Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

Academia Portuguesa de Cinema mostra ao público português as 35 melhores curtas-metragens do mundo

3, 4 e 5 de julho, em Lisboa

A Academia Portuguesa de Cinema, em parceria com a Académie des César e o apoio da Cinemateca Portuguesa, organiza a 6ª edição do evento Les Nuits en Or, que regressa a Lisboa nos dias 3, 4 e 5 de julho, na Cinemateca – Museu do Cinema, para exibir 35 curtas-metragens premiadas pelas academias de cinema de todo o mundo.

Para Paulo Trancoso, presidente da Academia Portuguesa de Cinema, “Les Nuits en Or proporciona uma viagem cultural pelos 33 países participantes e uma oportunidade única para as academias de cinema darem a conhecer, a nível mundial, as CM e potenciar o intercâmbio cultural”.

Este ano, Portugal será representado por “Coelho Mau”, de Carlos Conceição, vencedor do Sophia de Melhor Curta-Metragem de Ficção 2018.

Em edições anteriores, Les Nuits en Or deu a conhecer ao mundo as curtas-metragens portuguesas “Kali – O Pequeno Vampiro”, de Regina Pessoa (2014), “Luminita”, de André Marques (2015), “Encontradouro”, de Afonso Pimental (2016), “Amélia & Duarte”, de Alice Guimarães e Mónica Santos (2017) e “Menina”, de Simão Cayatte (2018), vencedor do Prémio Sophia para Melhor Curta-Metragem de Ficção de 2017.

O evento tem entrada gratuita e irá contar com duas sessões diárias (18 e às 20 horas).

Les Nuits En Or é uma iniciativa da Académie des César, com o apoio da Renault. Em Portugal, o evento é organizado pela Academia Portuguesa de Cinema, com apoio da Cinemateca e da Pleno.