Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

A CANÇÃO DE LISBOA no CTE - Estarreja

image010.jpg

 

Domingo, 25 de setembro às 21h30

Quem não se recorda do esterno-cleido-mastoideu, que em 1933 pela genialidade de Vasco Santana, colocou na galeria da imortalidade do cinema português o filme “A Canção de Lisboa”? Depois de “O Pátio das Cantigas” e “O Leão da Estrela”, a pelicula de Cottinelli Telmo é a terceira a sofrer uma refilmagem  e adaptação aos nossos dias.

O filme certo no lugar certo, para abrir mais uma temporada de cinema acabado de estrear à porta de sua casa!

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.