Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

A Chuva Acalanta a Dor, de Leonardo Mouramateus e Où en-êtes vous, Teresa Villaverde? de Teresa Villaverde em competição no Festival de Roterdão

Duas curtas portuguesas representadas pela Portugal Film, A Chuva Acalanta a Dor, de Leonardo Mouramateus (estreia mundial) e Où en-êtes vous, Teresa Villaverde?, de Teresa Villaverde (estreia internacional) vão estar em competição, respectivamente, na Ammodo Tiger Short Competition (integrada na secção Bright Future) e o filme de Villaverde na Voices Short Competition.

O realizador Leonardo Mouramateus transporta-nos ao passado numa adaptação livre de uma novela do escritor francês Marcel Schwob, que teve grande influência na escrita de Jorge Luis Borges. Mouramateus recua ao ano 74 a.c. e filma um encontro entre dois amigos em que um tenta influenciar o outro para não ir estudar para Roma, considerando ser uma perda de tempo.

Já Villaverde foi para o Rio de Janeiro, para o Bairro da Mangueira, documentar a tensão pela espera dos resultados da competição das escolas de samba. Enquanto se assiste em directo os resultados dos jurados pela televisão, vamos sentindo o crescendo da massa humana em explosão, num país em luta.

Os realizadores regressam a Roterdão, um festival que tem seguido atentamente as suas obras. Teresa Villaverde já foi também jurada do festival e em 2020, Leonardo Mouramateus, tem um foco sobre o seu trabalho, com a exibição da maioria dos seus filmes.

O Festival de Roterdão começou ontem, dia 22 Janeiro e estender-se-á até 2 de Fevereiro, contando com a presença do realizador Leonardo Mouramateus e da sua equipa e de Clara Jost, em representação de Teresa Villaverde.

Os filmes são representados pela Portugal Film - Agência Internacional de Cinema Português.

5b863d59-d3e6-43fe-b298-57e8db7ba5a7.jpg

A Chuva Acalanta a Dor, de Leonardo Mouramateus
Ficção, Experimental
2020, Portugal, Brasil, 28’


Argumento: Leonardo Mouramateus, Mauro Soares, Marcel Schwob
Fotografia: Manuel Pinho Braga
Som: Marcelo Tavares, António Porém Pires
Montagem: Laura Gama Martins, Leonardo Mouramateus
Produção: Maura Carneiro, Manuel Rocha da Silva, Diogo Baldaia / Areosa, Leonardo Mouramateus
Co-Produção: André Mielnik, Gustavo Beck / If You Hold a Stone
Elenco: Mauro Soares, Isabél Zuaa, Sandra Hung, Filipa Matta, Daniel Pizamiglio, João Fiadeiro

Sinopse: No ano 74 a.C, Tito Lucrécio Caro, um jovem com ideias ousadas, tenta convencer seu amigo Mêmio que ir estudar para a cidade de Roma é uma total perda de tempo. Anos depois, Lucrécio volta da capital. Tentando encontrar um equilíbrio entre suas explicações do mundo natural e sua experiência emocional do mesmo, Lucrécio vive uma paixão profunda e conturbada com Isa, sua esposa estrangeira.

240abc79-aa11-4dd9-a5d4-d9aa607758dc.jpg

Où en-êtes vous, Teresa Villaverde?, de Teresa Villaverde
Documentário, 2019, Portugal, França, 17'
Fotografia:
Teresa Villavrde
Som: Vasco Pimentel, Hugo Leitão, Marcelo Tavares
Montagem: Clara Jost 
Produção: Teresa Villaverde / Alce Filmes, Sylvie Pras, Amélie Galli, Catherine Quiriet / Centre Pompidou - Département du Développement Culturel

Sinopse: No Rio de Janeiro, os habitantes do bairro da Mangueira seguem numa tela a emissão da televisão onde os jurados vão atribuindo os votos a cada escola de samba. Em 2019, a Mangueira levou ao sambódromo um samba forte, corajoso, de resistência ao que se passa no Brasil neste momento. O filme testemunha a tensão na espera do resultado final e a enorme alegria de todas as gerações na vitória da Mangueira, campeã do Carnaval de 2019.