Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

A música de câmara e o canto no segundo fim de semana dos "Serões Musicais no Palácio da Pena" | 8 e 9 março

image003.jpg

 

A quinta edição do ciclo “Serões Musicais no Palácio da Pena” prossegue no segundo fim de semana de março, com dois concertos distintos. Na sexta-feira, um concerto pelo jovem Lumennis Trio celebra a música de câmara. No sábado, o soprano Siphiwe Mckenzie e o ator André Gago evocam a tempestuosa relação entre Flaubert e Louise Colet.

 

 

O ciclo “Serões Musicais no Palácio da Pena” regressa no fim de semana de 8 e 9 março, sempre às 21h00, com duas propostas bem diferenciadas. 

 

Na sexta-feira, 8 de março, o Salão Nobre do Palácio recebe o Lumennis Trio, que alcançou o segundo lugar no nível superior de música de câmara do Prémio Jovens Músicos, em 2018. O agrupamento, um dos mais promissores da sua geração, é constituído por Diana Sampaio (clarinete), Ana Mafalda Monteiro (violoncelo) e João Casimiro Almeida (piano).

 

Ao Palácio da Pena, o Lumennis Trio traz “Uma celebração da música de câmara”, um conjunto de peças que vão desde o fim do século XVIII até ao início do século XX, composto por obras da juventude de Beethoven e de Glinka e por composições tardias de Brahms e de Bruch.

 

O segundo concerto deste fim de semana, no sábado, 9 de março, recupera a interação entre a música e os ambientes culturais do século XIX, em particular o literário. O programa “Salão romântico/salão moderno” funde o canto e a literatura, juntando em palco o soprano Siphiwe Mckenzie, o pianista João Paulo Santos e o ator André Gago.

 

A canadiana Siphiwe Mckenzie regressa ao Palácio da Pena depois de ter integrado o cartaz da edição de 2017. Com João Paulo Santos, apresenta um programa que poderia ser a banda sonora de um filme que retratasse a relação amorosa e literária entre Gustave Flaubert e Louise Colet. O ‘guião’ será uma seleção das cartas que os dois trocaram, lidas pelo ator André Gago.

 

O reportório contempla ‘mélodies’ de autores como Fauré, Bizet ou Duparc; peças para piano de Chopin, Schumann ou Poulenc; e ainda dois temas escritos para os filmes ‘Aimez-vous Brahms…’ e ‘O Fabuloso Destino de Amélie Poulain’.

 

Os Serões Musicais prolongam-se até 30 de março, todas as sextas-feiras e sábados, no Salão Nobre, espaço com uma capacidade de 80 lugares.

 

O ciclo Serões Musicais no Palácio da Pena é uma iniciativa conjunta da Parques de Sintra e do Centro de Estudos Musicais Setecentistas em Portugal (CEMSP), tendo por diretor artístico o maestro Massimo Mazzeo. Os “Serões Musicais” iniciam a Temporada de Música Erudita da Parques de Sintra, que prossegue em maio com os “Reencontros – Memórias musicais no Palácio de Sintra” e termina com o ciclo “Noites de Queluz – Tempestade e Galanterie”, em outubro e novembro.

 

 

Informações úteis:

Preço de bilhete por concerto: 15€

Preço de Bilhete Ciclo (7 concertos, nas datas: 1, 2, 8, 9, 15, 22 e 29/03): 89€

Capacidade do Salão Nobre: 80 lugares

Locais de venda: Bilheteiras da Parques de Sintra, FNAC, Worten, El Corte Inglés, Altice Arena, Media Markt, lojas ACP, rede PAGAQUI e Postos de Turismo de Sintra e Cascais.

Online em www.parquesdesintra.pt e em www.blueticket.pt

M/6