Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

“Cine-Teatro S. João… em Exposição” - conheça rostos e memórias de 70 Anos de história!

Inauguração Exposição (1).jpg

A Exposição “Cine-Teatro S. João… em Exposição” foi inaugurada no dia 25 de julho, marcando o arranque do programa comemorativo do 70.º Aniversário do Cine-Teatro S. João (CTSJ) “7 Dias - 70 Anos”, e vai ficar patente em permanência neste equipamento cultural. Visite a Exposição e participe nas iniciativas do programa, a decorrer até ao final desta semana!

A inauguração contou com a presença de familiares de Humberto da Silva Cardoso (o responsável pela construção do CTSJ), da equipa municipal que tem o CTSJ diariamente como sua casa e da comunidade.

O objetivo foi que a Exposição convivesse com a orgânica do espaço. Os vários painéis informativos, fotos e objetos expostos contam a história destes 70 anos, não só do ponto de vista da evolução do edifício, mas também das pessoas e das atividades que lhe dão corpo e identidade.

«Preparámos com muito carinho esta Exposição, que a todos nos diz muito», referiu a Vereadora da Cultura, Maria João Camolas, no momento da inauguração. O CTSJ é hoje «a nossa grande casa da Cultura» e «uma grande referência na vila e no concelho», sublinhou.

«O Cine-Teatro congrega todas as formas de arte e foi um pouco de tudo isto que, durante sete dias, quisemos devolver à comunidade», explicou, deixando o apelo à participação nas atividades desta «grande semana», que convida a reviver a história do CTSJ.

À inauguração, seguiu-se um Ensaio Aberto do espetáculo “Passos de História”, pela DançArte, e até dia 31, o programa “7 Dias - 70 Anos”, organizado pelo Município de Palmela e parceiros locais, traz ainda muita música, dança, exposições, visitas, cinema e atividades para as famílias, a decorrer no CTSJ e também no Largo de S. João, em Palmela.

Consulte a programação completa em www.cm-palmela.pt. Mais informações: 212 336 630 ou cultura@cm-palmela.pt.

Aniversário Cine-Teatro S. João - 70 Anos de Vida Artística e Cultural

70 Anos Cine-Teatro S. João.jpg

 

O CTSJ - Cine-Teatro S. João celebra, a 26 de julho, o seu 70.º Aniversário! Do cinema, passando pelo teatro até à música, este equipamento encerra em si um conjunto de memórias do mundo do espetáculo, que perduram até aos dias de hoje e são fonte de inspiração para grupos artísticos, criadores e comunidade local. Para celebrar o aniversário desta “casa da Cultura”, o Município de Palmela e parceiros locais apresentam o programa comemorativo “7 Dias - 70 Anos”, a decorrer de 25 a 31 de julho. Não falte!

Música, dança, exposições, visitas, cinema e atividades para as famílias são os ingredientes destes sete dias de festa, com iniciativas a decorrer no CTSJ e também no Largo de S. João, em Palmela.

No panorama musical, destaque para o concerto “Salvador Sobral” dia 26 de julho, às 21h30, com entrada gratuita mediante levantamento de bilhete. De 26 a 29 de julho, às 19h30, a iniciativa “Tócabanda no Coreto” dará música ao Largo de S. João, com a presença das Filarmónicas, numa saudação à música e ao CTSJ.

Não perca também as sessões de Cinema no Terraço (dias 27 e 28), que serão antecedidas de animação musical e boa disposição do grupo Agarrat’Óbrass, o Cinema Infantil (dia 31) e as diferentes propostas intergeracionais da iniciativa “Jogos em Família - Avós em Festa!” (dia 26).

A dança é outro ponto forte do programa, com a estreia da criação da DançArte “Passos de História” (dia 29), concebida especificamente para assinalar o aniversário, que é antecedida de um Ensaio Aberto, no dia 25.

Haverá também exposições para visitar, com destaque para “Cine-Teatro S. João… em Exposição”, que é inaugurada no dia 25 e ficará patente em permanência. Esta mostra dá o mote para duas outras atividades: “Cine-Teatro S. João - Histórias com Memórias e Futuro” (dia 27) e uma Visita Orientada à Exposição, seguida de Caminhada na Serra do Louro e terminando com uma Visita à Quinta do Piloto (dias 30 e 31).

Numa evocação aos bailes cheios de glamour realizados nos foyers, no dia 31, “O Baile” contará com a música ao vivo do grupo Jukeboxers e aguarda a presença de todas/os.

A anteceder os “7 Dias - 70 Anos”, logo a partir de 15 de julho, decorre o pré-programa, do qual se destacam o Evento Comemorativo do Aniversário da Passos e Compassos, dia 17, e o espetáculo musical “Twist Connection”, dia 24, também integrado no Festival FIAR.

Mais informações: 212 336 630 ou cultura@cm-palmela.pt.

 

Sabia que…

 

Inaugurado com o filme "As Aventuras de D. Juan", a 26 de julho de 1952, o Cine-Teatro S. João foi mandado construir por Humberto da Silva Cardoso.

Wily Braun e Pedro Cavalleri foram, respetivamente, o arquiteto e o engenheiro responsáveis pelo atual edifício. À data, o conjunto de máquinas de projetar da Zeiss Ikon, instalado neste Cine-Teatro, era dos mais modernos em Portugal!

Situado em pleno coração da vila de Palmela, o Cine-Teatro S. João assumiu-se como uma referência na vida cultural da região e, atualmente, continua a destacar-se como um equipamento cultural vivo, dinâmico e bem enraizado na identidade local. Atualmente, integra a RTCP - Rede de Teatros e Cineteatros Portugueses e a Artemrede - Teatros Associados.

 

Pré-programa

 

15 julho

Lançamento de “Dois Passos de Conversa… episódio especial”

Pela Passos e Compassos

Aceda em www.passosecompassos.pt

 

17 julho | 17h00 | Cine-Teatro S. João, Palmela

Evento Comemorativo do Aniversário da Passos e Compassos

 

A partir de 17 julho | Foyer do Cine-Teatro S. João, Palmela

Memórias Futuras

Exposição fotográfica no âmbito do aniversário da Passos e Compassos

 

24 julho | 22h30 | Cine-Teatro S. João, Palmela

Twist Connection

Bateria e voz: Carlos “Kaló” Mendes; Guitarra: Samuel Silva; Baixo: Sérgio Cardos

Concerto integrado no Festival FIAR, evocando as comemorações do 70.º Aniversário do Cine-Teatro S. João. No dia do encerramento do FIAR, abre-se uma semana de programação de celebração. Assim se cruzam destinos entre este Festival e a casa das artes, que também sempre abraçam o S. João.

 

Programa

 

25 julho | 18h30 | Cine-Teatro S. João, Palmela

Inauguração da Exposição “Cine-Teatro S. João… em Exposição”

Na evocação do 70.º aniversário, memórias e sentidos, numa Exposição que permanecerá nos foyers do S. João.

 

25 julho | 19h30 | Cine-Teatro S. João, Palmela

Ensaio Aberto do espetáculo “Passos de História”

Pela DançArte

Entrada gratuita

 

26 julho | 10h00-12h00 | Largo de S. João, Palmela

Jogos em Família - Avós em Festa!

Diferentes propostas intergeracionais, que convidam familiares e amigos a uma manhã entre partilhas e memórias: jogos tradicionais, jogos de mesa e outros.

Participação gratuita

 

26 julho | 21h30 | Cine-Teatro S. João, Palmela

Concerto “Salvador Sobral”

No dia de aniversário do S. João, uma proposta musical de excelência.

Entrada gratuita, mediante levantamento de bilhete

 

26, 27, 28 e 29 julho | 19h30 | Largo de S. João, Palmela

Tócabanda no Coreto

Presença das Filarmónicas, numa saudação à música e ao Cine-Teatro, no Largo que é a sua casa.

 

27 julho | 15h00-17h00 | Cine-Teatro S. João, Palmela

Cine-Teatro S. João - Histórias com Memórias e Futuro

Falar do Cine-Teatro S. João é o mote para muitas conversas, que ganham sentido quando partilhadas e transmitidas entre gerações.

Visita guiada à exposição “Cine-Teatro S. João… em Exposição”

Participação gratuita

 

27 julho | 21h30 | Cine-Teatro S. João, Palmela

Animação Musical pelo Grupo Agarrat’Óbrass

Pequena animação musical a anteceder uma noite de cinema, apenas com uma regra, boa energia! O objetivo é fazer sorrir, cantar e dançar.

Cinema no Terraço - “As Aventuras de D. Juan”

Em 26 de julho de 1952, o Cine-Teatro S. João foi inaugurado com a exibição do filme “D. Juan”, com Errol Flyn. Numa viagem no tempo, desta vez ao ar livre, esta fita celebra sete décadas de vida cultural deste equipamento.

Entrada gratuita, mediante levantamento de bilhete

 

28 julho | 21h30 | Cine-Teatro S. João, Palmela

Animação Musical pelo Grupo Agarrat’Óbrass

Pequena animação musical a anteceder uma noite de cinema, apenas com uma regra, boa energia! O objetivo é fazer sorrir, cantar e dançar.

Cinema no Terraço - “Cinema Paraíso”

A pretexto da celebração, a alma do cinema através de uma película que nos transporta a ambientes que o S. João reconhece.

Entrada gratuita, mediante levantamento de bilhete

 

29 e 30 julho | 21h30 | Cine-Teatro S. João, Palmela

Passos de História

Pela DançArte

Produção: Passos e Compassos

Estreia da nova produção da companhia residente no Cine-Teatro S. João, uma criação exclusiva de celebração do 70.º Aniversário, com muitos passos de história pelos caminhos desta casa partilhada.

Entrada gratuita, mediante levantamento de bilhete

 

30 e 31 julho | 17h00-20h00 | Cine-Teatro S. João, Palmela

Visita Orientada à Exposição Permanente do Cine-Teatro S. João

Seguida de Caminhada na Serra do Louro. Termina com uma Visita à Quinta do Piloto, que inclui prova de vinhos, com degustação de Pão dos Moinhos, Queijo de Azeitão, compota e Fogaça de Palmela.

Valor: 20€; crianças 5-12 anos: 10€

Reservas: 212 334 398 | info@rotavinhospsetubal.com

 

Percurso 1 - Médio

16h15 - Visita Orientada à Exposição “Cine-Teatro S. João… em Exposição”

17h00 - Cine-Teatro S. João, Chafariz D. Maria I, Alameda 25 de Abril, Rua Helena Cardoso, Serra do Louro, Castro de Chibanes (antigo sítio fortificado dos séculos III a I A.C. - Sítio de Interesse Público desde 2011), Sítio Rural Islâmico do Alto da Queimada (“Alcaria”), Marco Geodésico da Serra do Louro, 1.º moinho de Quinta do Anjo e regresso até à Quinta do Piloto.

Tempo estimado do percurso: 75-80 minutos; grau de dificuldade: 2-3 (1-5)

 

Percurso 2 - Curto

17h00 - Visita Orientada à Exposição “Cine-Teatro S. João… em Exposição”

17h45 - Cine-Teatro S. João, Chafariz D. Maria I, Alameda 25 de Abril, Rua Helena Cardoso, Serra do Louro até aos Moinhos Vivos e descida para a Quinta do Piloto.

Tempo estimado de percurso: 25-30 minutos; grau de dificuldade: 1-2 (1-5)

 

31 julho | 11h00 | Cine-Teatro S. João, Palmela

Cinema Infantil - “Maluquices”

Integrada nas comemorações dos 70 Anos do Cine-Teatro, uma proposta para uma muito divertida sessão de curtas-metragens, para M/4 e em versão dobrada em português. Durante uma hora, vamos descobrir um polvo em apuros, um touro enfurecido e seis bateristas que invadem um apartamento, entre outras curtas-metragens, com muita “loucura” à mistura.

Entrada gratuita, mediante levantamento de bilhete

 

31 julho | 18h30 | Cine-Teatro S. João, Palmela

O Baile

Evocando a tradição de bailes cheios de glamour que os foyers recebiam, de novo nos encontraremos num momento de alegria e partilha, no Baile aberto a todos, com o suporte musical ao vivo do grupo Jukeboxers na festa da cultura.

70 Anos do Cine-Teatro S. João: participe numa Visita Guiada seguida de Caminhada!

Visita Guiada e Caminhada.jpg

No âmbito do programa comemorativo do 70.º Aniversário do Cine-Teatro S. João (CTSJ) “7 Dias - 70 Anos”, participe numa Visita Guiada ao CTSJ e à Exposição “Cine-Teatro S. João… em Exposição”, seguida de uma Caminhada até à Quinta do Piloto, com visita à adega e prova de vinhos e produtos regionais. A atividade vai decorrer no dia 30 de julho.

A concentração está marcada para as 16h45, no terraço do CTSJ, seguindo-se, às 17h00, a Visita Guiada a este equipamento cultural e à Exposição, inaugurada no dia 25. Às 17h45, as/os participantes partem numa Caminhada até à Quinta do Piloto (pela Alameda 25 de Abril e Rua Helena Cardoso), onde vão ter a oportunidade de realizar uma visita e prova de vinhos, com degustação de Pão dos Moinhos, Queijo de Azeitão, compota e Fogaça de Palmela. A Caminhada tem a duração prevista de 20 a 25 minutos e grau de dificuldade 1-2 (1-5).

A participação nesta atividade tem o valor de 20€ (crianças dos 5 aos 12 anos: 10€) e as reservas devem ser efetuadas até dia 29 de julho, às 12h00, através dos contactos 212 334 398 ou info@rotavinhospsetubal.com.

O programa comemorativo do 70.º Aniversário do CTSJ “7 Dias - 70 Anos”, organizado pelo Município de Palmela e parceiros locais, decorre até 31 de julho. Música, dança, exposições, visitas, cinema e atividades para as famílias são os ingredientes destes sete dias de festa, com iniciativas a decorrer no CTSJ e também no Largo de S. João, em Palmela. Consulte a programação completa em www.cm-palmela.pt e participe nas comemorações! Mais informações: 212 336 630 ou cultura@cm-palmela.pt.

 

Terraço do Cine-Teatro recebe exibição de “As Aventuras de D. Juan” e “Cinema Paraíso”

Cinema no Terraço.JPG

Para comemorar o 70.º Aniversário do CTSJ - Cine-Teatro S. João (Palmela), nos dias 27 e 28 de julho, às 21h30, há sessões de “Cinema no Terraço”, com animação musical pelo Grupo Agarrat’Óbrass. A entrada é gratuita, mediante levantamento de bilhete.

No dia 27, o público é convidado a reviver o dia da inauguração do CTSJ, assistindo a “As Aventuras de D. Juan”, com Errol Flyn, o filme que foi exibido precisamente no evento inaugural, a 26 de julho de 1952. Numa viagem no tempo, desta vez ao ar livre, esta fita celebra sete décadas de vida cultural deste equipamento.

Para dia 28, a proposta é “Cinema Paraíso” que, a pretexto da celebração, traz a alma do cinema, através de uma película que nos transporta a ambientes que o S. João reconhece.

Para que não falte boa disposição as duas sessões são antecedidas de uma pequena animação musical pelo Grupo Agarrat’Óbrass, apenas com uma regra, boa energia, e com o objetivo de fazer sorrir, cantar e dançar! Este projeto de animação itinerante do concelho foi fundado em 2016, então com o nome FunParra, com o objetivo de animar as festas em Palmela e aposta num reportório de música popular. Desde então, tem realizado atuações de rua e concertos em todo o país.

O programa comemorativo do 70.º Aniversário do CTSJ “7 Dias - 70 Anos”, organizado pelo Município de Palmela e parceiros locais, decorre de 25 a 31 de julho. Música, dança, exposições, visitas, cinema e atividades para as famílias são os ingredientes destes sete dias de festa, com iniciativas a decorrer no CTSJ e também no Largo de S. João, em Palmela. Consulte a programação completa em www.cm-palmela.pt e participe nas comemorações!

 

Salvador Sobral no Cine-Teatro S. João em dia de aniversário

Salvador Sobral.jpg

No dia do seu 70.º Aniversário, 26 de julho, o CTSJ - Cine-Teatro S. João (Palmela) apresenta uma proposta musical de excelência: o Concerto “Salvador Sobral”, às 21h30. Integrado no programa comemorativo “7 Dias - 70 Anos”, o espetáculo tem entrada gratuita, mediante levantamento de bilhete.

Salvador Sobral vai apresentar ao vivo o seu mais recente álbum, “bpm”, e também outras canções que o tornaram conhecido e admirado pelo público. “bpm” é o terceiro álbum de estúdio do artista. Editado em maio de 2021 e gravado no estúdio Le Manoir de León, em França, o disco é composto por 14 temas originais e assinala a primeira vez que Salvador Sobral se aventura na composição de todas as músicas, em parceria com Leo Aldrey (produtor).

Salvador Sobral viveu nos Estados Unidos, em Mallorca e Barcelona, onde estudou Jazz durante dois anos na prestigiada escola Taller de Musics.

Em 2016, lançou o seu primeiro álbum a solo, “Excuse me”. Em 2017, a sua carreira musical teve um impulso, ao vencer o Festival da Canção, com o tema “Amar pelos Dois”, da autoria da irmã, Luísa Sobral, com o qual conquistou a primeira vitória de Portugal no Festival da Eurovisão. Desde então, tem sido distinguido com vários prémios e menções e muito aclamado pela imprensa nacional e internacional.

No início de 2019, lançou o segundo álbum, “Paris, Lisboa”, que o levou numa extensa digressão pelo mundo fora e por Portugal. Paralelamente ao seu percurso a solo, tem desenvolvido inúmeros projetos, que se estendem a outros universos musicais e formações distintas: “Noko Woi”, “Alexander Search”, “Mutrama”, “Alma Nuestra”, “Quinta das Canções” e, mais recentemente, “Salvador Sobral canta Brel”.

O programa comemorativo do 70.º Aniversário do CTSJ “7 Dias - 70 Anos”, organizado pelo Município de Palmela e parceiros locais, decorre de 25 a 31 de julho. Música, dança, exposições, visitas, cinema e atividades para as famílias são os ingredientes destes sete dias de festa, com iniciativas a decorrer no CTSJ e também no Largo de S. João, em Palmela. Consulte a programação completa em www.cm-palmela.pt e participe nas comemorações!

Cláudia Lucas Chéu vai estar no “365 Dias de Romance” - 16 de julho

365 Dias de Romance.jpg

Cláudia Lucas Chéu é a escritora convidada do “365 Dias de Romance”, no dia 16 de julho, às 16h00, na Biblioteca Municipal de Palmela.

A conversa será moderada por Raquel Patriarca. Esta sessão contará com transmissão online, através do Facebook Palmela Município.

O “365 Dias de Romance”  é um projeto dinamizado pelo Município de Palmela, em parceria com a Casa Ermelinda Freitas (Programa Mecenas de Palmela), com o apoio da Culsete Livraria.

Mais informações/inscrições através dos contactos: 212 336 632 e bibliotecas@cm-palmela.pt.

 

Cláudia Lucas Chéu

Cláudia Lucas Chéu(1978) é escritora, poetisa, dramaturga e argumentista. 

Tem publicados os textos para teatro Glória ou como Penélope Morreu de Tédio (2011) e Violência — fetiche do homem bom (2013), edições Bicho-do-Mato/Teatro Nacional D. Maria II; A Cabeça Muda (2014), Cama de Gato edições; Veneno (2015, Coleção Curtas da Nova Dramaturgia – Memória), edições Guilhotina. Em prosa poética, publicou o livro Nojo (2014), (não) edições. E em poesia, o livro Trespasse (2014), Edições Guilhotina e Pornographia (2016), Editora Labirinto.

Em 2017, foi publicado o seu livro Ratazanas (poesia), pela Selo Demónio Negro, em São Paulo (Brasil). Publicou em 2018, o seu primeiro romance Aqueles Que Vão Morrer, Editora Labirinto, e Beber Pela Garrafa (poesia), pela Companhia das Ilhas. A Mulher-Bala e outros contos, Editora Labirinto, 2019; Confissão (poesia), Companhia das Ilhas, 2020; a Mulher Sapiens (contos e ensaios), Companhia das Ilhas e jornal Público, 2021, e A Vida Mentirosa das Crianças, Nova Mymosa, 2021. Ode triumphal à Cona (poesia), Companhia das Ilhas, 2022. O livro Confissão foi semifinalista do Prémio Oceanos, em 2021.

 

Raquel Patriarca

 

Raquel Patriarca (Benguela, 1974). Bibliotecária, documentalista, investigadora, contadora de histórias e escritora, é doutorada pela Faculdade de Letras da Universidade do Porto, com uma tese sobre a história do livro infanto-juvenil em Portugal, é mediadora da leitura para o público mais jovem, e professora de futuros bibliotecários e arquivistas, de professores e de alunos pós-reformados em disciplinas de promoção do livro e mediação leitora, escrita criativa, história local e história do livro e das bibliotecas.

Não estando entregue a nenhuma das atividades atrás indicadas, estará, provavelmente, a fazer curadoria de coisas extraordinárias, como símbolos ou oficinas, a dizer poesia, a escrever cartas de amor por encomenda ou em viagem. É autora de livros sobre a História do Porto e de contos para a infância, alguns dos quais estão recomendados pelo Plano Nacional de Leitura. Tem participado em obras coletivas com textos livres, verbetes, contos, poemas e até um capítulo de um romance em folhetim. Colabora com as revistas Elos: Revista de Literatura Infantil e Xuvenil, A Página da Educação e E-Fabulations: E-journal of children's literature.

Fez ou faz parte de projectos encantadores como o coletivo poético Vozes ou a Biblioteca Emocional, de ajuntamentos maravilhosos como as Correntes d’Escritas e os Livros a Oeste ou outros pontos cardiais, de festas de alegria como a Onomatopeia e o Têpluquê.

Biografou as vidas de várias bichezas ilustres como a Abelha Zarelha, a Barata Patarata e o Escaravelho Trolaró; colaborou na pesagem das Doses de magia; deu voz a um pequeno Canto de chão n’A inocência das facas; defendeu, em poema, O direito a sonhar ou (a construir) uma casa para mim em Os Direitos das Crianças, rasgou Um sorriso feito de papéis entre uma infância sua e uma Infância Minha; disse que Sim às Palavras Correntes; escreveu e contou A história de uma história; procurou Os gestos mais simples da humanidade na companhia de um Bode inspiratório; perguntou por todo o lado O que é o Natal, e acabou a escrever um Outro Natal; e já foi a voz de uma entre doze Penélopes.

 

A 16 de julho há “Fado ao Luar” no Centro Cultural de Poceirão!

 

Fado ao Luar.jpg

No dia 16 de julho, às 21h30, há “Fado ao Luar” no CCP - Centro Cultural de Poceirão. As noites quentes de verão são o cenário ideal para uma noite de fados no pátio interior, com entrada gratuita.

A iniciativa conta com a participação das/os fadistas Daniel Pinto Coelho, Vera Varatojo, Jaqueline Carvalho e Lúcia Mateus, acompanhadas/os por João Simão, na Guitarra Portuguesa, e Rogério Ferreira, na Viola de Fado. Haverá serviço de bar, a cargo dos parceiros do CCP.

O evento é organizado pela Câmara Municipal de Palmela. Mais informações: 935 321 218.

Racismo é tema da 1.ª sessão das “Conversas Sem Margens”

Cartaz (2).jpg

 

O Município de Palmela promove, dia 8 de julho, às 21h00, na Biblioteca Municipal de Palmela, a 1.ª sessão do Projeto “Conversas Sem Margens”.

Esta sessão, dedicada ao tema “o racismo, o antirracismo e o anti-antirracismo”, contará com a apresentação dos livros “Dicionário da Invisibilidade”, pelos coautores José Falcão (ativista e dirigente do SOS Racismo) e Ana Alcântara (historiadora, docente da Escola Superior de Educação de Setúbal e investigadora do IHC-NOVA FCSH) e “Quando Ninguém Podia Ficar: Racismo, Habitação e Território”, pela autora Ana Rita Alves (antropóloga e doutoranda no Programa “Human Rights Contemporary Societies – CES-UC). Este primeiro encontro será moderado por Piménio Ferreira (militante antirracista).

“Conversas Sem Margens" é um projeto que agora se inicia e que pretende refletir e informar sobre dinâmicas sociais complexas, muitas vezes estereotipadas. Em breve serão anunciadas outras sessões. Para mais informações: bibliotecas@cm-palmela.pt

 

 

Biblioteca de Palmela recebe lançamento do livro “Riscos e Rimas”

 

Riscos e Rimas.jpg

A Biblioteca Municipal de Palmela recebe, no dia 9 de julho, às 16h00, a sessão de lançamento do livro “Riscos e Rimas”, de Paula Alexandra Santos Almeida.

A autora, com 58 anos, nascida em Lisboa, é licenciada em Relações Públicas e Publicidade pelo Instituto Superior de Novas Profissões, Escola de Ciências Empresariais em Lisboa.

Trabalha há 34 anos na área da Proteção Civil. Passou pelo Serviço Municipal de Proteção Civil da Câmara Municipal de Lisboa e, desde 2005, faz parte do quadro técnico da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil, onde, entre muitas funções, tem vindo a dedicar-se fundamentalmente à sensibilização e informação pública.

É Formadora acreditada pelo Conselho Cientifico-Pedagógico da Formação Contínua da Universidade do Minho na área de “Educação para a Cidadania” e é coautora do Referencial de Educação para o Risco, uma edição do Ministério de Educação e Ciência (2015).

Mais informações: bibliotecas@cm-palmela.pt ou 212 336 632.

 

Sinopse

 

«Nas crianças e nos professores pensei

Quando os “riscos” rimei.

Vivências e referências

Nas mais diversas cadências,

Ajudam a compreender,

Porque é importante proteger.

Reconhecer o que é a prevenção

E os comportamentos de autoproteção,

São objetivos fundamentais

Para criar uma cultura de segurança

E ajudar as crianças a desenvolverem

A sua autoconfiança».

 

Visitas Encenadas ao Castelo de Palmela regressam em junho - inscreva-se!

Visitas Encenadas.jpg

Com o aproximar do verão, estão de volta as Visitas Encenadas ao Castelo de Palmela, promovidas pelo Município. A primeira realiza-se já no dia 1 de junho, integrada no programa comemorativo do Dia Mundial da Criança, decorrendo depois mensalmente, até setembro.

Sempre com ponto de encontro às 20h30, na Igreja de Santa Maria, no interior do Castelo, estas Visitas são acompanhadas por personagens de época, que orientam o olhar das/os participantes para a história e pormenores deste importante monumento, à medida que o sol se põe no horizonte.

Com 1h30 de duração, têm participação gratuita, mediante inscrição até às 12h00 da antevéspera do dia da visita (mínimo de 10 e máximo de 25 participantes). Mais informações e inscrições: patrimonio.cultural@cm-palmela.pt ou 212 336 640.

 

Visitas Encenadas 2022

 

- 1 de junho

- 2 de julho

- 27 de agosto

- 17 de setembro