Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

A PELE no Bonfim em Cena

A PELE no III Bonfim em CENA*


Dia 18/02 às 16h  - Porto Sentido uma produção PELE/ NTO Porto

Dia 25/02 às 16h - CAL uma direção artística da PELE 

Entrada Gratuita

PORTO SENTIDO

Porto de Partida para uns, Porto de Chegada para tantos e Porto de Abrigo para todos. Inquietam-se os seus habitantes que assistem apreensivos das varandas das suas memórias, às mudanças que paulatinamente o fluxo crescente de turistas imprime às suas ruas, às suas vidas, à sua cidade.

Evolução?! Descaracterização?! Transformação?!

Esta história convida a uma reflexão sobre os benefícios, os riscos e as soluções para os desafios colocados pela especulação imobiliária devido ao crescimento turístico galopante desta cidade.

Para onde vai o nosso Porto?
 
Criação Colectiva
Orientação: Irene Monteiro e Susana Madeira

Participantes: Ana Bebiana, Alexandra Silva, Aurora Mendes, Cadilé Lopes, Cristina Queirós, Emanuel Gomes, Elisa Fonseca, Graça Neiva, Luisa Fonseca, Jo Costa, Judite Adrião, Maria do Carmo Sousa, Maria do Céu Cruz, Maria José Oliveira, Marília Paredes, Margarida Sousa, Rui Rodrigues, Sérgio Rodrigues, Patrícia Queirós, Salvador Gil, Serafim Heitor, Rúben Cunha e Vicente Gil.

Música: Filipe Fernandes
Produção: NTO / PELE
Duração: 90 min

Apoio: Teatro Nacional São João
______________________________________________________________

CAL

Paredes que ouvem … paredes vivas que contam histórias, camadas de cheiros e de sons sobrepostos pelo tempo perpetuados nos retratos de quem que habitou esse espaço e essa memória. Arquipélagos de vidas tecidas em corredores estreitos e becos sem saída, de quotidianos encolhidos num espaço sem segredos onde numa gaveta se faz cama, e onde os muros são porta e janela para dias curtos de horizonte. Diferentes gerações que se cruzam nas suas travessias diárias: nas esquinas, nas casas, nas árvores, no jardim … e se encontram na vontade de construir uma ilha onde “uns são todos” e não há (sem) sombras de arranha céus.

Este espetáculo é uma criação da PELE no âmbito do projeto “Retratos das Ilhas - Bonfim para além das fachadas” promovido pela Rede Inducar e financiado pelo programa PARTIS da Fundação Calouste Gulbenkian que tem como objetivo a promoção de espaços de participação e construção coletiva no sentido do reconhecimento das Ilhas enquanto património material e imaterial, através da fotografia participativa e do teatro comunitário.

Criação Coletiva

Interpretação - Adão Alves Vieira, Ana Costa, Ana Paula Azevedo, Anouck Plunian, Augusta Neves, Beatriz Marques, Beatriz Monteiro, Carolina Silva, Conceição Costa, Eduarda Silva, Fátima Vieira, Isaac, Isabel Soares, Lara Barros, Luciana Bastos, Marco Gomes, Marco Rei, Maria Jesus Carlos, Maria Manuel Silva, Marília Cunha, Mário Gomes, Ricardo Teixeira, Ricardo Gomes, Rúben Cunha, Serafim Silva, Sérgio Moreira, Soraia Carvalho, Vitória Silva.

Direção Artística - Helena Oliveira e Maria João Mota
Direção Musical - Miguel Ramos
Coordenação do Projeto / Produção Executiva - Patrícia Costa, Rede Inducar

Projeto financiado pelo Programa Partis da Fundação Calouste Gulbenkian

Duração: 50 min
 

 

*O Bonfim em Cena é uma organização da Junta de Freguesia do Bonfim com direção artística e técnica do Teatro Art'Imagem.