Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

A festa do Património a Norte acontece este fim de semana, no Convento de Vilar de Frades, Barcelos

DIAS DO PATRIMÓNIO A NORTE

 

Convento de Vilar de Frades | Barcelos

13 e 14 julho 2018

 

 

Os Dias do Património a Norte chegam ao Convento de São Salvador de Vilar de Frades, em Barcelos, para proporcionar descobertas e experiências únicas.

 

O dia começa com uma Visita-Jogo para os mais novos, onde cada canto conta uma história e em cada pormenor se descobre uma lenda; de estórias e mistérios faz-se também o teatro de marionetas para famílias, “Bzzzoira Moira”, onde cabem mouras encantadas, tesouros por descobrir e animais ferozes.

 

Uma visita guiada por membros da comunidade permite contar a história e relembrar memórias associadas ao Convento. Uma conversa sobre Património e Comunidade permite debater a importância que ambos têm na construção da nossa(s) identidade(s) e sentimento de pertença.

 

De tradição e unicidade é também a ação de degustação preparada pelo Chef Vasco Coelho Santos que nos dá a provar as suas sugestões inspiradas na broa de milho e bolo de sardinha, confecionados em forno de lenha.

 

As comunidades locais presenteiam-nos com um concerto performance único criado sob a coordenação dos músicos Teresa Campos e Ricardo Baptista. O dia de sábado termina com os claustros do Convento a acolher o concerto da original e aclamada banda portuguesa Dead Combo, que tem feito chegar as nossas sonoridades além-fronteiras.

 

Assente na riqueza do passado, criamos memórias no presente e celebramos o nosso Património!

 

Esta é já a quinta iniciativa do Ciclo Dias do Património a Norte (cuja inauguração ocorreu em abril, no Mosteiro de Arouca), um evento em rede promovido pela Direção Regional de Cultura do Norte e que, ao longo de seis meses (de abril a setembro), vai transformar oito lugares patrimoniais da região Norte, em palcos de uma programação artística, cultural e gastronómica, desenhada com o traço da identidade singular de cada território.

 

A iniciativa é promovida pela Direção Regional de Cultura do Norte, em parceria com os municípios locais, representando um investimento total de 400 mil Euros, cofinanciado pelo Programa Norte 2020, através do FEDER.

 

 

 

13 julho| sexta-feira

 

10:30 - Visita-Jogo ao Convento de São Salvador de Vilar de Frades

concepção: Ondamarela, OOF Design e Artur Carvalho

dinamização: Juliana Sá

ponto de encontro: entrada do Convento

 

O Convento guarda segredos que nunca foram desvendados. Visitá-lo, conhecer a sua história e resolver os seus enigmas; revelam-se pistas cada vez mais interessantes e misteriosas, que nos levam a um surpreendente desfecho final.

 

14 julho | sábado

 

10:30 - Visita-Jogo ao Convento de São Salvador de Vilar de Frades

concepção: Ondamarela, OOF Design e Artur Carvalho

dinamização: Juliana Sá

ponto de encontro: entrada do Convento

 

11:30 - Teatro para famílias| “Bzzzoira Moira”, Teatro e Marionetas de Mandrágora

local: exterior do Convento

 

As lendas de mouras encantadas e seres fantásticos povoam todo o país. No norte de Portugal descobrimos algumas histórias que se contam sobre estes locais.

Esta é a história sobre um poço negro que dizem esconder um tesouro guardado por uma moura encantada por um feitiço... Durante a noite a jovem chora, enquanto se penteia, mas durante o dia é transformada num animal que afugenta o aguadeiro a caminho do poço, onde vai buscar água... Este é o início de uma extraordinária história.

À noite quando percorremos as ruas podemos recordar-nos que cada recanto esconde uma lenda, que esconde um mistério, que revela um pouco de nós, da nossa identidade e cultura.

 

14:30 - Visita Guiada por membros da comunidade

guias: Dr. António Sá Pereira e D.ª Joaquina Ferreira

ponto de encontro: entrada do Convento

 

A história de um local não é apenas um conjunto de factos escritos ou estudados. Nesta visita cruzamos o conhecimento científico acerca do Convento com um conjunto de outras dimensões, como as vivências da população que com ela privou ou os modos de vida de quem por aqui passou. Venha conhecer o Convento e as suas estórias, numa visita guiada com pormenores únicos.

 

16:00 - Conversas | O Património e Comunidade

convidados: Professora Doutora Isabel Pires de Lima e Dr. Graeme Pulleyn

local: Coro alto da igreja do Convento

 

Os problemas territoriais e de natureza humana que o fenómeno das dinâmicas crescentes de urbanização produz, a par das mudanças avassaladoras que a hipermodernidade trouxe a todas as áreas da vida, colocam novos problemas aos cidadãos e às comunidades, dominadas pela fragmentação e pela perda de sentido e de valores de referência. A cultura e o património material e imaterial podem constituir um recurso fundamental para o combate à perda de sentido da existência e o reforço da identidade e do sentido de pertença.

 

17:30 - Degustação | O Forno de Lenha e o Milho

com o Chef Vasco Coelho Santos

local: exterior do Convento

 

Num dia de sol, em tempos passados, o Frade Bernardino saiu para ir buscar broa de milho ao forno comunitário. Perdeu-se no canto de um passarinho que sobrevoava à sua volta e quando regressou ao Convento Vilar de Frades percebeu que o tempo tinha voado e 400 anos tinham passado. O Milho, a tradição e a cultura sob a perspectiva do Chef Vasco Coelho Santos, um dos mais promissores talentos da nova cozinha Portuguesa, traz-nos a sua visão sobre a simplicidade e frugalidade do produto local numa perspectiva contemporânea e ao mesmo tempo secular. O forno de lenha e o milho, unidos num momento, numa mesa, num espaço.

 

Esta iniciativa tem o apoio da ProChef.

 

18:30 - Concerto Performance com grupos da Comunidade

coordenação: Teresa Campos e Ricardo Baptista

participação: utentes e colaboradores da Casa da Saúde S. José, Coro de Areias de Vilar e músicos de Barcelos

local: Claustro do Convento

 

A partir de um trabalho de recolha e criação com os utentes e colaboradores da Casa de Saúde S. José, preparou-se uma performance que alia a simbologia do espaço e da sua história, às vivências quotidianas de quem vive ou trabalha em Areias de Vilar. A esta comunidade juntaram-se ainda alguns músicos de Barcelos, para um espetáculo que deverá ser único e irrepetível.

 

21:30 - Concerto | Dead Combo

local: Claustro do Convento

 

Os Dead Combo apresentam “Odeon Hotel” -  o seu sexto álbum de originais, um álbum que é a síntese perfeita da portugalidade e universalidade na sua música, onde cabem o fado lisboeta, os blues ou o jazz americanos, os ritmos latinos e até uma certa africanidade.

Os Dead Combo são formados por Tó Trips e Pedro Gonçalves que, em 2003, aceitaram o convite do radialista Henrique Amaro (rádio Antena 3) para compor e gravar a canção “Paredes Ambience”, incluída no disco de homenagem a Carlos Paredes - “Movimentos Perpétuos – Música para Carlos Paredes”.

Os álbuns da banda editados até ao momento têm sido largamente elogiados em Portugal e no estrangeiro, recebendo vários prémios para “Álbum do Ano”.

A dupla participou no episódio sobre Lisboa do programa “No Reservations” de Anthony Bourdain, o que lhes valeu a entrada no top 10 dos discos de world music mais vendidos no iTunes norte-americano.

Em 2018 os Dead Combo continuam a trajetória extraordinária que têm vindo a desenhar, com a consolidação da sua carreira internacional e a sua afirmação como uma das mais interessantes e importantes bandas do novo panorama musical português.

Neste concerto ao vivo a banda apresenta-se com uma formação inédita com músicos convidados:

Tó Trips – guitarras | Pedro Gonçalves – guitarras, contrabaixo, melódica, pianinho | Alexandre Frazão  - bateria| Gui – sopros, teclas | António Quintino – baixo, contrabaixo, guitarras.

 

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.