Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Cultura de Borla

A Cultura que não tem preço.

ANARCHICKS - Ao Vivo no Sabotage dia 25 de Fevereiro

ANARCHICKS AO VIVO
SÁBADO - 25 DE FEVEREIRO  
SABOTAGE -LISBOA 

64f7f262-ee04-4bb1-bfc9-3959c983c14a.jpg

 

 
A banda de Lisboa sobe aos palcos pela primeira vez este ano, e vai apresentar alguns temas do próximo EP "VIVE LA RESSONANCE"
 

9bbb9ee6-9e0d-4bf3-bbf6-5c1104d840a1.jpg

 

As Anarchicks preparam-se para lançar um novo EP, intitulado Vive la Ressonance, em que dando continuidade ao som a que já nos habituaram, apontam outras pistas sonoras, que incluem um tema cantado em português, bem como uma versão do emblemático Helter Skelter dos Beatles.
 
 
Em Dezembro de 2015 o quarteto lançou "We Claim The Right", o segundo EP que foi também o nome do primeiro single que foi precedido de um vídeo-manifesto #WeClaimTheRight, protagonizado por Carolina Torres que conseguiu mais de 200 mil visualizações em 48 horas, mais de 20 mil interacções e alcançou quase 1 milhão de pessoas. 


Pouco mais de um ano depois a banda volta do estúdio com mais um EP. VIVE LA RESSONANCE chega às lojas no final do primeiro trimestre de 2017 e aponta novos horizontes sonoros que não vão deixar ninguém indiferente. 
 
Sobre a banda: 

3b48929b-28e2-4fda-b32e-7b2b6d882a97.jpg

 


As Anarchicks surgiram no final do verão de 2011. O seu primeiro EP, Look What You Made Me Do, viria a ser editado em 2012.
 O ano seguinte ficaria marcado pelo lançamento do álbum de estreia, intitulado Really?!
No verão de 2013 subiram ao palco principal do festival Super Bock Super Rock. Ainda nesse, ano as Anarchicks realizaram inúmeros concertos, de entre os quais se podem destacar a primeira parte das Cansei de ser Sexy em Lisboa e a atuação no Festival Masculin/Feminin, em França, onde partilharam o palco com Peaches. 
A nível das atuações internacionais, 2014 tornar-se-ia no ano de consagração para as Anarchicks. Em maio foram convidadas para participar em Paris nas comemorações do Dia Internacional da Mulher e no verão participaram ainda no Theather der Welt, realizado na Alemanha.
Em finais de 2015 lançam o EP We Claim The Right, e já em 2016 editam o seu segundo álbum de originais, We Claim The Right to Rebel and Resist, recebido com entusiasmo pelo público e pela crítica.
Com uma grande experiência ao vivo, as Anarchicks apresentam um espetáculo enérgico e dinâmico que nunca deixa o público indiferente.
 
 
 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.