntário do Museu Municipal de Palmela. Cada visita tem um limite de 15 inscrições, que deverão ser efetuadas até às 12h00 de dia 10 de outubro, através dos contactos patrimonio.cultural@cm-palmela.pt ou 212 336 640.

 

Fórum Turismo Palmela 2019 está a chegar!

 

Fórum Turismo Palmela.jpg

 

É já no dia 6 de dezembro que se realiza o Fórum Turismo Palmela, este ano com o tema “As Ordens religioso-militares na valorização turística dos destinos”. As inscrições, gratuitas, ainda estão a decorrer.

A edição de 2019, que decorre a partir das 9h30, no Cineteatro S. João, debate este tema, no ano em que o Município de Palmela comemora 30 anos de investigação e divulgação de conhecimento historiográfico em Ordens Militares.

Organizado pela Câmara Municipal de Palmela, com o apoio da Entidade Regional de Turismo da Região de Lisboa e da Rota de Vinhos da Península de Setúbal, o evento assume-se como um momento anual de partilha de experiências na área do Turismo, focando, todos os anos, temas diferentes e de grande interesse para o setor. Os trabalhos desta edição são centrados em dois grandes painéis: “A Ordem Militar de Santiago e a sua influência nos destinos turísticos” e “O papel das Ordens religioso-militares na valorização turística dos destinos / Exemplo e Práticas”. São convidadas/os oradoras/es a nível nacional e internacional, que farão intervenções relacionadas com as suas áreas de ação, para partilha de exemplos e boas práticas.

Mais informações e inscrições: 212 336 668, turismo@cm-palmela.pt, turismo.cm-palmela.pt ou www.facebook.com/TurismoPalmela.

 

Programa

 

9h30

Sessão de Abertura

 

Turismo de Portugal - Teresa Ferreira

Entidade Regional de Turismo da Região de Lisboa - Vítor Costa

Câmara Municipal de Palmela - Álvaro Balseiro Amaro

 

10h00-12h30

A Ordem Militar de Santiago e a sua influência nos destinos turísticos

Moderação: Jorge Humberto Silva - Entidade Regional de Turismo da Região de Lisboa

 

Palmela: História, Arqueologia e Arte da Ordem de Santiago como Atrativo Turístico

Isabel Cristina Ferreira Fernandes - GesOS - Câmara Municipal de Palmela

 

A Relevância da Ordem de Santiago em Alcácer do Sal: Castelo, Convento, Igrejas e Panteão

Maria Teresa Lopes Pereira - Instituto de Estudos Medievais - Universidade Nova de Lisboa

 

A Ordem de Santiago no Alentejo: Valor Histórico e Artístico no Quadro de um Turismo Cultural

José António Falcão - Direção-Geral do Património Cultural

 

O Projeto Ordo Christi: Do Estudo do Património à Implementação e Promoção de Rotas de uma Ordem Religioso-Militar

João Neves e Ricardo Silva - Escola Superior de Artes Aplicadas do Instituto Politécnico de Castelo Branco

 

Território Hospitalário (Aracena, Aroche, Serpa, Moura) – Quatro Castelos, um mesmo horizonte. Um projeto transfronteiriço de turismo cultural

EduardoRomero Bomba - Ayuntamiento de Aracena

Miguel Serra - Câmara Municipal de Serpa

 

Debate

 

14h00-16h45

O papel das Ordens religioso-militares na valorização turística dos destinos / Exemplo e Práticas

Moderação: Paula Magalhães - Câmara Municipal de Palmela

 

A sede das Ordens do Templo e de Cristo como motor de desenvolvimento no Médio-Tejo e na ligação cultural e científica com a Europa

Ernesto Jana - Município de Tomar

 

O Valor Cultural e Turístico do Património de Avis, sede da Ordem Religioso-Militar de Avis

Marta Alexandre - Centro Interpretativo da Ordem de Avis - Câmara Municipal de Avis

 

Ordem do Hospital / Ordem de Malta - Mosteiro Flor da Rosa

Jorge Rodrigues e Paulo Pereira - Museu Municipal do Crato

 

A Importância do Turismo no Desenvolvimento Regional

Bernardo Trindade - AHP - Associação de Hotelaria de Portugal

 

Ordem de Santiago e Valorização Patrimonial – Perspetivas e Desafios de Futuro

Luís Miguel Calha - Câmara Municipal de Palmela

 

Debate

 

Encerramento com Moscatel de Honra

Feiras do Livro de Natal em Palmela e Pinhal Novo

Feira do Livro de Natal.jpg

 

 

A Câmara Municipal de Palmela, em parceria com o Grupo Porto Editora, organiza duas Feiras do Livro de Natal: de 23 de novembro a 1 de dezembro, no Mercado Municipal de Pinhal Novo, e de 10 a 14 de dezembro, na Biblioteca Municipal de Palmela.

No Mercado de Pinhal Novo, a Feira vai funcionar de segunda a sexta-feira, das 9h00 às 17h00, e ao sábado, das 8h00 às 13h00. Nos dias 30 de novembro e 1 de dezembro, a partir das 10h00, vai decorrer, em simultâneo, um ateliê de atividades manuais para crianças. Na Biblioteca de Palmela, a Feira poderá ser visitada de segunda a sexta-feira, das 10h00 às 19h00, e ao sábado, das 14h00 às 19h00.

As/os visitantes beneficiam de descontos de 10% sobre o preço de capa e 10% das vendas revertem em livros para a Biblioteca. Aproveite esta oportunidade e, nesta quadra natalícia, ofereça livros às/aos suas/seus familiares e amigas/os!

 

Cavalos de Baloiço em exposição no Centro Cultural de Poceirão

Exposição Brinquedos Mobilidade Estática - Cava

 

Depois da “Exposição de Brinquedos: Mobilidade Móvel”, que deu a conhecer carrinhos, triciclos, quadriciclos e trotinetas que fazem parte do espólio do colecionador Hélder Esdras Martins, o Centro Cultural de Poceirão vai receber, de 10 de outubro a 30 de novembro, a “Exposição de Brinquedos Mobilidade Estática: Cavalos de Baloiço”, do mesmo colecionador.

Hélder Esdras Martins, natural de Pinhal Novo, dedica-se, desde os 16 anos, ao colecionismo. Numa viagem a França, apaixonou-se pela temática dos brinquedos, ao visitar uma exposição. Atualmente, possui cerca de 10 mil peças, numa coleção que integra os mais variados tipos e origens de brinquedos, desde o século XIX. Tem participado em congressos, jornadas e exposições, representando Portugal em diversos países.

Org: Câmara Municipal de Palmela

Com entrada livre e organizada pela Câmara Municipal de Palmela, a Exposição pode ser visitada de terça a sexta-feira, das 9h00 às 13h00 e das 14h00 às 22h30, e ao sábado, das 14h00 às 24h00.

 

“Palavras na Nossa Terra” recorda poesia de Vasco Graça Moura

Biblioteca Municipal de Pinhal Novo.jpg

 

 

A próxima Sessão de Poesia “Palavras na Nossa Terra”, marcada para 29 de novembro, às 21h00, na Biblioteca Municipal de Pinhal Novo vai evocar o poeta Vasco Graça Moura.

Personagem polifacetada da vida cultural portuguesa, Vasco Graça Moura (1942-2014) foi poeta, romancista, ensaísta, tradutor, secretário de Estado, diretor na RTP, na Imprensa Nacional e na Comissão para as Comemorações dos Descobrimentos Portugueses e deputado no Parlamento Europeu.

Em 1996, a sua obra foi reunida em volume. Dos títulos do autor, destacam-se “Concerto Campestre”, os romances “Quatro Últimas Canções” (1987) e “Meu Amor Era de Noite” (2001) e os livros de poesia “Uma Carta no Inverno”, que lhe valeu o prémio da Associação Portuguesa de Escritores, e “Poemas com Pessoas” (ambos de 1997). Recebeu o Prémio Pessoa, em 1995, e a medalha de ouro da Comuna de Florença, em 1998, ambos atribuídos à sua tradução da “Divina Comédia”, de Dante.

A participação nestes encontros de poesia, que decorrem uma vez por mês, na Biblioteca Municipal de Pinhal Novo, é livre e aberta a todas as pessoas que gostem de ouvir, escrever, ler ou declamar poesia.