Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

“A Ópera Chinesa” | Oficinas, conferência e entrada gratuita no museu | 25-27 Novembro

射雕 (3)“Eagle Shooting”.jpg

 

 

Workshops de pinturas faciais e recortes de papel, uma conferência e visitas guiadas à nova exposição “A Ópera Chinesa”, são as sugestões do Museu do Oriente para dar a conhecer esta arte performativa, de 25 a 27 de Novembro. Além do programa de actividades, a entrada no Museu também é gratuita.

 

Na sexta-feira, às 19.00, as curadoras de “A Ópera Chinesa” - Sylvie Pimpaneau e Sofia Campos Lopes - orientam uma visita à exposição, dando a conhecer as 280 peças que a integram, entre trajes ricamente decorados, perucas, toucados, modelos de maquilhagem, marionetas, gravuras, pinturas e instrumentos musicais, fotografias e vídeos.

 

Dia 26, às 15.00, as histórias da Ópera Chinesa servem de inspiração a uma oficina dirigida aos mais novos (6-12 anos) que lhes ensina a técnica dos Recortes de Papel, uma das formas de arte mais antigas e populares da China inscrita, em 2009, na Lista do Património Imaterial Cultural da Humanidade.

 

Segue-se, às 16.00, a conferência “A Ópera Chinesa: divas, demónios e discos” com a participação de Luzia Rocha, etnomusicóloga e investigadora, Dong Fei, actor da Ópera de Pequim, especializado no papel feminino dan, e Sylvie Pimpaneau, co-curadora da exposição e da colecção Kwok On.

 

Domingo, 27 de Novembro, o actor Dong Fei (Ópera de Pequim) orienta dois workshops de pintura facial sobre as “Personagens da Ópera Chinesa”, dirigidos a um público mais adulto (às 14.30) e para crianças a partir dos 4 anos (16.00).

 

Neste dia, às 16.00, os visitantes estão também convidados para a visita orientada “A Ópera Chinesa: um tesouro nacional”.

 

Ocupando todo o piso 2 do Museu do Oriente, a exposição “A Ópera Chinesa” é uma iniciativa ímpar na Europa, integrando peças das principais tradições de ópera da China – Pequim e Cantão – famosas pela exuberância dos trajes e do estilo performativo dos seus actores.

 

“A Ópera Chinesa” inaugura a 24 de Novembro.

 

Programa de actividades “A Ópera Chinesa”

25 a 27 de Novembro (sexta-feira a domingo)

Entrada gratuita no Museu do Oriente

 

Oficinas e visitas: gratuito (por ordem de chegada, limitado ao respectivo número máximo de participantes)

Conferência:  gratuito (limitado à capacidade da sala)

 

25 de Novembro

19.00 | Visita guiada à exposição “A Ópera Chinesa” pelas curadoras Sylvie Pimpaneau e Sofia Campos Lopes

 

26 de Novembro

15.00 | Oficina de Recortes de Papel (para crianças dos 6 aos 12 anos)

16.00 | Conferência “A Ópera Chinesa: divas, demónios e discos”, com a participação de Luzia Rocha, etnomusicóloga e investigadora, Dong Fei, actor da ópera de Pequim, especializado no papel feminino dan, e Sylvie Pimpaneau, co-curadora da exposição e da colecção Kwok On.

 

27 de Novembro

14.30 | “Personagens da Ópera Chinesa”: workshop de pintura facial (com o actor da ópera de Pequim, Dong Fei)

16.00 | Visita orientada “A Ópera Chinesa: um tesouro nacional”

16.00 | Oficina de pintura facial com o actor da ópera de Pequim Dong Fei (para crianças a partir dos 4 anos)

 

 

Museu do Oriente, Avenida Brasília | Doca de Alcântara (Norte) | 1350-362 Lisboa

www.museudooriente.pt

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.